Saúde

Siate e Samu: em que casos devo acionar e como funciona?

Publicado em: 22/12/2021Última atualização: 10/01/2022
Publicado em: 22/12/2021Última atualização: 10/01/2022
Foto de capa do artigo
Publicidade
Publicidade

O nervosismo ao presenciar situações como acidentes de trânsito ou um infarto, por exemplo, é natural. Por isso, precisamos ter sempre em mãos os números de serviços importantes e especializados que prestam atendimento nesses momentos.

Quanto mais rápido a ligação for feita, além da descrição completa da situação, mais rápido o deslocamento será para prestar os primeiros-socorros à vítima. Pensando nisso, o Minuto Saudável preparou um artigo sobre para que números ligar e em que casos buscar a ajuda do Siate e do Samu é importante. Confira.

Samu e Siate: o que são?

O Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma e Emergência (Siate) e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) são atendimentos médicos que prestam uma espécie de assistência prévia ao (à) paciente, ou seja, antes que ele (a) seja encaminhado para um pronto-socorro.

Esse tipo de atendimento é vital, dependendo da gravidade do caso. Isso porque alguns procedimentos, como desfibrilação, aplicação intravenosa de alguns medicamentos ou oxigênio, podem ser necessários para estabilizar e preservar a vida do (a) paciente até que ele (a) receba atendimento adequado.

Contudo, enquanto o Samu é indicado para casos de emergência clínica, o Siate fica encarregado de atender chamados com traumas.

O atendimento do SAMU deve ser solicitado em casos clínicos.
Publicidade
Publicidade

Em que casos devo ligar para o Samu ou Siate?

Agora que você entendeu um pouco mais sobre a dinâmica de cada um, está na hora de entender em quais situação cada um deve ser solicitado:

Samu (192)

Como vimos acima, o Samu (192) fica responsável pelo atendimento clínico de emergência. Você pode solicitá-lo nas seguintes situações:

  • Dores fortes e repentinas no peito;
  • Intoxicação por consumo de produtos de limpeza ou medicamentos;
  • Envenenamento;
  • Desmaio;
  • Hemorragias;
  • Convulsão;
  • Perda de consciência;
  • Problemas cardio-respiratórios;
  • Hipertensão;
  • Crises de asma;
  • AVC (acidente vascular cerebral).

Siate (193)

O atendimento do Siate (193) é indicado para casos complexos, entre eles estão:

  • Acidentes de trânsito com uma ou mais pessoas;
  • Ferimento por arma branca (faca, canivete, entre outros) ou arma de fogo;
  • Quedas que desencadeiam traumas, fraturas e ferimentos;
  • Ataque de animais, como cães, e picada de animais peçonhentos, como cobra, aranha ou escorpião;
  • Choque elétrico;
  • Afogamentos;
  • Lesões, como perna quebrada;
  • Soterramentos;
  • Queimaduras químicas, com óleo, objetos quentes ou água, por exemplo. 

Leia também: Pronto-socorro ou pronto atendimento? Qual procurar?

O atendimento do Siate deve ser solicitado em casos de traumas, como acidentes de trânsito e queimaduras, por exemplo.
Publicidade
Publicidade

Como é feito o processo de atendimento?

Após receber a ligação, o (a) atendente da central tanto do Siate quanto do Samu fará algumas perguntas, como onde e que tipo de ocorrência aconteceu, sintomas ou estado físico do (a) paciente que precisa de assistência, por exemplo. A resposta adequada desses questionamentos é decisiva para determinar a gravidade e prioridade da situação, portanto, é preciso manter a calma (entendemos que é difícil, mas é necessário), para que o máximo de detalhes seja repassado ao (à) atendente.

Após coletar essas informações, o (a) atendente avaliará a gravidade e enviará uma unidade móvel (ambulância) para prestar os primeiros-socorros. O procedimento é feito em ambos os tipos de atendimento, tanto pelo Samu quanto pelo Siate.

Vale lembrar que os casos de maior complexidade serão priorizados em detrimento dos que são menos complexos, em que o (a) paciente não corre risco de vida. Caso você ligue para um serviço e ele não seja o adequado para atender essa situação, sua ligação será encaminhada.


Saber para quem ligar em situações de risco é essencial para agilizar o processo de atendimento. Muitas vezes não recebemos esse tipo de orientação e nos perguntamos sobre para quem recorrer. Esses minutinhos podem fazer toda a diferença para o (a) paciente, portanto, salve ambos os números em sua lista de contatos.

Reforçando: para condições clínicas, solicite o Samu pelo número 192. Para casos complexos, contacte o Siate pelo 193.

Para mais informações sobre doenças e sintomas, acesse a categoria Saúde do Minuto Saudável.

Fontes consultadas:

Publicidade
Publicidade
Imagem do profissional Rafaela Sarturi Sitiniki
Este artigo foi escrito por:

Rafaela Sarturi Sitiniki

CRF/PR: 37364Farmacêutica generalista graduada pela Faculdade ParananseLeia mais artigos de Rafaela
Publicidade
Publicidade

Compartilhe

Publicidade
Publicidade
Sobre o Minuto Saudável

Somos uma empresa do grupo Consulta Remédios. No Minuto Saudável você encontra tudo sobre saúde e bem-estar: doenças, sintomas, tratamentos, medicamentos, alimentação, exercícios e muito mais. Tenha acesso a informações claras e confiáveis para uma vida mais saudável e equilibrada.

Somos uma empresa do grupo Consulta Remédios. No Minuto Saudável você encontra tudo sobre saúde e bem-estar: doenças, sintomas, tratamentos, medicamentos, alimentação, exercícios e muito mais. Tenha acesso a informações claras e confiáveis para uma vida mais saudável e equilibrada.
Banner anuncie em nosso site
Banner anuncie em nosso site
Nos acompanhe nas redes sociais:
Atenção: O conteúdo do site Minuto Saudável, como textos, gráficos, imagens e outros materiais são apenas para fins informativos e não substitui o conselho médico profissional, diagnóstico ou tratamento. Se você acha que pode ter uma emergência médica, ligue para o seu médico ou 192 imediatamente. Minuto Saudável não recomenda ou endossa quaisquer testes específicos, médicos (profissionais de saúde), produtos, procedimentos, opiniões, ou outras informações que podem ser mencionados no site. A confiança em qualquer informação contida no site é exclusivamente por sua conta e risco. Se persistirem os sintomas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico. Leia a bula.

Minuto Saudável © 2023 Blog de Saúde, Beleza e Bem-estar
Política de Privacidade
Publicidade
Publicidade