Acidez excessiva no estômago pode favorecer o aparecimento de úlceras

0

A ingestão excessiva de alimentos ácidos, condimentados e gordurosos pode causar problemas como, azia e queimação. E, outras condições mais graves podem surgir devido a existência destes incômodos, como as úlceras e a gastrite.

A gastrite é uma inflamação da parede do estômago causada pelo aumento da acidez no órgão. Ao evoluir, esse problema pode se transformar em lesões mais graves, conhecidas como úlceras.

 Causas

Alguns alimentos como os tipos ácidos, gordurosos e muito condimentados são conhecidos por favorecer diversas condições, dentre elas o aumento dos níveis de ácido no estômago, por isso o consumo constante e excessivo de bebidas alcoólicas facilita o aparecimento dessa condição.

Porém, questões emocionais também podem influenciar o problema. A produção de ácido clorídrico no estômago é estimulada pelo sistema nervoso em momentos de tensão, o que torna o suco gástrico mais ácido e agressivo ao órgão.

Bactéria

A bactéria denominada Helicobacter pylori pode ser um dos agentes responsáveis pela gastrite. Presente na água ou nos alimentos, ela pode entrar no organismo e se alojar no estômago, estimulando a produção de ácido em pessoas com a imunidade mais baixa.

Sinais do problema

Os principais sintomas da gastrite são: sensação de queimação no estômago, mau hálito, diarreia, vômito com sangue e dor na barriga. O estresse, em conjunto com uma alimentação precária em nutrientes também pode favorecer o desenvolvimento do problema.

O que evitar?

Pessoas com gastrite ou mais suscetíveis a ela devem deixar de lado alguns alimentos, para evitar o aumento da acidez estomacal:

  • Balas, pirulitos e gomas de mascar;
  • Frutas ácidas como, limão e laranja;
  • Café, refrigerante, chá mate e preto;
  • Pimenta e vinagre;
  • Alimentos em conserva.
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 3,00 de 5)
Loading...

Deixe o seu comentário, nos preocupamos com sua opinião:

Por gentileza, escreva seu comentário
Por favor, insira seu nome aqui

Lamentamos a não possibilidade de dar-lhe conselho médico ou responder a questões médicas e farmacêuticas individuais através de e-mail, pois apenas um médico pode prestar tal atendimento. Embora tentemos responder a todos os comentários, opiniões e e-mails que recebemos em até dois dias úteis, nem sempre é possível devido ao grande volume que recebemos. Por favor, tenha em mente que qualquer solicitação ao Minuto Saudável está sujeita aos nossos Termos de Uso e Política de Privacidade, ao enviar, você indica sua aceitação.