A uva é uma das frutas mais populares, principalmente por causa da versatilidade. Com ela, pode-se fazer vinhos, sucos, tortas, bolos, doces, geleias e até cosméticos.  

Outra vantagem dessa fruta é que, além da polpa, dá para aproveitar a casca e a semente para fazer óleos, cremes e compotas.  

O que é o óleo de semente de uva? 

O óleo de semente de uva é produzido a partir das sementes da uva, que são esmagadas e trituradas. 

Como elas são pequenas, acabam não rendendo muito. Na verdade, é necessário entre 150 e 200 cachos de uva para produzir 1 litro de óleo (esse número varia conforme a espécie da uva e o tamanho da semente).  

Ele pode ser usado na culinária para fazer frituras (como um substituto de óleo de cozinha) ou para estética (como um óleo facial para hidratar a derme, a cutícula e os cabelos). 

Ele pode ser em cápsula ou líquido: 

Cápsulas

A versão em cápsulas é feita para que o corpo absorva os nutrientes desse produto. Ela deve ser consumida juntamente com uma grande refeição (almoço e jantar). O ideal é que se consuma 2 cápsulas por dia.   

Líquido

Em sua apresentação líquida, esse óleo poderá ser consumido ou passado na pele, unhas e cabelos. 


Na culinária, ele pode ser um substituto de outros tipos de óleo. Com esse produto, é possível fritar, selar, untar e temperar alimentos.  

Quais as propriedades nutricionais do óleo de semente de uva?

Cada 100mL do óleo da semente de uva possui 120 calorias e apenas 14g de gorduras. 

Ele é rico em ácidos graxos (como o ômega 6 e 9) que são importantes para a saúde do cérebro, do coração e dos ossos. 

Além disso, essa mesma quantidade de óleo contém aproximadamente 4mL de vitamina C e E (o que corresponde a 19% da quantidade diária ideal).    

Benefícios: para que serve? 

Esse óleo já vem sendo usado como cosmético há algum tempo. Mas, o produto vem conquistando espaço também na culinária e na dieta de quem quer ser saudável.

Os principais benefícios do óleo de semente de uva são: 

  • Controla o colesterol ruim (LDL); 
  • É antioxidante, ou seja, evita o envelhecimento e as mutações no DNA que causam doenças como o câncer; 
  • Combate o intestino preso e pode ser usado no tratamento das hemorroidas; 
  • Ajuda no sistema imunológico e na cicatrização de feridas; 
  • Reduz inflamações e infecções causadas por bactérias e vírus; 
  • Previne a diabetes; 
  • Melhora a circulação; 
  • Ajuda a aliviar as dores da artrite; 

Além de todos esses benefícios, o óleo de semente uva ainda pode ser usado para a estética: 

Unhas 

Nas unhas, o óleo de semente de uva ajuda a hidratar as cutículas. Ele também pode fortalecer ou ajudar a recuperar as unhas que estão danificadas. 

Para usar, é bem fácil: 

  1. Comece cortando, lixando e limpando a unha normalmente; 
  2. Aplique um pouquinho do óleo e deixe secar;
  3. Lave as unhas com sabonete.

Cabelo

Esse óleo pode ser usado como hidratante capilar para deixar os fios mais brilhantes e sedosos. 

Uma das dicas é aplicar esse óleo quando o cabelo já estiver mais sujinho, para recuperar a aparência de fios saudáveis. 

Mas quem possui as madeixas oleosas é bom evitar esse truque, já que o óleo de semente de uva pode aumentar a oleosidade. 

Outro ponto positivo é que se ele for aplicado no couro cabeludo pode ajudar no combate da caspa e na queda de cabelos. 

Pele 

Na pele, esse produto pode retardar os efeitos do envelhecimento (como as rugas e sinais da idade). 

Ele também é comumente encontrado em protetores solares, já que é capaz de proporcionar proteção e tratar manchas (pequenas) que são provocadas pelo sol. 

Ele ainda pode ajudar na cicatrização de manchas pequenas, como as causadas por acne, dermatite, sardas e eczema.

Para usar o óleo de semente de uva na pele, basta aplicá-lo, esperar cerca de 30 minutos e depois enxaguar com água morna. Também é possível passá-lo antes de dormir e tirar o excesso na manhã seguinte.

Vale ressaltar que, depois da sua aplicação, não é recomendado que a pele em tratamento tenha exposição ao sol. 

Celulite

O óleo de semente de uva pode ajudar a diminuir a flacidez da pele e assim, evitar o aparecimento de celulite e estrias, pois ele é capaz de promover hidratação na derme. 

A aplicação deve ser feita pelo menos 1 vez ao dia, de preferência acompanhada de massagens circulares na área afetada. 

Existe alguma restrição?

Apesar de ser mais saudável do que outros tipos de produtos, vale lembrar que essa substância é oleosa. Portanto, seu uso ou consumo em excesso pode ter consequências como entupimento dos poros (se for passado) ou das veias (se for consumido). 

Assim, o óleo de semente de uva deve ser consumido com moderação, ou seja, cerca de 1 ou 2 colheres de chá por dia. 

Embora seja em casos raros, ele ainda pode causar enjoos, diarreia, vômito ou desconfortos abdominais. Se isso acontecer, recomenda-se que o produto não seja mais consumido. 

Onde comprar?

Geralmente, o óleo de semente de uva pode ser comprado em casas de produtos naturais, lojas que vendem produtos para nutrição ou farmácias homeopáticas. 

Os preços geralmente variam entre R$10 e R$30, dependendo da quantia (mL) e da região do país. 

Alguns exemplos de óleo de semente de uva são: 


O óleo de semente de uva é um produto, que se for usado corretamente, pode trazer muitos benefícios. Em casos de dúvidas, consulte um médico nutricionista. O Minuto Saudável traz outras dicas e informações sobre saúde. Confira!!!


Minuto Saudável: Somos um time de especialistas em conteúdo para marketing digital, dispostos a falar sobre saúde, beleza e bem-estar de maneira clara e responsável.