Escolher opções mais leves e saudáveis para o jantar pode não ser tão simples, devido a questões como a dificuldade em montar um cardápio ou até mesmo ao cansaço do dia a dia, que nos leva a optar por coisas mais práticas, como o delivery ou comidas industrializadas.

Porém, escolher com cuidado o que comer à noite pode favorecer a saúde e, também, colaborar com o emagrecimento (um desejo de muitas pessoas).

Veja, na sequência, algumas dicas e informações sobre a alimentação no período noturno:

Índice — neste artigo você vai encontrar:

  1. O que comer à noite para não engordar?
  2. Sugestões de o que comer à noite para emagrecer
  3. O que comer à noite antes de fazer um exame?

O que comer à noite para não engordar?

Ao contrário do que algumas pessoas pensam, comer à noite não engorda. Inclusive, não são recomendadas dietas, sem indicação nutricional, que estimulam pular refeições ou reduzir drasticamente a quantidade de comida.

Isso, considerando que tais alterações podem ocasionar malefícios à saúde. E, inclusive, causar um “efeito reverso” a quem deseja emagrecer, pois a restrição alimentar drástica ocasiona, em muitos casos, a compulsão. Ou seja, aumenta a fome e a vontade de comer no café da manhã.

Então, o que pode engordar são os excessos ou a escolha inadequada dos alimentos.

Sendo assim, o primeiro passo ideal seria buscar a orientação de um(a) nutricionista a fim de estabelecer um cardápio para você com base em suas necessidades, objetivos e rotina.


Uma dica importante é sempre priorizar os ingredientes que sejam de fácil digestão e leves, para que você não consuma mais calorias do que o seu corpo pode queimar nessa hora.

Também pode-se incluir alimentos e bebidas com propriedades calmantes e/ou que estimulem o sono: camomila, aveia, banana, mel, amêndoas, leite, entre outros.

Outros itens que você pode consumir sem culpa no período da noite são os seguintes:

  • Saladas (em especial as com folhas verdes: rúcula, alface, agrião);
  • Sopas leves (caldo verde, de legumes, canja);
  • Pão integral;
  • Abacate, cereja, morango, kiwi;
  • Legumes e verduras em geral;
  • Iogurte;
  • Quinoa;
  • Proteínas como o salmão e o ovo.
As saladas de folhas verdes são uma ótima opção de jantar leve, saudável e que pode ajudar a não engordar.

Lembrando que se deve evitar os excessos, então priorize as pequenas quantidades. Além disso, é recomendado fazer a última refeição cerca de 3 horas antes de dormir, então tente se organizar para que isso seja possível.

Além disso, vale destacar que essas são apenas algumas sugestões e isso não dispensa a orientação de um(a) profissional capacitado(a). Busque sempre um(a) especialista!

Sugestões de o que comer à noite para emagrecer 

Algumas coisas que você deve evitar consumir no período da noite são carboidratos (pães, massas, doces), bebidas alcoólicas, pimentas, frituras e cafeína. Pois, além de não favorecerem o seu sistema digestivo, também prejudicam o sono.

Mas para quem quer emagrecer, não basta evitar esses ingredientes. Também pode-se apostar em opções que colaboram com o emagrecimento, mesmo quando consumidas à noite. 

Na sequência, você pode ver como essas alternativas podem estar em um lanche noturno leve, um jantar saudável e em uma refeição pouco calórica. Confira:

Lanche leve

Se você é do tipo que gosta de fazer lanchinhos ou a famosa “ceia”, aquela última refeição antes de dormir, é preciso tomar cuidado para consumir os alimentos certos.

Nessa hora, a recomendação é sempre fazer um lanche leve, o que colabora para a digestão e reflete em um sono melhor. Mas, dependendo dos ingredientes escolhidos, pode-se também favorecer o emagrecimento. Assim, algumas alternativas são as seguintes:

  • Iogurte natural com morangos (pode acrescentar um pouco de chia, se desejar);
  • Chá de camomila, hortelã, melissa ou passiflora;
  • Vitamina de abacate;
  • Uma fatia de pão integral com queijo branco.

Dessas opções, por exemplo, destaca-se o fato de que o iogurte tem um significativo valor proteico e o pão integral é considerado um carboidrato de lenta liberação. Ambos são atributos benéficos ao organismo, especialmente no período noturno. 

Ainda, algumas frutas como a banana, o morango, o kiwi e a cereja também podem ser uma opção de lanche. Se você quiser, pode optar por fazer uma saladinha de frutas, com uma pequena quantidade de cada uma. Favorecendo o corpo devido às fibras e vitaminas delas. 

Tenha em mente que essas são apenas algumas sugestões genéricas, para saber o ideal de acordo com seu organismo, é preciso buscar um(a) especialista em nutrição.

Jantar saudável

Na hora do jantar, você pode escolher opções saudáveis, que contribuem para a formação de massa magra e que sejam mais facilmente digeridas, de forma a evitar o acúmulo de gordura e colaborar para o emagrecimento.

Algumas alternativas que podem ser indicadas pelo(a) nutricionista são as seguintes:

  • Salada de folhas verdes e 150g de carne magra (salmão, frango, alcatra);
  • Grão-de-bico com legumes;
  • Frango desfiado com salada de quinoa;
  • Sopa de legumes;
  • Caldo verde (sopa de couve).

Além do baixo teor calórico, alguns desses ingredientes (como o salmão e o grão-de-bico) são fonte de triptofano (aminoácido que estimula a produção de serotonina e melatonina, contribuindo para o sono).

Sendo assim, como é possível notar, as opções de jantar para emagrecer costumam incluir proteínas e ingredientes com alto teor nutricional — como os legumes e as saladas.

Também podem fazer parte da lista de opções os carboidratos de lenta liberação (quinoa, feijão, ervilha) e alimentos ricos em fibras (espinafre, rúcula, couve). O que ajuda a acordar com menos fome e pode ajudar quem deseja emagrecer e/ou ter uma rotina mais saudável.

Mas lembre-se que apenas um(a) nutricionista pode, realmente, indicar um cardápio ideal!

Refeição pouco calórica

As opções mencionadas no tópico anterior já são uma excelente opção de refeição pouco calórica, considerando que têm como base a ingestão de proteínas magras e vegetais. Porém, dentre elas, pode-se destacar algumas alternativas que são melhores nesse sentido.

Um exemplo simples de refeição pouco calórica são as sopas, pois a sua base é água e levam ingredientes com baixas calorias, mas ricos em nutrientes benéficos à saúde. 

As sopas são uma opção de refeição pouco calórica, mas rica em nutrientes e benefícios à saúde.

Você pode optar pela tradicional sopa de legumes, por exemplo. Ou, se quiser inovar, pode fazer receitas como: creme de cenoura, sopa de couve, creme de couve-flor e brócolis.

Além disso, as saladas também são ótimas nesse ponto. Você pode usar de sua criatividade e de seu gosto pessoal para preparar uma bem nutritiva. Por exemplo, pode optar por uma base de folhas verdes e acrescentar itens como cebola, tomate, cenoura, grãos, queijo branco e frutas.

Se desejar complementar, pode incluir um ovo cozido também, pois é uma ótima fonte de proteína e tem um baixo teor calórico.

O equilíbrio é a chave de tudo, então, sua alimentação não pode se basear apenas nesses ingredientes. Por isso, é tão importante buscar a orientação de um(a) nutricionista, de forma que ele(a) te oriente sobre como emagrecer com saúde e sem sofrimento.

O que comer à noite antes de fazer um exame?

Normalmente, antes de realizar algum exame no período da manhã, é necessário fazer jejum, a fim de evitar alterações nos resultados. Esse jejum pode ser de 4, 6, 8 ou 12 horas, a depender do tipo de exame — essa informação será passada pelo laboratório.

Portanto, nesses casos, não se deve comer nada antes de fazer o exame. Alguns procedimentos, inclusive, não permitem sequer que o paciente beba água nesse período.

Mas uma dica é se alimentar bem antes de começar o jejum, considerando que você ficará por algumas horas sem comer. Então, o ideal é optar por uma refeição equilibrada, priorizando o consumo de verduras e proteínas, evitando excessos e preparos gordurosos (como a fritura).


O que comemos à noite deve ser, preferencialmente, leve e saudável. Isso vai favorecer a saúde e o sono, podendo também contribuir para quem deseja emagrecer com saúde. Mas lembre-se: mudanças nos hábitos alimentares requerem orientação profissional!

Se você gosta desses conteúdos, confira a aba “Fitness” do Minuto Saudável para ver mais!


Minuto Saudável: Somos um time de especialistas em conteúdo para marketing digital, dispostos a falar sobre saúde, beleza e bem-estar de maneira clara e responsável.