Dados sobre os Gastos do brasileiro com saúde, de 2018, publicados pelo SPC Brasil, apontam que pelo menos 26% da população brasileira faz uso de algum tratamento medicamentoso contínuo ou periódico.

Isso se deve a vários fatores associados, tais como maior expectativa de vida, mais facilidade e acesso aos tratamentos e recursos de saúde.

Entre essas pessoas que necessitam de tratamentos contínuos, cerca de 51,3% é responsável pela compra da medicação.

O restante consegue adquirir pelo Sistema Único de Saúde (SUS) ou recebe auxílio de outras pessoas para a compra.

Comparar para economizar

Em média, segundo a pesquisa, os gastos mensais em tratamentos continuados é de R$138. E a tendência é que, conforme a idade aumenta, os gastos acompanhem. Acima dos 55 anos, a faixa mensal média investida em remédios é de R$194.

A maioria, 38%, não pesquisa e compara preços, ajudando a deixar essa conta mais alta.

Enquanto isso, 29% alia uma caminhadinha com a comparação de preços, pois compara os valores nas próprias farmácias.

Outros 17% usam a internet, buscando em comparativos de preços, como o Consulta Remédios.


O restante, somando 22%, divide-se entre folhetos, ligações para as farmácias e dicas de amigos ou familiares.

Todo esse alto custo em saúde tem um risco. Muitos pacientes deixam de usar a medicação corretamente ou até abandonam o tratamento por questões financeiras.

Para reduzir essas taxas, muitos laboratórios investem em programas que dão desconto sobretudo àqueles medicamentos de uso contínuo.

Por meio de um cadastro simples, geralmente feito por internet, telefone ou na própria farmácia, o paciente é incluído em um cadastro. Isso permite, entre outras coisas, mais economia — alguns medicamentos podem ter desconto de até 50%.

Além disso, os programas dão informações, dicas de saúde, indicam farmácias associadas mais próximas e, também, disponibilizam redes de especialistas.

Saiba mais sobre alguns dos principais programas de desconto em medicamentos e saiba como aproveitar!

Como os programas de descontos funcionam e quais os critérios?

Apesar de alguns programas terem especificidades, algumas coisas são padrão no cadastro. Por exemplo, não há restrição de idade, classe econômica, localidade ou tempo de tratamento ou diagnóstico.

No entanto, para obter os descontos, é preciso que o paciente tenha a receita médica em mãos e faça o cadastro previamente. Com o procedimento efetuado, é preciso encontrar uma farmácia participante.

Cadastro: como participar?

Quando o paciente recebe a receita médica, pode confirmar com o profissional se aquele medicamento faz parte do programa.

Se fizer, basta fazer o cadastro, que pode ser através do site ou por telefone. É preciso que o paciente forneça dados como:

  • Nome do medicamento;
  • Nome do médico;
  • CRM do médico;
  • Nome do paciente;
  • Endereço;
  • Dados para contato;
  • Data de nascimento;
  • CPF.

Em seguida, o paciente já está apto a receber o desconto. Então, basta consultar a lista de farmácias participantes do programa e dirigir-se a ela, com a receita e documentos em mãos, para comprar o medicamento.

Medicamentos de alto custo ou de uso contínuo têm desconto?

Sim! Aliás, esse é o foco dos programas: oferecer descontos em remédios de alto custo ou de uso contínuo.

Cada programa divulga sua lista de medicamentos que podem ser adquiridos com descontos e qual a porcentagem, que podem chegar a 50% de redução.

A maioria dos produtos são aqueles de uso contínuo ou prolongado. Isso porque a ideia é exatamente promover a redução de custos para quem vai investir bastante nesses remédios.

Entre eles estão os medicamentos de diabetes, pressão alta, colesterol alto, insuficiência cardíaca, transtornos psiquiátricos, antidepressivos, doença de Parkinson, alterações hormonais infantis e outros.

Mas também entram nessa lista anticoncepcionais e até anti-inflamatórios.

Lista de programas de descontos em medicamentos

EMS Saúde (EMS)

A EMS é, atualmente, a empresa líder no ramo farmacêutico brasileiro. O programa EMS Saúde funciona desde 2014 e visa acessibilizar diversos tratamentos aos pacientes, oferecendo desconto em uma série de remédios.

Em junho de 2019, os medicamentos que fazem parte do programa são:

Lembrando que a lista pode ser atualizada sem aviso prévio.

Para você (Bayer)

A Bayer é uma das maiores empresas na área de saúde. Com o Bayer para você, o paciente conta com acesso a informações sobre saúde, dicas de prevenção e incentivos à continuidade do tratamento.

Os medicamentos que fazem parte do programa, em junho de 2019, são:

Cuidados pela vida (Aché)

A Aché conta com uma lista grande de medicamentos e outros produtos, como hidratantes e dermocosméticos, com descontos pelo programa Cuidados pela vida.

Segundo o site oficial, são mais de 115 produtos com desconto, encontrados em mais de 26000 farmácias e drogarias credenciadas.

Em junho de 2019, a lista de produtos medicamentosos participantes é:

O paciente ainda conta com conteúdos especialmente voltados à saúde e promoção do bem-estar, como informativos, vídeos e comunicados produzidos pelos especialistas, além de dispor de profissionais farmacêuticos e enfermeiros prestando orientações por telefone.

Faz bem (AstraZeneca)

A AstraZeneca é uma empresa consolidada no mercado farmacêutico. Há 3 focos de pesquisa, inovação e desenvolvimento terapêutico: oncologia, doenças cardiovasculares e metabólicas, além das doenças respiratórias.

O programa Faz bem oferta descontos para os seguintes medicamentos:

Mais Pfizer (Pfizer)

O laboratório Pfizer atua desde 1952 no Brasil e tem mais de 150 opções de medicamentos para diversas doenças.

Em 2006, a empresa lançou o programa Mais Pfizer, que oferece descontos e vantagens aos pacientes.

Apesar de não disponibilizar a lista de medicamentos em seus portais, o paciente fica sabendo diretamente com o médico se o seu medicamento consta na lista de descontos.

Mas há desconto para alguns medicamentos das seguintes condições:

  • Alzheimer;
  • Artrite reumatoide;
  • Câncer de mama;
  • Colesterol alto;
  • Depressão;
  • Esquizofrenia;
  • Fibromialgia;
  • Glaucoma;
  • Pressão alta;
  • Trombose.

Merck Cuida (Merck)

A empresa farmacêutica Merck também atua há um bom tempo. Sua fundação foi em 1668, na Alemanha. Com o programa Merck Cuida, a empresa oferece descontos para o medicamento Thioctacid HR, que podem chegar a 35%.

Saúde em Evolução (Biolab)

A Biolab iniciou em 1997 e hoje está entre as 5 maiores empresas de medicamentos do Brasil. Com isso, iniciou seu programa Saúde em Evolução, que oferece descontos e acesso a informações sobre saúde e tratamentos.

Há farmácias físicas e online que fazem parte da rede credenciada. Com descontos entre 25% e 40%, os medicamentos participantes são:

Vale Mais Saúde (Novartis)

O Vale mais Saúde faz parte da empresa Novartis, da área farmacêutica desde 2004. Várias condições são assistidas pelo programa, como hipertensão, asma, diabetes; colesterol alto, doença de Alzheimer, glaucoma; transtorno de déficit de atenção/hiperatividade (TDAH).

Entre os medicamentos que fazem parte da lista de descontos há:

Viver Mais (Allergan)

O laboratório Allergan assiste paciente com problemas e alterações oculares. Com o programa ViVER+, a ideia é levar mais incentivo e recursos aos tratamentos de glaucoma, olho seco e alergia ocular.

O programa oferece conteúdos sobre os cuidados com a saúde dos olhos, dicas para usar e armazenar os medicamentos, além de várias outras informações.

Entre os medicamentos que fazem parte da lista de descontos estão:

Viva (Sanofi)

O programa Viva é oferecido pelo laboratório Sanofi.

Ao fazer o cadastro, o paciente conta com conteúdos, informações e esclarecimentos sobre esclerose múltipla, colesterol, insônia, doenças cardiovasculares, diabetes, trombose, depressão e dermatite atópica.

Entre os medicamentos que recebem descontos nas redes credenciadas estão:

Além disso, há medicamentos que não estão na listagem de descontos, mas podem ter outras vantagens exclusivas também.

Por exemplo, quem usa Aldurazyme pode dispor de suporte à execução de exames, infusão, além de apoio e suporte nutricional e psicológico.

Os pacientes que fazem tratamento com Apidra contam com orientação educacional, concessão de descontos condicionais mediante critérios do laboratório e descontos nos insumos (como fitas de teste).


O Brasil está entre os 10 maiores mercados farmacêuticos do mundo. Isso significa que diversos medicamentos são produzidos, estudados e distribuídos nacional e internacionalmente.

E a indústria tem o perfil do consumidor. Isso porque a população, nas últimas décadas, apresenta um grande consumo de remédios. Alguns são aqueles das farmacinhas de casa, como analgésicos e antigripais. Outros são para tratamentos contínuos, por exemplo, para doenças crônicas.

Quem precisa manter o uso prolongado de algum medicamento, sabe o quanto isso pode pesar no bolso.

Os programas de desconto são uma forma simples de economizar em medicamentos.

Basta um cadastro simples, que pode ser feito por meio da internet, telefone ou nas próprias farmácias (dependendo dos critérios de cada programa), para que o paciente receba incentivos, informações e vantagens. Isso facilita e estimula a continuidade correta do tratamento.

Quer saber mais sobre cada programa? Converse com o seu médico ou médica e pergunte se o medicamento que você usa faz parte de algum programa de vantagens.

E para ter mais dicas de saúde e tratamentos, acompanhe o Minuto Saudável!


Minuto Saudável: Somos um time de especialistas em conteúdo para marketing digital, dispostos a falar sobre saúde, beleza e bem-estar de maneira clara e responsável.

Participe da discussão

2 comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

  1. Estou precisando de um orçamento do medicamento Forteo250mglml 3ml

    1. Olá, Vilde.
      É difícil estipular um orçamento exato porque o preço desse medicamento pode variar conforme alguns fatores (região do país, laboratório fabricante, disponibilidade, miligramagem, entre outros). O recomendado é solicitar a ajuda dos farmacêuticos de sua cidade. Você também pode fazer orçamentos e pesquisas de preço nas farmácias próximas a você.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *