A corrida é o esporte mais praticado do mundo.

Ao sair de casa de manhã nas grandes cidades, você certamente vai cruzar com corredores.

O mesmo acontece no fim da tarde e, dependendo da região onde mora, até mesmo de noite.

Não é à toa. A corrida traz inúmeros benefícios para a saúde do praticante.

Leia mais e descubra quais são eles!

Efeitos da corrida no organismo

A corrida é um esporte que pode ser praticado sem qualquer equipamento ou estrutura. Até mesmo o tênis é opcional — mesmo que extremamente recomendado.

Alguns cuidados são necessários, como os alongamentos e aquecimentos, além de precauções com a técnica para evitar lesões.

É uma prática aeróbica, saudável e com benefícios para todo o corpo, desde os músculos, o controle de gordura, os corações, cérebro e humor.


Entre os principais benefícios da corrida estão:

  • Emagrecimento;
  • Aumento de força das pernas;
  • Aumento da resistência;
  • Definição muscular;
  • Queima de gorduras;
  • Redução de colesterol;
  • Alivia a TPM;
  • Melhora a qualidade do sono;
  • Melhoras de humor;
  • Melhora da circulação sanguínea;
  • Redução do estresse;
  • Benefícios cardiovasculares;
  • Aumento da capacidade pulmonar;
  • Emagrecimento;
  • Promove o bem-estar.

Todos estes benefícios podem ser alcançados com pouco tempo de corrida por sessão de treino.

Também é possível alcançá-los mesmo com corridas de baixa intensidade.

Benefícios para as pernas

A prática da corrida usa principalmente os músculos dos membros inferiores, as pernas. Por isso, são elas as principais beneficiadas do exercício.

Força

O uso dos músculos ajuda a fortalecê-los, e não é diferente com a corrida. Esse exercício traz grandes benefícios para as panturrilhas, coxas e glúteos.

É um esporte de impacto, portanto, o esforço não é pequeno, mas as pernas são os membros mais fortes do corpo e aguentam.

Com o tempo, graças ao esforço dos treinos, os músculos das pernas vão ganhando mais força, o que permite correr mais rápido e com mais intensidade.

Resistência muscular

A força das pernas pode dar maior velocidade para seu treino, mas não é apenas isso que conta em uma corrida. A resistência muscular também é muito importante. O corpo humano não foi feito para mover-se muito rápido, mas sim para correr longe.

Somos os um dos poucos animais terrestres capazes de correr uma maratona (42 km) e graças a nossa capacidade de suar e resfriar o corpo em movimento, podemos aguentar muito mais do que isso.

Humanos podem realizar provas de mais de 100 km.

Correr com frequência aumenta a resistência dos músculos de nossas pernas, o que permite que alcancemos distâncias incríveis.

Resistência óssea

O impacto causado pela corrida também promove a síntese de massa óssea, o que aumenta a resistência dos ossos de nossas pernas, permitindo que elas aguentem mais impacto.

Circulação sanguínea

Correr aumenta a circulação sanguínea de nossas pernas já que os músculos exigem oxigênio para ter energia. O hábito da corrida melhora a circulação sanguínea nas pernas e em outras partes do corpo também.

Benefícios da corrida para o cérebro

Além dos benefícios físicos, a corrida também faz muito bem para seu cérebro. Entre eles:

Saúde mental

Correr faz muito bem para a saúde mental. Exercícios podem ajudar no controle da depressão, problemas com sono e estresse, entre outras condições.

Mas não se esqueça de consultar um profissional caso esteja sofrendo com algum problema de saúde mental.

Alívio da TPM

A corrida pode ser usada como uma maneira de reduzir as mudanças de humor causadas pelos hormônios durante a semana que antecede a menstruação em mulheres.

Cuidados com a corrida

A corrida, como qualquer esporte, exige certos cuidados para que nosso corpo não se machuque durante o pratica. Entre eles estão:

Alongamentos

Os alongamentos são essenciais para preparar os músculos e articulações para o esforço que é a corrida. Sem eles, as chances de lesões são muito maiores.

Aquecimentos

Da mesma forma que os alongamentos, os aquecimentos preparam os músculos para o esforço. São cuidados importantes para evitar estiramentos.

Lesões

Lembre-se de não forçar o seu corpo demais para evitar lesões, e não corra caso já esteja lesionado.

A canelite, por exemplo, é uma lesão do osso tibial, causado pelo esforço exagerado da região. Normalmente afeta corredores e, se não tratada, pode trazer sérios problemas.

Limites

Respeite seus limites. Se você não tem treinamento, não adianta tentar correr uma maratona de cara. Pratique, aumente a intensidade do exercício de maneira gradual e evolua como corredor antes de se esforçar demais.

Alimentação

A alimentação adequada é essencial antes de qualquer esforço como o exigido na corrida. Isso garante que seu corpo terá energia o bastante para lidar com o exercício sem preocupações.

Hidratação

Como espécie, os humanos são muito bons em correr longas distâncias, principalmente por causa da capacidade de suar e se resfriar durante a corrida. Entretanto, se você não se hidratar adequadamente antes e depois do esforço, pode ficar desidratado, já que o suor faz com que você perca água.

Lembre-se de beber água durante o esforço, mas cuidado para não ingerir muito de uma vez, pois isso pode prejudicar seu desempenho! Faça a reposição de líquidos no decorrer do exercício, além, é claro, de antes e depois dele.

Caminhada: um meio de começar a correr

A caminhada não é um exercício de impacto como a corrida e não traz a mesma intensidade, mas muitos de seus benefícios são parecidos.

Ela pode ser usada como uma maneira para começar a correr. Se você não corre há muito tempo, caminhar é o melhor jeito de ganhar resistência e força nas pernas para conseguir começar a prática.

A caminhada também é muito boa para aquecer os músculos antes de começar a correr, especialmente em dias frios.

Corrida de rua e corrida de esteira: qual é melhor?

Existe a dúvida sobre qual tipo de corrida é melhor, o da corrida de rua ou a corrida de esteira. A verdade é que nenhum dos dois é melhor do que o outro e tudo depende do contexto em que você corre. Você pode escolher um deles ou variar de dia para dia.

Conheça mais sobre cada um:

Corrida de rua

A corrida de rua tem a vantagem de ter um cenário variado, ar livre e o contato com a natureza em parques. Isso pode trazer diversos benefícios para seu corpo e, principalmente, para a sensação de bem-estar que a corrida proporciona.

Por outro lado, o terreno nem sempre pode ser propício para correr. Calçadas quebradas e asfalto esburacado são uma realidade em muitas áreas do Brasil e do mundo, o que pode aumentar as chances de lesão.

Corrida de esteira

Correr na esteira não tem o cenário e o contato com a natureza que a corrida ao ar livre permite, mas traz algumas vantagens. O “terreno” em que se corre em uma esteira é sempre regular e você pode realizar ajustes como inclinação, o que não é possível na rua.

A principal desvantagem da corrida na esteira, entretanto, é que o equipamento pode ser caro e não acessível para qualquer um, enquanto para correr na rua, um tênis basta.

Corrida para emagrecer

A corrida é um exercício aeróbico e cardiovascular. Usa muita energia e é indicado para queimar gorduras. Por isso, recorrer a essa atividade para perder peso é recomendado.

Ajuda se você fizer uma corrida alternada. Correr na mesma intensidade

Entretanto, lembre-se de que exercícios são apenas secundários para emagrecer de maneira saudável.

O melhor método para o emagrecimento saudável é o controle alimentar. Fazer refeições balanceadas é essencial para a saúde e para perder peso de maneira adequada, sem correr riscos.

Malefícios da corrida

A corrida não tem realmente malefícios, a não ser que você não siga os cuidados que deve ter com qualquer esporte.

Evitar exageros, manter-se hidratado e bem alimentado, além de consultar um profissional para ter certeza de que está fazendo o exercício de maneira correta são passos necessários para evitar qualquer problema.

Envelhecimento precoce

Este é um dos malefícios causados pelo exagero na atividade física aeróbica, o que causa um aumento dos radicais livres. É um efeito mais claramente visto na pele de pessoas que exageram nos exercícios.

Queda imunológica

Existe um enfraquecimento do sistema imunológico depois de uma hora ininterrupta de corrida. Por isso, o exagero pode causar problemas como aumentar as chances de infecções.

Problemas para ganho de massa

Atividades aeróbicas em excesso gastam muita energia e podem dificultar o ganho de massa muscular. Portanto, se você tem o objetivo de ficar com os músculos grandes, lembre de não exagerar na corrida.


Correr pode ajudar você a emagrecer, melhorar sua saúde cardíaca, mental e seu humor, além de trazer muitos outros benefícios.

Compartilhe esse texto com seus amigos para que eles aprendam um pouco mais sobre a corrida!


Minuto Saudável: Somos um time de especialistas em conteúdo para marketing digital, dispostos a falar sobre saúde, beleza e bem-estar de maneira clara e responsável.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *