O que é Conjuntivite Viral?

A conjuntivite viral é a inflamação da conjuntiva (parte branca do olho) e seu principal agente causador é o adenovírus. A doença é altamente contagiosa, mais frequente no verão e tem como principais sintomas coceira e olho vermelho.

Cerca de 95% dos casos de conjuntivite são causados por algum vírus, mas pelo fato do adenovírus ser o principal, a conjuntivite viral também pode ser chamada de Ceratoconjuntivite Epidêmica. A doença pode ser causada, ainda, por diversos outros tipos de vírus, como o da herpes (HSV), varicela (VZV) ou até mesmo do HIV.

Normalmente, os primeiros sinais da conjuntivite aparecem em até 48h depois da instalação do agente causador no organismo da pessoa.

Índice neste artigo você encontrará as seguintes informações:

  1. O que é Conjuntivite Viral?
  2. Tempo de incubação do vírus
  3. Quais são os grupos de risco?
  4. Como se dá a transmissão?
  5. Quais são os sintomas?
  6. Qual o diagnóstico?
  7. Como é feito o tratamento para a Conjuntivite Viral?
  8. Medicamentos utilizados para o tratamento
  9. Há alguma complicação da Conjuntivite?
  10.  Como me prevenir?

Tempo de incubação do vírus

Normalmente, o tempo de incubação do vírus em nosso organismo leva de 1 a 4 dias, período em que a pessoa já está passível de transmissão, porém sem sintoma algum. É aconselhável que nesses 4 primeiros dias, a pessoa permaneça isolada em casa para não transmitir o vírus a outras pessoas.

Após esse período de incubação, os primeiros sintomas começam a aparecer e permanecem por 5 a 15 dias.

Quais são os grupos de risco?

Todas as pessoas estão sujeitas a desenvolverem algum tipo de conjuntivite ao longo da vida. Mas alguns grupos se destacam por estar sempre em contato com alguns agentes alergênicos. São eles:

  • Pessoas que já trazem um histórico de alergias;
  • Pessoas que tiveram algum problema respiratório recentemente;
  • Pessoas diabéticas, já que a doença enfraquece seu sistema imunológico;
  • Pessoas que tomam corticosteróides, que também enfraquecem o sistema imunológico;
  • Recém-nascidos ou idosos, pois possuem os olhos extremamente frágeis e sensíveis ao calor, à luz, ao frio, à fumaça e a germes patogênicos.

Como se dá a transmissão?

Conjuntivite causada por bactérias ou vírus possui um alto nível de transmissão e ela se dá através do contato com a secreção causada pela doença e também por objetos contaminados. Confira abaixo algumas formas de transmissão da conjuntivite:

  • Usar maquiagem da pessoa contaminada com o vírus (ou bactéria);
  • Usar a mesma toalha ou dormir com o mesmo travesseiro da pessoa contaminada;
  • Partilhar óculos ou lentes de contato;
  • Abraços e beijos;
  • No caso da conjuntivite viral, a transmissão pode ocorrer também através de espirros e tosses.

Ao contrário do que muitos pensam, a doença não é transmitida pelo ar, porém, é preciso ter em mente que, mesmo a doença se limitando aos olhos, o vírus está presente em qualquer parte do corpo da pessoa infectada, como no rosto ou nas mãos. Portanto, evitar a presença em locais que possuam alta aglomeração de pessoas é muito importante.

A transmissão da doença pode ocorrer enquanto durar os sintomas, mesmo que você já esteja em tratamento.

Quais são os sintomas?

O principal sintoma da conjuntivite viral é o aumento da secreção dos olhos, que pode ser de cor branca ou amarela. Por se tornar muito mais espessa do que o normal, acaba ocasionando, muitas vezes, a dificuldade em abrir os olhos ao acordar.

Além desse sintoma, outros podem se manifestar, tais como:

  • Vermelhidão dos olhos;
  • Coceira e dor nos olhos;
  • Sensação de areia nos olhos;
  • Fotofobia (hipersensibilidade à luz);
  • Secreção nasal;
  • Inchaço nas pálpebras;
  • Visão embaçada.

Quando a inflamação da conjuntivite viral é muito intensa, uma membrana inflamatória se forma na parte interna das pálpebras e ela só pode ser retirada por um especialista. Caso a condição não seja tratada corretamente, a membrana pode evoluir para formação de cicatrizes na córnea e que podem diminuir a visão. Após a sua retirada, colírios de corticoide são prescritos para que ela não se forme de novo posteriormente.

A maioria dos sintomas tem início em apenas um dos olhos e, após 2 ou 3 dias, a transmissão é feita para o outro olho.

Qual o diagnóstico?

O médico ao qual você deverá ir em casos de suspeita de conjuntivite é o oftalmologista, especialista em doenças oculares. Durante a consulta, ele irá examinar os seus olhos e perguntar sobre os sintomas que você vem tendo. Além disso, explicar a ele como a doença começou irá ajudá-lo a descobrir qual é o tipo de conjuntivite que você contraiu e o tipo de tratamento que você deverá ter.

Como é feito o tratamento para a Conjuntivite Viral?

Por ser auto limitada, a conjuntivite se cura sozinha após uma ou duas semanas, sem a necessidade de um tratamento específico. Porém, para auxiliar a melhora dos sintomas apresentados, recomenda-se fazer compressas sobre as pálpebras frequentemente com soro fisiológico gelado ou, ainda, com produtos a base de camomila, por conta do seu efeito anti-inflamatório.

Não se esqueça de que, assim como em qualquer doença, o acompanhamento médico para a conjuntivite é de extrema importância, já que por existir mais de um tipo, a prescrição do tratamento pode ser diferente para cada caso.

Medicamentos utilizados para o tratamento

Atenção!

NUNCA se automedique ou interrompa o uso de um medicamento sem antes consultar um médico. Somente ele poderá dizer qual medicamento, dosagem e duração do tratamento é o mais indicado para o seu caso em específico. As informações contidas nesse site têm apenas a intenção de informar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um especialista ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Siga sempre as instruções da bula e, se os sintomas persistirem, procure orientação médica ou farmacêutica.

Há alguma complicação da Conjuntivite?

Se a doença não for tratada o quanto antes e da forma correta, algumas complicações podem surgir com o decorrer do tempo, conforme a explicação abaixo.

Conjuntivite infecciosa

Se a conjuntivite for infecciosa, uma série de complicações podem aparecer, tais como:

Recém-nascidos

  • Se a conjuntivite não for tratada logo em recém-nascidos com menos de 28 dias, a doença pode se transformar em uma infecção grave e progressiva nos olhos da criança, que pode levá-la até à cegueira.
  • Em casos de conjuntivite causada por clamídia, um em cada cinco bebês desenvolvem pneumonia, podendo ser fatal em alguns casos.

Ceratite 

Alguns tipos de conjuntivite podem causar uma condição chamada ceratite, um tipo de inflamação da córnea. A ceratite pode ser dolorosa e, às vezes, causa úlceras na região. Se essas úlceras não forem tratadas corretamente, elas podem comprometer a sua visão permanentemente.

Como me prevenir?

Por mais que não haja uma forma correta e totalmente eficaz de prevenção, algumas medidas diminuem o risco da contração da conjuntivite. São elas:

  • Ao nadar em uma piscina, utilize sempre os óculos de natação, pois o cloro presente na água pode irritar o olho e deixá-lo mais sensível.
  • Não utilize toalhas e maquiagens de outras pessoas, pois isso pode ser um meio de transmissão de bactérias e vírus.
  • Mantenha a mucosa dos olhos sempre bem hidratada com soro fisiológico ou lágrimas artificiais.
  • É aconselhável que se lave bem as mãos com álcool ou soluções desinfetantes frequência. Caso não tenha esses produtos em casa, água e sabão são o suficiente.

Além disso, o compartilhamento dessas informações pode ser de muita ajuda para quem está, ou conhece alguém que esteja, com sintomas de conjuntivite. 😉

Referências:

http://www.hospitaldeolhos.net/especialidades-conjuntivite.asp
http://www.iorj.med.br/o-que-e-conjuntivite/
http://emedicine.medscape.com/article/1191370-overview#a1
http://www.mdsaude.com/2010/08/conjuntivite-sintomas-tratamento.html
http://www.tuasaude.com/conjuntivite-viral/
http://www.criasaude.com.br/N1983/doencas/conjuntivite.html
https://www.your.md/condition/conjunctivitis-infective

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 4,50 de 5)
Loading...

Faça um comentário:

Por favor, escreva seu comentário
Por favor, insira seu nome aqui