O Gastrol é uma opção de medicamento eficaz para o alívio da má digestão e de seus sintomas. A condição, também conhecida como indigestão ou dispepsia, é a sensação de desconforto e/ou dor na parte superior do abdômen. 

O desconforto pode ocorrer isoladamente e por poucas vezes ou pode indicar a presença de outros problemas de saúde. 

No artigo a seguir você confere mais sobre a condição, suas causas e sintomas e sobre o medicamento, suas apresentações, como tomar e contraindicações. 

Índice – Neste artigo, você vai encontrar:

  1. O que causa má digestão?
  2. Sintomas de má digestão
  3. Para que serve o Gastrol?
  4. Princípio ativo
  5. Apresentações de Gastrol
  6. Como tomar Gastrol?
  7. Contraindicações
  8. Perguntas frequentes
  9. Preços e onde comprar

O que causa má digestão? 

Entre as possíveis causas da má digestão estão:

  • Refeições grandes;
  • Se alimentar rapidamente;
  • Consumo de comidas gordurosas e/ou apimentadas;
  • Consumo de bebidas alcoólicas;
  • Uso de medicamentos como a eritromicina, antibióticos, bifosfonatos, como o alendronato e o clodronato, e de anti-inflamatórios não esteroides (AINEs), como o ibuprofeno e a nimesulida.

Além disso, a má digestão persistente é um sintoma que pode indicar a presença de algumas condições como:

Investigar a causa do sintoma é tão importante quanto tratá-lo, portanto, consulte seu (a) médico (a) para receber as orientações corretas.

Sintomas de má digestão

O sintoma mais característico da condição é a sensação de desconforto na região do abdômen superior. Entre os outros possíveis sintomas estão:


  • Flatulência (gases);
  • Eructação (arrotos);
  • Sensação de saciedade logo após se alimentar;
  • Sensação de inchaço;
  • Falta de apetite;
  • Náusea;
  • Constipação;
  • Diarreia;
  • Azia.

Leia mais em: Má digestão: confira causas, sintomas, tratamentos e mais

O principal sintoma é desconforto no abdômen superior.

Para que serve o Gastrol?

Gastrol é um medicamento antiácido indicado para o tratamento da hiperacidez gástrica e suas complicações, da úlcera péptica e da má digestão e dos sintomas que a acompanham como a azia, queimação, náusea e vômito.

O medicamento atua combatendo e reduzindo a acidez gástrica e os incômodos das regiões do estômago e esôfago e, além disso, forma uma camada que protege a mucosa da região.

Ademais, Gastrol tem ação rápida, proporcionando alívio imediato! 

Princípio ativo 

O medicamento tem como princípio ativo a combinação de Hidróxido de Magnésio com Hidróxido de Alumínio e Carbonato de Cálcio, três componentes que possuem ação antiácida.

Já o princípio ativo de Gastrol TC combina o Hidróxido de Magnésio e o Hidróxido de Alumínio com a Simeticona (princípio ativo que atua aliviando o excesso de gases). 

Apresentações de Gastrol

O medicamento pode ser encontrado na forma de sachês, pastilhas, suspensão oral e suspensão oral TC. Descubra mais sobre cada uma delas a seguir:

Sachê

Comercializada em sachês contendo pó efervescente de 5g, essa apresentação do medicamento é indicada como antiácido e é de uso adulto. Além disso, os sachês podem ser encontrados nos sabores abacaxi, limão e laranja.

Pastilhas

Já a apresentação em pastilhas pode ser encontrada em cartelas com 10 ou em caixas com 20 comprimidos e também é indicada como antiácido de uso adulto.

Suspensão

O Gastrol também pode ser encontrado na forma de suspensão oral e é comercializado em embalagens contendo 1 frasco com 250mL. Essa apresentação também é indicada para aliviar os sintomas da acidez estomacal e é de uso adulto.

Suspensão TC

Como mencionado anteriormente, o Gastrol TC suspensão oral tem princípio ativo diferente das outras versões do medicamento e combina 2 antiácidos com a simeticona, um antiflatulento.

A versão é indicada para o alívio do excesso de gases, da acidez estomacal e da azia causada pelo refluxo, esofagite e hérnia de hiato. Além disso, é de uso adulto e pediátrico.

Como tomar Gastrol?

Cada apresentação de gastrol tem formas de uso diferentes, descubra mais sobre cada uma a seguir:

Sachê

Dissolva de 1 a 2 envelopes em meio copo de água. Pacientes com histórico médico de úlcera e gastrite devem usar 1 envelope antes e 1 depois do consumo de alimentos e bebidas que possam causar azia e dor de estômago.

Pastilhas

A dose diária de Gastrol em forma de pastilhas é de 1 a 2 pastilhas, não ultrapassando o período máximo de 2 semanas de tratamento.

