Na maioria dos casos, o sangramento de escape dura menos dias que o ciclo menstrual. Na verdade, muitas mulheres têm esse fluxo por apenas algumas horas. Outras podem ter o mesmo problema por um ou dois dias. Esse tipo de sangramento apresenta coloração diferente podendo ser mais claro ou escuro que o sangue menstrual.

Leia mais: É normal menstruar duas vezes no mês? O que pode ser?

Como é o sangramento de escape?

A grande diferença entre o sangramento de escape e o menstrual é a quantidade de sangue e a duração. No fluxo não esperado, o volume e o tempo de duração são menores. Por isso, geralmente, durante o escape, não é necessário o uso de absorventes, mas alguns casos também podem ter fluxo grande.

Outras diferenças entre o sangramento menstrual e o de escape são a coloração e o aspecto.

Na menstruação normal o sangue é encorpado e em tons de vermelho vivo. No escape, ele pode ser mais claro (em tons rosa) ou escuro (em tons marrons) e costuma ser menos denso.

O sangramento de escape acontece em épocas do ciclo nas quais a menstruação não é esperada (é possível que aconteça durante o período fértil, por exemplo).

Alguns fatores podem provocar ou facilitar o acontecimento desse tipo de sangramento.

O uso de fármacos anticoncepcionais (pílulas e injeções) e o uso do dispositivo intrauterino (DIU) também podem contribuir. O uso ou colocação incorretos desses métodos favorecem os escapes.

Mulheres que fazem o uso de cigarros, entorpecentes e drogas, ou ainda com problemas, como endometriose e síndrome dos ovários policísticos, também podem sofrer com sangramentos de escape.

Se esse tipo de sangramento acontecer em mais de dois ciclos menstruais seguidos, um ginecologista deve ser procurado.

É possível engravidar durante o sangramento de escape?

Sim, é possível. O sangramento de escape pode ter acontecido por vários fatores, que nem sempre estão relacionados com o ciclo menstrual da mulher. Doenças e síndromes relacionadas ao sistema reprodutor, uso de métodos contraceptivos e condições emocionais estão entre as causas.

Por exemplo, se o sangramento de escape aconteceu por causa da pílula anticoncepcional, as chances de engravidar são menores, já que há uso de um método de prevenção.

Caso seja recorrente o escape com uso de anticoncepcional, pode ser necessário mudar de método contraceptivo.

O escape torna mais possível a gravidez para as mulheres que fazem tabelinha ou não usam métodos contraceptivos. Isso porque o sangramento é, muitas vezes, confundido com menstruação.

Isso pode afetar a marcação correta do período fértil.

Leia mais: Calendário Menstrual (tabelinha): como calcular período fértil, apps

Quanto tempo dura o sangramento no início da gravidez?

O sangramento que ocorre nas primeiras semanas de gravidez é chamado de nidação. O tempo de duração da nidação varia para cada mulher podendo durar entre algumas horas e dois dias. Esse sangramento tem aspectos diferentes se comparado ao sangue menstrual, podendo ser mais claro e menos encorpado.

A nidação acontece quando o óvulo fecundado pelo espermatozoide (zigoto) se aloja no útero, onde poderá desenvolver-se até o momento do parto.

Esse sangramento ainda pode vir acompanhado de outros sintomas como enjoo, sensação de pressão no ventre e cansaço. Oscilações no humor também são comuns devido aos hormônios liberados durante a nidação.

É importante ressaltar que nem todas as gestantes têm nidação. Por isso, se houver a suspeita de gravidez, faça um teste mesmo sem sangramentos.

Se a mulher já souber que está grávida e tiver sangramentos com mais de 3 dias de duração ou acompanhados de dores intensas e febre, deve-se procurar um médico com urgência.


Os sangramentos de escape são comuns e não podem trazer malefícios, em grande parte dos casos. Mas se houver dúvidas, procure um ginecologista.

O Minuto Saudável ainda traz muitas informações sobre saúde da mulher, gravidez e bem-estar. Confira nossas postagens!

Minuto Saudável: Somos um time de especialistas em conteúdo para marketing digital, dispostos a falar sobre saúde, beleza e bem-estar de maneira clara e responsável.

Participe da discussão

4 comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

  1. Minha menstruação veio dois dias antes do dia previsto, veio pouco só borra e meio rosa durante 4 dias. Sinto enjôo, ânsia, desejos, tive uma dor de cabeça do lado direito enorme , nada passava, sinto dores nas costas. Mal tomava os anticoncepcional, na semana e no dia do período fértil não tomei ele. Iae , posso está grávida?

    1. Olá, Érica.
      Se você não fez o uso correto do anticoncepcional e teve relações sexuais, há riscos de gravidez.
      Os sintomas relatados são abrangentes e, por isso, podem indicar uma série de condições, como uma gravidez ou apenas uma alteração emocional (estresse).
      A única forma de confirmar uma gestação é por meio de um teste de sangue ou farmácia.

  2. Olá,eu tive um sangramento que durou cinco dias ,mais veio em pouca quantidade,aconteceu depois de onze dias que a minha menstruação tinha ido embora.mim responde Aki o que pode ser

    1. Olá, Eloísa.
      É preciso investigar o quadro, pois sangramentos assim podem ser decorrentes de escapes menstruais ou uma irregularidade do ciclo (ou seja, você ovulou bem mais cedo do que normalmente). Também pode ser decorrente do uso de medicamentos ou alterações hormonais. Por isso, é necessário buscar orientação ginecológica.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *