Com 39 semanas de gestação, a gestante deve preparar-se para o parto, uma vez que o bebê já está formado e pronto para nascer, em grande maioria dos casos.

Além de fazer a bolsa com suas coisas e as coisas do neném, o suporte emocional também se faz necessário.

A gestante deve procurar repousar e alimentar-se corretamente segundo a orientação médica. Poupar energia com esforços desnecessários também é uma atitude que deve ser seguida.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que a data mais aconselhável para o parto seja 40ª semana.

Mas bebês que nascem entre a 38ª e 42ª semana também estão dentro do tempo normal. Se o parto for antes dessas 38 semanas, o bebê é prematuro, mas se for depois dessas 42 semanas, o bebê é pós-termo.

39 semanas de gestação são quantos meses?

Ao chegar na 39ª semana de gravidez, a mulher estará entre 8 e 9 meses de gestação. Nesta época, o bebê já deve estar encaixado para nascer e tem o tamanho de uma melancia pequena.

Nesta fase, um neném saudável mede, em média, 50 centímetros e pesa um pouco mais que 3kG.

Também é possível que a mulher comece a ter dores que serão aliviadas quando se muda a posição. Isso é chamado de falso trabalho de parto.


Entretanto, é importante prestar atenção se essas dores são acompanhadas de contrações e dilatações. Se esse for o caso, a gestante deve ser levada a um hospital.

Leia mais: Terceiro trimestre de gravidez: conheça os sintomas e exames

Quais são os sintomas após 39 semanas de gestação?

No final do 8º mês de gestação, a mulher pode ter sintomas como falsas contrações, azias, diarreia e incômodos na vagina. Além desses sinais, a grávida ainda pode ter:

Cólica

A cólica, se não for muito forte, é normal e indica que o parto pode estar próximo. A dor também pode aparecer depois de atividades sexuais ou físicas, devendo desaparecer em até 3 horas.

Dor (na pélvis, nas costas)

A dor na pélvis pode ser contração. Essa é caracterizada por uma dor intensa no baixo ventre, podendo assimilar-se à dor de cólica menstrual. Se essa dor tiver duração em torno de 1 minuto, pode ser considerada contração.

A dilatação do canal da vagina também pode trazer dor e sensação de ardência ou queimação em várias partes, como útero, vagina e vulva.

Dores nas costas também são normais durante essa fase final da gestação.

Corrimento ou tampão mucoso

Não é exatamente um sintoma, mas é um sinal de que o parto pode estar próximo.

O tampão mucoso é uma barreira que fica entre a vagina e o útero. Muitas mulheres expelem o tampão poucos dias ou até horas antes do parto, para que o bebê possa ter acesso ao canal vaginal.

Dependendo do processo de expulsão, o tampão pode ser confundido com um corrimento. Sobretudo se a eliminação for feita aos pedaços.

Entretanto, esse não é um dos sintomas de parto ainda. O organismo pode expulsar o tampão mucoso faltando alguns meses ou semanas para o bebê nascer.

Quando a barriga fica dura?

A partir do 7º mês de gestação, a barriga da mulher pode ficar mais dura. Essa sensação é causada pelas contrações, que indicam que o organismo da mulher está se preparando para o trabalho de parto. Ainda existem as falsas contrações, chamadas de Braxton Hicks, que pretendem acostumar o corpo para o parto.

Essas contrações são irregulares que duram entre 30 segundos e 1 minuto. Depois dessas falsas contrações, é normal que a barriga fique dura.

Já as contrações naturais e verdadeiras são regulares. A gestante deve percebê-las e anotar a duração e a frequências com que acontecem.

A mulher entrou em trabalho de parto se tiver intervalo de 10 minutos entre uma contração e outra. Nesses casos, se a gestante já não estiver na maternidade, deve ser levada com urgência.

Pode ter relação sexual com 9 meses de gravidez?

Se não houver nenhuma contraindicação médica, a gestante pode ter atividades sexuais nos últimos dias de gestação.

O único cuidado é em relação às posições, que devem ser confortáveis.

A barriga da mulher pode atrapalhar um pouco, mas é importante que nenhum dos dois se apoie ou coloque o peso do corpo em cima da barriga.

O uso da camisinha continua sendo necessário durante a gestação para evitar as Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs).

Muitas mulheres também podem ter a libido aumentada ou reduzida nesse período. A vontade sexual da gestante depende dos hormônios, da ansiedade pela chegada do bebê ou ainda do cansaço.

Algumas grávidas também podem ter inchaços e cólicas, o que, em geral, diminui a predisposição para o sexo.

Já as gestantes que estão passando por uma gestação de risco ou tiveram complicações nas últimas semanas, devem evitar as atividades sexuais.

Em caso de dúvida se a mulher pode ter relações sexuais ou não, consulte um ginecologista ou o obstetra que acompanha a gestação.

Leia mais: O que é Licença Maternidade, como funciona, quando entrar, nova lei


A 39ª semana de gravidez é acompanhada de expectativa e ansiedade para o parto e para a chegada do bebê.

Mas as mamães devem ficar atentas a alguns sinais como a dilatação e as contrações. Se a gestante notar alguma coisa que seja anormal, deve procurar um hospital o mais rápido possível.

O Minuto Saudável traz muito conteúdo sobre gravidez. Confira!


Minuto Saudável: Somos um time de especialistas em conteúdo para marketing digital, dispostos a falar sobre saúde, beleza e bem-estar de maneira clara e responsável.

Participe da discussão

6 comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

  1. Bom dia, é o primeiro seit que explica tudo direto e com detalhes muito bom Obrigado pelas dicas vcs estão de parabéns.

    1. Olá, Marina.
      Uma gestação normal tem uma duração média de 40 semanas. Há casos, em que a gestação pode se alongar para mais algumas semanas depois da 40ª, ou seja, é possível que a gravidez dure 41 ou 42 semanas. Se a gravidez ultrapassar a 42ª semana, o neném é chamado de pós termo e geralmente o obstetra induz o parto. É importante seguir as recomendações médicas e esclarecer todas as suas dúvidas com o médico obstetra que te acompanha.

  2. Estou grávida 39 semana mais minha bolsa ainda não estourou e normal

    1. Olá, Josilene.
      Cada organismo é diferente.
      Em geral, a bolsa d’água rompe algumas horas antes do parto.
      Se tiver sintomas sangramentos intensos, febre, dores fortes e contrações ritmadas, procure um serviço de emergência médica o mais rápido possível.
      Para esclarecer outras dúvidas, procure a orientação do obstetra que te acompanha.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *