Entenda como acontece o descolamento de retina

0

Os olhos são ferramentas essenciais do corpo, e como estão sempre expostos costumam estar suscetíveis à uma série de problemas, sendo o descolamento de retina um dos mais comuns.

Caracterizada como uma membrana fina e maleável, a retina fica localizada na parte interna do olho. Receptores fotossensíveis presentes nela são responsáveis por converter a imagem recebida em impulsos elétricos. Eles passam pelo nervo óptico e chegam à uma determinada área do cérebro, onde a visão é processada.

PUBLICIDADE: CONTINUE LENDO O CONTEÚDO :)

Como acontece

Por não estar presa ao olho, sua fixação correta depende apenas do vítreo – substância com aspecto gelatinoso e transparente – presente entre ela e o cristalino.

O deslocamento acontece quando o gel responsável por mantê-la sofre alterações. Isto costuma acontecer quando a região sofre algum tipo de trauma ou devido ao processo de envelhecimento natural.

Fatores de risco

Casos em que a retina se rasga também podem ocorrer. Com isso, o líquido presente no olho pode entrar por trás dessa membrana e a separar das demais estruturas, causando o descolamento. Outros fatores que podem levar ao problema são:

  • Diabetes;
  • Traumatismos na cabeça ou olhos;
  • Miopia;
  • Doenças nos olhos;
  • Retinopatia diabética proliferativa.

Os facilitadores

Alguns fatores podem influenciar na ocorrência do problema, sendo os mais comuns: casos anteriores de descolamento, tumores, idade acima dos 40 anos e histórico familiar.

Sintomas

É possível notar diferenças na visão com o descolamento: faíscas e flashes ao mover os olhos, vistos principalmente no escuro, e pontos ou manchas escuras no campo de visão (problema chamado de moscas volantes).

Embora raro, em alguns casos é possível também que a pessoa afetada sofra a perda momentânea ou completa da visão.

PUBLICIDADE: CONTINUE LENDO O CONTEÚDO :)

Tratamento

Ao perceber essas mudanças é importante evitar o uso de qualquer medicamento sem recomendação médica. O tratamento do problema só é indicado após a identificação do seu causador. Conheça os procedimentos mais utilizados:

  • Retinopexia: para apoiar a retina é implantada no olho uma esponja de silicone, ou uma faixa em volta do globo ocular;
  • Retinopatia pneumática: uma injeção é aplicada no local onde o vítreo fica. Esse procedimento impede que a substância passe pela rasgadura;
  • Vitreoctomia: feita por meio de microincisões, ela introduz pequenos instrumentos na região para corrigir o problema.
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Avalie o conteúdo!)
Loading...

Deixe suas opiniões e comentários, nos preocupamos com ela:

Por favor, escreva seu comentário
Por favor, insira seu nome aqui

Lamentamos a não possibilidade de dar-lhe conselho médico ou responder a questões médicas e farmacêuticas individuais através de e-mail, pois apenas um médico pode prestar tal atendimento. Embora tentemos responder a todos os comentários, opiniões e e-mails que recebemos em até dois dias úteis, nem sempre é possível devido ao grande volume que recebemos. Por favor, tenha em mente que qualquer solicitação ao Minuto Saudável está sujeita aos nossos Termos de Uso e Política de Privacidade, ao enviar, você indica sua aceitação.