Minuto Saudável
09/04/2018 08:00

Menstruação atrasada (dias ou meses): o que pode ser, é normal?

Boa parte das mulheres que sofrem com atrasos na menstruação se perguntam o porquê desse acontecimento. A menstruação atrasada pode acontecer por conta de vários motivos e, para cada um deles, existe um tratamento ou um medicamento apropriado, dependendo da situação ou gravidade do caso.

Por isso, este texto tem como objetivo sanar qualquer dúvida e dar dicas de como lidar nesse tipo de situação! Continue lendo para saber mais:

Índice — neste artigo você irá encontrar as seguintes informações:

  1. O que é a menstruação atrasada?
  2. O ciclo menstrual
  3. Menstruação atrasada: o que pode ser?
  4. A menstruação começa em que idade?
  5. Quando procurar um(a) ginecologista?
  6. Menstruação atrasada e teste de gravidez negativo
  7. Menstruação atrasada há mais de 2 meses
  8. Como regular a menstruação atrasada?
  9. Cólica menstrual sem menstruação
  10. Perguntas frequentes

O que é a menstruação atrasada?

A menstruação é o que marca o final e o início de um novo ciclo reprodutivo da mulher. Por isso, ela tem datas previstas para acontecer. Contudo, existem vários fatores que podem influenciar esse ciclo e adiar a data de descida da menstruação.

Caracterizada pela descida de sangue pelo canal vaginal, a menstruação se dá por conta da descamação do endométrio, uma camada de sangue que se forma no útero para a recepção de um óvulo fertilizado.

Caso a mulher engravide, o endométrio não descama e ela não menstrua. Do contrário, se ela não engravidar, a descamação ocorre e a menstruação desce.

Por se tratar de um ciclo, é possível prever a data da próxima menstruação. Mesmo assim, a menstruação pode atrasar sem qualquer motivo aparente.

O ciclo menstrual dura, em média, 28 dias. No entanto, para diversas mulheres, esse tempo varia de 23 a 35 dias. Isso quando elas contam com um ciclo regular, visto que existem mulheres cujo período fértil não parece obedecer um ciclo certo e a menstruação, assim, vive “atrasando” ou chegando “adiantada”.

Se, porventura, a menstruação vier a atrasar por 1 ou 2 meses, é recomendável que se procure um médico para auxiliar e tirar qualquer dúvida.

O ciclo menstrual

A menstruação obedece um ciclo que é dividido em três períodos, além da fase menstrual, que são:

Fase pré-ovulatória

Neste momento, existem diversos hormônios trabalhando para amadurecer um óvulo, fazendo com que ele consiga sair do ovário e se dirija às tubas uterinas, onde ocorre a fecundação.

Ovulação

A ovulação é um momento único durante todo o ciclo menstrual. Acontece quando o óvulo é liberado e se dirige até as tubas uterinas, onde fica cerca de 24 horas aguardando por um espermatozóide para fecundá-lo.

Costuma acontecer na segunda metade do ciclo menstrual, entre o 13º e 15º dia.

Fase pós-ovulatória

Caso haja gravidez, o óvulo fecundado viaja até o útero e se fixa no endométrio. Do contrário, o óvulo se desintegra e o endométrio passa a descamar, preparando-se para ser liberado.

Levando em conta que a viagem do óvulo fecundado demora cerca de 7 dias até chegar no útero, todo esse processo pode demorar bastante até que a menstruação seja, de fato, liberada para descer.

Menstruação atrasada: o que pode ser?

São diversos os fatores que podem atrasar a menstruação, assim como isso pode ocorrer sem nenhum motivo específico. Aliás, vale lembrar que o atraso menstrual, quando não causado por uma gravidez, está intimamente ligado a um atraso da ovulação!

Alguns fatores que podem atrasar a ovulação e, consequentemente, a menstruação, são:

Interrupção após uso prolongado da pílula anticoncepcional

O uso prolongado da pílula anticoncepcional pode interferir diretamente no “relógio” do ciclo menstrual. Quando o uso desse medicamento é interrompido após anos, o organismo da mulher precisa se readaptar ao seu processo de produção hormonal e isso pode levar até 6 meses.

Fase de amamentação

Na amamentação, a menstruação também podem sofrer atrasos.

Durante essa fase, o organismo libera hormônios que podem bloquear o processo de ovulação e também, posteriormente, o ciclo menstrual.

A prolactina, hormônio que produz o leite materno, suprime a ovulação, e há casos de mulheres que chegam a não menstruar pelo período de até um ano.

Lembrando que quando não acontece a menstruação, não significa que a mulher não possa mais engravidar. Depois do bebê ter desmamado, o ciclo volta ao normal.

Anovulação crônica

A anovulação crônica é uma condição na qual a mulher não tem a ovulação durante muito tempo. Nessa condição, os óvulos simplesmente não amadurecem e não são liberados nas tubas uterinas.

Uma das suas principais causas é a síndrome do ovário policístico (SOP), mas também pode ser causada por alterações genéticas, hipertireoidismo, estresse, obesidade, aumenta da insulina e falha na hipófise ou hipotálamo.

Desregulação do ciclo menstrual

Algumas vezes, um ciclo desregulado pode ser confundido com atraso menstrual. Isso porque a mulher pode prever a data com base nos últimos meses, mas toda mulher corre o risco de ter seu ciclo desregulado por nenhum motivo aparente — até mesmo aquelas que sempre tiveram o ciclo bem regular.

Mudanças drásticas no peso

As células de gordura contribuem na produção do hormônio feminino (estrogênio). Por isso, quando há alguma alteração no peso, os níveis de estrogênio podem interferir no processo ovulatório.

Sendo assim, sempre que houver ganho ou perda de peso de forma repentina e intensa, uma alteração hormonal pode ocorrer. É preciso que os hormônios se adaptem a essa mudança para que o ciclo volte ao normal.

Estresse

O estresse crônico libera cortisol, uma substância que exerce influência nos hormônios sexuais femininos, causando alterações no ciclo menstrual.

Exercícios físicos em excesso

A fertilidade pode ser afetada por conta de exercícios físicos praticados em excesso. Essa prática resulta em um desequilíbrio neuroendócrino, provocando uma falha na hipófise (glândula responsável por regular as funções hormonais) e não liberando hormônios que instigam a produção da progesterona e do estrógeno.

Por conta desses fatores, como resultado, acontecem as disfunções hormonais que atrasam a ovulação.

Menopausa

A menopausa é uma fase em que o corpo da mulher encerra a produção dos hormônios progesterona e estrógeno, dando fim aos seus anos férteis. Nessa fase, gradativamente, o organismo diminui a quantidade e duração da menstruação.

A menopausa normalmente acontece entre os 45 e 55 anos. Após essa idade, a menopausa é classificada como tardia.

Problemas na tireoide

A glândula tireoide é responsável por produzir hormônios para ajudar no controle do metabolismo e na fertilidade feminina. Problemas neste órgão causam cansaço físico, dores musculares, depressão, fadiga, irritabilidade, febre, frio e sensações de inchaço na região do pescoço.

Pílula do dia seguinte

A pílula do dia seguinte é um contraceptivo utilizado apenas em última instância, em situação de emergência, como quando a camisinha estoura ou em casos de estupro, entre outros.

O atraso ocorre porque essa pílula retarda a liberação do óvulo nas tubas uterinas, fazendo com que o período fértil demore mais para acontecer e, por isso, a menstruação pode ocorrer mais tarde.

Erro de cálculo

O ciclo menstrual não é o mesmo para todas as mulheres. Ele varia dependendo de cada organismo. Em suma, a duração média é de 28 dias, mas isso não deve ser visto como regra para o ciclo de todas as mulheres, pois cada uma tem um sistema e ciclo diferente.

Por não haver um tempo específico para o ciclo menstrual, o cálculo de previsão para a próxima menstruação pode ser feito errado, assim, a mulher pode ter uma falsa impressão que sua menstruação sofreu um atraso.

Amenorreia

A amenorreia é uma condição na qual o ciclo menstrual simplesmente não existe. Ela pode ser primária, quando a primeira menstruação da menina tarda a chegar, ou secundária, quando a mulher já menstrual e de repente passa 3 meses sem menstruar.

Trata-se de um sintoma de outros transtornos e deve-se sempre investigar a causa.

Medicamentos

Alguns medicamentos podem desregular o ciclo menstrual, como é o caso dos corticóides, antidepressivos e medicamentos quimioterápicos. A quimioterapia é, inclusive, uma das principais causas da menopausa precoce, ou seja, quando a menopausa se inicia antes dos 45 anos.

Hímen imperfurado

Especialmente para as meninas que nunca menstruaram, uma das causas do atraso na primeira menstruação é o hímen imperfurado. Nesse caso, o canal vaginal se encontra fechado e o sangue simplesmente não consegue sair, causando a ausência da menstruação.

Alguns sintomas relacionados a essa condição são cólicas e dificuldades na eliminação da urina e fezes.

O tratamento para um hímen imperfurado é cirúrgico. Durante o procedimento, há a retirada total do hímem, um processo simples e com baixos riscos de complicações.

A menstruação começa em que idade?

A menarca (primeira menstruação) surge em meninas de 8 a 13 anos de idade, na fase de desenvolvimento do corpo em que acontece o crescimento dos seios, o surgimento de pelos nas axilas e região íntima, aumento do peso, aparição de espinhas e alterações no humor.

Em alguns casos, a menarca pode demorar mais para chegar. Existem relatos em que a primeira menstruação ocorreu apenas aos 15 anos. Contudo, atrasos até os 16 anos de idade são normais e não requerem tratamento médico.

Quando procurar um(a) ginecologista?

Caso a sua menstruação esteja atrasada em alguns dias, não há porquê se preocupar. Atrasos de até 5 dias são normais e não necessariamente indicam alguma condição.

Contudo, se o teu atraso é de mais de 15 dias, é indispensável fazer um teste de gravidez para verificar se não há, de fato, uma gestação. Se o resultado for positivo, é necessário contatar seu ginecologista para poder tomar as medidas necessárias e assegurar a saúde da mãe e do bebê.

Caso o resultado seja negativo, deve-se procurar o ginecologista para verificar se não existe alguma condição patológica que está causando esse atraso.

Vale lembrar que, para as meninas na adolescência, é recomendo ir ao ginecologista logo após as primeiras menstruações para conhecer mais do processo que acontece no corpo e discutir a possibilidade de uso de métodos contraceptivos.

Mulheres que ficam constrangidas com a presença masculina podem optar por uma ginecologista do sexo feminino e assim se sentirem mais à vontade.

Menstruação atrasada e teste de gravidez negativo

Quando a menstruação atrasa, grande parte das mulheres, por medo ou insegurança, realizam o teste de gravidez de farmácia, um exame feito com a urina.

Esse teste pode detectar a gravidez em torno de 14 dias após a ovulação e é classificado em dois tipos: qualitativo ou quantitativo.

O teste qualitativo revela se a mulher está grávida ou não, já o quantitativo mostra a concentração do hCG no sangue.

Se a menstruação estiver sofrendo atrasos e a mulher fez, pelo menos, 2 testes que deram resultados negativos no último mês, é pouco provável que ela esteja grávida.

Sendo assim, é necessário buscar ajuda de um ginecologista, que irá investigar a causa da falta de menstruação.

O que é hCG?

O hCG (gonadotrofina coriónica humana) é um hormônio produzido pelo corpo feminino somente quando há uma gravidez. Esse hormônio é um sinal que o embrião envia para que o organismo da mulher saiba que está grávida e que ela será mãe.

Menstruação atrasada há mais de 2 meses

Pode acontecer da menstruação atrasar por mais de 2 meses, por conta de fatores externos e hormonais, sem que a mulher esteja grávida.

Se isso acontece, pode ser sintoma de diversas patologias do sistema reprodutor feminino, como a síndrome dos ovários policísticos (SOP).

Além do atraso menstrual, pode acontecer também um descontrole hormonal e uma ovulação tardia por conta de estresse, ansiedade, entre outros.

Como regular a menstruação atrasada?

O primeiro passo é consultar um médico. O atraso pode estar acontecendo por conta de defeitos no aparelho reprodutor, que precisam ser examinados por um ginecologista.

Algumas dicas para regular a menstruação consistem em evitar dietas muito restritivas, manter o peso ideal para o seu tipo de corpo, ter uma vida e alimentação regrada e saudável e praticar atividades físicas regularmente, evitando qualquer excesso.

Receitas para ajudar na descida da menstruação

Existem algumas receitas que podem ajudar a menstruação a descer. Muitas delas são plantas utilizadas para infusão. No entanto, antes de tentar qualquer receita, certifique-se de que não se trata de uma gravidez.

Dentre as plantas frequentemente usadas, estão: artemísia, arruda, avenca, manjericão-grande, salsa, poejo, açafrão, macela, endro e canela.

Todas devem ser preparadas por meio de infusão e chás. Também podem auxiliar no processo o chá de angélica, chá de canela, chá de arruda, chá de agoniada e chá de orégano.

Chá de canela

Facilita o processo da menstruação, dando mais velocidade na eliminação do sangue.

Ingredientes
  • 2 canelas em pau;
  • 1 xícara de água fervente.
Modo de preparo

Inserir a canela em pau na água fervente, vedar e deixar em repouso de 10 à 15 minutos, depois basta retirar os paus do recipiente e ingerir o chá no seu estado morno.

Chá de agoniada

Assim como o chá de canela, também ajuda a acelerar a descida da menstruação.

Ingredientes
  • 5g de flores secas de agoniada;
  • 500mL de água fervente.
Modo de preparo

Coloque as flores da agoniada em água fervente e deixe em repouso de 10 à 15 minutos. Depois é só coar e beber.

É preciso que seja feita a ingestão do chá até 3 vezes ao dia de 5 à 10 dias, pois ele acelera na descida da menstruação, mas não regula o ciclo menstrual.

Cólica menstrual sem menstruação

A cólica menstrual sem menstruação pode ser resultado de problemas ou doenças nos órgãos do aparelho reprodutor feminino, no aparelho gastrointestinal ou problemas ovulatórios.

Cólicas constantes

Cólicas constantes podem ser sinais de endometriose, uma doença que atinge cerca de 6 milhões de mulheres brasileiras.

Nessa condição, o sangue menstrual não consegue sair para o canal vaginal e acaba voltando dentro do útero, entrando nas tubas uterinas e se fixando em lugares externos ao aparelho reprodutor, como nas paredes intestinais, o que causa cólicas intensas.

Perguntas frequentes

Atraso menstrual é normal?

Sim! Além de ser normal, o atraso também é natural. Existem fatores comuns que contribuem para que os atrasos aconteçam, como o estresse e distúrbios emocionais que podem interferir no ciclo menstrual.

Contudo, se durar muito tempo, esse atraso pode ser sinal de uma possível gravidez ou problemas mais sérios, como síndrome de ovários policísticos, endometriose, problemas na tireóide, anorexia, obesidade, entre outros.

Atraso menstrual pode ser psicológico?

Sim, inclusive o desejo de engravidar pode levar a uma gravidez psicológica! A ansiedade, nervosismo e emoções em excesso geram um desequilíbrio hormonal e, por conta disso, os resultados são sintomas de gravidez, inclusive a falta de menstruação.

Atraso menstrual pode ser cisto?

Sim, o atraso pode ser um sinal de cisto no ovário.

Os cistos podem se formar na região interna, externa ou até mesmo sobre o ovário, e são raros os casos de cisto cancerígenos. O desenvolvimento de um cisto está intimamente vinculado aos hormônios sexuais.

Eles podem impedir a ovulação e o período fértil e, portanto, acabam atrasando a menstruação.

Menstruação não acontece na piscina e no mar. Mito ou verdade?

Mito. A água pode dificultar a saída do sangue, mas não bloqueá-la totalmente. Isso acontece porque a água contrai os vasos, dificultando, assim, a evacuação do sangue.

É possível engravidar no período de menstruação?

É raro, mas sim, é possível engravidar no período menstrual. Parte das mulheres tem ciclos de 28 dias, mas outras de apenas 22.

Há a possibilidade de ovulação logo após poucos dias de ter iniciado a menstruação. O espermatozóide, após entrar no útero, pode se manter vivo até por 5 dias.

Mulheres grávidas menstruam?

Grávidas não menstruam, porém, podem ter sangramentos durante o estado gestacional.

Não há menstruação porque o corpo da mulher libera gonadotropina coriônica humana (hCG), um hormônio produzido pela placenta durante a gestação, que impede a descamação do endométrio, fator determinante para a menstruação.

Os sangramentos podem acontecer com sexo, ultrassom transvaginal ou exame de toque, miomas e pólipos, medicamentos coagulantes, início de trabalho de parto, ruptura uterina, aborto espontâneo, entre outros.

O atraso da menstruação pode dar um frio na barriga de muitas mulheres, mas não há motivo para se preocupar. É importante não se desesperar ou não se alegrar com probabilidade de estar grávida.

Caso a sua menstruação esteja atrasada faz muitos dias, converse com seu ginecologista! Ele saberá te orientar sobre o que deve ser feito.

29/11/2018 18:57

Minuto Saudável

Somos um time de especialistas em conteúdo digital, dispostos a falar sobre saúde, beleza e bem-estar de maneira clara e responsável. Confira mais na nossa página de quem somos.

Ver comentários

  • Olá bom dia, gostaria muito de tira uma duvida, minha menstruação veio no dia 16/02 e esse mês não veio nada até agora, já fiz 2 testes de farmacia e deu negativo, porém sinto como se ela fosse descer a qualquer momento e nada, minha maior duvida é que minha mãe teve o ciclo interrompido com 30 anos e eu já tenho 32, será que o meu também acabou? Pode ser hereditário?

    Cancelar resposta

    Deixe uma resposta

    Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

    • Olá, Ana Carla.
      Há vários indícios de que o ciclo menstrual de mães e filhas tende a ser parecido. Se a sua mãe teve menopausa precoce, é possível (mas não obrigatório) que a sua última menstruação ocorra mais cedo. Lembrando que não necessariamente será na mesma idade ou precocemente, mas pode ser que o seu período fértil seja menor em comparação com outras mulheres.
      O mais indicado é consultar um(a) ginecologista, que irá avaliar o seu quadro por meio de exames e do histórico familiar.

      Cancelar resposta

      Deixe uma resposta

      Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

  • Olá estou muito preocupada , a minha menstruação a meses q não deisi por vezes fico uns 3 meses sem ver, e quando aparece só sai um pequeno sangramento , às vezes sai um fluso intenso , a minha última menstruação foi n dia 15/02/2019, até agora ainda n apareceu, tenho a certeza de que n estou grávida ,

    Cancelar resposta

    Deixe uma resposta

    Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

    • Olá, Zulfa.
      Uma série de fatores podem afetar o ciclo menstrual. Idade, medicamentos, estresse são alguns.
      É importante que, se não houver regularização, você consulte um médico para identificar as causas da alteração. Somente com exames é possível fazer o diagnóstico.

      Cancelar resposta

      Deixe uma resposta

      Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

  • Gostaria de sabe eu não estou grávida e minha menstruação tem um mes que não desce o que pode ser

    Cancelar resposta

    Deixe uma resposta

    Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

    • Olá, Mariane.
      Somente com exames e uma avaliação médica presencial é possível diagnosticar as causas do atraso menstrual. Ele pode ser devido a fatores diversos e nem sempre são decorrentes de doenças ou problemas sérios. Estresse e má alimentação, por exemplo, podem estar envolvidos.
      É importante, no entanto, acompanhar com um profissional.

      Cancelar resposta

      Deixe uma resposta

      Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

  • Olá boa noite minha mestruação desceu 23/02 pronto esse mês era pra desce dia 23/02 só q não desceu quando foi hj desceu uma líquido avermelhado fraco com borrinhas marrom e um leve sozinha do lado esquerdo!gostaria de sabe oq er isso?

    Cancelar resposta

    Deixe uma resposta

    Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

    • Olá, Caroline.
      É preciso que seu histórico seja avaliado para indicar as possíveis causas: se você teve relações sexuais no período que antecedeu o atraso, se faz uso de contraceptivos, se apresenta histórico de menstruação irregular ou possui alguma alteração hormonal. Por isso, é importante realizar uma consulta médica para ser devidamente avaliada.

      Cancelar resposta

      Deixe uma resposta

      Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

  • Estou tomando a primeira cartela do anteconcepcional Selene a 9 dias, alguns dias com atraso de algumas horas . Tive relação sem proteção , preciso tomar PSD ? Se tomar preciso parar o anticoncepcional ?

    Cancelar resposta

    Deixe uma resposta

    Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

    • Olá, Bia.
      Em geral, a proteção do anticoncepcional é bastante alta. Porém, durante os 2 ou 3 primeiros meses de uso, é importante manter o uso da camisinha, pois seu corpo ainda está em adaptação ao medicamento.
      Não é recomendado tomar a pílula do dia seguinte junto, pois ela é apenas uma dose elevada/concentrada de hormônios que você toma todos os dias.

      Cancelar resposta

      Deixe uma resposta

      Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

  • Olá, a data da minha última menstruação foi 31/01 desde então não desceu mais .. Estou com dúvidas do que pode ser, tomei injeção misegyna por quase 4 anos sem interrupção a ultima aplicação foi no dia 30/01 o mesmo mês que desceu .. Li a respeito que perda de peso rápido tmb atrasa a menstruação comecei uma dieta em Janeiro e perdi 8 kilos em 2 meses, no começo de março assim que a menstruação atrasou fiz um teste de farmácia e deu negativo ! O atraso pode ser por conta da suspensão do anticoncepcional e da perda de peso ?

    Cancelar resposta

    Deixe uma resposta

    Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

    • Olá, Danila.
      Pode sim! Tanto a interrupção do anticoncepcional quanto a perda de peso são fatores capazes de afetar o ciclo menstrual temporariamente.
      Após a pauda do hormônio, o organismo tende a demorar algumas semanas ou até meses para reequilibrar-se. Por isso, é comum que haja mudanças no ciclo e no fluxo.
      Em geral, não é necessário tratamento, apenas esperar o próprio organismo reagir às mudanças.
      A perda de peso acentuada ou a manutenção de um baixo peso também podem afetar a menstruação. Nesse caso, é importante buscar auxílio de um endocrinologista junto com o ginecologista para avaliarem o seu quadro.

      Cancelar resposta

      Deixe uma resposta

      Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

  • Olá.
    Deixei de tomar o anticoncepcional em Janeiro, sou sexualmente ativa, em Fevereiro minha menstruação atrasou 3 dias e depois veio sangue apenas na urina. Fiz um teste e deu negativo, hoje estou com 13 dias de atraso e algumas dores no pé da barriga, arrepios, dores de cabeça e enjoos, é possivel estar gravida? Sou um pouco ansiosa e tenho tendencia a me stressar... tomo Alprazolam.
    Obrigada

    Cancelar resposta

    Deixe uma resposta

    Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

    • Olá, Ana.
      Se você parou o anticoncepcional, é importante utilizar outra forma de prevenção, como a camisinha.
      Os testes de gravidez, mesmo os de farmácia,costumam ter taxas bem confiáveis de resultado. Por isso, se você realizou o exame deu negativo, é provável que a causa do atraso menstrual seja outra.
      O próprio estresse e ansiedade podem afetar o seu ciclo. Por isso, é importante observar as respostas do seu organismo. Caso o atraso persista, mesmo com o teste negativo, o indicado é fazer uma consulta para realizar exames.

      Cancelar resposta

      Deixe uma resposta

      Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

  • Bom, no dia 03/02 minha menstruação veio e durou até dia 08/02, no dia 10/02 tive relação, com preocupação tomei pds dia 12/02 mais ou menos uma semana depois “veio” um sangue como menstruação que durou cerca de 4/5. Depois disso tive relação no dia 24/02 sem proteção também (irresponsabilidade eu sei) tomei pilula umas 3 horas depois e dia 04/03 veio novamente esse sangue. Dia 21/03 tive relação e a camisinha rasgou tomei pds mais uma vez 12 horas depois e até agora nada desse sangue, estou com muito medo me ajudem por favor. Será que posso estar grávida?
    12 dias apoa a relação fiz um beta hcg e deu NÃO REAGENTE 0.00mUI será ainda assim gravidez ou atraso por causa da pilula?

    Cancelar resposta

    Deixe uma resposta

    Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

    • Olá!

      A pílula do dia seguinte pode provocar alterações no ciclo menstrual. Como o resultado do teste de gravidez deu negativo, é provável que esta seja a causa do atraso. É importante que você fique atenta ao ciclo e a possíveis sinais ou sintomas. Caso identifique algo suspeito, o recomendado é consultar um ginecologista. Exames algumas vezes podem apresentar falsos negativos.

      É importante ressaltar também que o uso frequente deste tipo de medicamento pode ser prejudicial à sua saúde. Além do uso de preservativo, você ou seu parceiro podem adotar outras medidas contraceptivas.

      Cancelar resposta

      Deixe uma resposta

      Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

  • Boa tarde. No dia 01/03 minha menstruação veio até o dia 04/03 foi embora e tomei o anticoncepcional durante 3 dias após minha menstruação daí não tomei mais. Quando chegou o dia 10/03 tomei um anticoncepcional quando foi no dia 12 tiver relação daí por diante não tomei mais o anticoncepcional e até hoje de manhã minha menstruação não tinha chegado quando foi agora de 12:30 veio aquele negócio rosado e marrom e um pouco vermelho o que será!???

    Cancelar resposta

    Deixe uma resposta

    Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

    • Olá, Eduarda.
      É importante que você tome a pílula corretamente, pois ela vai afetar na regulação do seu ciclo menstrual, além de não proteger contra a gravidez.
      Quando você interrompe o uso (sem ser no intervalo certo), o seu corpo sofre alterações hormonais que resultam em modificação menstrual. Isso significa que seu menstruação pode ocorrer antes do previsto ou atrasar.
      O mais recomendado é que você faça uma consulta ginecológica para que o melhor tratamento seja indicado — ou seja, às vezes a pílula não é o melhor método para você.
      Além disso, às vezes, anticoncepcional tem cuidados e modos de tomar diferentes. Uns são tomados direto, outros existem intervalos de 7 ou menos dias.
      Converse com um profissional para ajustar a sua rotina de proteção.

      Cancelar resposta

      Deixe uma resposta

      Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

  • Olá minha menstruação está atrasada há 1 mês, mas 1 dia após relação desprotegida tomei a pílula do dia seguinte e tive um corrimento de 3 dias, 2 semanas dps de tomar a pílula. Fiz o teste de urina e o resultado foi negativo, mas não sinto nenhum sintoma de menstruação. É possível que eu esteja grávida?

    Cancelar resposta

    Deixe uma resposta

    Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

    • Olá, Sarah.
      Em geral, os exames de gravidez são bem confiáveis desde que feitos no tempo certo e da forma indicada pela embalagem.
      A pílula do dia seguinte contém uma quantidade bastante alta de hormônios, sendo capaz de afetar a regularidade do ciclo menstrual após o seu uso.
      Por isso, é mais provável que o atraso menstrual seja por conta da pílula. No entanto, você pode refazer o exame de gravidez.

      Cancelar resposta

      Deixe uma resposta

      Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

  • A menstruação da minha namorada não vem há mais de 1 mês e ela não sente nada,só está ansiosa e nervosa achando que é uma gravidez indesejada. O que pode ser?

    Cancelar resposta

    Deixe uma resposta

    Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

    • Olá,
      O mais recomendado é que sua namorada realize um exame de gravidez para confirmar ou descartar a possibilidade.
      Caso não se confirme, o atraso menstrual pode ser ocasionado por uma série de fatores — alimentação, estresse, uso de algum medicamento, dieta ou emagrecimento, por exemplo.

      Cancelar resposta

      Deixe uma resposta

      Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

  • com muita dúvida comecei a toma o anticoncepcional a primeira vez setinhor. ai minha mestruacao derceu no primeiro mês q usei. sohq aí depois n tomei mais e não fisso mais relação mais no outro mês era pra minha mestruacao vin e não veio e já entrou no outro mês já fisso dois teste e deu negativo. Mas posso ta grávida ?????

    Cancelar resposta

    Deixe uma resposta

    Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

    • Olá, Brenda.
      Se você não teve relações sexuais, não há possibilidade de gravidez. Além disso, os exames costumam ser bem seguros, por isso, se deram negativo, pode ficar tranquila.
      O que pode ter acontecido é que a dosagem hormonal do anticoncepcional desregulou o seu ciclo. Agora, é preciso que seu corpo se ajuste novamente ao ciclo natural.
      Em geral, leva de 1 a 2 meses para que sua menstruação retorne.

      Cancelar resposta

      Deixe uma resposta

      Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

  • Olá! Meu nome é Naihara, a minha última menstruação veio dia 02/03 e era pra descer mais ou menos nessa data este mês, e eu não estou sentindo nenhum daqueles desconforto de quando está perto de chegar; ela sempre chega antes da data da última menstruação, mas hoje já é 08 e nada. Eu gostaria de saber se quando atrasa, o fluxo vem mais forte?

    Cancelar resposta

    Deixe uma resposta

    Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

    • Olá, Naihara,
      Não necessariamente. Pode ser que o seu fluxo venha normalmente, com a mesma duração e intensidade. Na verdade, quando ocorrem atrasos menstruais, cada organismo pode responder de um modo diferente.
      Mas, no geral, é provável que o fluxo não sofra mudanças na intensidade.

      Cancelar resposta

      Deixe uma resposta

      Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

  • Ola ... me ajudem
    Tomei ac minulet por 4 anos seguidos e parei tem quase 6 meses ... Uso camisinha com o meu marido , estou com a menstruação atrasada 12 dias nao sinto nenhum sintoma e fiz 2 testes de farmácias e deram negativos será q estou gravida? A camisinha nao estou nem nada

    Cancelar resposta

    Deixe uma resposta

    Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

    • Olá, Fernanda!

      De modo geral, os testes de gravidez são bastantes seguros no resultado, por isso é possível ficar tranquila. Se mesmo assim ainda estiver na dúvida, recomendamos que realize um exame de sangue para confirmar ou descartar a gestação. Obrigada pela leitura!

      Cancelar resposta

      Deixe uma resposta

      Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

  • Olá! Meu nome e Regiane minha última menstruação veio dia 23/02/19 era pra ela vim dia 19 de março e nao veio isso nunca aconteceu comigo tive relação sem camisinha mais depois a gente usou prestativo ficou 19 dias sem descer ai fiz o teste de gravidez deu negativo ai tomei a pílula do dia seguinte pra poder descer veio desceu dia 08/04 pra estou sem saber o que eu faço se espero ela ir embora pra poder fazer outro teste.

    Cancelar resposta

    Deixe uma resposta

    Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

    • Olá, Regiane!

      Para tirar a dúvida sobre uma possível gestação, além do teste de gravidez de farmácia, existe a opção de realizar um exame de sangue, o Beta-HCG. Em relação ao uso da pílula do dia seguinte e a menstruação atrasada, o ideal é conversar com um médico ginecologista sobre o assunto, pois ele saberá esclarecer melhor essas questões. Obrigada pela leitura de nosso artigo!

      Cancelar resposta

      Deixe uma resposta

      Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

  • Oi boa noite, tenho 16 anos e minha menstruação está atrasada a última vez que menstruei foi em fevereiro e até agora nada, será que é normal ?

    Cancelar resposta

    Deixe uma resposta

    Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

    • Olá, Mariana!

      Pode ocorrer da menstruação atrasar por períodos longos, como no seu caso. Além de uma possível gestação (geralmente a primeira hipótese), vários outros fatores podem interferir nesse atraso, como questões hormonais, psicológicas e patológicas. O ideal é procurar um médico ginecologista para investigar a causa. Obrigada pela leitura de nosso artigo!

      Cancelar resposta

      Deixe uma resposta

      Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

  • A minha esposa está preocupada pois a menstruação dela está atrasada até hoje, 11/04/2019. Detalhando:

    Ela toma Adoless.
    Em Janeiro/2019 e Março/2019 ela não tomou. Ela só tomou em Fevereiro/2019.

    A última relação sexual foi em 06/02/2019.

    Desceu prá ela no mesmo dia 06/02/2019 porém bem após a relação ocorrida nesse dia.

    Entre 05/03/2019 e 06/03/2019, desceu novamente para ela. Entre a última relação e os dias 05/03/2019 e 06/03/2019 não houve nenhuma relação sexual.

    Entre 05/03/2019 e 06/03/2019 e o dia de hoje (11/04/2019) ainda não veio nada de menstruação.

    Será que seria uma possível gravidez (no caso, "indesejada" pois no momento não tem nada planejado) mesmo ela já tendo menstruado em Fevereiro e em Março deste ano?
    Ou, se não for gravidez, será que pode ser outra coisa relacionada à saúde. Ela tem 40 anos e, atualmente, está passando por sérios problemas emocionais.

    Obrigado!

    Jr

    Cancelar resposta

    Deixe uma resposta

    Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

    • Olá, Junior.
      O início ou interrupção do anticoncepcional pode afetar a regularidade do ciclo menstrual. Como sua esposa tomou em fevereiro e em março não, isso pode interferir e causar o atraso.
      Porém, é importante lembrar que o anticoncepcional precisa ser tomado por, em média, 3 meses consecutivos até promover uma proteção adequada. É mais ou menos como uma adaptação do organismo, assim como ocorre em outros medicamentos também.
      Por isso, tomar apenas um mês pode deixar sua esposa mais suscetível à gravidez.
      O mais recomendado é que ela realize um exame de gravidez, que pode ser adquirido em farmácia ou feito em laboratório. É o modo mais seguro de confirmar ou descartar a possibilidade.

      Cancelar resposta

      Deixe uma resposta

      Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

      • Ana Luiza, boa tarde!

        Agradeço pela rápida e excelente resposta.

        Acho que entendi mas tenho algumas dúvidas ainda.

        Hoje é dia 12/04/19 e nada de menstruação até agora. Hoje à tarde ela fez o exame de farmácia (Confirme Tira) e deu negativo. Como não estava nada planejado e com as informações que venho lendo a respeito, o resultado desse teste já é o suficiente prá ficar tranquilo sobre não ser gravidez ou vale a pena fazer os outros exames prá ter a certeza? (claro, quanto mais exames, mais certeza teremos).

        Só prá ver se entendo de vez.

        O óvulo e o espermatozoide tem um tempo de vida "útil", correto? (óvulo é de, aproximadamente, 24 horas e o espermatozoide, aproximadamente, 72 horas).

