Estela (Minuto Saudável)
27/04/2019 08:02

Terceiro mês de gravidez: exercícios, alimentação e outros cuidados

O 3º mês de gravidez, ou o fim do primeiro trimestre, é uma fase de novas mudanças na gestante e de desenvolvimento acelerado do bebê.

Da 10ª a 13ª semana — ou seja, o 3º mês —, a barriga mais arredondada e dura começa a aparecer.

Leia mais: Primeiro trimestre de gravidez: sintomas e cuidados iniciais

No texto a seguir, explicamos sobre as mudanças no corpo da mulher durante o 3º mês e o tamanho do bebê.

Continue a leitura para conferir!

Quais os sintomas e mudanças no terceiro mês de gestação?

Se no 1º e no 2º mês de gestação a barriga da gestante quase não aparece, no 3º ela começa a ficar maior e com o formato mais arredondado.

Não é um crescimento muito expressivo, mas você e as pessoas a sua volta já começam a notá-la.

Esse crescimento, no entanto, pode variar de acordo com cada gestante, pois não é igual em todas as mulheres.

Além disso, os seios também se tornam maiores e mais inchados.

Uma boa notícia é que no 3º mês de gestação os enjoos não são tão frequentes quanto no 2º, sendo que, muitas vezes, o sintoma é substituído pelo aumento do apetite.

Outra característica desse período gestacional são as mudanças na pele da mulher.

Na barriga, por exemplo, pode surgir uma linha de pigmentação mais escura. No rosto, também é comum o surgimento de manchas mais escuras.

Também podem estar presentes nessa fase:

  • Tontura;
  • Surgimento de veias varicosas e vasinhos (veias mais saltadas e aparentes na pele);
  • Aumento de peso;
  • Ganho de energia;
  • Corrimento vaginal branco;
  • Necessidade de urinar com maior frequência;
  • Alterações de humor;
  • Esquecimento.

Desenvolvimento do bebê no terceiro mês de gravidez

Ao fim do 2º mês, o bebê já está em desenvolvimento de suas estruturas e órgãos, e ao longo do 3º mês acontece um avanço ainda maior.

É nessa fase em que acontece a formação da área genital e o desenvolvimento de reflexos do sistema digestivo referentes à sucção e ao movimento de engolir.

Os sentidos do bebê também começam a desenvolver, assim ele começa a ter maior noção dos sons externos e da luz.

Alguns pelos macios e ultrafinos, chamados de lanugo, também aparecem na superfície do corpo, mas até o nascimento, em geral, eles já não estão mais presentes.

Na maioria dos casos, eles caem ainda dentro do útero, mas algumas crianças podem nascer mais cabeludinhas e com alguns pelos bastante finos pelo corpo, que vão cair em breve.

As pernas, braços, dedos, unhas e articulações também começam a ficar mais desenvolvidos, assim como órgãos, por exemplo, vesícula biliar, baço, fígado e glândula adrenal.

Outros órgãos, já desenvolvidos, começam a funcionar, de fato. Por exemplo, o estômago começa a produzir suco digestivo e os rins produzem urina.

Acontece também a formação dos dentes de leite dentro da gengiva do feto, milhares de novos neurônios se desenvolvem e as feições do rosto ficam mais definidas.

Um indício do desenvolvimento saudável é a proporção da cabeça em relação ao corpo, que, geralmente nesse estágio, é quase a metade do tamanho do corpo.

Ao fim do 3º mês de gestação, a fase de desenvolvimento mais delicada do feto está quase em conclusão, pois as principais estruturas, órgãos e sistemas já se formaram.

No entanto, ao longo dos próximos, o bebê ainda vai mudar e crescer bastante.

Qual é o tamanho de um bebê de 3 meses?

O bebê, no 3º mês de gestação, apresenta um tamanho entre 6cm a 10cm, tendo um crescimento expressivo desde o 2º. Seu peso é de, aproximadamente, 28g.

Barriga de grávida de 3 meses é dura ou mole?

Esta é uma dúvida comum entre as grávidas. Muitas ficam curiosas para saber em que momento da gestação a barriga redondinha e mais dura vai aparecer.

No 3º mês, apesar de ser ainda pequena, ela começa a ficar mais durinha e arredondada, sendo essa mudança mais perceptível para a gestante.

Leia mais: Estrias na Gravidez: tipos (vermelhas), melhor creme, como evitar?

Com três meses de gestação o bebê mexe?

Durante a gestação, as mães e pais ficam ansiosos pelo momento em que conseguem sentir o bebê mexendo dentro da barriga, sendo até mesmo um marco especial na gravidez.

No entanto, demora um pouco para que o bebê realmente comece a se mexer.

Portanto, no 3º mês ele não mexe de forma muito perceptível.

É a partir do 4º ou 5º mês em que os movimentos do bebê ficam mais perceptíveis e frequentes, pois antes disso eles parecem mais como tremidinhas.

Recomendações para o terceiro mês de gravidez

Algumas orientações são importantes nesta fase da gestação. Alguns exames podem ser solicitados, assim como a indicação de exercícios e alimentação. Veja só:

Exercícios

Durante a gestação, é preciso ter cuidado com os exercícios mais pesados.

No entanto, manter alguma atividade mais leve é fundamental para a saúde da mãe e do bebê. Uma opção é a natação, que ajuda a reduzir o comprometimento das articulações.

Leia mais: Exercícios para grávidas (pré-parto): natação, respiratórios e mais

Exames

No 3º mês, a gestante deve realizar um exame para analisar a presença de uma proteína chamada de fator Rh.

Quando a mãe apresenta Rh negativo e o bebê é Rh positivo, é possível que ela produza anticorpos que afetem o bebê ao tentar se defender desse tipo de proteína.

Também deve ser realizada uma ecografia, um exame de imagem que permite visualizar o desenvolvimento do bebê, como o tamanho da cabeça, membros e órgãos.

Ainda é possível ouvir os batimentos cardíacos do bebê durante o exame. Além de ser importante para a mãe, é necessário para o médico entender se há riscos ou complicações na gestação.

Roupas confortáveis

Durante a gestação, é necessário e inevitável a troca de algumas peças do guarda-roupa por números maiores.

E, no 3º mês de gravidez, apesar da barriga ainda não estar muito maior, as medidas começam a mudar.

Assim, as roupas começam a ficar mais justas na cintura e nos seios. Por isso, para ficar confortável ao longo do dia, o ideal é optar por tecidos confortáveis e não muito justos.

Cuidados com alimentação

Apesar do aumento do apetite, durante a gravidez não é necessário comer em quantidades exageradas, mas sim priorizar alimentos bastante nutritivos e fazer refeições fracionadas ao longo do dia.

É importante consumir alimentos ricos em vitaminas e outros nutrientes essenciais, variando no consumo de frutas, legumes e verduras.

Outro ponto importante é ter cuidado com os alimentos diuréticos e termogênicos, por exemplo, que não devem ser consumidos em excesso.

Leia mais: O que comer na gestação?


No 3º mês de gestação, o bebê está bem mais desenvolvido e encaminhando-se para uma fase em que crescerá e ganhará ainda mais peso, para um nascimento saudável.

Continue acompanhando como é a gestação mês a mês aqui no Minuto Saudável. Obrigada pela leitura!

29/04/2019 10:19

Estela (Minuto Saudável)

Somos um time de especialistas em conteúdo para marketing digital, dispostos a falar sobre saúde, beleza e bem-estar de maneira clara e responsável. Confira mais na nossa página de quem somos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*