Suspensão

Já Gastrol suspensão oral deve ser consumido entre meia e uma hora antes das refeições e de se deitar. A dose diária é de 1 a 2 colheres de sobremesa ou 10mL a 20mL.

Suspensão TC

A suspensão oral Gastrol TC também deve ser administrada entre meia e uma hora antes das refeições e de se deitar. Além disso, a dose diária varia de acordo com a idade do paciente:

  • Adultos: a dose máxima diária é de 1 e 2 colheres de sobremesa, cerca de 4 vezes ao dia;
  • Crianças: a dose máxima diária é de 1 a 2 colheres de chá, cerca de 1 a 2 vezes por dia.

É importante ressaltar que cada colher de chá equivale a 5mL, enquanto cada colher de sobremesa equivale a 10mL.

A dose máxima para adultos da suspensão é de 1 e 2 colheres de sobremesa por dia.

Contraindicações

O uso do medicamento em forma de sachê, pastilhas e suspensão não é indicado para pessoas com hipersensibilidade aos componentes da fórmula, inchaço e retenção líquida, nefrites, alcalose, albuminúria e anemia

Além disso, o princípio ativo carbonato de cálcio é contraindicado para pacientes com:

  • Excesso de cálcio no sangue (hipercalcemia);
  • Excesso de cálcio na urina (hipercalciúria);
  • Dieta deficiente em fósforo;
  • Neoplasias;
  • Sarcoidose;
  • Doença renal;
  • Desidratação.

Já os princípios ativos hidróxido de alumínio e hidróxido de magnésio não são indicados para pessoas com:

  • Doença renal;
  • Insuficiência renal e insuficiência renal grave;
  • Colite ulcerativa;
  • Realizaram ou irão realizar colostomia;
  • Realizaram ou irão realizar ileostomia;
  • Diverticulite.

A suspensão oral Gastrol TC é contraindicada no caso de hipersensibilidade a quaisquer dos componentes da fórmula, insuficiência renal grave, número reduzido de fosfatos no sangue (hipofosfatemia) e obstrução intestinal

Ademais, seu uso também não é indicado para gestantes e mulheres que estão amamentando.

Perguntas frequentes

Listamos algumas perguntas frequentes do público a respeito do medicamento. No caso de maiores dúvidas, entre em contato com um (a) médico (a) ou farmacêutico (a). Confira:

Quem tem refluxo e gastrite pode tomar gastrol?

Sim. A suspensão TC é indicada para o tratamento dos sintomas causados pelo refluxo. Além disso, medicamentos antiácidos, classe de medicamentos a qual o gastrol pertence, são uma das formas de tratamento para o refluxo.

Leia mais em: Remédio para refluxo: o que tomar para aliviar os sintomas?

Gestantes e lactantes podem tomar gastrol?

Assim como todos os medicamentos antiácidos, as apresentações em forma de sachê, pastilhas e suspensão só devem ser ingeridos por gestantes e lactantes mediante prescrição e orientação médica.

No entanto, o uso da apresentação gastrol TC não é indicado para gestantes e lactantes. 

De quantas em quantas horas Gastrol deve ser ingerido?

O intervalo de tempo em que gastrol deve ser ingerido varia de acordo com a forma de apresentação do medicamento. A forma em sachê pode ser ingerida em intervalos de pelo menos 1 hora. Já os dois formatos de suspensão oral podem ser ingeridos de 6 em 6 horas. 

Quantas vezes Gastrol pode ser ingerido?

A quantidade máxima de vezes que o medicamento pode ser ingerido por dia varia de acordo com a sua forma de apresentação:

  • Sachê: máximo de 8 envelopes por dia;
  • Pastilhas: máximo de 10 pastilhas por dia;
  • Suspensão: dose máxima diária de 80mL;
  • Suspensão TC: dose máxima diária de 80mL para adultos e de 10mL para crianças.

Gastrol em pastilha pode ser mastigado?

Sim, as pastilhas do medicamento podem ser mastigadas. 

Preços e onde comprar

As diversas apresentações de Gastrol podem ser encontradas em farmácias físicas e online.

Na Consulta Remédios, maior marketplace de farmácia do Brasil, você compara preços, confere se o medicamento está disponível nas farmácias mais próximas a você e compra sem sair de casa.

O preço varia de acordo com a apresentação do medicamento e com a quantidade:

Leia também: Dor de estômago: o que pode comer e o que evitar?  

____________________

A automedicação pode trazer diversos malefícios à saúde, portanto, consulte um (a) médico (a) antes de utilizar qualquer medicamento.  

No site e nas redes sociais do Minuto Saudável você encontra mais informações sobre remédios, saúde e bem-estar.

Referências


Minuto Saudável: Somos um time de especialistas em conteúdo para marketing digital, dispostos a falar sobre saúde, beleza e bem-estar de maneira clara e responsável.