Redação Minuto Saudável
30/06/2017 16:53

Queda de cabelo: o que pode ser?

Em algumas épocas do ano é comum haver a queda de cabelo, porém quando intensa ou duradoura e ainda fora desses períodos ela pode estar associada a uma série de motivos, alguns inimagináveis. Problemas que vão desde o estresse, até dietas radicais integram a lista de fatores que podem justificar esse incômodo.

Em estações mais frias como o outono e inverno é comum a queda de cabelo se tornar mais notável, o que deixa de acontecer ou diminui bastante em períodos mais quentes.

Causas

Porém a queda de cabelos também pode estar associada a outros problemas, principalmente se ela for constante.

  • Determinados medicamentos;
  • Alimentação com ausência de nutrientes e proteínas;
  • Cabelo com a raiz muito oleosa;
  • Estresse;
  • Período da gravidez e pós-parto;
  • Penteados que forçam os fios;
  • Disfunções na tireoide;
  • Genético;
  • Período de infertilidade;
  • Processos químicos fortes;
  • Fazer muita chapinha ou escova;
  • Dietas extremas.
  • Como evitar

Alguns dos fatores que levam a queda de cabelo podem ser evitados: consultar o médico para a troca de medicamentos, procurar métodos para diminuir o estresse e melhorar a alimentação.

Química no cabelo

Em relação a procedimentos químicos, antes de fazê-los é importante pedir ao cabeleireiro para testar o produto em uma mecha do cabelo. Esse simples ato pode evitar complicações futuras.

Tratamento

Fatores como o genético e de infertilidade não podem ser evitados, porém tratamentos como implantes ou transplantes capilares podem ser feitos para contornar o incômodo.

Outros métodos para lidar com o problema

Dependendo da causa o dermatologista pode indicar alguns métodos para tratar a queda. Medicamentos como finasterida de 1mg podem ser prescritos, assim como shampoos específicos.

17/01/2019 16:22

Redação Minuto Saudável

Somos um time de jornalistas e especialistas em comunicação digital dispostos a falar sobre saúde, beleza e bem-estar de maneira clara e responsável. Confira mais na nossa página de quem somos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*