        Tomando por base a explicação no artigo e, considerando o ciclo menstrual de Fevereiro/19 (28 dias, iniciado no dia 06/02/19), o período fértil dela estaria então entre os dias 18/02/19 e 20/02/19 (13º e 15º dia do ciclo), seria isso?

        Se for isso, como poderia ocorrer uma possível gravidez hoje se, nesses 5 dias, não aconteceu nenhuma relação sexual (nem mesmo antes e nem depois do período fértil no decorrer do ciclo de Fevereiro/19) e, ainda assim, ela menstruou em 5/3/19?

        Inclusive em Janeiro, ela já havia menstruado. Ela só não lembra o dia que veio mas ela lembra que ela menstruou.

        Obs.: a primeira relação de 2019 foi no dia 06/02/2019. Antes disso, não teve nenhuma relação até então e nem teve depois do dia 6/2.

        Mesmo com a interrupção da pílula, ela menstruou normalmente (Janeiro/19, 6/2/19 e 5/3/19) e o fato de menstruar não seria uma espécie de "negativa" a uma possível gravidez caso tivesse havido contato íntimo próximo ou durante o período fértil de cada ciclo. Ou será que ela está menstruando desde 6/2/19 mas já grávida?

        Ou seja, toda aquela preparação que o corpo fez prá que o óvulo fosse fecundado não "vingou" e, aí, vieram as menstruações.

        Obrigado mais uma vez!

        Cancelar resposta

        Deixe uma resposta

        Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

        • Olá, Junior.
          O período fértil é sempre em relação à próxima menstruação. Ou seja, primeiro ocorre a fase ovulatória, depois ocorre a menstruação. Nesse caso, algum fator pode fazer com que o período fértil seja antecedido em alguns dias, e não há muitos sinais perceptíveis (algumas mulheres sentem, mas não é uma regra).
          Assim, pode haver alteração do ciclo e se ocorrer alguma relação sexual desprotegida, as chances de gravidez são maiores.
          Por isso, sempre consideramos que toda relação desprotegida tem riscos, pois o organismo pode ser afetado por diversas condições. O mais eficaz é sempre usar um método contraceptivo, isso evita riscos.

          Cancelar resposta

          Deixe uma resposta

          Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

  • Venho sintindo sintomas da mestruacao
    a hm tempo mais ela nao dece , ela veio dia 01 de marco , foi dia 5 , depois disso nas proximas relacoes , e uma delas sangrou bem poucquinho com uma.coloracao meio rosada desde entao aimda continuo sentindo colicas de seios senssiveis , ao ver no calendario esta atrasada a 12 dias . mais nao tenho certeza pois ela nao e tao regulada assm .

    Cancelar resposta

    Deixe uma resposta

    Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

    • Olá, Bia.
      Há diversas causas para os atrasos menstruais — algumas naturais. Quando o atraso ocorre, em geral, a primeira recomendação é realizar um teste de gravidez, assim você pode descartar a possibilidade de ser uma gestação. Caso o resultado dê negativo e sua menstruação não desça, é importante buscar orientação de um médico ou médica ginecologista.

      Cancelar resposta

      Deixe uma resposta

      Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

  • Olá, minha menstruação encontra-se atrasada a 15 dias porém mês passado houve um atraso equivalente e chegou a descer (fiz uso de pílula do dia seguinte no último mês antes desse primeiro atraso) tem alguma relação ? Já fiz um teste e deu negativo.

    Cancelar resposta

    Deixe uma resposta

    Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

    • Olá, Raissa.
      Pode haver relação, pois a pílula é uma concentração elevada de hormônios que participam de regulação menstrual.
      Nesse caso, é importante observar se, aos poucos, seu organismo restabelece o ciclo. Vale lembrar que há métodos contraceptivos além da pílula anticoncepcional que podem ser usados na prevenção. Converse com sua/seu ginecologista.

      Cancelar resposta

      Deixe uma resposta

      Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

  • Esse texto me deixou só 300% menos ansiosa! Eu tomei anticoncepcional por mais de 2 anos seguidos, parei no meio do mês passado, menstruei e fazem quase 40 dias que não menstruo. E pior, a última vez que tive relação sexual, foi antes de menstruar e com camisinha. Estou somente 24hrs por dia esperando essa menstruação voltar, e não volta. Não sei mais o que fazer além de esperar )):

    Cancelar resposta

    Deixe uma resposta

    Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

    • Olá, Isabela.
      É bastante comum ocorrer um período de ausência menstrual após parar o anticoncepcional.
      Essa é uma fase em que o organismo está se readequando e, por isso, pode levar algum tempo até o seu ciclo voltar ao processo e fluxo normal.
      Mas é importante continuar o uso de métodos contraceptivos, como a camisinha.
      Em geral, os médicos podem indicar aguardar o processo natural do corpo, mas caso é possível também ministrar medicamentos que provocarão o sangramento. Porém, isso deve ser avaliado por um profissional.

      Cancelar resposta

      Deixe uma resposta

      Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*