Os tratamentos de pele são utilizados para curar, aliviar ou evitar algumas complicações. 

Alguns hábitos cotidianos contribuem para que a pele tenha um aspecto mais envelhecido ou doentio. Por exemplo, não usar protetor solar, fumar, ingerir álcool ou consumir açúcares em grandes quantidades e não retirar a maquiagem corretamente.  

Por outro lado, fatores como alimentação rica em frutas, verduras e legumes, hidratação e boa qualidade de sono podem ajudar a deixar a derme mais saudável e bonita.  

Rugas e linhas de expressão 

Os tratamentos para amenizar as linhas de expressão e as rugas incluem o uso de lasers, aparelhos de luz infravermelha, aplicações de botox e cuidados gerais como uso de cremes, massagens e ginástica da musculatura facial. Todas essas formas de tratamento devem ser orientadas por um médico dermatologista.  

As linhas de expressão aparecem quando estamos mexendo os músculos do rosto (ao sorrir, por exemplo). Quando a face relaxa, essas marcas se suavizam e vão, gradualmente, desaparecendo.

Por outro lado, ao olhar no espelho e notar marcas permanentes, mesmo sem ter havido nenhuma movimentação muscular da face, então, há rugas.

Saiba um pouco mais sobre cada um dos tratamentos mais empregados: 

  • Laser CO2 fracionado: esse laser reduz a flacidez da pele, o que diminui as rugas. Pessoas com cicatrizes a região da aplicação do laser e gestantes não podem fazer esse tipo de tratamento que tem efeitos por até 1 ano; 
  • Laser NeHe (Helio-Neônio): esse tipo é indicado para rugas mais aprofundadas e cicatrizes. O tratamento pode provocar dor e irritação, sendo necessário o uso de anestesia local durante a aplicação do laser; 
  • Aparelhos de radiofrequência (ou infravermelhos): estimula a produção de novas células que são responsáveis pela sustentação da pele (como colágeno e elastina). O tratamento é indolor e tem uma duração longa (de até 2 anos); 
  • Botox: o uso dessa substância impede alguns movimentos da musculatura e portanto suaviza a expressão. Em geral, as aplicações causam pouca dor e levam até 5 dias para fazer efeito, que perdura por mais ou menos 4 meses;  

Alguns cuidados gerais também podem ser feitos em conjunto com esses tratamentos já citados. 


O uso de cremes antirrugas e antienvelhecimento, ácidos e protetores solares é necessário.

Dermatologistas também podem ensinar massagens e ginásticas faciais que estimulam a circulação sanguínea e a produção de células novas.  

Manchas 

Cada tipo de mancha requer um tratamento diferente. Algumas podem ser tratadas com cremes ou pomadas (micose), outras requerem o uso de luzes específicas e lasers (casos severos de vitiligo). Algumas manchas (acne) ainda exigem o uso de cremes ácidos para remover o tecido manchado e estimular a produção de novas células. 

Ainda existem alguns tipos que podem ser indicativos de câncer de pele. Essas manchas podem mudar de cor ou de tamanho e precisam da avaliação de um médico. 

Conheça cada tipo de mancha e o tratamento mais recomendado para cada uma: 

Manchas de Acne 

As manchas causadas pela cicatrização da pele após a acne geralmente possuem um tom mais avermelhado ou marrom. 

Dependendo de cada caso, o peeling é uma das formas de tratamento mais adequada. 

Essa técnica utiliza algumas substâncias (como o ácido tricloroacético) para estimular a produção de novas células e tecidos. 

Vitiligo

Essa doença causa o aparecimento de manchas claras na pele. 

Elas podem ser tratadas com luzes ultravioletas e cremes que estimulam a coloração da pele. 

O tratamento deve ser prescrito por um dermatologista que poderá avaliar cada caso. 

Micose

A micose é causada por vários tipos de fungo que podem estar presentes na pele humana e o pelo de animais. 

Eles provocam manchas que podem ser esbranquiçadas ou amarronzadas.

Nesses casos, o médico receitará um creme ou pomada para combater o fungo e assim evitar novas manifestações.  

Se a região contaminada for grande (como as costas ou a barriga), o dermatologista poderá receitar um medicamento oral que deverá ser tomado conforme a orientação. 

Manchas por queimadura solar 

As queimaduras solares também são provocadas apenas pela exposição prolongada da pele ao sol ou quando há uso incorreto de proteção solar.

O tratamento da pele, nesse caso, pode ser feito com o uso de cremes de esfoliação e o modo de aplicação poderá ser recomendado por um dermatologista. 

Nos casos mais severos, poderá ser solicitado que o paciente faça entre 2 e 15 sessões com lasers, dependendo da necessidade. 

Manchas vermelhas

Manchas vermelhas podem ser causadas por vários fatores como alergias, irritações e dermatite

Por isso, é recomendado que se busque o auxílio de um profissional que poderá identificar a causa. 

Em grande maioria dos casos, é receitado um creme ou pomada, sendo usados por algumas semanas até diminuir ou tratar completamente. 

Manchas de nascença   

Em alguns casos, as manchas de nascença podem ser permanentes. Mas somente um dermatologista poderá fazer esse diagnóstico. 

Mesmo que esse seja o caso, deve-se conversar com o especialista sobre a possibilidade de fazer um tratamento para reduzir ou assemelhar a mancha ao tom de pele.  

Acne, cravos e espinhas

Antes de tudo, é bom reforçar que não se deve cutucar ou espremer as espinhas ou os cravos

Isso porque essa prática pode causar inflamações ou aumentar ainda mais a quantidade de espinhas ou cravos. 

A melhor forma de tratamento deverá ser prescrita por um médico dermatologista. Entre elas estão:  

  • Cremes e géis para evitar que se espalhem; 
  • Sabonetes para limpar a pele ou combater a oleosidade; 
  • Medicamentos orais; 
  • Lasers e procedimentos com luzes (ultravioleta, por exemplo); 
  • Cirurgias, em casos graves e de infecção.  

Olheiras 

 

Em alguns casos (devido à genética), as olheiras são permanentes e precisam ser tratadas por um especialista. O  profissional poderá recomendar alguns cremes ou solicitar várias sessões de lasers, luz pulsante ou microagulhamento. Mas se as olheiras forem brandas podem ser amenizadas em casa com truques bem fáceis:

  • Compressas de camomila fria: ferva a camomila como se fosse fazer um chá. Depois, basta esperar esfriar e usar um pedaço de algodão ou gaze para fazer  compressas sobre a região dos olhos. Isso acontece porque a camomila diminui a dilatação dos vasos sanguíneos, o que clareia a pele; 
  • Rodelas de pepino ou de batata: corte duas rodelas de pepino ou de batata e leve-as à geladeira até esfriarem. Depois, coloque-as sobre os olhos por aproximadamente 20 minutos, lavando o rosto com água morna por último. Esse truque funciona porque esses ingredientes acalmam a pele e diminuem o inchaço; 
  • Gelo: envolva uma pedra de gelo em um pano ou toalha e faça compressas na região dos olhos por cerca de 10 segundos. O frio ajuda a desinchar a olheira.

Entre os métodos clínicos de tratar as olheiras estão: 

  • Laser;
  • Peeling; 
  • Microagulhamento;
  • Ácido hialurônico.

Ressecamento 

O ressecamento da pele pode ser resolvido com soluções caseiras em grande parte dos casos. O uso de cremes hidratantes, esfoliantes e máscaras faciais pode ajudar a combater esse ressecamento. Muitas vezes, somente uma boa limpeza de pele e manter o corpo hidratado já são suficientes para que a pele se recupere.  

A alimentação correta também pode ser uma grande aliada contra o ressecamento da pele. Além da ingestão de água, deve-se incluir na dieta sobretudo alimentos ricos em vitaminas e minerais (frutas e verduras) e proteínas magras (carnes, ovos).

Mas, se mesmo com o esforço, a pele não apresentar melhora, um dermatologista poderá indicar qual a melhor forma de tratamento. 

Esse profissional também deve ser procurado se além do ressecamento a pele apresenta vermelhidão, coceira, feridas, cicatrizes causadas pela coceira ou infecções. 

Nesses casos, poderá ser indicado cremes manipulados com fórmulas específicas (que contenham ureia, ácido láctico e outras substâncias).  


Existem vários tipos de tratamento de pele, que podem variar conforme cada situação.

Em todos os casos, o recomendado é buscar o auxílio de um médico dermatologista que poderá avaliar todas as situações, prescrever e fazer todos os procedimentos que forem necessários. 

O Minuto Saudável ainda tem outras informações sobre saúde da pele. Confira nossas postagens!!!


Minuto Saudável: Somos um time de especialistas em conteúdo para marketing digital, dispostos a falar sobre saúde, beleza e bem-estar de maneira clara e responsável.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *