Durante a gestação, algumas dúvidas perseguem muitas gestantes: o que pode e o que não pode comer durante essa fase? Será que algum alimento prejudica o neném? 

O sushi é um desses alimentos que causam inquietações nas grávidas. 

Antes de mais nada, vamos a resposta da pergunta. 

Em geral, sim, mulheres grávidas podem comer sushi desde que o peixe tenha sido congelado antes do preparo do prato. 

Lembrando que todas as gestações são diferentes e, por isso, o que é recomendado para uma mãe pode não ser o ideal para outra. 

Em caso de dúvidas, o aconselhado é que a gestante converse com o(a) obstetra para saber quais alimentos são permitidos. 

Grávidas podem comer quais tipos de peixes? 

Certos peixes como cação, tubarão e peixe-espada devem ser evitados, já que podem conter toxinas (como o mercúrio) que podem ser prejudiciais.  

Alguns peixes (atum, salmão e marlim, por exemplo) devem ser consumidos com moderação. Isso porque possuem muita vitamina A, que se for consumida em excesso pode provocar malformações no neném. 


Se não houver recomendações médicas, os demais tipos de peixes são seguros e podem trazer benefícios (como fornecimento de proteínas) para a mamãe e para o neném. 

Com quantos meses a grávida pode comer sushi? 

A gestante pode consumir sushi (e outras iguarias orientais) em todos os meses da gestação. 

Entretanto, o consumo deve ser moderado e sem tanta frequência. 

Além das restrições ditas acima, outros cuidados também precisam ser tomados: 

  • Saber a procedência do peixe; 
  • Realizar o preparo após descongelar a carne; 
  • Cuidar com a higiene; 
  • Se for comer em restaurantes, procurar o certificado da vigilância sanitária;

O peixe cru pode ser preparado com alimentos fortes como wasabi, alho e gengibre. Esses ingredientes ajudam a neutralizar a ação de bactérias e vírus. 

Vale ressaltar que outros alimentos crus (como carnes) ou que não foram corretamente higienizados (vegetais e frutas) também podem conter bactérias prejudiciais para o desenvolvimento do bebê.

O que não pode comer durante a gravidez? 

Em geral, alimentos como carnes cruas, derivados de leite não-pasteurizado, miúdos, canela, bebidas alcoólicas ou com cafeína devem ser evitados pelas grávidas. Eles podem trazer prejuízos ou comprometer a gestação. 

Saiba um pouquinho mais sobre o porquê evitar cada um desses itens: 

Carnes cruas 

Alimentos mal preparados podem conter bactérias que não foram devidamente eliminadas. Por isso, carnes cruas ou mal passadas não são recomendadas durante a gestação.

A única exceção para essa regra são os peixes, pois contêm menos bactérias quando comparados à carne bovina, suína ou frangos.    

Leite não pasteurizado e derivados 

O leite não pasteurizado, ou seja, vindo diretamente da fazenda sem passar pela indústria pode conter algumas bactérias causando desarranjos intestinais. 

Os derivados desse leite também devem ser evitados pelo mesmo motivo. 

Vale lembrar que outros queijos e iogurtes que sejam produzidos à base de fungos também não são recomendados durante a gestação. 

Miúdos 

Essas partes são ricas em vitamina A, que quando ingerida em excesso pode impedir o bebê de formar-se e desenvolver-se corretamente. 

Canela

A canela possui toxinas que causam a dilatação dos vasos sanguíneos do útero. Isso pode provocar contrações causando hemorragias e até abortos espontâneos. 

Além dela, outras especiarias também podem prejudicar a gestação. Entre elas estão: boldo, hortelã e hibiscos

Bebidas alcoólicas 

O consumo de álcool durante a gravidez pode resultar na síndrome do alcoolismo fetal que pode causar abortamento, parto prematuro ou então complicações físicas e mentais para o neném. 

Cafeína 

A cafeína pode atuar sobre o sistema nervoso do neném e aumentar os batimentos cardíacos da mamãe. 

Ela, quando consumida em excesso, aumenta as chances de aborto espontâneo (se o neném estiver formando-se) ou parto prematuro (se o bebê já estiver desenvolvido).  

Além do café, refrigerantes, alguns tipos de chá (mate ou preto) e chocolates também contêm cafeína e por isso devem ser consumidos moderadamente durante a gestação. 


O sushi, se for corretamente preparado, pode trazer benefícios para a saúde da mamãe e do neném. O Minuto Saudável traz outras informações sobre cuidados na gestação. Confira nossas postagens!!!


Minuto Saudável: Somos um time de especialistas em conteúdo para marketing digital, dispostos a falar sobre saúde, beleza e bem-estar de maneira clara e responsável.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *