O que é exame de toque retal?

O exame de toque retal, popularmente conhecido como exame de próstata, serve para detectar a hiperplasia benigna da próstata (aumento natural da próstata) e o câncer de próstata.

Nele, um médico urologista insere o dedo indicador, devidamente lubrificado e protegido por uma luva de látex, no ânus do paciente para sentir a região do fim do intestino grosso.

PUBLICIDADE: CONTINUE LENDO O CONTEÚDO :)

O exame é indolor, rápido e é uma das formas mais eficientes de se diagnosticar câncer de próstata. Normalmente é feito em conjunto com o PSA, um exame que mede os níveis de uma enzima produzida pela próstata no sangue.

Também pode ser feito para detectar problemas com os órgãos reprodutivos das mulheres e para chegar a saúde do intestino, diagnosticando hemorróidas e fissuras no ânus.

Apesar do tabu, o exame de próstata é muito importante e deve ser feito anualmente por homens com mais de 50 anos, pois o risco de câncer de próstata cresce à medida que envelhecemos.

No Brasil, o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens, atingindo 1 em cada 7 indivíduos. Ainda assim, segundo uma pesquisa da Sociedade Brasileira de Urologia (SBU), 47% dos homens entrevistados nunca fizeram o exame de toque retal.

É muito importante combater esse problema através da informação, pois esse é um tabu que tira a vida das pessoas. Confira mais detalhes e se informe sobre o Exame de Toque Retal!

Índice – neste artigo você irá encontrar as seguintes informações:

  1. O que é exame de toque retal?
  2. O que é a próstata?
  3. Para que serve?
  4. Como é feito?
  5. Quando deve ser feito?
  6. Exame de toque retal feminino
  7. Contraindicações
  8. Cuidados pré-exame e pós-exame
  9. Resultados
  10. O que pode afetar os resultados?
  11. Riscos
  12. Preços
  13. Exames complementares
  14. Perguntas frequentes

O que é a próstata?

A próstata é uma glândula pequena, mais ou menos do tamanho de uma noz, encontrada abaixo da bexiga.

PUBLICIDADE: CONTINUE LENDO O CONTEÚDO :)

Ela fica em volta da uretra e tem a função de produzir um fluido incolor que, em conjunto com o esperma produzido pelos testículos, forma o sêmen, que é expelido durante a ejaculação.

Para que serve?

O toque retal faz parte de um exame regular de saúde e pode servir para investigar sintomas como problemas na hora de urinar. Entretanto, nem todos os problemas da próstata pode ser sentidos através desse exame.

Ele é feito, normalmente, para:

  • Checar o crescimento da próstata do homem. Um tumor na próstata pode, muitas vezes, ser revelado através de um inchaço facilmente detectável através do tato;
  • Verificar se o tumor na próstata se espalhou para outros tecidos ou se voltou a afetar a próstata após o tratamento;
  • Detectar problemas nos órgãos reprodutivos das mulheres, como útero e ovários. Normalmente é feito durante um exame pélvico comum ou durante o papanicolau. Pode ser feito para averiguar sintomas como dor pélvica e sangramento vaginal;
  • Auxiliar no diagnóstico de apendicite (inflamação no apêndice);
  • Preparar o paciente para colonoscopia (um exame que examina o intestino delgado)ou proctoscopia (um procedimento que examina o ânus, cólon e reto);
  • Encontrar a causa de sintomas como sangue nas fezes, dor de barriga ou pélvica, mudanças na urina ou intestino desregulado;
  • Coletar uma amostra de fezes para checar se há a presença de sangue;
  • Diagnosticar hemorróidas ou tumores no reto. O exame de toque retal, por si só, não é suficiente para diagnosticar câncer colorretal. Ainda assim, é uma maneira eficaz de confirmar a presença de hemorróidas, pois elas são macias e de fácil detecção;
  • Em crianças recém nascidas, ele serve para checar a presença de uma problema anorretal conhecido como ânus imperforado, uma malformação congênita no reto.

Como é feito?

O exame é muito simples e indolor. O médico urologista usa uma luva descartável nova, com lubrificante, e introduz o dedo indicador no reto, que é a porção final do intestino grosso.

Ele pode pedir para que o paciente faça força, como se fosse defecar, para que o ânus fique mais acessível, o que pode aumentar a rapidez do procedimento.

