A gordura saturada é aquela geralmente relacionada ao colesterol ruim (LDL).

Ela é predominante em alimentos de origem animal e seus derivados, principalmente naqueles de origem animal, como as carnes (bovinas, suínas, aves e ovinas) e laticínios (queijo, manteiga, iogurte).

Nos produtos vegetais é menos comum, mas pode ser encontrada em óleos (coco e dendê) e produtos industrializados que utilizam esses ingredientes.

Como está mais associada aos riscos à saúde, e não é difícil exagerar no consumo, muita gente fica atenta às embalagens e tabelas nutricionais.

Isso porque, apesar de ser importante para o corpo, como ajudar na manutenção das membranas celulares e no armazenamento de vitaminas, a gordura saturada pode trazer problemas de saúde, como complicações cardíacas.

Leia mais: Alimentação Saudável: o que é, benefícios, como ter, cardápio, dicas

Alimentos industrializados ricos em gordura saturada: quais são eles?

Os alimentos industrializados são, em geral, ricos em gorduras saturadas. Por isso, separamos alguns com índices elevados e que, por isso, devem ser consumidos moderadamente.

Em média, a quantidade de gordura trans em cada porção alimentar (de 100g) é de:

  • Chocolate: 32,4g;
  • Creme de leite: 23g;
  • Salgadinho (pacote): 12,4 g;
  • Salsicha: 8,4 g;
  • Bolacha recheada: 6g;
  • Lasanha bolonhesa: 3,38g;

Alimentos naturais que possuem gordura saturada

Os alimentos naturais também podem ter em sua composição a gordura saturada. A maioria tem origem animal, mas alguns de origem vegetal também podem ser fonte de gorduras trans:

Confira os alimentos abaixo (porção de 100g):

  • Polpa de coco: 30g;
  • Carne vermelha: 5g;
  • Nozes: 9g;
  • Leite integral: 0,9g.

É importante salientar que não é necessário retirar absolutamente da dieta esses alimentos, pois as gorduras saturadas também são importantes para um bom funcionamento do corpo humano.

A atenção deve ser dada à quantidade consumida.

Qual a quantidade ideal de gordura saturada por dia?

A recomendação é que o consumo seja de apenas 10% do valor total de calorias diárias. Por exemplo, se você consumir ao todo 2000 calorias, o ideal é que você não coma mais que 22g de gordura saturada.

Mas a quantidade ainda pode mudar. Se houver algum fator de risco cardíaco, a recomendação é que o consumo de gorduras seja menor, podendo ingerir somente 7% do valor total de calorias (14g).

Por isso, é fundamental conferir o rótulo e estar atento às tabelas nutricionais.

Leia mais: O que é preciso saber para se alimentar bem


As gorduras saturadas apesar de serem importantes para o bom funcionamento do corpo humano, em excesso pode trazer complicações para a saúde, como o colesterol alto.

Portanto, é importante manter sempre um equilíbrio na hora de planejar a dieta. Além disso, estar bem informado é um bom modo de fazer escolhas mais saudáveis e ter uma vida mais equilibrada.

Acompanhe mais conteúdos como esse no Minuto Saudável!!

Minuto Saudável: Somos um time de especialistas em conteúdo para marketing digital, dispostos a falar sobre saúde, beleza e bem-estar de maneira clara e responsável.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *