Redação Minuto Saudável
30/06/2017 15:59

Acidez excessiva no estômago pode favorecer o aparecimento de úlceras

A ingestão excessiva de alimentos ácidos, condimentados e gordurosos pode causar problemas como, azia e queimação. E, outras condições mais graves podem surgir devido a existência destes incômodos, como as úlceras e a gastrite.

A gastrite é uma inflamação da parede do estômago causada pelo aumento da acidez no órgão. Ao evoluir, esse problema pode se transformar em lesões mais graves, conhecidas como úlceras.

Causas

Alguns alimentos como os tipos ácidos, gordurosos e muito condimentados são conhecidos por favorecer diversas condições, dentre elas o aumento dos níveis de ácido no estômago, por isso o consumo constante e excessivo de bebidas alcoólicas facilita o aparecimento dessa condição.

Porém, questões emocionais também podem influenciar o problema. A produção de ácido clorídrico no estômago é estimulada pelo sistema nervoso em momentos de tensão, o que torna o suco gástrico mais ácido e agressivo ao órgão.

Bactéria

A bactéria denominada Helicobacter pylori pode ser um dos agentes responsáveis pela gastrite. Presente na água ou nos alimentos, ela pode entrar no organismo e se alojar no estômago, estimulando a produção de ácido em pessoas com a imunidade mais baixa.

Sinais do problema

Os principais sintomas da gastrite são: sensação de queimação no estômago, mau hálito, diarreia, vômito com sangue e dor na barriga. O estresse, em conjunto com uma alimentação precária em nutrientes também pode favorecer o desenvolvimento do problema.

O que evitar?

Pessoas com gastrite ou mais suscetíveis a ela devem deixar de lado alguns alimentos, para evitar o aumento da acidez estomacal:

  • Balas, pirulitos e gomas de mascar;
  • Frutas ácidas como, limão e laranja;
  • Café, refrigerante, chá mate e preto;
  • Pimenta e vinagre;
  • Alimentos em conserva.

18/04/2019 16:27

Redação Minuto Saudável

Somos um time de especialistas em conteúdo para marketing digital, dispostos a falar sobre saúde, beleza e bem-estar de maneira clara e responsável. Confira mais na nossa página de quem somos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*