Quando se trata de emagrecimento, todo mundo tem uma dica ou receita. Além disso, de tempos em tempos, algum ingrediente é eleito milagroso. 

Muitas dietas e receitas surgem com promessas de emagrecimento rápido e benefícios para todo o organismo, com vários mitos e verdades em torno do assunto.

Com a dieta do limão é assim. Algumas pessoas relatam ter emagrecido muitos quilos de forma rápida após começarem a tomar a água com limão em jejum. No entanto, é preciso entender antes quais os reais benefícios e riscos no consumo.

O ideal é fugir dos modelos que recomendam doses elevadas da fruta e conversar com um nutricionista.

O limão é uma fruta que traz muitos benefícios, mas o consumo também deve ser de forma equilibrada.

Confira no artigo abaixo como funciona a dieta da água com limão e se ela realmente funciona para quem quer perder peso!

O que é a dieta do limão?

A dieta do limão consiste no consumo de água com limão em jejum todos os dias. Ela pode ser feita com qualquer tipo da fruta, pois todas são ricas em nutrientes que fazem bem à saúde.

Devido ao fato do limão ser rico em vitamina C, um poderoso antioxidante, seu consumo diário ajuda a combater a ação dos radicais livres (prevenindo o envelhecimento precoce) e melhora a resposta imunológica. 


Dessa forma, é um aliado na prevenção de gripes e resfriados.

No entanto, por ser chamada de dieta, imagina-se que um dos principais objetivos de quem a faz seja emagrecer. Realmente, esse é um dos maiores atrativos da dieta do limão. Contudo, essa não é uma dieta que ajuda na queima de gordura se não houver também outras mudanças de hábitos.

O consumo da água com limão sem outros esforços, como reeducação alimentar e atividades físicas, não interfere no peso.

Se todos esses fatores estiverem aliados, então, é possível ver uma mudança na balança e nas medidas. Mas é importante reforçar que nenhuma dieta é milagrosa e que é sempre um risco para saúde fazer dietas radicais sem orientação nutricional.

Existem outras variações da dieta, com o consumo elevado de limões, mas o ideal é evitar exageros. Para saber como adaptar essa dieta para o seu dia a dia, converse com um nutricionista ou nutrólogo.

Como é feita a dieta do limão?

Em uma busca rápida já é possível observar que existem muitas variações da dieta do limão. Não existe um modelo oficial a ser seguido, portanto, cada nutricionista pode orientar o paciente de uma forma diferente.

A nutricionista Angela Federau, em sua prática clínica, recomenda o consumo do suco de meio limão espremido em água (gelada ou morna) por dia. 

“Existem algumas variações na dieta do limão, uma delas é o consumo da dieta de 10 limões (de 1 a 10 limões nos primeiros 10 dias e de 10 a 1 limão no restante dos dias), mas esse modelo é bastante evitado pelo excesso”.

Há ainda versões mais ultrapassadas da dieta que duravam 21 dias, que deveria ser feita de forma gradual, a cada dia 1 limão a mais. Nessa variação, no fim dieta, a pessoa teria de consumir mais de 20 limões ao dia. 

Esse modelo, que já caiu em desuso há algum tempo, indica doses muito altas da fruta e pode causar efeitos colaterais, como hipervitaminose, intoxicação, úlceras e agravar ainda mais a gastrite em pacientes com a doença.

Algumas variações também orientam tomar a água com limão meia hora antes de todas as refeições principais, o que poderia ajudar a inibir o apetite e facilitar o emagrecimento.

Contudo, a versão mais clássica da dieta consiste no consumo em jejum de meio limão espremido em água, logo ao acordar, ou seja, antes do café da manhã.

Esse hábito é mais saudável e equilibrado, por não sugere doses muito altas da fruta. Assim, a pessoa pode beneficiar-se dos nutrientes sem ter riscos de efeitos colaterais.

Para ter maior segurança, o ideal é sempre conversar com um(a) nutricionista. Para o objetivo de emagrecer, é esse o(a) profissional que saberá avaliar qual o melhor cardápio.

A duração da dieta também é um fator importante. O ideal é que seja mantida por períodos curtos, de 20 dias, fazendo pausas.

A nutricionista Angela explica:

“É importante dar um tempo na dieta. Ela não deve ser de uso contínuo para não acabar intoxicando o corpo, mesmo sendo um alimento saudável. Deve ser de forma cíclica. Contudo, como existem variações, cada profissional nutricionista pode orientar de forma diferente”.

Como não há um cardápio definido nessa dieta, a orientação é que a pessoa mantenha uma alimentação equilibrada, rica em verduras, legumes, frutas, proteínas e carboidratos. Para perder peso, deve evitar os alimentos ultraprocessados, ricos em sódio, gorduras e açúcar.

Para deixar ainda mais saudável a bebida, algumas pessoas adicionam gengibre e chia ao suco de limão, reforçando o teor nutricional.

Quais os benefícios da dieta do limão em jejum?

A dieta do limão, quando feita corretamente, pode proporcionar vários benefícios para a saúde devido à vitamina C e outras substâncias presentes na fruta.

Em relação à perda de peso, infelizmente não é possível afirmar que a água com limão seja capaz de impactar significativamente no emagrecimento. 

