A tosse é um reflexo natural e voluntário do corpo, e pode surgir como consequência de alguma irritação no aparelho respiratório (laringe, traqueia ou brônquios). 

Ela é um mecanismo que facilita a remoção de partículas estranhas inaladas e secreções das vias respiratórias superiores. 

Porém, também pode ser um sintoma de alguma doença. É importante observar se há dor no peito ao tossir. Se houver, o ideal é procurar um(a) médico(a) que irá examinar o paciente para descobrir a causa.

Dor no peito ao tossir: o que pode ser?

Os pulmões ocupam quase todo o tórax, portanto, costuma ser comum doer o peito em casos de tosse constante. Pela proximidade do pulmão com o coração, por vezes, a dor pode ser confundida com problemas cardíacos.

Após semanas tossindo, a traqueia pode ficar irritada e inflamada, causando dor no meio do peito, que pode piorar conforme a tosse persiste.

A dor no peito costuma vir ao tossir e pode piorar ao respirar, especialmente quando se inspira fundo. 

O fato do sintoma ser comum nos casos de tosse não quer dizer que ela não pode estar associada com outras coisas, inclusive doenças pulmonares.

Alguns casos que podem estar associados com a dor no peito ao tossir:


  • Pneumonia: também pode causar dor no peito, associada à febre, cansaço, falta de ar, tosse e catarro;
  • Embolia pulmonar: pode causar dor no peito, que aparece subitamente. Isso é mais frequente em mulheres que tomam anticoncepcional ou pessoas fumantes;
  • Problemas no pulmão em geral: alguns exemplos que podem causar dor no peito são a bronquite, asma ou infecção pulmonar;
  • Esforço muscular: em situações de esforço, os músculos podem ficar muito contraídos podendo causar dor. Ela pode piorar ao respirar e é agravada ao girar o tronco;
  • Gases: o acúmulo de gases no intestino, comum em quem tem prisão de ventre, pode comprimir os órgãos abdominais e causar dor no peito. A dor costuma ser uma pontada aguda que aparece e desaparece, especialmente quando se dobra a barriga ao sentar ou abaixar.

Como é a dor no peito ao tossir? 

A dor no peito ao tossir pode variar. Ela pode vir em forma de pontadas, sensação de aperto, queimação entre outras.

O local afetado também pode mudar, sendo do lado direito ou esquerdo do peito, centralizada, na caixa torácica. Além disso,é possível irradiar para outras partes do corpo como no caso das doenças cardíacas.

Confira a seguir algumas especificações:

Tosse com catarro

A tosse com catarro pode estar associada a infecções, alergias ou doenças virais. O muco, ou catarro, ajuda a combater os micróbios invasores do organismo. Quando há alguma infecção, o corpo tende a expelir o excesso de muco, que nada mais é que um mecanismo de defesa do corpo. 

É importante observar a cor desse muco, para tentar identificar a possível gravidade do problema. Em geral, o catarro branco não indica nenhuma doença grave e pode estar associado à uma gripe.

À medida em que o problema vai agravando-se, as defesas do corpo trabalham para expulsar os microrganismos, e o catarro passa a ter uma cor mais escura, o que pode ser um sinal de alerta para a pneumonia.

Se a tosse vier acompanhada de dor no peito e catarro espesso e escuro, procure um(a) profissional para fazer os exames necessários para diagnosticar o problema.

Embaixo da mama esquerda

As dores do lado esquerdo do peito, em geral, podem estar associadas a problemas cardíacos ou na própria mama.

Quando há algum problema cardíaco, geralmente há dor forte no lado esquerdo do peito, que pode vir acompanhada de falta de ar, sudorese, náusea e tontura, e pode irradiar para outras regiões.

A dor especificamente embaixo da mama esquerda pode também indicar algum problema de inflamação na região (que em geral é comum durante a amamentação). 

Nesses casos, a dor costuma vir associada a vermelhidão na pele e sensação de calor nos seios.

Os casos de dor no peito merecem atenção, pois são um indício de que algo não está bem e o ideal é procurar sempre um(a) médico(a).

No meio do tórax

A dor torácica é uma queixa muito comum e ela pode ser aguda ou sutil. As sensações podem ser de desconforto, aperto no peito, pressão ou pontadas (agulhadas).

Nos casos de dor no meio do tórax, ela pode estar associada a problemas cardíacos e costuma irradiar também para áreas próximas como costas, pescoço, mandíbula, ombros e braços.

Dor no peito ao tossir é pneumonia? É grave?

Nem sempre a dor no peito ao tossir está associada à pneumonia. Entretanto, é preciso ficar atento(a) se os sintomas persistirem. 

Se a tosse vier acompanhada por calafrios, suor, palidez e febre alta, pode ser um indício de pneumonia, que é uma infecção nos pulmões, causada por bactérias, vírus ou fungos. 

Os alvéolos pulmonares, que são pequenas bolsas encontradas nos pulmões, ficam cheios de pus, além de muco e líquidos, dificultando a respiração.

Em geral, a doença ocorre quando há alguma falha nas defesas do organismo e pode surgir após uma gripe ou bronquite

A pneumonia é uma doença grave, mas que tem tratamento.


A saúde é um bem muito precioso. É importante estar atento a qualquer sintoma e alteração.

Como vimos no texto, a dor ao tossir pode ou não ser um indício de algo grave, por isso é sempre bom consultar um(a) especialista para evitar complicações.

Para não perder informações sobre saúde e bem-estar, continue acompanhando o Minuto Saudável.


Minuto Saudável: Somos um time de especialistas em conteúdo para marketing digital, dispostos a falar sobre saúde, beleza e bem-estar de maneira clara e responsável.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *