Em muitos casos, a mulher só descobre a gravidez quando já está no 2º mês de gestação, entre 5 e 8 semanas.

Por isso, esse momento é para muitas mamães o começo de tudo.

Os sintomas, que podem ter passado despercebidos no 1º mês, agora podem ser mais evidentes e intensos.

Quer descobrir mais sobre esse período? Continue a leitura do nosso artigo e descubra mais sobre o tema.

Quais os sintomas de gravidez aos dois meses?

Os sintomas no 2º mês de gestação são basicamente os mesmos que podem estar presentes no primeiro, com algumas poucas variações.

Podem ser mais intensos em alguns casos, sendo que nesse momento que os enjoos se tornam mais comuns.

Geralmente, as náuseas são mais intensas no 2º mês, podendo ser mais presentes durante a manhã, quando a gestante ainda está de estômago vazio.


Contudo, essa sensação pode ser recorrente ao longo do dia.

Apesar de ser um desconforto para a gestante, as náuseas matinais e vômitos são uma resposta benéfica do organismo para que o desenvolvimento do feto continue saudável.

Segundo um estudo feito pela Universidade de Chicago, o corpo da mulher apresenta toxinas na corrente sanguínea que podem afetar o sistema nervoso central do feto.

Por isso, durante o 1º trimestre de gestação esse sintoma é bem comum.

As mulheres podem também apresentar maior salivação, o que ajuda a estimular a ânsia de vômito.

Outros sintomas que podem ocorrer incluem os seguintes:

  • Mudanças no humor;
  • Espinhas no rosto e nas costas;
  • Inchaço;
  • Desejo de comer alimentos mais específicos;
  • Aversão a determinados alimentos;
  • Flatulência;
  • Cansaço;
  • Constipação;
  • Sensação de queimação e indigestão.

Outra mudança é no peso. Nesse momento, pode ocorrer tanto um aumento como uma perda pequena de peso, como consequência dos vômitos e enjoos, que pode reduzir o apetite da mulher.

Sangramento no segundo mês de gravidez

No 1º mês de gestação pode ocorrer um sangramento semelhante à menstruação, que ocorre por causa da implantação do embrião no útero (nidação).

Além disso, um sangramento no 2º ou 3º mês também pode ocorrer por conta do deslocamento do saco gestacional, que está se adaptando ao útero.

Esse sangue eliminado, quando acontece, costuma ser em pequenas quantidades e é mais escuro, como uma borra de café.

Pode durar alguns dias, mas não é comum provocar cólicas na mulher.

De qualquer forma, é importante que a mulher procure um médico diante de qualquer sangramento ou corrimento anormal para garantir que não há riscos para sua gestação ou saúde, pois o sangramento também pode ser indício de um aborto.

Leia mais: Abortos recorrentes podem estar ligados a má qualidade do esperma

Qual o tamanho da barriga da gestante com dois meses?

No 2º mês de gestação, a barriga da gestante ainda não é muito perceptível e nem possui aquele aspecto mais duro, típico dos meses em que a gestação está mais avançada.

Nesse tempo, entre a 5ª e a 8ª semana, o feto pode variar entre 3mm a 16mm, o que é muito pouco a ponto de provocar mudanças visíveis na barriga da mulher.

Contudo, as mudanças no corpo ficam mais visíveis.

É possível que a gestante comece a notar que as roupas estão mais apertadas na região da cintura e também pode ocorrer o crescimento das mamas, o que pode exigir o uso de sutiãs em números maiores.

Como é o feto no segundo mês de gestação?

No 2º mês de gestação, o desenvolvimento do embrião permanece em um ritmo bastante acelerado, assim como é no 1º mês.

Novas estruturas do organismo do bebê, como rins, fígado, coração, músculos, sistema nervoso central e esqueleto começam a ser formadas.

Ainda no início do 2º mês, o médico pode identificar pelo ultrassom os batimentos cardíacos do feto que, mesmo pequeno, pode chegar a 80 batimentos por minuto.

Ao longo destas semanas, acontecem várias evoluções no feto.

A cabeça, por exemplo, é a parte do corpo que mais cresce no feto, sendo durante esse mês que o cérebro e o sistema nervoso começam a desenvolver.

Ocorre também o início do desenvolvimento de traços como a maçã do rosto, maxilar e queixo.

Como é dentro desse mês em que ocorre o início da ligação dos membros e neurônios, o feto pode manifestar pequenos e involuntários movimentos dentro da barriga da mãe.

Ao final do 2º mês, o coração do bebê já pode chegar a 150 batimentos por minuto.

Qual o tamanho do bebê no segundo mês de gestação?

Se no 1º mês o bebê possui em média 2,5mm e um peso de 2g (como um grão de gergelim), no 2º mês o tamanho é bem mais expressivo.

O feto pode medir até 16mm e pesar entre 2,5g e 8g, variando de acordo com o organismo da gestante ou com o fato de ela estar no início ou no fim do mês.

Para ter uma noção melhor do tamanho do bebê, podemos compará-lo a uma unidade de uva.

Leia mais: Calculadora Gestacional (semanas, meses): como calcular, ultrassom

Grávida de dois meses já sente o bebê?

Apesar de ser normalmente no 2º mês de gestação que a mulher descobre a gravidez, essa descoberta não se dá pelo fato de ser possível sentir o feto em sua barriga, mas sim pelas várias outras mudanças em seu corpo.

Isso porque o  feto ainda está distante da parede do útero, por seu tamanho muito pequeno, e os sintomas, muitas vezes, serem pouco perceptíveis.

Cuidados e o que fazer no segundo mês de gravidez

No 2º mês, assim como ao longo de toda gestação, é preciso ter alguns cuidados com a sua saúde.

Devido às mudanças em seu corpo, os hábitos também mudam e algumas dicas podem ajudar a tornar esse dia a dia cheio de transformações mais confortável.

Além disso, adotar algumas atitudes mais saudáveis pode garantir também a saúde e o desenvolvimento adequados do bebê.

Aqui separamos algumas dicas e cuidados:

  • Programe pequenas refeições para o dia, com porções saudáveis e nutritivas. É uma forma de ajudar a reduzir os enjoos;
  • Use sutiãs confortáveis e mais reforçados, assim a sensação de peso nas mamas é reduzida;
  • Agende as consultas do pré-natal com um médico obstetra para acompanhar o desenvolvimento do bebê;
  • Tenha cuidado com medicamentos e suplementos. Consulte um médico ou farmacêutico para garantir se o uso é seguro;
  • Procure atividades e hobbies relaxantes para diminuir o estresse de sintomas como mudanças no humor e enjoos, por exemplo;
  • Tenha uma alimentação rica em vitaminas e nutrientes essenciais, pois tudo que é ingerido vai para o bebê.

Leia mais: Grávida pode tomar paracetamol? Saiba a dosagem e riscos


A gestação é um período da vida da mulher que desperta muitas alegrias, medos e inseguranças, mas instiga principalmente várias dúvidas sobre as mudanças que podem ocorrer no corpo da mulher.

Nesse artigo reunimos as principais mudanças do 2º mês, para saber mais sobre os outros meses continue se informando aqui no Minuto Saudável.

Obrigada pela leitura!


Minuto Saudável: Somos um time de especialistas em conteúdo para marketing digital, dispostos a falar sobre saúde, beleza e bem-estar de maneira clara e responsável.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *