Anelise Wickert (Minuto Saudável)
07/06/2019 08:00

Benefícios da natação: mais saúde para o corpo e a mente

A natação é uma modalidade que traz vários benefícios para a saúde física e mental dos seus praticantes.

E nem é preciso praticar como um esporte, pois apenas nadar, como forma de movimentar o corpo, é benéfico.

Conheça mais sobre a atividade!

Quais as vantagens de praticar natação?

Natação é a prática de movimentos corporais que permite a locomoção dentro da água.

Não há muita regra, mas em geral esse esporte pode ser praticado entre 90 e 180 minutos, que podem ser alterados de 3 a 5 vezes na semana.

O tempo varia conforme as condições físicas e outros fatores como a prática de outras atividades físicas.

Mas manter as frequência das aulas ou nados é ideal para uma série de benefícios, como:

Fortalece as articulações e os ossos

As articulações são fortalecidas durante a natação, pois sofrem menos impactos durante a prática.

Com isso, o risco de lesões ou machucados são menores. Assim, a atividade também é indicada para idosos ou pessoas com problemas degenerativos nas articulações.

Por isso, pessoas com problemas nos tornozelos, joelhos, cotovelos e pulso devem dar preferência ao nado na hora de praticar um exercício físico.

Além disso, o nado também promove a lubrificação articular, o que ajuda a aliviar dores de doenças como artrite e artrose.

O tecido ósseo é fortalecido e beneficiado. Idosos que fazem atividades na água têm menos chances de fratura dos ossos caso sofram quedas.

Leia mais: Dor na articulação: apenas 1 hora de exercícios ajuda a prevenir

Fortalece os músculos

Os músculos serão trabalhos e ficarão naturalmente mais resistentes ao se praticar essa modalidade olímpica.

Como esse esporte exige esforço dos braços e da perna, todas as partes do corpo acabam sendo movimentadas durante o nado.

Por isso, pessoas que precisam fortalecer a musculatura podem praticar a natação e trabalhar bíceps, tronco, glúteos e pernas em uma única modalidade esportiva.

Reduz dores na coluna

Reduzir as dores nas costas está entre os benefícios que a natação traz para a saúde. Além de melhorar a postura corporal, a natação também alivia a pressão sobre a coluna.

Dores cervicais e lombares podem ser reduzidas com a prática frequente do nado, sem causar impactos ou pressões excedentes às articulações.

Leia mais: Exercitar corpo e mente pode evitar doenças no envelhecimento

Previne doenças

Obesidade, diabetes, doenças cardiovasculares, colesterol alto, hipertensão, artrite e osteoporose são só alguns exemplos de doenças que podem ser mais facilmente tratadas com a prática da natação.

Mesmo que você não tenha nenhuma dessas complicações, esse esporte pode ajudar a preveni-las.

Se o nado for aliado a uma alimentação saudável e uma boa qualidade de sono, as chances de tais enfermidades são reduzidas.

Trabalha flexibilidade e coordenação

A natação exige que se movimente os membros superiores e inferiores ao mesmo tempo. Com o tempo, o praticante vai adquirindo coordenação desses movimentos e sincronia para executá-los.

A flexibilidade também é trabalhada nesse esporte e ajuda o nadador a aproveitar sua força e velocidade.

Depois de algumas semanas de treino, os músculos dos ombros, quadril e pernas podem estar mais flexíveis e resistentes.

Controla o peso

Uma pessoa adulta pesando 80kG perde, em média, de 500 a 600 calorias em uma hora de natação.

Esse número é uma estimativa e varia conforme o estilo do nado e na intensidade do treino.

Mas a natação é vista como um dos esportes que mais gasta energia e, por isso, ajuda no controle do peso corporal desde que aliada à alimentação balanceada.

Esse esporte é, inclusive, recomendado para pessoas que tenham sobrepeso ou obesidade, uma vez que ajuda a emagrecer de forma saudável e sem causar muitos impactos às articulações.

Leia mais: Manter o peso: exercício físico pode ser mais eficiente do que dieta

Reduz o estresse e aumenta o bem-estar

Em poucos minutos dentro d’água, o organismo libera endorfina. Essa substância química é responsável pela sensação de bem-estar e felicidade.

Assim como outras atividades, nadar é muito importante para quem faz tratamento psicológico, pois ajuda a reduzir os sintomas e estabilizar o quadro.

Além disso, a natação também pode aumentar a autoestima e deixa a pessoa mais segura de si.

Ajuda na longevidade

Uma pesquisa feita na Universidade da Carolina do Sul mostrou que pessoas que praticam a natação reduzem a taxa de mortalidade em até 50% quando comparadas às sedentárias.

Foram quase 3 décadas de estudos e análises de relatórios de nadadores que tinham entre 20 e 80 anos.

Quais os benefícios da natação infantil?

Os principais benefícios da natação para as crianças são: fortalecimento da musculatura, desenvolvimento das capacidades motoras e do sistema cardiovascular, melhora do sono, estímulo do processo de aprendizagem, além de proporcionar um momento de diversão deixando a criança mais alegre e relaxada.

O nado estimula o bom desenvolvimento dos músculos, ossos e articulações. Essa modalidade favorece as crianças,  que estão em fase de crescimento.

Os movimentos de coordenação e sincronização também são trabalhados na natação infantil, juntamente com habilidades exigidas e aperfeiçoadas nas aulas, como agilidade e noção de espaço.

As horas de sono vão ter mais qualidade porque a natação é uma modalidade esportiva intensa, que gasta bastante energia, sendo necessário que a criança as reponha enquanto dorme.

A atividade, além de ser um esporte, é também um momento de lazer e descontração, capaz causar bem-estar e aumentar a autoestima  da criança que, com o tempo, ficará mais confiante e tranquila.

Quando começar?

Bebês com mais de ano já podem praticar a modalidade sem submersão (com a cabeça fora d’água) e acompanhados de profissionais esportivos.

Já para a natação com submersão, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que a criança tenha no mínimo 4 anos.

Fazer aulas com alguém de sua convivência (mãe, pai, avós) pode ajudar a criança a estreitar os laços afetivos com essa pessoa, mas deve sempre ser orientada por um professor de educação física.

Quais os efeitos da aula de natação?

A natação é uma modalidade esportiva que pode ser recomendada para todas as faixas etárias.

Entretanto, pessoas que tenham problemas de pele ou de respiração (como asma ou bronquite) devem evitar esse esporte.

A prática, depois de certo tempo, traz benefícios físicos e psicológicos para os praticantes, como:

No corpo

A natação traz benefícios tanto para o corpo masculino como para o corpo feminino.

Esse esporte colabora com a queima de gorduras, facilitando o emagrecimento e permitido que os músculos fiquem mais definidos.

Mas somente a natação não é o suficiente para definir completamente a estética corporal.

Para ter a musculatura mais desenvolvida (hipertrofia), a natação precisa ser aliada a alguns fatores como alimentação e outras atividades físicas, por exemplo, musculação.

No primeiro momento, conforme for aprendendo as técnicas, seu corpo vai acostumando-se  a prender e controlar a respiração.

A sincronização das pernas e dos braços também começa a ser percebida.

Depois de algumas semanas, seu corpo estará mais flexível e a força muscular será maior. A resistência gerada pelos movimentos físicos também vai permitir nadar por mais tempo, sem ficar tão ofegante.

A musculatura estará mais forte e definida. As pernas e braços podem ficar mais torneados e o peitoral maior.

Os efeitos estéticos também podem variar conforme a modalidade do nado.

O nado peito, por exemplo, vai trabalhar os membros inferiores, enquanto que o borboleta fortalece os braços e o tórax.

As modalidades crawl e costas melhoram esteticamente as pernas e os braços.

Na mente

Uma pesquisa, feita na University of Western Australia, mostrou que durante a natação, o cérebro recebe mais oxigênio e sangue liberando vários neurotransmissores.

Entre eles, está a dopamina. Ela melhora a memória, o sono e a aprendizagem, além de causar sensação de bem-estar e satisfação.

Por causa disso, pessoas que têm depressão ou sofrem de transtornos como ansiedade são incentivadas a praticar algum exercício físico que traga movimentação, como dança ou natação.

O nado também melhora a função cognitiva beneficiando a linguagem, o raciocínio e a resolução de problemas.

Esse esporte ainda estimula capacidade do cérebro adaptar-se a novas atividades (neuroplasticidade) e à formação de novos neurônios (neurogênese).

Ambas podem ajudar a evitar doenças como o mal de Parkinson e o Alzheimer.

Na saúde

A liberação de endorfina gerada pela prática esportiva também traz benefícios para o corpo como o alívio de dores e melhora no sistema imunológico.

É importante ressaltar, que o nado também produz suor. Embora o atleta não perceba que está suando, é fundamental que se ingira água durante os treinos de natação.


A natação é um esporte muito benéfico para a saúde e que pode ser praticado em todas as faixas etárias.

Mas, além de ser uma prática esportiva positiva para o corpo, ela também é benéfica para a saúde mental.

O Minuto Saudável traz tudo sobre as principais modalidades esportivas, além de conteúdos sobre alimentação. Acompanhe nossas postagens!

04/06/2019 11:27

Anelise Wickert (Minuto Saudável)

Somos um time de especialistas em conteúdo para marketing digital, dispostos a falar sobre saúde, beleza e bem-estar de maneira clara e responsável. Confira mais na nossa página de quem somos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*