As vitaminas são conhecidas por serem nutrientes essenciais para o corpo humano. Elas desempenham funções fundamentais para o nosso metabolismo celular e a maior parte delas precisa ser obtida através de alimentos.

São muitas as vitaminas essenciais para nós, e a falta delas pode causar diferentes problemas no funcionamento ideal do nosso organismo.

Neste texto, vamos falar um pouco sobre a vitamina B6, sua utilidade, o que pode acontecer com a falta ou excesso dela e mostrar alguns alimentos que são fontes desse componente essencial. Vamos lá?

O que é a vitamina B6 e para que serve? 

A vitamina B6 é uma vitamina do complexo B, um grupo de vitaminas que age de forma complementar no organismo para garantir seu funcionamento.

Também conhecida como piridoxina, essa vitamina atua como uma coenzima na quebra de proteínas. Isso significa que ela ajuda o nosso corpo a conseguir aproveitar melhor esses nutrientes, promovendo diversos benefícios.

A vitamina B6 também tem papel fundamental na multiplicação de todas as células, pois facilita a respiração celular. Além disso, a piridoxina participa da formação de hemoglobinas (células do sangue que carregam o oxigênio) e de anticorpos.

A ingestão adequada da vitamina B6 ajuda a prevenir e tratar a anemia, além de prevenir a perda de memória e de capacidades cognitivas, desempenhando um papel fundamental no cérebro. Ainda atua na formação de neurotransmissores como a serotonina, responsável por muitos fatores da saúde mental.

O que acontece com a carência ou excesso da vitamina B6?

Assim como todas as vitaminas essenciais, a falta ou o excesso da vitamina B6 podem ter efeitos adversos para a saúde.


Se houver deficiência da vitamina, pode haver anemia, vista a importância dela para a produção de hemoglobinas que, além do oxigênio, carregam e nutrem as células com ferro.

Além disso, pode haver sintomas relacionados ao sistema nervoso, como cansaço, sonolência e depressão. Ainda é possível que surjam ferimentos na boca e inchaço na língua.

Por outro lado, o excesso de vitamina B6 também traz problemas. É raro que ocorra, e é necessária uma quantidade muito alta da vitamina  por um longo período de tempo para que seja prejudicial. Assim, normalmente é decorrência do uso de suplementos de forma inadequada.

O excesso da vitamina B6 pode causar danos nos nervos, resultando em sintomas como:

  • Neuropatia sensorial e periférica (prejuízo à noção de espaço e movimento);
  • Dor de cabeça;
  • Insônia;
  • Fadiga;
  • Formigamentos nas mãos e nos pés;
  • Cãibras e espasmos musculares;
  • Alterações de humor;
  • Náuseas;
  • Perda de apetite.

Alimentos ricos em B6

A vitamina B6 pode ser encontrada em diversos tipos de alimentos, tanto de origem animal quanto de origem vegetal. 

Abaixo, separamos 10 alimentos para você ter uma dieta rica nessa vitamina essencial! Confira:

AlimentoQuantidade de vitamina B6 a cada 100g
Bife de fígado1,43mg
Banana0,59mg
Salmão cozido0,65mg
Frango cozido0,63mg
Fígado de frango cozido0,6mg
Avelã0,6mg
Castanhas0,5mg
Camarão cozido0,4mg
Carne de boi cozida0,4mg
Abacate0,28mg

Todas as vitaminas do complexo B são essenciais para o nosso organismo.

Uma vez que o corpo humano não as produz na quantidade necessária, é essencial ter uma dieta que contemple essas vitaminas.

A vitamina B6 é muito importante para o metabolismo celular, para as funções nervosas e para o proveito das proteínas que ingerimos. 

Para saber mais dicas sobre alimentação saudável e sobre os nutrientes que precisamos, continue acompanhando o Minuto Saudável!


Minuto Saudável: Somos um time de especialistas em conteúdo para marketing digital, dispostos a falar sobre saúde, beleza e bem-estar de maneira clara e responsável.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *