A dor no peito, ou dor torácica, é um sintoma que costuma ser associado a doenças do coração.

Porém, nos casos de não haver condições genéticas ou preexistentes de alterações cardíacas, denomina-se dor torácica não-cardíaca, podendo apresentar diversas causas.

Ela pode ser leve ou aguda e vir acompanhada de outros sintomas, como dor muscular nas costas e ao respirar, dores no pescoço, mandíbula, abdômen ou braço.

A dor no esterno também pode estar associada à dor torácica. Descubra as possíveis causas a seguir!

Onde se localiza o osso esterno?

O osso esterno está localizado no centro da caixa torácica (peito), entre as costelas frontais. Ele ajuda a proteger os pulmões, esôfago, coração e outros órgãos vitais do corpo humano, além de sustentar a clavícula e as costelas. 

Seu nome se origina do idioma grego “sternon“, que significa peito. Ele tem um formato de T e é o 10º maior osso do corpo humano. 

É nele que as cartilagens das costelas estão inseridas e se articulam. 

A caixa torácica contém 10 costelas ao todo, das quais as 7 primeiras estão diretamente conectadas ao esterno. Elas  podem ser divididas em verdadeiras, falsas e flutuantes. 


As 7 primeiras são as verdadeiras, pois estão articuladas diretamente com o esterno através das suas cartilagens. 

Já as costelas de 8 a 10 são as falsas, pois unem suas cartilagens umas às outras, unindo-se por fim com a sétima cartilagem para se inserirem no esterno.

O que causa dor no esterno?

A dor no esterno pode ter diferentes causas. Confira a seguir algumas delas:

Ansiedade

As crises de ansiedade podem ser caracterizadas pelo excesso de preocupações, que podem estar associadas ao medo e gerar a sensação de tensão. 

Esse quadro é o primeiro sinal da ansiedade e aparece antes mesmo dos sinais físicos.

Quando isso se agrava, pode desencadear dores no peito, falta de ar e palpitações. Essas dores costumam ser como um tipo de aperto na região central do peito, onde se localiza o esterno e, portanto, pode ser confundida com uma dor óssea.

Síndrome de tietze

A Síndrome de Tietze costuma ser rara e as causas podem ser a realização de esforço físico intenso ou ferimentos, como uma pancada no tórax. O stress também pode ser um agravante para a síndrome, ainda que não seja uma causa direta.

Os sintomas são: dor aguda no peito e inchaço das cartilagens afetadas, que pode ser detectado em um exame físico. A dor pode se assemelhar a de um ataque cardíaco.

Costocondrite crônica

A costocondrite crônica é caracterizada pela inflamação da cartilagem entre as costelas e o osso esterno.

Os sintomas podem ser identificados pela dor e sensibilidade no peito, quando se respira profundamente ou tosse.

Essa dor pode irradiar-se também para os braços e ombros. Além disso, algumas pessoas podem ter dificuldade em respirar. 

As causas do problema podem ser diversas como lesões na parede torácica, infecções na corrente sanguínea ou infecções no esterno. A costocondrite também pode ser desenvolvida após cirurgias no peito ou coração.

Dor no osso esterno quando aperta

A dor torácica pode decorrer de problemas articulares, pois as costelas se articulam nas vértebras e, em seguida, diretamente no osso esterno, podendo causar maior sensibilidade no osso torácico.

Traumas, torções, mau jeito ou esforço muscular severo podem causar disfunções e tensões na região e seus ligamentos. Essa dor pode piorar ao contrair o abdômen, apertar o centro da caixa torácica (esterno) e fazer esforços.

Em casos de trauma, é importante realizar exames radiológico para verificar possíveis lesões. 

O tratamento depende das causas e pode ser feito com fisioterapia, alongamentos musculares e articulares, aliados ao uso de medicamentos para aliviar a dor.


Dores no peito são sempre um sinal de alerta e devem ser investigadas para descobrir as causas e tratar da melhor maneira, seja ela devido a problemas no esteno, cardíacos ou psicológicos.

Você já conhecia o osso esterno? Sabia onde ele está localizado? Compartilhe conosco se você tem mais informações sobre o assunto.

Se você gostou desse artigo e gosta de saber mais sobre saúde, continue acompanhando o Minuto Saudável para não perder nada!


Minuto Saudável: Somos um time de especialistas em conteúdo para marketing digital, dispostos a falar sobre saúde, beleza e bem-estar de maneira clara e responsável.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *