Os medicamentos estão sendo aprimorados cada vez mais graças aos avanços da medicina e da tecnologia. 

Um exemplo disso é o fármaco Orencia, pode garantir mais qualidade de vida para muitas pessoas que sofrem com os incômodos nas articulações causados pela Artrite Reumatoide.  

O que é e para que serve o Orencia?

Orencia é um medicamento biológico usado para o tratamento da artrite reumatoide (AR) em estágios moderados a graves. Seu objetivo é diminuir a dor e o inchaço nas articulações que são causados pela AR, que ainda está ativa no organismo do(a) paciente. 

Além disso, ele ajuda a reduzir os danos às articulações, permitindo que pacientes tenham melhores condições de prosseguir com suas atividades normais.

Ele também é recomendado para crianças (com mais de 6 anos) e adolescentes que possuem Artrite Idiopática Juvenil (AIJ) que não tenham reagido a outras formas de tratamento (como o uso de metotrexato ou antagonistas do fator de necrose tumoral).  

Ainda pode ser usado no combate aos sintomas da Artrite Psoriásica Ativa (APS), quando o(a) paciente não demonstrou resposta ao tratamento feito com metotrexato e não necessita de terapia para as lesões na pele.  

Esse remédio é administrado de forma intravenosa, ou seja, é aplicado na veia em ambiente hospitalar e sob a supervisão de um(a) profissional da saúde. A aplicação leva cerca de 30 minutos.   

Princípio ativo: como age Abatacept?

O princípio ativo de Orencia é Abatacept. Essa substância pode ser utilizada como forma única de tratamento ou em conjunto com outros remédios. 


Abatacept foi testado em 6 estudos diferentes em pacientes com mais de 18 anos que possuem artrite reumatoide. No total, os estudos levaram mais de 7 anos. 

Para comprovar a sua eficácia, os voluntários da pesquisa tinha que sofrer com pelo menos 10 articulações inchadas e doloridas. 

Abatacept age inibindo o ataque do sistema imune aos tecidos sadios do corpo, o que, por consequência, reduz os sintomas provocados pela AR (como dores, inchaço e dificuldade de movimento) na maioria dos casos. 

Como usar o medicamento Orencia?

Orencia pode ser apresentado de duas formas: intravenosa (aplicação na veia) e injeção (aplicação no músculo). Quando a versão recomendada é a intravenosa, o medicamento sempre deve ser aplicado por um(a) profissional da saúde, como enfermeiros(as) e médicos(as), que têm preparo para desempenhar essa função.

Já se a versão indicada for a injeção, Orencia será aplicado de modo subcutâneo, podendo ser pela própria pessoa. Para isso, é necessário que haja um treinamento para a administração, pelo médico(a) ou profissional de saúde.

Esse remédio deve ser conservado em refrigeradores, com a temperatura variando entre 2°C e 8°C.

Orencia pode ser aplicado em casa?

A versão em intravenosa não pode ser aplicada em casa, a não ser que seja extremamente necessário (quando a pessoa não tem condições físicas para ir até o hospital ou clínica médica, geralmente em pacientes em tratamento paliativo). 

Nesse caso, a equipe médica deverá ir até a residência e aplicar a medicação em um ambiente que deve estar limpo (para evitar uma infecção).  

Mas, recentemente, foi lançada no mercado uma versão de Orencia que é aplicada de forma subcutânea. 

Nesse caso, a primeira aplicação deverá ser feita no hospital. Se a equipe médica julgar possível a autoaplicação ou administração em casa por outra pessoa, a medicação poderá ser feita em casa. Para isso, a pessoa receberá orientações específicas e treinamento por profissionais habilitados(as).

Não tente aplicar esse fármaco sem a devida instrução de um(a) profissional de saúde. 

Qual a posologia indicada na bula?

As doses desse medicamento são dadas a cada 4 semanas. Orencia deve ser administrado conforme o peso corporal do(a) paciente, sempre conforme orientação médica. Na bula, as orientações são: 

  • Adultos com artrite reumática (AR): 
Peso corporal Dose 
Menos de 60kg500mg
Entre 60kg e 100kg150mg
Mais de 100kg 1g
  • Crianças e adolescentes com artrite idiopática infantil (entre 6 e 17 anos): 
Peso corporal Dose 
Menos de 75kg10 mg paracada kg  
Mais de 75kg posologia adulta 

A bula indica que não há necessidade que se façam ajustes na posologia para pacientes idosos, sendo recomendado que se sigam as orientações para adultos. 

Quais os efeitos colaterais?

Entre os efeitos colaterais mais comuns causados pela Orencia estão dor de cabeça, tontura, conjuntivite, infecções (respiratórias e urinárias), aumento da pressão sanguínea, tosse, diarreia, enjoo, hematomas na pele, queda de cabelo, dor e formigamento nos membros, cansaço, perda de apetite e diminuição de células do sangue. 

Em frequência incomum, Orencia também pode provocar: 

  • Insônia; 
  • Crises de depressão e ansiedade; 
  • Pressão baixa; 
  • Ausência ou atraso da menstruação; 
  • Inflamações no sistema digestivo; 
  • Falta de ar; 
  • Pneumonia; 
  • Diminuição do ritmo cardíaco;  
  • Tumores de pele.  

Vale mencionar que esse remédio contém açúcar (maltose) e por isso deve ser usado com precaução em pessoas que possuem diabetes

Todo efeito colateral deve ser informado à equipe médica ou profissional que acompanha o tratamento.

Contraindicações

Esse medicamento não deve ser administrado para pacientes que possuam alergia à Abatacept (princípio ativo) ou a qualquer outro componente da fórmula de Orencia. 

Crianças (menores de 6 anos) também não devem ser medicadas com tal fármaco, já que não estudos suficientes que indiquem as consequências de Abatacept nessa idade.  

Orencia afeta o sistema imunológico? 

Sim, Orencia pode diminuir a ação do sistema imunológico, possibilitando que o corpo contraia infecções ou agrave quadros já existentes. Se suspeitar de alguma infecção ou estiver utilizando remédios para a imunidade, o ideal é falar com o(a) médico(a) que acompanha o seu caso. 

Preço e onde comprar?

Orencia tem preços médios que variam entre R$ 2.477,68* (caixa com 1 ampola de 250mg) até R$ 8.872.08* (caixa com 4 ampolas de 125mg cada).  

*Preços consultados em dezembro de 2019. Os valores podem sofrer alteração.

O SUS fornece Orencia?

Sim, o Sistema Único de Saúde (SUS) oferece Orencia gratuitamente. Para conseguir esse direito, o(a) paciente precisa de um laudo médico que comprove a necessidade do fármaco. 

Com esse documento em mãos, basta ir até uma unidade básica de saúde, onde será feito uma nova avaliação médica (para evitar fraudes).

Assim que a nova precisão médica sair, funcionários(as) da unidade de saúde farão um protocolo ao Ministério da Saúde, que juntamente com o Ministério Público irão solicitar o medicamento perante o Tribunal de Contas da União (TCU).  

Se mesmo assim, o medicamento não for liberado, é necessário abrir um processo que necessita de uma papelada enorme, incluindo laudos, exames e o orçamento de 3 farmácias. 

A boa notícia é que você pode contar com a ajuda da Assessoria de cotação de medicamentos de alto custo, que realiza um orçamento personalizado. 

É bem simples e fácil. Acesse o link e preencha o seus dados.   


Orencia intravenoso é um medicamento de uso hospitalar e por isso só deve ser aplicado por profissionais da saúde.  

Assim como outras medicações, ele pode causar efeitos adversos. Sua ação é no sistema imunológico, ajudando no combate às dores e inchaços causados pela artrite reumatoide.

Quer saber mais sobre remédios? Leia as postagens do Minuto Saudável. 



Minuto Saudável: Somos um time de especialistas em conteúdo para marketing digital, dispostos a falar sobre saúde, beleza e bem-estar de maneira clara e responsável.