Castanha da Índia: como consumir, benefícios, contraindicações

0

A castanha da Índia, de nome científico Aesculus hippocastanum, é o fruto da castanheiro-da-Índia. É uma oleaginosa, pois apresenta óleos que podem ser extraídos para consumo.

Apesar de ser uma castanha, não é um fruto comestível in natura, sendo venenosa quando não preparada adequadamente. A castanha da Índia só deve ser utilizada quando seu extrato é devidamente extraído.

Conhecida por seus atributos medicinais, é muito utilizada para tratar varizes, pernas cansadas e hemorróidas. Pode ser encontrada, também, como cápsulas e em pó, em farmácias, casas de chá e lojas de produtos naturais.

Apresenta nutrientes como flavonoides, vitamina B, vitamina C, vitamina K, ácidos graxos, proteínas fitoesteróis e taninos.

Suas propriedades também são anti-inflamatórias, vasoprotetores e vasoconstritoras. Contudo, mesmo apresentando vários benefícios, a castanha da Índia deve ser utilizada com alguns cuidados e sob orientação médica.

O castanheiro-da-Índia  apresenta flores brancas ou amarelas e é uma árvore cultivada como ornamento, podendo alcançar 30 metros de altura.

Índice – neste artigo você encontrará as seguintes informações:

  1. Para que serve a castanha da Índia ?
  2. O que é insuficiência venosa?
  3. Benefícios da castanha da Índia
  4. Castanha da Índia no tratamento de hemorroidas
  5. Diferença entre castanha da Índia e nóz da Índia
  6. Castanha da Índia emagrece?
  7. A castanha da Índia é venenosa?
  8. Quando evitar
  9. Efeitos colaterais
  10. Onde encontro a castanha da Índia ?
  11. Tintura da castanha da Índia

Para que serve a castanha da Índia?

A castanha da Índia serve como remédio caseiro para várias doenças, pois auxilia no tratamento de fragilidade capilar e doenças de insuficiência venosa, como hemorróidas, má circulação, cansaços nas pernas e inchaços.

Existem estudos em torno de suas propriedades que alegam que a planta também é útil para aliviar sintomas de cólicas menstruais, flebites, inflamações na pele e artrite.

Possui ação anti-inflamatória, estimulante, adstringente, reduz a permeabilidade capilar, é vasoprotetora e outros funções benéficas para a saúde.

O que é insuficiência venosa?

Quando ocorre uma disfunção das veias, principalmente na área das pernas, isso é denominado como uma insuficiência venosa.

O risco de se ter uma insuficiência venosa fica maior com o passar do tempo, pois aumenta de acordo com a idade. Além disso, também é mais comum nas mulheres devido às diferenças no tecido conjuntivo e na presença do hormônio feminino estrogênio.

As mulheres grávidas estão também mais propensas a desenvolverem essas insuficiências, pois os níveis de estrogênio são elevados durante esse período.

Se uma falha acontece nas válvulas venosas e as impedem de funcionarem corretamente, o sangue nas veias não flui, ficando “preso” nas partes inferiores das pernas. Esse processo torna as veias congestionados e as alargam, podendo ficar visíveis.

Isso pode resultar em inchaços nas pernas e tornozelos, no surgimento de varizes e em hemorroidas.

Benefícios da castanha da Índia

A castanha da Índia é muito utilizada para o tratamento de doenças como hemorroidas e varizes. Além disso, também é indicada nos seguintes casos:

  • Para diminuir inchaços;
  • Para reduzir sensação de peso;
  • Diminuir dores nas pernas;
  • Melhorar o apetite;
  • Melhora a digestão;
  • Tratar metrorragia (menstruação excessiva);
  • Reduzir cólicas menstruais;
  • No tratamento de dores nas veias;
  • Melhorar a circulação sanguínea.

Entenda melhor como a castanha da Índia funciona entre os seus principais benefícios:

Ajuda no tratamento de varizes

As varizes costumam ser um desconforto na vida de quem sofre com elas. Além de causarem dor e inchaços, em algumas pessoas, também podem incomodar no sentido estético, pois as veias se dilatam e ficam visíveis, geralmente de um roxo meio azulado.

É bem mais comum em mulheres, gestantes e pessoas que passam boa parte do tempo em pé.

A castanha da Índia tem sido considerada uma grande aliada para amenizar os efeitos das varizes.

Por ser vasoconstritora, processo oposto a vasodilatação, e ser anti-edemas, pesquisas apostam que os componentes contidos nas semenentes da castanha ajudam a tratar as varizes e também outras doenças relacionados, como má circulação, inchaços e cansaços nas pernas.

No entanto, mesmo com os efeitos positivos do consumo desse alimento, consultar um médico para melhor diagnóstico e tratamento é imprescindível.

Reduz a fragilidade capilar

Esse é um distúrbio que ocorre nas veias mais fininhas, chamadas capilares justamente por lembrarem fios de cabelos. Quando alguém sofre com fragilidade capilar signfica que sofreu algum tipo de ruptura nesses vasos.

Essas rupturas podem ocorrer por diversos motivos, como por traumas na pele ou nas mucosas. É bem comum em crianças e mulheres.

Quando ocorrem, costumam deixam hematomas de até 5 centímetros de diâmetro. Esses roxos são chamados de púrpura, quando desses tamanhos. Quando menores, são denominados como petéquias.

A castanha da Índia ajuda a diminuir e melhorar essa fragilidade capilar graças a presença de uma mistura de saponinas, que possuem ações tensoativas.

Diminui o colesterol

Um dos benefícios da castanha da Índia é o seu efeito de controle do colesterol ruim (LDL). Por ser composta por 60% de gorduras boas para o organismo, consegue aumentar os níveis de colesterol bom (HDL).

Consequentemente, contribui para proteger nosso corpo de possíveis doenças cardíacas, diminuindo o risco de complicações no sistema cardiovascular.

Anti-inflamatório

A castanha da Índia tem ação anti-inflamatória, portanto é utilizada também como tratamento de inflamações e para fortalecer a imunidade de nosso organismo.

Auxilia no tratamento de artrite

Esse fruto ajuda no tratamento da artrite justamente por ser um alimento anti-inflamatório. Dessa forma, pessoas que sofrem com a doença podem encontrar nessa castanha uma forma de amenizar os sintomas da doença, como as dores nas articulações.

Auxilia no tratamento de inflamações na pele

É recomendado para o tratamento de algumas inflamações na pele, como dermatites, eczemas, manchas vermelhas com pequenas bolhas que se espalham pelo corpo. Para utilizar a castanha da Índia, nesses casos, é recomendado o consumo do seu chá.

Tem função hemostática

Um dos principais benefícios da castanha da Índia é a sua função hemostática, ou seja, consegue conter hemorragias.

Castanha da Índia no tratamento de hemorroidas

Hemorróida é um nome popularmente dado a doença que provoca o aumento da pressão nas veias próximas a região do ânus, causando inflamação, inchaço e dor.

Pode ser conhecido também como nódulo no reto ou nódulo retal e o nome hemorróida se refere ao conjunto desses vasos.

A castanha da Índia é um popular remédio caseiro para tratar essas inflamações pois apresenta propriedades que agem diretamente sobre essa doença.

Como utilizar?

A castanha da Índia pode ser utilizada de duas formas quando falamos dela como um remédio caseiro para as hemorroidas.

Cada tipo de hemorroida exige um tratamento específico. Sabendo que elas podem ser externas ou internas, veja como cuidá-las:

Banho

Para as pessoas que sofrem com as hemorroidas externas, o melhor tratamento com a castanha da Índia é o preparo de um banho com ela em pó.

Esse banho é chamado de banho de assento e serve para ajudar na circulação sanguínea, além de aliviar as dores causadas pela inflamação no local.

Para preparar esse banho, é necessário que a pessoa separe 5 colheres de sopa de castanha da Índia em pó e ferva juntamente a 2 litros de água.

Após amornar, coloque essa mistura em uma bacia e sente sobre ela, sem as roupas íntimas. A pessoa deve permanecer nesse banho de assento por 20 minutos e repetir por 5 dias.

Chá de castanha da Índia

O chá de castanha da Índia é um remédio caseiro que pode ser utilizado tanto por quem possui hemorroidas externas quanto internas. Ele tem o mesmo efeito que o banho, pois alivia as dores e os sintomas da inflamação.

Para preparar o chá é simples. Basta ferver uma pequena quantidade de castanha da Índia (em pó, folhas ou sementes) com 2 copos de água, esperar esfriar um pouco e coar. O indicado é que a pessoa beba esse chá 3 vezes ao dia, para ter um tratamento contra as hemorroidas mais eficaz.

Diferença entre a castanha da Índia e nóz da Índia

Algumas pessoas costumam confundir esses dois frutos, mas eles não são a mesma coisa. Podemos dizer que a principal diferença entre a castanha da Índia e a nóz da Índia está em uma ser permitida e a outra não.

Desde fevereiro de 2017, a Anvisa anunciou que a nóz da Índia está proibida no Brasil, não podendo ser fabricada, comercializada, importada e muito menos consumida.

Muitas pessoas utilizam a nóz da índia, ou Nogueira de Iguape, Nogueira da Índia, Castanha Purgativa, entre outros nomes, para dietas de perda de peso.

Todavia, os efeitos que causa não são de um emagrecimento saudável. Como um dos nomes sugere, ela funcionava com um laxante. Dessa forma, quem utiliza a nóz da Índia para dietas acaba se desidratando devido a esse efeito “purgativo” e não absorve todos os nutrientes dos alimentos.

O emagrecimento, sendo assim, acaba acontecendo, mas a pessoa adoece. Além disso, a nóz da Índia possui evidências de ser tóxica e tem três casos de óbitos no país associados ao seu consumo. Nada bom.

Entretanto, a castanha da Índia não é uma vilã, assim como a nóz. Essa é permitida e apresenta muitos benefícios para a saúde, como o auxílio no tratamento de hemorróidas, varizes, pernas cansadas, emagrecimento saudável, entre outros.

Castanha da Índia emagrece?

A castanha da Índia contribui para a perda de peso, pois combina vários fatores que facilitam o emagrecimento.

Ela tem propriedades que funcionam como diuréticos, melhora o intestino, proporciona saciedade e melhora o metabolismo. No entanto, não são privilégios da castanha da Índia, pois os outros tipos de castanhas também proporcionam os mesmos ganhos.

Esses benefícios estão presentes nas demais castanhas, o que a torna diferente é a sua ação na corrente sanguínea.

Quando nosso sistema sanguíneo não está funcionando direito, a troca de oxigênio de uma célula para a outra é prejudicada. Assim, toxinas começam a se acumulam e as células acabam sem ar, e isso resulta na formação de celulites.

Dessa forma, a castanha da Índia acaba colaborando para o emagrecimento e para a melhor circulação. Consequentemente, reduz também as celulites.

Para emagrecer com a castanha da Índia, existem algumas opções de formas para se consumir. É indicado ingeri-la durante o café da manhã, em porções bem pequenas.

Um dica é partir a castanha em oito pedaços e comer apenas um, durante a primeira semana. Nas semanas seguintes, cortar a castanha em 4 partes e ingerir apenas uma, novamente.

Esse pedacinho de castanha da Índia deve ser consumido somente uma vez ao dia, tanto na primeira semana como nas semanas seguintes. Prefira por ingerir no café da manhã ou no lanche da manhã, entre às 9h e 10h.

A quantidade deve ser pequena, pois em excesso pode causar efeitos colaterais. Além de consumir o fruto, é possível encontrar seu extrato em cápsulas.

Quanto peso é possível perder com a castanha da Índia?

Não existe uma fórmula ideal para se saber o quanto se perderá de peso consumindo essa castanha. Contudo, existem relatos de pessoas que chegaram a perder 4 kg em apenas um mês.

Obviamente, outros fatores devem ser considerados, pois apenas o consumo da castanha não é capaz de promover milagres quando nos referimos ao processo de emagrecimento. A pessoa deve, além disso, levar uma vida equilibrada com exercícios e dieta.

A castanha da Índia é venenosa?

Existe, na castanha da Índia, uma certa quantidade de veneno que se chama esculina. Esse veneno é perigoso e pode até mesmo causar a morte se consumido cru.

Por isso, antes mesmo de ser consumido, é preciso saber se o fruto, folhas e cascas foram bem preparadas, para que não se tenha uma intoxicação.

Ao consumir alguma das partes da castanha da Índia quando fresca, é preciso que se procure imediatamente um médico.

Alguns sintomas que esse veneno pode provocar são:

  • Fraqueza;
  • Problemas renais;
  • Espasmos;
  • Dores de estômago;
  • Vômito;
  • Pupilas dilatadas;
  • Perda de coordenação.

Quando evitar: contraindicações

A castanha da Índia deve ser evitada em alguns casos, devido aos efeitos colaterais provocados por ela, ou partes dela.

Na maioria dos casos em que se existe uma contraindicação do uso da castanha da Índia é devido aos riscos de hemorragias e complicações de doenças. Além disso, quando combinada ao uso de outros remédios, pode significar complicações mais graves ao indivíduo.

Portanto, a castanha da Índia não deve ser ingerida nas seguintes condições ou determinados grupos:

  • Gestantes;
  • Lactantes;
  • Crianças (menores de 8 anos);
  • Pessoas que sofrem de algum transtorno intestinal;
  • Junto a medicamentos anticoagulantes;
  • Antes e após cirurgias;
  • Por pessoas alérgicas a látex;
  • Pessoas que apresentam lesões na mucosa digestiva;
  • Pessoas que sofrem com doenças hepáticas e renais.

Efeitos colaterais

A castanha da Índia pode implicar no surgimento de alguns efeitos colaterais, quando utilizado em excesso ou quando ingerido por pessoas que deveriam evitá-lo. Apesar de ser um alimento benéfico, apresenta alguns fatores de risco em determinadas situações.

Os principais sintomas que podem ocorrer:

  • Dores de estômago;
  • Sensação de estômago estufado;
  • Vermelhidões na pele;
  • Dores de cabeça;
  • Tonturas;
  • Náuseas;
  • Fraqueza;
  • Perda de coordenação;
  • Pupilas dilatadas;
  • Coceira.

Onde encontro a castanha da Índia?

A castanha da Índia pode ser encontrado em farmácias, tanto físicas quanto online. Você pode achar esse fruto em forma de cremes, folhas, em cápsulas, em pó e sabonetes. Também é possível que se encontre a castanha em feiras e as folhas em casas de chás.

Em relação a castanha da Índia como comprimido, deve-se consultar com o médico a necessidade do uso e se atentar a bula, para possíveis efeitos colaterais.

Tintura de castanha da índia

Ainda se tratando dos poderes medicinais da castanha da Índia, existe a possibilidade de usá-la para fazer uma tintura, uma espécie de remédio caseiro.

Essa tintura tem a finalidade de auxiliar no tratamento de varizes, pernas cansadas e má circulação.

Para fazer essa tintura, é necessário de 5 colheres (sopa) de pó de castanha da Índia e 1 garrafa de álcool etílico 70%.

É necessário adicionar as colheres de pó de castanha da Índia à garrafa de álcool com o auxílio de um funil. A castanha da Índia em pó pode ser encontrada em casas de produtos naturais e casas de chá.

Após misturar os dois itens, agite bem e deixe descansando no sol por 2 semanas. Após esse período, coe a mistura em um papel ou pano e guarde em uma garrafa de vidro.

Antes do consumo, ela deve ser diluída em água. As proporções são de 5 colheres de tintura para 1 litro de água.

Por levar álcool em sua composição, alguns cuidados devem ser levados em consideração. Também é necessário ter em mente que essa receita não substitui uma consulta com o médico especialista, que deve ser consultado antes de se optar pela tintura.

Gestantes e crianças pequenas não devem tomá-la, por causa das contraindicações da castanha.


A castanha da Índia é um fruto popular por suas contribuições medicinais, principalmente para tratar pernas cansadas, varizes  e hemorroidas.

Deve ser consumido adequadamente, pois contém quantidades de esculina, um veneno que pode provocar até a morte, em casos extremos.

Compartilhe esse texto com seus amigos e familiares e mostra a eles como esse fruto pode ser utilizado em benefício da saúde.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (10 votos, média: 4,50 de 5)
Loading...

Deixe suas opiniões e comentários, nos preocupamos com ela:

Por favor, escreva seu comentário
Por favor, insira seu nome aqui

Lamentamos a não possibilidade de dar-lhe conselho médico ou responder a questões médicas e farmacêuticas individuais através de e-mail, pois apenas um médico pode prestar tal atendimento. Embora tentemos responder a todos os comentários, opiniões e e-mails que recebemos em até dois dias úteis, nem sempre é possível devido ao grande volume que recebemos. Por favor, tenha em mente que qualquer solicitação ao Minuto Saudável está sujeita aos nossos Termos de Uso e Política de Privacidade, ao enviar, você indica sua aceitação.