O procedimento pode durar de 15 segundos a 2 minutos. Durante esse tempo, o médico, através do tato, vai avaliar o tamanho, densidade e formato da próstata, procurando por caroços, pontos moles ou endurecidos e outras anormalidades.

PUBLICIDADE: CONTINUE LENDO O CONTEÚDO :)

Como o câncer de próstata normalmente começa na parte de trás da glândula, que pode ser sentida com facilidade durante o exame de toque retal, ele pode ser facilmente identificável. Caso a próstata se encontre maior do que o normal, o paciente pode sentir algum desconforto ou pequena sensação de dor durante o exame.

É muito importante que o paciente se mantenha o mais relaxado possível. Não é necessário se colocar em posição vexatória. O exame pode, inclusive, ser feito com o paciente de pé e o resultado é dado na hora.

Quando deve ser feito?

Ainda que você viva uma vida saudável, se alimente bem com uma dieta rica em frutas e verduras, e pratique exercícios regularmente, isso não significa que você deva deixar de ir ao médico com regularidade, pelo menos uma vez por ano.

Isso vale para todos os tipos de especialistas, desde o seu clínico geral de confiança, até o seu dentista. Então, por que deveria ser diferente com o urologista?

Para tirar suas dúvidas sobre quando realizar o exame, fizemos uma lista com os principais indicadores de que você deve começar a fazer os exames de prevenção:

PUBLICIDADE: CONTINUE LENDO O CONTEÚDO :)

Se você tem mais de 50 anos

Homens acima dos 50 anos de idade, em especial, devem visitar o urologista ao menos uma vez por ano para fazer exames preventivos, pois, como dito anteriormente, o câncer de próstata é a segunda maior causa de morte por câncer entre homens.

Um dos principais fatores de risco para o câncer de próstata é o envelhecimento.

Histórico de câncer na família

Quando se tem histórico de câncer na família, qualquer que seja, suas chances de desenvolver o câncer de próstata são maiores. Por isso, é importante ser proativo e começar a fazer os exames preventivos desde os 40 anos, afinal, o seguro morreu de velho, não?

Se você possui um pai ou irmão que foi diagnosticado com câncer de próstata, suas chances são até 3 vezes maiores de ter a doença, então seja responsável, quebre esse tabu e redobre o cuidado com a sua saúde.

Estudos científicos também mostram que o câncer de próstata se desenvolve com mais facilidade em homens filhos de mães que tiveram câncer de mama. Isso acontece, muito provavelmente, por causa de um gene defeituoso herdado da mãe.

Nesses casos, os homens desenvolvem a doença antes dos 65 anos de idade. Mais uma razão para que, se for esse o seu caso, você adiante a ida ao médico urologista.

PUBLICIDADE: CONTINUE LENDO O CONTEÚDO :)

Além de todos esses fatores, homens negros também são mais propensos a desenvolver o câncer de próstata do que asiáticos e brancos. Por isso, redobre a atenção!

Problemas para urinar

Se a vontade de urinar ataca com uma frequência fora do normal, fique atento. Acordar com frequência no meio da noite para urinar ou viver pedindo licença durante o dia para visitar o banheiro, são um fortes indícios de que sua próstata pode estar com problemas.

Isso acontece porque, conforme envelhecemos, a próstata começa a aumentar de tamanho, o que pode ter um impacto gigantesco no seu dia-a-dia.

Uma próstata aumentada mostra sintomas como:

  • Diminuição no fluxo da urina (jato fraco);
  • Dificuldade em começar a urinar;
  • Vontade de urinar aumentada;
  • Dificuldade em continuar a urinar uma vez que começou.

Então, se você está sentindo uma vontade maior do que o normal de ir ao banheiro fazer xixi, se você tem problemas para começar ou para parar de urinar e já excluiu a possibilidade de isso ser causado pelo alargamento natural da próstata, marque um exame assim que possível.

Outros sintomas como sangue na urina, menos comuns, são normalmente causados por problemas muito mais sérios do que o aumento natural da próstata. Nesses casos, não perca tempo, desmarque os compromissos e corra até um médico.

PUBLICIDADE: CONTINUE LENDO O CONTEÚDO :)

Dor nos ossos e desconforto pélvico

Dores na pélvis e na próstata são sinais mais do que suficientes para você marcar um exame. Uma vez que o câncer começa a se espalhar, a dor ocorre ao redor do quadril, na parte inferior das costas, pélvis e na parte superior das coxas.

É muito comum que elas ocorram em vários locais ao mesmo tempo. Então, se você sente esse tipo de desconforto, procure um médico.

A dor nos ossos cresce gradualmente, se mostrando leve no começo e aumentando de intensidade conforme o tempo passa. Então, se aquela dorzinha começar a ficar mais intensa, marque um exame.

Dieta desregulada

Se alimentar bem, com uma dieta rica em nutrientes provenientes de verduras, e diminuir a ingestão de alimentos ricos em gorduras é quase um mantra no que diz respeito à vida saudável. E de fato, se você se alimentar direito, as chances do câncer de próstata surgir são menores.

Então, se você é um homem com por volta de 50 anos, vai a churrascaria com frequência e come muitos alimentos industrializados, você tem a obrigação de ir ao médico e chegar a saúde da sua próstata. Não tem desculpa.

Ainda que a influência da dieta no desenvolvimento do câncer de próstata não seja completamente entendida, a Sociedade Americana de Oncologia Clínica (Asco) publicou, em maio de 2017, um relato que relaciona um terço dos casos de câncer a escolhas de estilo de vida que incluem a alimentação.

PUBLICIDADE: CONTINUE LENDO O CONTEÚDO :)

Além disso, alguns trabalhos recentes levantaram a suspeita de que o consumo exagerado de carne frita e de churrascos bem passados esteja associado ao aumento de risco de cânceres de cólon, reto, pâncreas e próstata.

Sedentarismo

Levar uma vida sedentária pode ser uma boa razão para começar a se preocupar com a saúde da próstata. O exercício é o melhor antioxidante que existe e pode ajudar a reduzir inflamações ao fazer com que o oxigênio circule melhor pelo sangue.

Esses efeitos anti-inflamatórios podem te ajudar a espantar o câncer e outras doenças relacionadas à próstata.

Estudos científicos recentes mostram uma correlação interessante entre o peso e a incidência de câncer de próstata.

Pesquisadores da Universidade de Oxford, na Inglaterra, acompanharam 140.000 homens, na faixa dos 50 anos, de 8 países europeus, durante 14 anos. Neste período, houve cerca de 7 mil casos de câncer de próstata, dos quais 934 casos foram fatais.

O estudo concluiu que homens obesos, isto é, com alto índice de massa corporal (IMC) e cintura larga, possuem uma chance menor de adquirir tipos leves do câncer de próstata, porém, uma probabilidade maior de adquirir os tipos mais severos da doença.

PUBLICIDADE: CONTINUE LENDO O CONTEÚDO :)

Apesar dos motivos ainda não serem totalmente compreendidos e serem necessários mais estudos para comprovar essa correlação, fica a dica: se você levar um estilo de vida sedentário, estiver acima do peso ou obeso, vá ao médico urologista e faça o exame preventivo.

Exame de toque retal feminino

O procedimento para as mulheres é o mesmo que para os homens. Ele pode fazer parte de um exame ginecológico de rotina. Durante a consulta, o exame pode ser utilizado para ajudar a avaliar a situação dos órgãos pélvicos da mulher.

Assim como para os homens, o exame nas mulheres pode servir para identificar problemas como sangramento, constipação, problemas urinários e incontinência fecal.

Em casos excepcionais, quando o exame por via vaginal é impossível, ele pode ser feito para averiguar a saúde do útero e dos ovários.

Contraindicações

Apesar de não existirem situações em que o exame de toque retal seja contraindicado, é preciso ter cuidado na hora de realizar o exame em crianças. Também é contraindicado mexer demais na próstata de pacientes neutropênicos e pacientes com abscessos e prostatite (inflamação na próstata).

Cuidados pré-exame e pós-exame

O exame de toque retal é muito seguro e fácil de ser realizado. Não é necessário quase nenhuma preparação antes do exame, pois ele é muito rápido e é feito dentro da sala de consulta, tomando um espaço de tempo muito curto.

PUBLICIDADE: CONTINUE LENDO O CONTEÚDO :)

É recomendável chegar lá bem limpinho para não causar nenhum tipo de constrangimento.

Como é indolor e muito rápido, também não há nenhum cuidado a ser tomado depois do exame. Você pode sentir alguma dor durante o procedimento caso tenha alguma ferida no ânus, mas esse desconforto é mínimo e vai passar logo que o exame terminar.

O melhor de tudo é que o teste só precisa ser realizado, na maior parte dos casos, uma vez ao ano. São só pequenos instantes de desconforto, uma vez ao ano, para que você se sinta tranquilo e seguro.

O que fazer antes/durante a consulta?

Por ainda ser um tema bastante tabu, muitos homens podem ficar desconfortáveis e não saber como se comportar durante o exame.

A realidade é que não existe muito segredo. O exame de toque retal é rápido, indolor e não afeta sua sexualidade. Muito pelo contrário, ele ajuda você a se manter alerta para os sinais que o seu corpo está dando sobre a sua saúde.

Por outro lado, o que pode afetar, e muito, sua sexulidade, é o câncer de próstata. Em fases avançadas, o tratamento pode acabar deixando o paciente infértil, impotente, diminuir a intensidade do orgasmo e até mesmo causar dor nesse momento.

PUBLICIDADE: CONTINUE LENDO O CONTEÚDO :)

Para que você fique um pouquinho menos nervoso na hora de realizar a consulta com o urologista e para tentar quebrar um pouco desse tabu, criamos uma lista com dicas úteis para se preparar para o exame e como se comportar durante sua realização:

Converse com amigos próximos

Amigos que já fizeram o exame, que estão por dentro de como ele funciona, podem te dar uma ideia melhor de como ele será e como se comportar. Isso porque já passaram pela situação, e saíram dela com a cabeça erguida e cheios de dignidade.

Você não precisa ter vergonha de sentir medo. O tema ainda é muito controverso, é verdade. Mas amigos próximos podem te assegurar, com base na prática, que o exame não é isso tudo, que ele não dói e que não é nada demais.

Uma outra dica valiosa é conversar com uma mulher. Pode ser sua esposa, sua mãe, namorada ou amiga. Uma boa companheira pode te ajudar a tomar a decisão correta, pois as mulheres estão mais acostumadas a enfrentar esses tipos de exame, então, costumam dar força e explicar que nada é tão complicado quanto parece.

Tire dúvidas com o médico

O médico urologista atende diversos pacientes por dia. Para ele, esse é um exame recorrente e ele já sabe como lidar com homens que estão nervosos. Se você tiver qualquer dúvida ou receio, converse com o médico antes do exame, pois ele vai saber como te tranquilizar.

Também é muito importante que você informe seu médico se você tem hemorróidas, fissura anal ou outros problemas no ânus. Essas complicações podem tornar o exame mais desconfortável do que ele já é. Então converse com o médico e explique todas as suas condições para que ele as avalie e saiba como melhor proceder.

PUBLICIDADE: CONTINUE LENDO O CONTEÚDO :)

Leve na esportiva

Levar a consulta na esportiva, fazendo piadas e brincadeiras, pode aumentar o nível de conforto durante a consulta. Somar uma boa dose de humor ajuda a deixar as tensões de lado e fazer com que a consulta flua melhor.

O exame não fere sua masculinidade

Deixe o tabu de lado e comece a pensar nos benefícios de fazer esse exame com regularidade. O senso comum dita, através de piadas e conversas de bar, que o exame de próstata vai ferir sua masculinidade e que, inclusive, pode afetar sua sexualidade.

Como é muito difícil falar desse tema sem tocar no assunto da homossexualidade, vamos aos fatos: sentir prazer anal não define a sexualidade. Ao contrário, o que define a sexualidade é o sexo pelo qual você sente atração.

Portanto, independente de suas crenças, saiba que um simples dedo, ainda mais em um contexto médico como o do exame de toque retal, está longe de afetar a masculinidade de qualquer pessoa.

Resultados

O exame de toque retal é feito para averiguar se há ou não problemas na próstata, outras estruturas da pélvis ou no fim do intestino grosso. O médico insere o indicador no ânus do paciente e, através do tato, tenta detectar problemas nessas áreas.

Quando os resultados são normais, problemas como o aumento dos órgãos da região, como a próstata, não são sentidos pelo médico.

PUBLICIDADE: CONTINUE LENDO O CONTEÚDO :)

Para os homens, resultados anormais são detectados quando a próstata está alargada, o que pode significar hipertrofia prostática, inflamação da próstata ou, em casos mais sérios, câncer.

Nas mulheres, os resultados anormais podem indicar tumores no colo do útero ou nos ovários.

Crescimentos anormais, como hemorróidas, pólipos, tumores e abcessos podem ser detectados na camada inferior do reto. Fissuras anais também podem ser encontradas, além de problemas na bexiga.

Ao final do exame, o médico vai conversar com o paciente e esclarecer o que foi sentido, quais são suas suspeitas e pode pedir por mais exames.

O que pode afetar os resultados?

Hemorróidas e fissuras anais podem deixar o teste mais doloroso e dificultar o trabalho do médico, mas não chegam a afetar o resultado.

Riscos

Não existem grandes riscos relacionados ao exame de toque retal. Pacientes com hemorróidas ou fissuras anais podem apresentar sangramento em pequena quantidade. Fora isso, o máximo que pode acontecer é você sentir um leve desconforto durante a realização do teste.

PUBLICIDADE: CONTINUE LENDO O CONTEÚDO :)

Preços

Por ser um exame de rotina, o exame de toque retal pode ser feito gratuitamente pelo SUS. Seus preços pelo plano de saúde podem variar de acordo com o plano, com a região e cidade onde vai realizá-lo.

Exames complementares

PSA

O exame de PSA é complementar ao exame de próstata, isto é, deve ser feito em conjunto com o mesmo. Trata-se de um exame de sangue que mede os níveis de PSA, uma enzima produzida pela próstata.

Quando os níveis de PSA no sangue estão acima do normal, é provável que a próstata possua algum tipo de problema. Entretanto, níveis altos de PSA no sangue não significam, necessariamente, câncer de próstata.

Muitos são os fatores que podem influenciar num aumento nos níveis de PSA no sangue. São eles:

  • Alguns tipos de procedimentos médicos;
  • O uso de certos medicamentos;
  • O aumento natural da próstata;
  • Infecções na próstata.

Entretanto, o PSA sozinho não é suficiente para diagnosticar câncer de próstata e outros problemas. Muitas vezes, pacientes podem apresentar complicações sem que os níveis de PSA no sangue apareçam alterados.

Ultrassonografia transretal

Através de ondas sonoras, uma máquina de ultrassonografia vai gerar imagens da próstata em uma tela. Durante o teste, o médico insere uma pequena sonda no reto do paciente. O teste demora, em média, 10 minutos. Pode ser bastante desconfortável, mas é indolor e não possui efeitos colaterais duradouros.

Biópsia da próstata

Uma biópsia é um procedimento que envolve a remoção de uma amostra de tecido para posterior análise microscópica. No caso da biópsia da próstata, o médico se utiliza de uma agulha para remover pedaços muito pequenos da próstata.

Para a realização do exame, o médico pode fazer uso da ultrassonografia transretal para guiar a agulha para a posição correta. As amostras seguem para análise e são a forma mais eficaz de definir se há ou não a presença de câncer.

O procedimento dura de 10 a 15 minutos. O paciente pode ficar com hipersensibilidade e/ou pequenos sangramentos após o procedimento.

Fluxometria

A fluxometria é um exame feito para medir a força do jato e a quantidade de urina expelida em cada micção. Esse teste é importante, pois quando ocorrem alterações na próstata, o jato fica mais lento e fraco.

Para realizar o exame, é necessário ingerir pelo menos 1L de água antes do exame e estar com bastante vontade de urinar. O paciente, em seguida, urina e, um aparelho que vai fazer os registros.

Exame de urina laboratorial

O médico urologista pode pedir um teste de urina. Nele, é necessário coletar uma pequena quantidade do líquido para avaliar se há a presença de sangue ou de micro-organismos que podem estar presentes em casos de infecção urinária, por exemplo.

A coleta deve ser feita com a primeira urina da manhã, colocando-a em um recipiente plástico fornecido pela clínica. A amostra deve ser levada para o laboratório em cerca de 30 a 60 minutos após a coleta.

Perguntas frequentes

Exame de toque retal dói?

O exame completamente indolor, sem sequelas e menos desconfortável do que o exame ginecológico. Não é necessário ficar em posição vexatória, com o exame podendo ser realizado, inclusive, com o homem em pé.

E o mais importante: o diagnóstico sai na hora. Assim que o exame é feito, o médico já diz a condição da próstata.

Mulheres trans devem fazer o exame?

Por serem submetidas por tempo indeterminado a um tratamento hormonal que bloqueia a testosterona e estimula a produção de estrógeno (para o crescimento das mamas, por exemplo), as mulheres transgênero não precisam fazer o exame.

Por conta dos hormônios, a próstata (que não é retirada durante a cirurgia de mudança de sexo) para de crescer.

Entretanto, essas pacientes devem sim continuar a fazer acompanhamento periódico e a reposição hormonal corretamente. Muitas pacientes acabam ingerindo hormônios de maneira indiscriminada, pois desejam ver um resultado rápido, e isso é perigoso.

Por isso, exames para prevenção de trombose, doenças no fígado e câncer de mama são necessários e devem ser realizados com regularidade.

O exame PSA não é uma alternativa ao exame de toque?

Não! O exame de toque retal e o PSA são complementares, isto é, devem ser feitos em conjunto, para evitar a ocorrência de falsos positivos/negativos.

De quanto em quanto tempo eu preciso fazer o exame?

A periodicidade do exame vai depender do estado de saúde do paciente e dos níveis de PSA presentes no organismo.

Quando os níveis de PSA se encontram abaixo de 2,5ng/mL, o exame deve ser repetido a cada 2 anos. Quando se encontram acima de 2,5ng/mL, deve ser realizado anualmente. E se os níveis de PSA estiverem normais, o exame de toque também deve ser repetido anualmente.


Apesar de ser rápido, eficiente e barato, o exame de toque retal continua a ser um tabu entre os homens. É muito importante deixar os preconceitos de lado e ir fazer o exame sem medo. O exame de próstata não tem nada a ver com a sua sexualidade, mas o câncer de próstata sim!

Dúvidas, sugestões? Deixe-as nos comentários! Vamos ficar muito felizes em respondê-las!

Referências

https://blog.drconsulta.com/2017/07/como-funciona-o-exame-de-toque-e-o-que-ele-pode-identificar/ 
https://www.andrologia.com.br/qual-e-importancia-exame-de-toque-retal/
https://uromed.com.br/artigos/o-exame-de-toque-retal-e-suficiente-para-diagnosticar-um-cancer-na-prostata/
https://gauchazh.clicrbs.com.br/saude/vida/noticia/2014/11/Saiba-como-funciona-o-exame-de-toque-em-homens-4635458.html
http://mundoeducacao.bol.uol.com.br/doencas/importancia-exame-toque-retal.htm
https://en.wikipedia.org/wiki/Rectal_examination
https://seligasaude.com/exame-de-prostata/
https://www.healthline.com/health/mens-health/how-is-a-prostate-exam-done#overview1
https://www.medicalnewstoday.com/articles/313996.php
https://www.webmd.com/prostate-cancer/guide/prostate-cancer-digital-rectal-exam
https://draxe.com/prostate-exam/
https://emedicine.medscape.com/article/1948001-overview 
https://drauziovarella.com.br/noticias/transexuais-femininas-precisam-fazer-exame-de-prostata/ 
http://www.ibcc.org.br/duvidas-frequentes/especialidades-medicas/urologia.asp 
https://www.cheatsheet.com/health-fitness/signs-that-you-may-need-a-prostate-exam.html/?a=viewall
https://content.dollarshaveclub.com/often-check-prostate-exam-really-like 
https://www.cancer.org.br/tamanho-da-cintura-afeta-o-risco-de-cancer-de-prostata/ 
http://charlesrosenblatt.com.br/o-que-e-a-prostata-e-qual-e-a-sua-funcao/ 
http://mundoeducacao.bol.uol.com.br/doencas/importancia-exame-toque-retal.htm

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (4 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

2 Comentários

  1. Muito boa essa matéria sobre o exame de toque retal tirou minhas dúvidas que tinha sobre esse exame inclusive vou fazer esse tipo de exame dia 07/12/2017 tenho certeza que sera bom pois o que importa é minha saúde obrigado

Faça um comentário:

Por favor, escreva seu comentário
Por favor, insira seu nome aqui