O Instituto Nacional de Câncer (INCA) estima que 66.280 novos casos de câncer de mama serão diagnosticados no Brasil em 2020. 

Felizmente, no mercado há um medicamento novo chamado de Ibrance que trata essa doença. 

Índice — neste artigo você vai conferir: 

  1. O que é Ibrance? 
  2. Para que serve? 
  3. Como age o princípio ativo Palbociclibe? 
  4. Como a bula indica usar Ibrance? 
  5. Quais os efeitos colaterais? 
  6. Preço: qual é o valor do Ibrance? 
  7. É aprovado pela ANVISA? 
  8. Tem no SUS? 
  9. Como orçar? 

O que é Ibrance?

Ibrance é um medicamento novo indicado para o tratamento de alguns tipos de câncer de mama. Sua forma de apresentação é em comprimidos duros. 

Falando em fármacos, é importante ficar atento à interação medicamentosa, que acontece quando um remédio anula ou diminui a eficácia de outro. 

Ibrance pode interagir com os seguintes remédios usados no tratamento de: 

Avise a(o) sua(seu) médico(a) se você estiver fazendo o uso de qualquer uma dessas substâncias. 

Além da interação medicamentosa, também é possível que haja a interação alimentícia (quando um alimento pode interferir na ação do fármaco). 


No caso de Ibrance, não consuma toranja ou o suco dessa mesma fruta. 

Cuidados especiais 

Embora seja raro, o câncer de mama também pode atingir homens. Se esse for o seu caso e houver a prescrição de Ibrance, recomenda-se que haja um congelamento de esperma, já que esse remédio pode causar infertilidade masculina. 

Independente do gênero, as pessoas devem usar métodos contraceptivos durante o tratamento com Ibrance e até 97 dias após o término. Isso para que se evite uma gravidez com células reprodutivas comprometidas. 

Agora, o alerta é para a lactantes: não se sabe se Ibrance é excretado no leite materno e nem os possíveis danos que isso possa causar para o neném. 

Por isso, o recomendado é que se converse com a(o) médica(o) sobre isso e veja se é melhor interromper a amamentação ou o uso do fármaco. 

Em grande parte dos casos, opta-se por usar Ibrance e suspender a lactação durante o tratamento e por até 3 semanas após o término. 

Outro alerta importante é para as pessoas com intolerância à lactose: Ibrance tem esse tipo de açúcar e, portanto, deve ser administrado com cuidado nesses casos. 

Pacientes com alergia a Palbociclibe ou outra substâncias presentes na fórmula não devem ingerir esse remédio. 

Para que serve? 

Ibrance é um medicamento indicado para o tratamento do câncer de mama avançado ou metastático HR (receptor hormonal) positivo e HER2 (receptor 2 do fator de crescimento epidérmico humano) negativo. 

Nesse caso, é tratado juntamente com terapia endócrina (com Anastrozol, Letrozol, Exemestano para mulheres na pós-menopausa e com Fulvestranto em pacientes que já receberam outros tipos de tratamento).

Como age o princípio ativo Palbociclibe? 

O princípio ativo de Ibrance é Palbociclibe. Essa substância é um inibidor da quinase (que é uma proteína) e atua no controle do crescimento de células. 

No câncer de mama HR positivo (e em alguns outros tipos), a atividade da CDK 4 e 6 aumenta, permitindo que as células doentes se multipliquem. 

Assim, ao bloquear essas células, Ibrance diminui o crescimento dessas células cancerígenas. 

O tempo de ação do fármaco é de 6 a 12 horas após a ingestão do comprimido. O estágio de equilíbrio da medicação no organismo é atingido depois de 8 dias de tratamento.

Como a bula indica usar Ibrance?

Antes de tudo, esse medicamento deve ser usado conforme a prescrição médica. 

A indicação de uso da bula é conforme um esquema conhecido como 3 para 1, com um ciclo de 28 dias. Mas o que isso significa? 

É bem similar a alguns anticoncepcionais. Deve-se tomar 1 comprimido (em grande parte dos casos é o de 125mg) por dia durante 21 dias. 

Depois, passa-se 7 dias sem a ingestão de qualquer dose de Ibrance e, assim, encerra-se um ciclo de 28 dias (21 com dose e 7 sem dose). 

Vale lembrar que Ibrance é de uso oral e o comprimido não deve ser quebrado, mastigado ou partido. 

Ele pode ser tomando em qualquer horário, estando ou não em jejum. O ideal é que, uma vez escolhido o horário da dose, procure-se seguir essa mesma escolha. 

Por exemplo, se a paciente optou por tomar a 1ª dose após o café da manhã, todas as outras desse ciclo devem ser tomadas no mesmo período, preferencialmente.  

E se eu esquecer uma dose ou vomitá-la? Bom, nesses casos, o mais recomendado é esperar até o horário da próxima dose. Não tentar tomar a mais para compensar a dose perdida. 

Quais os efeitos colaterais?

Como todos os medicamentos, a administração de Ibrance pode provocar efeitos colaterais. 

Embora a segurança desse remédio seja confirmada em laboratório, esse fármaco é classificado como novo e portanto pode apresentar efeitos colaterais desconhecidos. 

Nesses casos, o ideal é sempre conversar com a(o) médica(o) e avisar a farmacêutica pelo Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC). 

Com o objetivo de elencar as reações adversas, a bula é dividida pela frequência com que elas ocorrem. Saiba mais: 

Muito comum 

As reações muito comuns ocorrem em mais de 10% das pacientes que utilizam esse medicamento e são elas: 

  • Anemia; 
  • Diminuição da quantidade de células sanguíneas (plaquetas, neutrófilos, leucócitos); 
  • Enjoos; 
  • Vômitos;
  • Perda de cabelos; 
  • Cansaço; 
  • Fraqueza; 
  • Febre; 
  • Diminuição ou perda de apetite; 
  • Infecções; 
  • Estomatite (inflamação na boca); 
  • Erupção na pele. 

Comum

Os efeitos colaterais comuns ocorrem entre 1% e 10% das pacientes tratadas com Ibrance: 

  • Visão turva; 
  • Olhos secos ou lacrimejantes; 
  • Alterações no paladar; 
  • Sangramento nasal; 
  • Pele seca; 
  • Pneumonia; 
  • Anormalidades em testes da função do fígado; 
  • Diminuição das células do sangue acompanhada de febre.  

Preço: qual o valor de Ibrance?

O preço deste medicamento depende da miligramagem de cada comprimido. 

Abaixo, há uma cotação de caixas com 21 comprimidos de Ibrance*. A pesquisa foi feita no Consulta Remédios em fevereiro de 2020: 

  • Uma caixa de Ibrance 75mg custa entre R$ 17.200,00 e R$ 17.890,00; 
  • Uma caixa de Ibrance 100mg tem como preço mais barato R$17.240 e o mais caro R$17.250; 
  • Uma caixa de Ibrance 125 mg pode sair entre R$ 17.290 até R$ 17.990,00.

*Preços consultados em fevereiro de 2020. Os valores podem sofrer alteração.

É aprovado pela ANVISA?

Sim, Ibrance é aprovado em todo território brasileiro pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA). 

Por questões burocráticas, a ANVISA concedeu esse autorização para 2 laboratórios. Calma, que vamos explicar isso direitinho. 

A primeira farmacêutica a ter a aprovação foi a Pfizer. Entre o período de fevereiro de 2018 e o mesmo mês de 2028, ela pode comercializar Ibrance. 

Mas essa empresa foi comprada por outra farmacêutica, a Wyeth, que em 2019 teve o direito de vender Ibrance aprovado pela ANVISA. Essa autorização é válida até 2023. 

Ou seja, até 2023, as 2 marcas (do mesmo grupo farmacêutico) possuem permissão para comercializar o medicamento e, por isso, é possível encontrar pequenas diferenças no rótulo ou na bula do produto.   

Tem no SUS?

Infelizmente, o Sistema Único de Saúde (SUS) não fornece Ibrance. 

Se a paciente não tiver condições financeiras para pagar o tratamento, pode-se entrar com um processo judicial para que o Estado forneça o remédio. 

Para isso, é necessário a orientação de um(a) profissional de direito, além de vários documentos como um laudo médico que comprove a necessidade de Ibrance e um orçamento com pelo menos 3 estabelecimentos que comercializem o fármaco.  

Como orçar?

Com o objetivo de facilitar e agilizar o seu processo judicial, o Consulta Remédios desenvolveu um programa de assessoria para medicamentos de alto custo. 

Mas como isso funciona? Basta acessar o link, preencher os campos com os seus dados e, dentro de pouco tempo, nossa equipe vai te enviar um orçamento completo e personalizado. 


Ibrance é um fármaco novo que está trazendo mais qualidade de vida para pacientes que lutam contra alguns tipos de câncer de mama. 

Ele pode ter interação medicamentosa com várias substâncias e, por isso, sempre deve ser usado conforme a orientação médica. O Minuto Saudável traz muitas outras informações sobre remédios. Acompanhe as nossas postagens.


Minuto Saudável: Somos um time de especialistas em conteúdo para marketing digital, dispostos a falar sobre saúde, beleza e bem-estar de maneira clara e responsável.