Apesar de ouvirmos falar muito sobre modos e estratégias para perder peso, há quem queira o oposto. Geralmente, são pessoas que são magras desde crianças e que têm dificuldades em ganhar peso.

Muitas vezes, os baixos números da balança podem ser um incômodo e haja o desejo de engordar um pouquinho.

Não havendo doenças ou problemas de saúde relacionados ao baixo peso, algumas medidas podem ser adotadas para ganhar mais massa corporal. Mas quando esse é o objetivo, o ideal é que não seja apenas um ganho de tecido adiposo, resultando em gordura localizada e até riscos à saúde.

Por isso, quem deseja ganhar peso pode recorrer também aos remédios para engordar, desde que orientados por médicos ou médicas. 

É importante que mesmo aqueles produtos que não são considerados medicamentos, e têm venda livre, como os suplementos, só sejam usados com acompanhamento médico ou nutricional.

Vale lembrar que não existe remédio para engordar rápido, pois o processo de aumento de peso saudável é gradual e precisa ser feito com orientação. Caso seja muito difícil ganhar peso ou haja um emagrecimento severo, é preciso investigar o quadro.

Saiba mais sobre produtos e remédios para ganhar peso de forma adequada e saudável:

O que são os remédios para engordar?

Remédios para engordar são indicados quando a pessoa apresenta baixo peso e não consegue uma ingestão de calorias adequada. Algumas pessoa têm, naturalmente, dificuldades em comer, o que torna difícil seguir um cardápio mais reforçado. Nesses casos, produtos que abrem o apetite e estimulam a fome podem ser indicados, desde que necessário.


Porém, há também quem deseja fazer um reforço calórico da alimentação, mas sem ingerir outros nutrientes, como carboidratos e gorduras. Geralmente, quem deseja aumentar a massa magra e está em treinos de hipertrofia pode recorrer aos suplementos hipercalóricos para suprir as necessidades.

Qual o melhor remédio para abrir o apetite e engordar?

O melhor remédio para engordar vai depender sempre da avaliação médica. É necessário verificar as causas que dificultam o ganho de peso, bem como os hábitos alimentares da pessoa. Quando há falta de apetite, podem ser indicados medicamentos que estimulam a fome e fazem com que a pessoa coma mais ou com maior frequência.

Entre as opções desses medicamentos estão:

Buclina

O princípio ativo da Buclina é o dicloridrato de buclizina, que age como um estimulante de apetite. Se for usado dentro das dosagens adequadas, conforme a bula, não há contraindicações específicas.

Mas é importante que mulheres grávidas ou com suspeita de gravidez não façam uso do medicamento pois não há muitos estudos sobre os efeitos nesses casos. Quando o(a) paciente é bastante sensível, pode haver sonolência, devido à ação levemente sedativa do remédio. 

Também não é indicada a ingestão de bebidas alcoólicas junto com o remédio, pois pode haver potencialização dos efeitos. 

Os comprimidos devem ser ingeridos com água, antes das refeições, sendo 1 comprimido antes do almoço e 1 antes do jantar para adultos, ou conforme as orientações médicas. 

Os efeitos colaterais que, em alguns casos, podem acontecer envolvem, além da sonolência, dores de cabeça, tontura, náuseas, vômitos, falta de ar, insônia, diarreia e manchas vermelhas na pele.

Profol

O profol é um composto medicamentoso indicado como estimulante de apetite e como suplemento vitamínico para lactantes ou crianças em fase de crescimento. 

Há o Profol suspensão oral (líquido) e Profol comprimidos. A suspensão oral tem aspecto viscoso e cor rosada, sendo de fácil ingestão sobretudo para as crianças.

A fórmula envolve a combinação de aminoácidos e vitaminas do complexo B. Conforme a bula, as contraindicações envolvem pessoas com alergia ou sensibilidade a algum componente da fórmula. 

Também é importante que seja evitado usar o remédio junto com outros medicamentos depressores do sistema nervoso central, salvo sob orientação médica. O uso deve ocorrer 30 minutos antes do almoço e jantar, conforme orientação médica. 

Entre os efeitos adversos que podem ocorrer estão sonolência, distúrbios gástricos e boca seca. Até 10% dos pacientes podem apresentar dores de cabeça e náuseas também.

Cobavital

O Cobavital é um medicamento com as substâncias cobamamida + cloridrato de ciproeptadina, de uso adulto ou pediátrico para crianças acima de 2 anos. Seu uso é indicado para estimular o apetite, tratar distúrbios de desenvolvimento de peso e estatura da criança, fraqueza ou alteração do apetite. 

O medicamento age favorecendo o aumento da massa corporal (anabolizante proteico) e também estimulando o apetite. 

Entre as contraindicações estão pacientes com sensibilidade aos componentes da fórmula, pessoas com glaucoma, retenção urinária, úlcera péptica estenosante ou obstrução piloro duodenal. Além de só poder ser usado em crianças maiores de 2 anos, mulheres grávidas, ou com suspeita de gravidez, e lactantes só devem tomar o remédio com prescrição médica. 

O medicamento é comercializado em comprimidos, que devem ser ingeridos antes das refeições sob a orientação médica, podendo variar entre 2 e 3 vezes ao dia. 

Entre os efeitos adversos que podem ocorrer estão sedação e sonolência. Podem ocorrer, mas não é comum, sintomas como dor de cabeça, boca seca, náuseas, erupções na pele e, mais raramente, alterações de humor e confusão.

Suplementos hipercalóricos para engordar

Além dos remédios que abrem o apetite, e devem ser receitados por médicos(as), há os suplementos que ajudam a reforçar a quantidade de calorias ingerida. Chamados de hipercalóricos, esses suplementos podem conter outras substâncias, como aminoácidos, vitaminas e minerais.

Geralmente, são usados por pessoas que praticam musculação ou outras atividades, e desejam aumentar a massa corporal, com especial atenção aos músculos (hipertrofia).

Nesses casos, o ideal é buscar orientação de nutricionistas, que poderão planejar um cardápio equilibrado, visando atender às necessidades calóricas adequadamente. Caso ainda seja necessário, os suplementos podem ser indicados para melhorar a performance e os resultados dos treinos.

Entre as opções disponíveis há:

A composição de cada produto pode variar, apresentando mais carboidratos, proteínas ou vitaminas. Mas, no geral, todos têm valor energético bastante alto e outros nutrientes importantes para auxiliar na hipertrofia muscular.

Em média, a dosagem indicada de cada produto pode fornecer mais de 500 calorias.

Complexo B é vitamina para engordar?

As vitaminas do complexo B não possuem calorias. Ou seja, sozinhas elas não fazem a pessoa engordar. No entanto, é comum ver indicações para utilizar o complexo B como auxiliar ao ganho de peso. 

Isso ocorre porque, algumas vezes, a falta de apetite pode estar associada à carência vitamínica. Assim, ao repor o nutriente, o organismo naturalmente restabelece o apetite e, consequentemente, promove o ganho de peso. 

Mas, além disso, muitos suplementos e formulações combinam as vitaminas do complexo B com outras substâncias estimulantes de apetite, como a buclizina. 

Remédio para engordar caseiro ou natural

Existem algumas opções caseiras e naturais para ganhar peso. Em geral, elas não têm contraindicações, pois fazem parte de uma alimentação saudável.

Por isso, quem deseja engordar pode recorrer às mudanças na alimentação, mas é importante saber que o peso e a estrutura corporal são determinados por diversos fatores.

Além da quantidade de calorias ingerida e da qualidade dessa alimentação, é necessário descartar doenças ou alterações metabólicas que possam afetar o peso.

E também é preciso considerar que cada pessoa tem um biotipo diferente. Da mesma forma que algumas têm mais dificuldade em emagrecer, mesmo controlando a alimentação, outras podem manter o peso baixo mesmo desejando engordar.

Um dos recursos que podem facilitar ou auxiliar no aumento do peso é cuidar dos hábitos alimentares, fazendo escolhas saudáveis que promovam o aumento calórico diário. Assim, algumas dicas incluem:

  • Fazer pequenos lanches entre as refeições;
  • Incluir alimentos calóricos que sejam fontes de outros nutrientes (como castanhas);
  • Incluir gorduras boas (como azeite de oliva);
  • Incluir alimentos ricos em carboidratos complexos (como arroz integral e aveia);
  • Ingerir sucos e vitaminas com mix de frutas.

Além disso, praticar atividades físicas de força auxilia no ganho de massa muscular. Isso é um bom modo de ganhar peso saudável, pois não aumenta a taxa de tecido adiposo e sim de músculos.

Lembrando que um bom cardápio alimentar deve ser orientado por profissionais de nutrição e medicina, que poderão avaliar as necessidades de cada organismo, bem como indicar a forma correta para ganhar peso.


Existem algumas opções de remédios para engordar, que são indicadas para pessoas com dificuldades ou limitações alimentares. Os medicamentos, em geral, estimulam o apetite e fazem com que a pessoa ingira mais calorias, fazendo o peso aumentar.

O melhor modo de engordar de forma saudável é, junto de orientação de especialistas, aliar uma alimentação mais calórica e nutritiva, optando por refeições ricas em todos os nutrientes necessários para o bom funcionamento do corpo.

Para ver mais dicas sobre remédios, alimentação e metabolismo acompanhe o Minuto Saudável!


Minuto Saudável: Somos um time de especialistas em conteúdo para marketing digital, dispostos a falar sobre saúde, beleza e bem-estar de maneira clara e responsável.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *