O fígado é um órgão com mais de 500 funções que se localiza na parte superior direita do abdômen e possui capacidade de regeneração, podendo ser parcialmente doado mesmo em vida. Além disso, é a maior glândula do corpo humano, tendo aproximadamente 20cm e 1,3 a 1,5kg.

Sendo assim, é um órgão fundamental que merece cuidado para prevenção e diagnóstico precoce de problemas, que podem se agravar se não tratados adequadamente. 

Índice – Neste artigo, você vai encontrar:

  1. Onde fica o fígado e qual a sua função?
  2. Desafios do diagnóstico de problemas no fígado
  3. Qual a especialidade médica que cuida do fígado?
  4. Quais as principais doenças do fígado?
  5. Transplante do fígado: o que é importante saber?
  6. Dieta amiga da saúde do fígado

Onde fica o fígado e qual a sua função?

Antes de mais nada, é importante saber onde fica o fígado no corpo. Assim como na imagem abaixo, o fígado se localiza na parte superior direita do abdômen entre o diafragma (músculo que dá suporte para a respiração), o estômago e o intestino. 

De acordo com a Sociedade Brasileira de Hepatologia, o fígado apresenta mais de 500 funções fundamentais no organismo. 

Depois de passar pelo estômago e intestino, as substâncias parcialmente digeridas chegam ao fígado, por meio da circulação sanguínea, e começa o processo hepático de processar, quebrar, converter, secretar, distribuir e armazenar nutrientes.

Portanto, podemos listar que o órgão:

  • Produz a bile, que atua na eliminação das gorduras (e dá o tom marrom do cocô, por isso, quando as fezes saem claras, é um indicativo de problema no fígado); 
  • Filtra toxinas e impurezas do corpo, incluindo álcool, drogas e medicamentos. Quando o consumo é maior do que o tempo de absorção e atuação do órgão, pode levar a doenças e complicações no corpo;
  • Produz albumina (essencial para a circulação sanguínea) e outras substâncias importantes para o organismo, como vitaminas, ferro e proteínas;
  • Armazena vitaminas e minerais e os distribui pelo corpo de acordo com a necessidade do organismo;
  • Converte a amônia em ureia, substância fundamental para a saúde dos rins;
  • Converte açúcar em glicose e a armazena, liberando-a quando o corpo precisa; 
  • Absorve a gordura ingerida e, quando em excesso, a distribui pelo corpo criando a camada de gordura do corpo;

São muitas as funções do fígado, que além de ser um dos principais e maiores órgãos do corpo, também é a maior glândula. Por isso, é extremamente importante estar atento 


Desafios do diagnóstico de problemas no fígado

Geralmente, as doenças ou problemas do fígado são silenciosas, ou seja, não apresentam sintomas em suas fases iniciais. Além disso, em estágio mais avançado, pode apresentar sintomas similares a problemas em outras partes do corpo. 

Por isso, é fundamental manter uma rotina de exames periodicamente e um acompanhamento de um (a) médico (a) que conheça seu histórico familiar, como na medicina de família ou na clínica geral. 

Isso vai ajudar a identificar mais cedo possíveis problemas e tratá-los antes que o quadro evolua para algo mais sério. 

Esse (a) profissional pode indicar qual a frequência ideal para que você realize exames de sangue e quando é necessário que faça exames complementares, como os de imagem, bem como conduzir você corretamente para um (a) especialista.

Qual a especialidade médica que cuida do fígado?

O médico hepatologista é o profissional especializado no cuidado da saúde do fígado, atuando no tratamento das doenças e no cuidado preventivo.

Entretanto, por cuidar do sistema digestivo como um todo, o gastroenterologista também pode atuar em questões relacionadas ao fígado, bem como encaminhar o paciente para um hepatologista sempre que necessário.

Quais as principais doenças do fígado?

Assim como são muitas as funções hepáticas, o fígado também pode apresentar diversos problemas. Por isso, é tão importante manter a rotina médica e os exames em dia. 

Entre as principais doenças, podemos listar:

Gordura no fígado

Uma das doenças mais comuns nesse órgão é a esteatose hepática, mais conhecida como gordura no fígado. Pode ser que você tenha e nem saiba, pois costuma não apresentar sintomas.

Ainda assim, tem cura e o tratamento, bem como a prevenção, consiste em alimentação equilibrada, prática de atividade física regular, consumo controlado de álcool e, caso fumante, reduzir o consumo até deixar de fumar. 

Apesar de ser comum e não causar dor, pode ter um agravamento e levar a doenças mais graves, como a cirrose.

Leia mais em: Gordura no fígado: graus, sintomas, causas, tratamento e mais  

Cirrose

Quando o fígado tem inflamações e lesões seguidas, causadas por uso excessivo de álcool, acúmulo de gordura ou casos de hepatite, sem tratamento adequado, se desenvolve a cirrose hepática. 

Isso acontece porque apesar da regeneração do fígado, nesse processo o órgão pode ter algumas funções danificadas.

Não tem cura, mas seus sintomas podem ser tratados. Sendo que em casos graves, a única opção é o transplante de fígado.

Leia mais em: Cirrose (hepática, biliar, alcoólica): o que é? Tem cura?

Hepatites 

As inflamações do fígado são chamadas de hepatite. Entre os mais de 10 tipos, a mais conhecida é a Hepatite C

As hepatites podem ser causadas por bactérias, vírus, uso de medicamentos, abuso excessivo de álcool, entre outros. Como não apresenta muitos sintomas no início, pode evoluir para quadros graves antes do diagnóstico, o que faz com que o tratamento se torne longo, muitas vezes.

Leia mais em: Julho Amarelo: como combater e prevenir as hepatites virais 

Transplante do fígado: o que é importante saber? 

De maneira geral, a doação de órgãos pode ser dividida em dois blocos: a doação pós-morte e a doação ainda em vida, que acontece com o rim e o fígado. 

Isso porque o fígado tem a capacidade de regeneração, podendo ser retirada até metade do órgão sem prejudicar o funcionamento do organismo.

Como muitas doenças que acometem o fígado só são percebidas e diagnosticadas em estágios avançados ou já agressivos (como o câncer no fígado), podem levar a pessoa à insuficiência hepática. 

Ou seja, o fígado deixa de cumprir funções essenciais no organismo. Sendo assim, o transplante é a esperança de poder viver com qualidade e por muitos anos. 

Dieta amiga da saúde do fígado

Apesar de ser importante tratar sintomas e diagnosticar precocemente possíveis problemas, a melhor forma de cuidar da saúde é com hábitos preventivos.

Sendo assim, alimentação equilibrada, ingestão de líquidos adequada ao peso, prática regular de exercício físico, entre outras, são fundamentais para o bom funcionamento do corpo como um todo.

Especialmente, alguns alimentos e chás possuem propriedades muito benéficas para o fígado. Podemos listar:

  • Frutas variadas: facilitam o trabalho do fígado, especialmente a maçã e o abacate
  • Carnes magras e vegetais verdes: especialmente se for para substituir carnes com gorduras, por carnes mais magras, como frango e salmão, ou folhas como espinafre, couve, agrião e alface. Além disso, dê preferência para o azeite de oliva na preparação dos alimentos;
  • Alho e cebola: estimulam a limpeza do fígado, além de diversos outros benefícios;
  • Leguminosas e cereais integrais: arroz e pão integral, aveia, lentilha, feijão, grão de bico, etc., são excelentes aliados do fígado para manter a reserva de energia do corpo;
  • Castanhas e nozes: desde que consumidas com moderação, podem ser benéficas para o fígado;
  • Suco de laranja, cenoura e beterraba: essa combinação é extremamente rica e benéfica para a saúde;
  • Chás de boldo, picão preto, alcachofra e jaborandi para amenizar a gordura e estimular o metabolismo; 

Além  disso, o cigarro e o uso excessivo de álcool prejudicam a saúde do fígado. Procure um programa médico e grupos de apoio para parar de fumar ou deixar o alcoolismo. Não é um processo fácil, mas reconhecer a necessidade de ajuda é o primeiro e mais importante passo. 

Cuidando da sua saúde física e mental, você pode viver melhor e estar com quem ama.


Dessa forma, é importante manter a rotina médica em dia e cuidar do seu fígado. Siga acompanhando os conteúdos do Minuto Saudável, saiba mais sobre como cuidar da sua saúde e ganhe qualidade de vida e bem-estar.

Fontes consultadas:


Minuto Saudável: Somos um time de especialistas em conteúdo para marketing digital, dispostos a falar sobre saúde, beleza e bem-estar de maneira clara e responsável.