Na bolsa ou em casa, as pessoas costumam ter sempre um remédio para dor de cabeça.

Independente da intensidade ou das causas, é difícil achar alguém que nunca tenha sofrido com uma crise de cefaleia (termo médico do sintoma).

Seja uma dor de cabeça tensional, por ressaca ou uma enxaqueca, esse é um sintoma que causa muito desconforto e atrapalha o nosso dia a dia de forma até mesmo debilitante.

Para lidar com o problema, além do uso de medicamentos, as pessoas podem recorrer também aos remédios caseiros, pois existem algumas dicas e truques que podem ajudar a proporcionar alívio na dor. 

Confira no texto a seguir como tratar a dor de cabeça:

Qual remédio é bom para dor de cabeça?

A dor de cabeça, ou cefaleia, pode ter diferentes causas e por isso os remédios indicados podem mudar dependendo da necessidade de cada pessoa, como no caso de uma dor moderada, por ressaca ou enxaqueca. Além de variar na dosagem, pode haver algumas contraindicações, como em casos de gravidez.

Dor fraca ou moderada

A dor de cabeça quando é mais fraca ou moderada é considerada como um tipo de cefaleia tensional. A pessoa que está com essa dor tem uma sensação de cabeça pesada ou pressionada. 

É uma dor bastante incômoda, mas não é considerada debilitante.


Ou seja, quando a pessoa está com esse desconforto, ela ainda assim é capaz de realizar as atividades do dia a dia e, geralmente, sem ter outros sintomas.

Para tratar essa dor, existem alguns remédios comumente utilizados.

Eles são compostos, na maioria, por princípios ativos como Ácido acetilsalicílico, Paracetamol, Ibuprofeno, Isometepteno + Dipirona Sódica + Cafeína, Dipirona Monoidratada + Citrato de Orfenadrina + Cafeína Anidra, por exemplo.

Algumas opções são:

Ressaca

A dor de cabeça é um sintoma bem comum em quem está de ressaca. 

O exagero no consumo de bebidas alcoólicas pode deixar a pessoa com uma dor debilitante, sentindo pontadas e uma pressão forte na cabeça. Barulhos altos também podem deixar o sintoma ainda mais intenso.

Para essa dor, os medicamentos comumente recomendados são Aspirina e outros analgésicos já citados anteriormente. O consumo de líquidos, para repor a hidratação no organismo, também pode ajudar. 

Veja outras dicas de como combater os sintomas da ressaca.

Enxaqueca

A enxaqueca é uma dor de cabeça crônica que pode acontecer acompanhada de outros sintomas, como náuseas, sensibilidade à luz, vermelhidão e lacrimejamento nos olhos.

Para ajudar a tratar essa dor mais intensa, os medicamentos prescritos podem ser em dosagens mais altas ou específicos para enxaqueca. 

É importante que os pacientes conversem com um neurologista para entender de que forma é possível tratar e prevenir as crises de enxaqueca.

Alguns dos medicamentos que podem ser prescritos são:

Leia mais: Injeção que previne enxaqueca é aprovada pela ANVISA

Como aliviar a dor de cabeça na gravidez?

Durante a gestação, o uso de medicamentos deve ser feito de acordo com prescrição do médico ou médica. O cuidado precisa ser redobrado para que a saúde da gestante e do bebê não seja afetada devido a uma possível interação medicamentosa ou reação adversa.

Em doses muito altas, por exemplo, pode haver danos ao fígado.

Quando a dor de cabeça não é tão intensa, o uso de alguns remédios caseiros pode ser o suficiente para ajudar a trazer alívio.

No entanto, se a dor for forte e não passar com essas receitas mais naturais, o médico pode indicar tratamentos farmacológicos à gestante. Na maioria dos casos, é prescrito um analgésico, como o Paracetamol.

O que fazer para passar dor de cabeça forte?

Quando a dor de cabeça é forte e não passa mesmo após os medicamentos, o ideal é procurar ajuda médica para entender a causa do problema. O profissional da área de neurologia é o mais indicado.

É importante também entender que o remédio é uma forma de trazer alívio imediato da dor, mas não é uma cura.

Tratando-se de uma dor de cabeça forte por enxaqueca, por exemplo, de imediato, os pacientes podem recorrer aos remédios já prescritos anteriormente pelo médico, como os exemplos citados (Cefalium, Naramig, Migraliv etc.).

Até que o medicamento tomado faça efeito, o paciente pode também utilizar algumas dicas que proporcionam alívio:

  • Consumo de chás;
  • Compressa fria;
  • Banhos mornos;
  • Massagens no local da dor;
  • Descanso em um lugar calmo, sem barulho e escuro.

Se alimentar de forma saudável e de 3 em 3 horas, praticar atividades físicas, ter um sono de qualidade e levar uma vida sem estresse também são formas de prevenir a dor de cabeça.

Remédios caseiros para dor de cabeça

Em alguns casos mais leves e moderados, os remédios caseiros para dor de cabeça são suficientes para amenizar o problema. Também podem ser complementares ao tratamento medicamentoso, aumentando o bem-estar do paciente.

Compressa fria

Utilizar compressas frias na testa e na nuca pode ajudar a aliviar a dor de cabeça. Isso acontece por conta do frio, que provoca uma redução na dilatação dos vasos sanguíneos, amenizando a dor. Para isso, deixe a compressa no local por 5 a 15 minutos.

Chás

Os chás de frutas cítricas são bons para ajudar no alívio da dor de cabeça por apresentarem algumas propriedades e substâncias antioxidantes e anti-inflamatórias, como os flavonoides. São considerados remédios naturais por ajudarem a amenizar o sintoma.

Quando a dor de cabeça é causada por ansiedade e estresse, por exemplo, chás como o de camomila e capim-santo podem ser indicados. Eles ajudam a reduzir a tensão, podendo deixar a pessoa mais tranquila.

Vale lembrar que o uso de chás ou outras receitas caseiras não dispensa a necessidade de um diagnóstico médico e não deve substituir os tratamentos prescritos.

Massagem

Para proporcionar uma sensação de alívio, as pessoas podem realizar massagens com as pontas dos dedos nas têmporas, topo da cabeça e nuca. 

Com movimentos circulares, devem pressionar levemente a região e manter os movimentos por alguns minutos.

Esse tipo de massagem pode ajudar ao diminuir a tensão e deixar a pessoa mais relaxada. No entanto, em pessoas que estão com dor de cabeça muito forte ou com uma crise de enxaqueca pode não ter esse efeito.


Tão importante quanto tratar e buscar o alívio imediato da dor de cabeça é descobrir a causa desse sintoma.

Obrigada pela leitura e continue se informando sobre saúde e bem-estar no Minuto Saudável!


Minuto Saudável: Somos um time de especialistas em conteúdo para marketing digital, dispostos a falar sobre saúde, beleza e bem-estar de maneira clara e responsável.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *