O que é Brucelose, sintomas, tratamento, causas, prevenção e mais

1

O que é

Conhecida também por “mal de Bang”, “febre de malta”, “febre de Gibraltar”, “febre mediterrânea” ou “aborto infeccioso”.

Zoonose caracterizada como doença infecciosa ou infecção bacteriana, tem como causa a bactéria Brucella, um cocobacilos. Geralmente esta bactéria tem sete variações (abortus, suis, canis, ovis, neotosomal, ceti e pennipedialis) e é encontrada nos seguintes animais: cabras, ovelhas e camelos (brucella melitensis); bovinos (brucella abortus), esta a que mais ameaça os humanos; suínos (brucella suis); e cães (brucella canis). Todas as variações podem transmitir a doença ao ser humano.

Índice – neste artigo você encontrará as seguintes informações:

  1. O que é?
  2. Qual profissional devo procurar?
  3. Quais são os sintomas?
  4. O que causa?
  5. A brucelose tem cura? Qual é o tratamento?
  6. Como prevenir? É transmissível?
  7. Quem pertence ao grupo de risco?

Qual profissional devo procurar?

O clínico geral, ele solicitará exames de cultura (para isolamento da bactéria no sangue) de amostras de sangue (hemograma) e de tecidos biopsiados para poder diagnosticar a doença, também a sorologia que detecta anticorpos específicos, além da avaliação clínica criteriosa do paciente. Contudo, a análise de cultura pode demorar, pois seu crescimento é lento para gerar quantidades suficientes para análise.

Quais são os sintomas?

A bactéria atinge o trato reprodutivo, as articulações e o sistema retículoendotelial. Os sintomas variam de acordo com a fase (inicial ou crônica) da Brucelose, podem durar alguns dias a vários meses depois que o indivíduo a contrai; é preciso atenção, pois os sintomas são parecidos com o da gripe. Entre eles o paciente pode ter:

  • Alterações da memória.
  • Calafrios.
  • Cansaço.
  • Dor de cabeça intensa.
  • Dores musculares (principalmente costas e abdômen).
  • Fadiga.
  • Falta de apetite.
  • Febre alta (superior a 38ºC) recorrente.
  • Fraqueza.
  • Instabilidade emocional.
  • Manifestações alérgicas (asma, urticária, etc.).
  • Perda de peso.
  • Pressão baixa.
  • Sensação de malestar.
  • Suor noturno.
  • Tremores.

Os sintomas também podem desaparecer durante semanas ou até meses e retornarem.

As bactérias da brucelose são transmitidas para o ser humano quando este entra em contato com o animal infectado pela bactéria (contato direto com alguma secreção), seja consumindo a carne contaminada ou inalando o ar infectado. A causa mais comum é pela ingestão de alimentos derivados do leite não pasteurizado.

No gado é comum os sinais clínicos como aborto no final da gestação, natimortos, bezerros nascidos fracos e corrimentos vaginais.

A brucelose tem cura? Qual é o tratamento?

Sim, tem cura. Mas ainda não existe vacina contra a brucelose.

O tratamento deve ser iniciado assim que a doença é diagnosticada. O médico indicará antibióticos para tratamento, realizado durante 2 meses, e só depois deste período é que o paciente se livrará completamente da bactéria da doença. Pacientes que seguem a risca o tratamento com medicamentos, geralmente têm uma excelente resposta de cura. Porém, em caso do reaparecimento da doença, o tratamento deve ser repetido.

Alguns dos medicamentos que consistem no tratamento da brucelose:

Durante o tratamento, o paciente deve permanecer em repouso e bem hidratado. Se não for tratada, a brucelose pode evoluir ao longo do tempo e tornarse crônica, então os seus sintomas podem causar febre constante, perda de peso e dores nas articulações. Quando tratada erroneamente ela pode vir a causar anemia, artrite, endocardite, hepatite e até meningite.

Atenção! 

NUNCA se automedique ou interrompa o uso de um medicamento sem antes consultar um médico. Somente ele poderá dizer qual medicamento, dosagem e duração do tratamento é o mais indicado para o seu caso em específico. As informações contidas nesse site têm apenas a intenção de informar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um especialista ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Siga sempre as instruções da bula e, se os sintomas persistirem, procure orientação médica ou farmacêutica.

Como prevenir? É transmissível?

A brucelose é transmitida de animais para seres humanos através de:

  • Alimentos lácteos quando caseiros não pasteurizados (leite e queijo, por exemplo).
  • Carne contaminada quando mal cozida.
  • Inalação da bactéria, pelo ar ou contato direto com a secreção do animal contaminado.

A brucelose transmitida de pessoa para pessoa ainda é um caso muito raro. Sua prevenção deve ter foco, principalmente, nos profissionais que trabalham com quaisquer animais, e consiste em:

  • Evitar ingerir carne mal cozida.
  • Não ingerir produtos lácteos (leite, queijo, manteiga, sorvete, etc.) que não foram pasteurizados.
  • Para esses profissionais: usar luvas, óculos de proteção, avental e máscara (EPIs) ao precisar entrar em contato com animais doentes, mortos ou durante o parto de algum animal.
  • Manter os materiais de uso higienizados corretamente.

As bactérias são transmitidas, principalmente, pelo ar ou penetração no organismo através de feridas. Quando são ingeridas, invadem a mucosa intestinal; ficam encubadas pelo período de 1 semana a 1 mês. Quando o gado é infectado em grande escala geográfica, a única prevenção é abatêlo, pois a melhor maneira de exterminar a doença é erradicála nos animais.

Quem pertence ao grupo de risco?

Geralmente os profissionais que trabalham com animais, como agricultores, produtores de leite, microbiologistas, trabalhadores de matadouros, veterinários, etc. Gestantes correm o risco de transmissão direta para o feto.

A Brucelose tem este nome em homenagem ao seu descobridor, David Bruce, que identificou a bactéria Brucella melitensisem em 1887, quando na ilha de Malta houve um surto entre os militares ingleses por terem ingerido leite de cabra cru. No Brasil, pesquisas apontam que 75% das causas são provenientes do gado infectado.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (7 votos, média: 3,86 de 5)
Loading...

1 comentário

Deixe suas opiniões e comentários, nos preocupamos com ela:

Por favor, escreva seu comentário
Por favor, insira seu nome aqui

Lamentamos a não possibilidade de dar-lhe conselho médico ou responder a questões médicas e farmacêuticas individuais através de e-mail, pois apenas um médico pode prestar tal atendimento. Embora tentemos responder a todos os comentários, opiniões e e-mails que recebemos em até dois dias úteis, nem sempre é possível devido ao grande volume que recebemos. Por favor, tenha em mente que qualquer solicitação ao Minuto Saudável está sujeita aos nossos Termos de Uso e Política de Privacidade, ao enviar, você indica sua aceitação.