A laranja é uma fruta muito conhecida por conta de seu sabor cítrico e de suas propriedades benéficas para a saúde, já que é rica em vitamina C

Possui diversas espécies, que são muito utilizadas no preparo de sucos, bolos e saladas de fruta.

Seu consumo pode ser feito in natura ou em receitas doces e salgadas.

Confira mais sobre o alimento!

Quais os tipos de laranja?

Existem diferentes variações de laranjas, cada uma com suas características. Confira as mais populares no Brasil:

Laranja lima

A laranja lima é a menos ácida entre as laranjas populares.

Possui polpa suculenta e seu sabor é doce e suave.

Por conta de seu baixo nível de acidez, é a mais indicada para crianças e pessoas que têm problemas digestivos. 


Geralmente é consumida in natura. Em receitas, é mais utilizada no preparo de caldas e doces.

Laranja bahia

Resultado de uma mutação natural, a laranja Bahia possui esse nome por conta de sua origem no estado da Bahia.

A principal característica desse tipo de laranja é não possuir sementes, por isso é muito consumida crua, apesar de ser também utilizada no preparo de saladas.

É também conhecida como laranja-de-umbigo, pois possui uma ponta acentuada em seu formato. 

Sua casca possui coloração amarelada e é muito fácil de descascar. 

Laranja kinkan

Com pouca polpa e sabor azedo, a laranja kinkan é uma variedade de origem oriental.

Seu tamanho é pequeno e possui pouca polpa.

Diferente da maior parte das laranjas, tem casca comestível, de sabor doce. 

Em seu interior o sabor é azedo e possui caroços grandes em relação ao seu tamanho. 

Pode ser consumida inteira ou apenas a casca.

Laranja champanhe

Com tamanho superior aos outros tipos da fruta, a laranja champanhe é pouco encontrada em mercados e feiras, mas é uma boa opção para quem quer experimentar uma variedade diferente.

Possui casca verde e grossa, utilizada no preparo de doces. 

Sua polpa é pouco doce e possui acidez inferior às outras laranjas. 

O nome tem relação com a cor de suco que a fruta gera, que possui cor de champagne. 

Laranja pera

Variedade mais cultivada no Brasil, a laranja pera possui tamanho menor do que as outras laranjas.

Seu sabor é doce e possui pouca acidez, por isso, é indicada para sucos e consumo in natura

A casca é lisa e fina, e possui coloração que mistura o amarelo e o avermelhado. 

É menos calórica entre as laranjas listadas, já que possui cerca de 37 kcal a cada 100g.

Laranja vermelha

Também conhecida como laranja-sanguínea, esse tipo da fruta é pouco conhecido e comercializado. 

Recebe esse nome por conta da coloração na parte interna na fruta, que é vermelha.

Essa coloração existe graças à presença da substância antocianina, corante natural.

Possui tamanho reduzido em relação às outras laranjas.

Para que serve a laranja?

A laranja serve para reforçar a alimentação e agregar sabor à pratos e sucos.

As duas formas mais comuns de consumo da laranja são: in natura e suco natural. 

Além disso, a laranja também serve como ingrediente em receitas culinárias como saladas de frutas, bolos, geleias, molhos e vitaminas.

Por conta de suas propriedades, como a vitamina C, a laranja também atua no combate à gripe e resfriados. 

Quais os benefícios de comer laranja?

Quem nunca ouviu que tomar suco de laranja é bom quando se está doente? 

Isso é porque a laranja possui diversos minerais e vitaminas que auxiliam o sistema imunológico a se fortalecer. 

Além disso, ela também é boa para outras áreas da saúde humana. 

Os principais benefícios de comer a fruta são:

Fortalece o sistema imunológico

A laranja é uma ótima aliada para o fortalecimento do sistema imunológico, já que é rica em vitamina C.

Essa vitamina promove a produção de glóbulos brancos, células de defesa responsáveis por combater infecções e organismos estranhos ao corpo. 

Mantém a pele saudável 

A saúde da pele também é beneficiada com o consumo da fruta. A laranja possui substâncias antioxidantes em sua composição, que combatem os radicais livres — moléculas capazes de danificar células saudáveis do corpo — e evitam o envelhecimento precoce.

Além disso, por conta da vitamina C presente em suas propriedades, o consumo da laranja estimula a produção de colágeno — proteína responsável pela manutenção dos tecidos da pele. 

Reduz o colesterol alto

Por ser rica em pectina — fibra solúvel que dificulta a absorção de colesterol —, a laranja auxilia no combate ao colesterol alto. 

Essa fibra armazena o colesterol e o elimina do corpo antes que o organismo realize a absorção. 

Previne o câncer

A laranja possui propriedades substâncias antioxidantes chamadas flavonoides. 

Elas auxiliam no combate aos radicais livres — moléculas capazes de danificar células saudáveis do corpo — e a limpar o organismo, prevenindo alterações nas células.  

Qual é o bagaço da laranja?

O bagaço é a parte branca da laranja. Geralmente é aquela descartada quando se espreme o suco da fruta. 

No bagaço são encontrados a maior parte dos nutrientes e fibras. Essas fibras limpam o intestino, retirando toxinas do corpo. 

Por conta dessas fibras, ele também auxilia na digestão e é responsável pela sensação de saciedade que a fruta proporciona. 

Apesar disso, em casos de pacientes que realizaram algum tipo de operação no estômago (como cirurgia bariátrica), o consumo do bagaço não é indicado.

Nesse tipo de procedimento, em geral, o tamanho do estômago é reduzido. Como o bagaço da laranja é firme, há o perigo de obstrução, causando o acúmulo de alimento e até mesmo o rompimento da membrana que reveste o órgão.

Pode comer laranja na dieta?

Sim, desde que com bagaço e com moderação.

No bagaço há a maior parte das fibras da laranja. Essas fibras promovem a redução da velocidade do esvaziamento estomacal, fazendo com que os alimentos fiquem mais tempo no estômago. 

Dessa forma, o indivíduo tem a sensação de saciedade por mais tempo e tende a comer menos. 

Além disso, ela também propicia a menor absorção de gordura pelo corpo. 

Já o suco da fruta, dependendo da forma de preparação, pode não ser indicado para quem quer perder peso. Isso porque para fazer um copo de suco, em geral, são necessárias 3 ou 4 laranjas, o que eleva bastante a quantia calórica da bebida.

Apesar disso, estudos comprovam que, se consumido sem a adição de açúcares, o suco pode sim ser um aliado na dieta. 

Isso porque o suco da laranja estimula a produção de uma substância chamada leptina — inibidor natural de apetite — que provoca a sensação de fartura.

Contudo, quando há a presença de açúcares na bebida, o efeito é o inverso, pois o suco é rapidamente absorvido e logo, a fome aparece. 

Dessa forma, ao ingerir o suco, o ideal é que o consumo seja feito apenas com o açúcar natural da fruta, sem adição. 

Quantas laranjas uma pessoa pode consumir por dia?

Não há um número limite diário para o consumo da fruta. 

De acordo com profissionais, o recomendado é a ingestão de 2 laranjas cruas por dia.

O consumo exagerado da laranja pode provocar alterações no organismo, como o excesso de potássio, principalmente em quem já tem problemas de hipercalemia (excesso de potássio no corpo). 

Por isso, o ideal é incluir a fruta na dieta de modo equilibrando. Assim, ela reforça a ingestão nutricional sem causar grandes mudanças calóricas.

Como laranja com bagaço à noite faz mal?

Há muito tempo se fala que consumir a laranja durante o período da noite faz mal. 

Um ditado popular que envolve a fruta é o “de manhã é ouro, à tarde, prata, e à noite mata”. 

Apesar da frase, não há comprovação de que ingerir a fruta antes de dormir tenha malefícios para a saúde.

Junto ao ditado popular, atribuía-se ao consumo da fruta um efeito excitante, que interfere na qualidade do sono. Entretanto, não há estudos que comprovem a existência dessa interferência.

A recomendação de não ingerir frutas cítricas a noite é apenas para quem tem problemas de refluxo gastroesofágico, pois pode piorar os sintomas da doença. 

Pode ter contraindicações ou malefícios o consumo da fruta laranja?

Para pessoas que possuam dieta com restrição de potássio, a laranja pode não ser a melhor escolha, pois possui grande quantidade do mineral.

Além disso, pessoas quem está tomando alguns tipos de medicamentos, como anticoagulantes, também deve evitar ingeri-la, pois ela pode afetar na absorção do remédio.

Não há comprovação de outros malefícios diretos do consumo da fruta para a saúde. Apesar disso, é importante prezar sempre pela moderação, sobretudo se houver sensibilidade intestinal. Isso porque o bagaço da fruta está relacionado à possibilidade de obstrução ou constipação.


A laranja é uma fruta muito conhecida por ser fonte de vitamina C e proporcionar diversos benefícios para a saúde.

Você já conhecia todas as qualidades dessa fruta? O Minuto Saudável traz outras informações sobre frutas e alimentação. Confira!


Minuto Saudável: Somos um time de especialistas em conteúdo para marketing digital, dispostos a falar sobre saúde, beleza e bem-estar de maneira clara e responsável.