Esse benefício só é possível quando se tem também outras mudanças de hábitos, como prática de atividades físicas e uma adequação alimentar.

Mas para o organismo, de uma forma geral, o limão com água pode trazer muitos benefícios. Por ser uma ferramenta que aumenta e estimula o consumo de água, a pessoa reforça a hidratação do organismo.

Também faz bem por ajudar a desintoxicar e descongestionar o organismo, reforçar a resposta do sistema imunológico e, por ser fonte de potássio, estimular funções cerebrais e nervosas.

De acordo com a nutricionista Angela Federau, a dieta do limão é benéfica por conta da fruta ser um alimento ácido, mas com grande potencial alcalino. Isso significa que é capaz de equilibrar a acidez (pH) do organismo.

É um fator importante pois a acidez no organismo pode acabar reduzindo a absorção de vitaminas e minerais, podendo provocar um desequilíbrio hormonal ou enfraquecendo o sistema imunológico.

O limão também é bom por ser rico em vitamina C. Além de ajudar a melhorar a imunidade, contribui para uma melhor absorção de ferro e da síntese de colágeno. 

Por ser antioxidante, ainda ajuda a combater os radicais livres, sendo bom para a manutenção do organismo como um todo.

É, ainda, uma boa opção para a beleza, pois seu consumo reflete benefícios também para a saúde e estética da pele, unhas e cabelos, diz a especialista. 

Dieta do limão faz mal?

Depende. Em excesso tudo faz mal, então isso se aplica à dieta do limão. O consumo elevado do suco da fruta pode causar alguns efeitos colaterais. Por isso, os modelos da dieta em que até mais de 10 limões eram consumidos por dia caíram em desuso.

“Em excesso, a pessoa pode sentir até mesmo um desgaste dental (dentes mais porosos), uma queimação gástrica maior e, em doses extremas, pode até causar feridas na boca”.

Além dessas reações adversas, altas doses de vitamina C também podem provocar uma hipervitaminose, intoxicando o organismo mesmo sendo um nutriente importante.

Por isso, as pessoas devem fugir dos modelos da dieta que recomendam um aumento gradual no consumo do limão diariamente.

Além disso, para evitar problemas à saúde, a dieta do limão deve ser feita por orientação de um profissional e o acompanhamento é indispensável.

Também é importante atentar-se ao tempo da dieta, pois ela não deve ser contínua. É necessário fazer pausas.

Manter uma alimentação saudável, rica em vitaminas e minerais essenciais, também ajuda a prevenir complicações.

A dieta do limão emagrece?

Só fazer a dieta do limão não emagrece. O suco de limão com água em jejum pode até influenciar no emagrecimento, mas sozinho não é capaz de proporcionar resultados significativos.

Ele contribui para a perda de peso por ajudar a amenizar a retenção de líquidos, por desintoxicar o organismo e diminuir o apetite. Algumas pessoas também relatam que o consumo da bebida ajuda a reduzir a vontade de comer doces.

Além disso, por ser uma mudança de hábito, fazer essa dieta pode ser o ponta pé inicial para outras mudanças saudáveis, como ao começar a manter uma alimentação balanceada e praticar exercícios físicos regularmente.

Se o objetivo for perda de peso exclusivamente, talvez a dieta do limão não seja a melhor opção. No entanto, a pessoa mais competente para orientar sobre hábitos alimentares é o(a) nutricionista.

Conversando com esse(a) profissional é possível chegar a um cardápio que se encaixe na sua rotina e que ajude na perda de peso de forma saudável.

Dieta do limão deve ser com água morna ou gelada?

Na dieta do limão, existem pessoas que consomem o suco do limão na água morna e outras na água gelada, em ambos os casos em jejum. Cada lado defende um benefício. 

Por exemplo, ao tomar na água gelada, a bebida poderia aumentar a termogênese do organismo e acelerar o metabolismo para a queima de gordura.

“Com a água gelada, há a especulação de que o organismo acelera a velocidade metabólica, pela questão da temperatura. Na questão da água morna, a hipótese é que o organismo absorve melhor os nutrientes. No entanto, não há comprovação científica”.


A prática de tomar água com limão em jejum se torna cada vez mais frequente. Por ser uma fruta rica em nutrientes como a vitamina C, pode oferecer vários benefícios. Por isso, incluir esse hábito na rotina pode ser muito válido para a saúde.

Entretanto, tudo em excesso faz mal. O consumo exagerado de limão e de forma contínua pode causar alguns efeitos colaterais. 

Portanto, antes de iniciar qualquer dieta, converse com um(a) profissional nutricionista ou médico(a) e entenda qual a forma correta para você. 

Obrigada pela leitura e continue acompanhando nossos artigos sobre alimentação saudável!

Fontes consultadas

Angela Federau

(CRN-8 5047)

Nutricionista formada pelo Centro Universitário Campos de Andrade, especializada em nutrição clínica, escolar e personal diet. Pós graduada em Fitoterapia aplicada a nutrição clínica. Membro convidada da ASN (American Society of Nutrition).


Minuto Saudável: Somos um time de especialistas em conteúdo para marketing digital, dispostos a falar sobre saúde, beleza e bem-estar de maneira clara e responsável.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *