Os carrapatos são parasitas que vivem na pele de outro ser vivo e se alimentam de sangue e células desse animal parasitado. 

Geralmente, são pequenos e aumentam de tamanho conforme vão alimentando-se. Carrapatos em sua fase adulta também podem reproduzir-se e assim provocar uma infestação no animal.  

Quando estão em cachorros e gatos, geralmente causam sintomas como coceira, vermelhidão na pele, feridas e inchaço. 

Em casos mais graves, o bichinho pode ter febre e até pequenas hemorragias. 

Qual é o melhor remédio para carrapatos em cachorros? 

A notícia boa é que esse parasita pode ser controlado e eliminado. O ideal é que os remédios para eliminar os carrapatos sejam recomendados por um veterinário ou veterinária. 

Mas em casos comuns o tratamento, ou seja, a aplicação destes remédios, pode ser feito pelo dono do pet.   

Para isso, é necessário tomar algumas providências como usar luvas ao manusear seu amiguinho infestado. 

Os remédios mais comuns para tratar a infestação de carrapatos são: 


Comprimidos e pipetas 

Os comprimidos e pipetas para combater os parasitas devem ser receitados por um profissional. Alguns exemplos são: 

  • Bravecto: esse medicamento é em dose única. Assim, basta um comprimido para tratar o pet;
  • NexGard: o comprimido é mastigável, podendo ser misturado na ração ou administrado para bichinhos idosos ou filhotes; 
  • Simparic: o remédio pode ser dado para filhotes com mais de 8 semanas ou pets de pequeno porte (com mais de 1,3kg); 
  • Frontline: além de acabar com os carrapatos, também elimina os ovos garantindo proteção prolongada; 

O lado positivo desses produtos é que o efeito é quase instantâneo, sendo que os mais demorados levam 8 horas para começar a fazer efeito.  

Já o lado negativo, é que alguns donos têm dificuldades em dar esses remédios para o cãozinho.   

Shampoos e loções 

Lavar seu pet com shampoos ou passar loções que combatam os carrapatos é uma boa opção para os cães filhotes, idosos, que tenham dificuldade de engolir ou que rejeitem os medicamentos orais. 

Esses itens geralmente começam a fazer efeito depois de 3 ou 4 aplicações. Mas, para que o tratamento dê certo, é necessário que seu uso seja contínuo. 

A fórmula desses produtos é alterada para que haja a presença de fármaco em sua composição. Assim, além de limpar seu amigo, ainda elimina os carrapatos permitindo que ele tenha mais qualidade de vida.  

Coleiras

O mercado pet já desenvolveu coleiras que eliminam os parasitas por contato. 

Em sua composição, essas coleiras possuem medicamentos que penetram na pele do animal e assim eliminam os carrapatos.

A utilização é fácil e eficaz, embora algumas demorem alguns dias para começar a fazer efeito.  

O lado positivo é que a proteção desse acessório pode durar por até 5 ou 6 meses, dependendo da marca.  

As coleiras devem ser compradas conforme o porte do animal. Assim, um cão pequeno não deve usar uma coleira indicada para um cachorro grande, ou vice-versa. 

Também é recomendado se preocupar com o conforto do animal. Deixe um espaço de 1 ou 2 dedos entre a coleira e a pele, evitando assim sufocamentos. 

Lembre-se que ela vai ficar alguns meses no pescoço do bichinho que vai movimentar-se, comer, dormir, correr e brincar enquanto estiver com o acessório. 

O que fazer para acabar com os carrapatos?   

Para acabar com o problema dos carrapatos que atingem seu petzinho, é necessário cuidar do ambiente ao redor, mantendo-o limpo e corretamente higienizado. Usar os produtos adequados conforme a orientação veterinária, manter o banho e a tosa do animal em dia, e isolar o bichinho também são atitudes que podem ajudar. 

Saiba um pouco mais sobre cada uma dessas dicas: 

  • Não arranque os carrapatos: se você fizer isso de forma errada, pode acontecer de pedaços do carrapato ficarem grudados no seu pet. Isso tende a causar mais coceira, podendo provocar uma alergia ou infecção;   
  • Cuide do ambiente: é possível que esse parasita esteja em frestas de pisos, janelas, paredes, gramas e árvores, enfim, tudo com o que o cachorro tem contato. Assim, é importante higienizar os lugares onde o cachorro fica, lavar os cobertores e tapetes usados pelo pet e manter a limpeza do quintal e da casa;
  • Banho e tosa: essa dica vale principalmente para animais com pelos grandes. Lavá-los e cortá-los com frequência evita que os carrapatos se instalem. O pelo tosado também facilita na hora de descobrir o problema e fazer o tratamento; 
  • Isole o bichinho: é recomendado que seu pet seja isolado dos demais. Isso impede que outros animais sejam contagiados e também faz com seu amigo tenha mais chances de recuperar-se utilizando as defesas do próprio sistema imunológico; 
  • Use os remédios indicados por veterinários(as): no mercado dos pets, já é possível encontrar sprays, comprimidos, pomadas, shampoos, cremes e até coleiras que eliminam esses parasitas.  

Remédios caseiros para pulgas e carrapatos 

Embora não tenham nenhuma comprovação científica, algumas receitas caseiras com ingredientes de fácil acesso podem ser um meio de tratar a infestação de carrapatos. Camomila, vinagre de maçã, frutas cítricas e misturas a base de citronela ou erva cidreira são exemplos desses remédios caseiros que por terem produtos mais naturais não agridem a saúde do animalzinho. 

Os remédios naturais não possuem comprovação científica, ou seja, eles podem não ter efeito. 

Também vale lembrar que o mundo animal é muito diversificado. Existem várias raças, portes, tamanhos e rações e portanto, o que dá certo para um pode não dar certo para outro.  

Por isso, o mais recomendado (e seguro para seu amigo) é conversar com um veterinário antes de aplicar alguns desses métodos. 


Os carrapatos podem ser combatidos com remédios químicos ou naturais, dependendo de cada caso. Se houver dúvidas, o mais recomendado é buscar o auxílio de um médico veterinário. 

O Minuto Saudável traz outras informações sobre o mundo dos pets. Confira nossas postagens e garanta mais saúde para seu bichinho!


Minuto Saudável: Somos um time de especialistas em conteúdo para marketing digital, dispostos a falar sobre saúde, beleza e bem-estar de maneira clara e responsável.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *