Sinusite é um problema muito comum no Brasil, são mais de 2 milhões casos por ano, especialmente durante o clima mais frio. Ela é uma doença em geral secundária, pois costuma surgir depois de quadros como alergia, gripe ou resfriado.

O desconforto causado por uma crise acaba atrapalhando o dia a dia de quem enfrenta esse problema. Por isso, trazemos algumas dicas e remédios que podem ser indicados por profissionais de saúde.

Índice neste artigo você vai encontrar:

  1. Qual o melhor remédio para sinusite?
  2. O que é bom para sinusite inflamada
  3. Anti-inflamatório para sinusite
  4. Corticoides para sinusite
  5. Anti-histamínico/antialérgico para sinusite
  6. Analgésico para sinusite
  7. Xaropes para sinusite
  8. Existe injeção para sinusite?
  9. Antigripais Naldecon, Coristina D e Cimegripe combatem a sinusite?
  10. Atitudes que podem ajudar no tratamento da sinusite
  11. Preços

Qual o melhor remédio para sinusite?

O melhor remédio para sinusite vai depender muito do tipo, origem e sintomas identificados por um(a) especialista em otorrinolaringologia.

Em geral, são dois tipos: a crônica e a aguda. Ambas têm sintomas como: secreção nasal com cor, tosse, pressão na face, dores de cabeça, obstrução nasal, febre, cansaço, dores musculares, perda de apetite, sangramento do nariz. 

O que diferencia um tipo do outro é a duração dos sintomas: na  crise aguda eles duram por no máximo 4 semanas. Agora, se for uma sinusite crônica, irá durar mais que 12 semanas.

Como a grande parte dos casos decorre de um resfriado ou gripe, o tratamento da sinusite tem como foco a melhora dos sintomas.

Podem ser prescritos pelo médico ou médica anti-inflamatórios, antialérgicos, analgésicos ou em casos mais graves antibióticos.


O que é bom para sinusite inflamada?

A sinusite é bastante comum nos períodos mais frios, onde é mais fácil desenvolver doenças respiratórias. 

Quando dizemos que ela está “inflamada” ou “atacada”, significa que os sintomas estão ativos. Eles podem incluir:

  • Secreção nasal com cor;
  • Tosse;
  • Pressão na face; 
  • Dores de cabeça; 
  • Obstrução nasal;
  • Febre;
  • Cansaço; 
  • Dores musculares;
  • Perda de apetite; 
  • Sangramento do nariz. 

Em geral, por meio desses sintomas um(a) especialista já conseguirá atestar uma crise de sinusite, mas ele(a) pode solicitar alguns exames para identificar o agente causador e se é aguda ou crônica.

Anti-inflamatório para sinusite

Para quem necessita minimizar sintomas comuns da sinusite, como dor na face e cabeça, os anti-inflamatórios não hormonais podem ser recomendados, geralmente em combinação com outros medicamentos.

Os medicamentos desse grupo reduzem a inflamação decorrente da sinusite, aliviando também o edema, dor de cabeça e mal-estar. Entre as opções está a Nimesulida e o Ibuprofeno.

Corticoides para sinusite

Podem ser recomendados os medicamentos corticoides para auxiliar na melhora da sinusite, porque inibem a ação da enzima fosfolipase A2, resultando na diminuição do processo inflamatório.

Eles podem ser encontrados na forma oral e tópica, sendo que a orientação é, em geral, utilizá-los em combinação com a antibioticoterapia.

As opções de uso oral incluem a Prednisona, Fluticasona, Budesonida ou Mometasona.

Já entre as opções tópicas há:

Budesonida (suspensão aquosa)

A suspensão aquosa Budesonida é indicada para melhorar o bem-estar respiratório sobretudo em pacientes com sinusite de origem alérgica. A forma de usar e a frequência devem ser orientadas por especialistas.

Nasonex

O Nasonex é indicado como auxiliar no tratamento de sinusites agudas, podendo ser acompanhado ou não pelo uso de antibióticos, conforme a orientação média. Sua ação é local, promovendo a redução da inflamação e, assim, aliviando os sintomas.

Anti-histamínico/antialérgico para sinusite

É comum que as sinusites sejam de origem alérgica ou estejam relacionadas com quadros de rinite alérgica. Nesses casos, o uso de antialérgicos ou anti-histamínicos pode trazer melhorias.

Em geral, os maiores efeitos ocorrem na redução dos espirros e obstrução nasal, ajudando na melhora do quadro respiratório.

Entre as opções estão a Loratadina, Bilastina e Cetirizina.

Alektos pode ser usado no tratamento da sinusite?

Alektos é um medicamento anti-histamínicos, à base de Bilastina. O medicamento também apresenta ação anti-inflamatória. 

Por isso, ele pode ser indicado para o tratamento de quadros de sinusite, conforme a avaliação médica.

Analgésico para sinusite

Dores e até mesmo febre podem causar um grande mal-estar durante uma crise de sinusite. Então, para conter esses sintomas, analgésicos podem ser prescritos por um(a) profissional.

Entre as opções há:

Paracetamol

Indicado somente para adultos e crianças com mais 12 anos, o paracetamol deve ser administrado de acordo com a quantidade da substância presente no comprimido.

Há algumas opções que contam com outras substâncias na fórmula, como Paracetamol + cloridrato de pseudoefedrina.

Entre as opções está o Tylenol Sinus.

Xaropes para sinusite

Os xaropes podem ser receitados para auxiliar na melhora dos sintomas da sinusite. Há opções à base de Cloridrato de Fenilefrina + Maleato de Bronfeniramina, por exemplo, que proporcionam a redução da secreção do nariz e garganta. 

Também ajuda a diminuir o edema (inchaço) e congestão, o que favorece o bem-estar respiratório. Nesse tipo de produto, há ainda o cloridrato de fenilefrina, que age como descongestionante nasal. Enquanto isso, o maleato de bronfeniramina age como antialérgico.

Há também xaropes à base de carbocisteína, que podem ser indicados para auxiliar na eliminação das secreções pulmonares. Sua ação é expectorante, ou seja, ajuda a fluidificar as secreções e facilitar a eliminação delas.

Da mesma forma, os xaropes à base de Cloridrato de Ambroxol agem como expectorantes e auxiliam no conforto respiratório.

Existe injeção para sinusite?

Há duas opções que podem ser chamadas de injeções para sinusite. A primeira, refere-se à imunoterapia. O foco são as sinusites causadas principalmente por alergia. Nela, o médico ou médica pode iniciar um tratamento com injeções, com o objetivo de fortalecer o sistema imunológico.

É um tratamento mais longo, que pode durar até 3 anos, e tem como objetivo reduzir a sensibilidade a fatores que causam alergia.

Nos primeiros meses, aumenta-se a concentração do alérgeno no organismo, por aplicação subcutânea para “forçar” o sistema imunológico a resistir ao fator alergênico.

Além da Imunoterapia, o médico ou médica pode recomendar o uso corticoides injetáveis.

Eles são contraindicados para pessoas com infecções sistêmicas por fungos e para quem tem hipersensibilidade aos princípios ativos ou em outros componentes da fórmula. 

Ademais, podem causar reações diversas ao organismo de acordo com cada pessoa, então é primordial que se siga as orientações médicas.

As possibilidades de corticoides injetáveis incluem:

Diprospan

A posologia deste medicamento é variável de acordo com a gravidade e resposta do organismo.

Normalmente se inicia com 1 a 2 Ml podendo aumentar caso necessário. A de injeção deve ser feita de modo intramuscular profunda na região glútea. 

Duoflam 

Assim como o Diprospan, a aplicação do Duoflam ocorre de modo intramuscular na região glútea, e a posologia também está sujeita a reajustes de acordo com a resposta ao tratamento.

O início, em sua maioria, também ocorre com uma dose de 1mL a 2mL.

Antigripais Naldecon, Coristina D e Cimegripe combatem a sinusite?

Nenhum antigripal é recomendado para curar a sinusite, mas sim para o alívio de alguns sintomas.

Pelo fato da sinusite em geral ser uma doença secundária, que deriva de um resfriado ou gripe, é comum que alguns sintomas que começaram no quadro gripal permaneçam durante a crise de sinusite. 

Nesses casos, alguns antigripais já conhecidos podem ser eficientes como Naldecon, Coristina D e Cimegripe.

Mas reforçamos que esses remédios só são eficientes para sintomas gripais como dor, febre, coriza, espirros e congestão nasal, que podem acontecer durante a sinusite.

Naldecon

O Naldecon contém paracetamol, age aliviando a dor e a febre, que geralmente acontece devido à infecção das vias aéreas superiores, e também tem cloridrato de fenilefrina, que funciona como descongestionante nasal.

Conforme a bula do Naldecon, os comprimidos branco e amarelo devem ser tomados ao mesmo tempo. 

Quando tomar, somente após 8 horas deverá ingerir a próxima dose. E jamais deve ser usado em crianças abaixo dos 12 anos sem orientação médica.

Coristina D

Já o Coristina D tem a combinação do ácido acetilsalicílico com maleato de dexclorfeniramina, que, além de aliviar a dor, atua na diminuição da  febre, coriza e espirros. Também contém cloridrato de fenilefrina, que é eficaz na obstrução nasal.

Com efeito em aproximadamente 30 minutos, basta tomar um comprimido de 4 em 4 horas, lembrando que Coristina D é indicado somente para adultos e crianças maiores de 12 anos.

Cimegrip

O Cimegrip que também promove a diminuição da temperatura corporal e da sensibilidade à dor. Além disso, bloqueia a liberação de certas substâncias responsáveis pelas reações alérgicas , diminuindo inchaço devido ao acúmulo de secreção

A recomendação é tomar 1 cápsula a cada 4 horas para adultos, caso seja para crianças, o ideal é optar pela versão em frasco e fornecer no máximo de 20 a 30 gotas, 3 a 4 vezes ao dia. Em geral, o efeito começa em 15 minutos após a ingestão.

Atitudes que podem ajudar no tratamento da sinusite

Junto à medicação prescrita, algumas medidas complementares e simples podem ser feitas em casa para ajudar na redução sintomas, trazendo mais bem-estar durante os dias de tratamento. 

Limpeza nasal

O uso do soro fisiológico para limpar o nariz auxilia na eliminação da sujeira e no acúmulo de secreções. Basta pingar algumas gotinhas ou borrifar o spray dentro das narinas e assoar logo em seguida.

Hidratação

Beber água e chás, preferencialmente sem açúcar, e umidificar o ar é excelente para contribuir na hidratação das vias respiratórias.

Colocar um pano molhado com água morna no rosto, ou inspirar flores de camomila em um recipiente com água quente pode ajudar a melhorar a congestão nasal.

Descanso

Durante a crise de sinusite o ideal é dormir bem, evitando esforço e atividades físicas intensas para que a doença não se intensifique. Mas caminhadas leves em locais arborizados e arejados são recomendadas.

Preços 

Você pode encontrar os medicamentos citados ao longo do texto em farmácia e drogarias e também em plataformas como o Consulta remédios. Os preços* variam de acordo com a quantidade e formato (comprimido, spray, xarope):

*Preços consultados em outubro de 2020. Os valores podem sofrer alteração.


Ficou com dúvidas sobre outros remédios? O Minuto Saudável pode te ajudar com várias informações.

Fontes consultadas


Minuto Saudável: Somos um time de especialistas em conteúdo para marketing digital, dispostos a falar sobre saúde, beleza e bem-estar de maneira clara e responsável.