Os avanços da medicina estão possibilitando mais qualidade de vida e saúde para muitas pessoas. 

Um exemplo disso são os remédios biológicos que vêm sendo cada vez mais utilizados no tratamento e prevenção de doenças. 

Entre esses remédios está o Xolair, que foi aprovado no Brasil apenas em 2004. 

Apesar de ser um remédio ainda pouco estudado, sobretudo em relação aos efeitos adversos, estudos têm demonstrado melhoras significativas nos quadros sintomáticos de pessoas que sofrem com urticária crônica ou asma alérgica.

Conheça mais sobre ele:

O que é Xolair?

Xolair é um remédio biológico, à base da substância ativa omalizumabe, produzido com anticorpo monoclonal.

Seu uso é de forma subcutânea (aplicação em baixo da pele). O Xolair é de uso exclusivo hospitalar e deve ser aplicado por um(a) profissional capacitado(a) para isso. A aplicação acontece com intervalos que variam entre 2 e 4 semanas, dependendo da necessidade da pessoa.

Como ele age?

O nosso organismo produz várias substâncias. Entre elas está a Imunoglobulina E (ou simplesmente IgE), que é um anticorpo. 


Quando há alergias e infecções no organismo (como a dermatite), a IgE fica elevada, o que acarreta sintomas típicos da asma e dermatite, como coceira, placas vermelhas na pele, dificuldade de respirar, entre outros.

Xolair age diminuindo as taxas de IgE e, assim, contribui para que o sistema imunológico volte ao equilíbrio e controle as manifestações sintomáticas.

Para que serve o medicamento Xolair? 

Xolair é um medicamento indicado para o tratamento de asma alérgica em pessoas com mais de 6 anos. Ele também pode ser usado para tratar a urticária crônica espontânea (UCE) em quem tem mais de 12 anos. 

Saiba um pouco mais sobre essas condições: 

Urticária Crônica Espontânea (UCE)

Urticárias são lesões (parecidas com feridas) que podem se manifestar em toda a pele, causando coceira, vermelhidão e inchaço. 

A UCE é caracterizada por durar mais de 6 semanas e ter causas desconhecidas. O grupo de maior risco ao desenvolvimento dessa doença são as mulheres entre 20 e 40 anos. 

Ela não possui uma cura definitiva, embora os sintomas possam ser aliviados com medicamentos e outras formas de tratamento que devem ser prescritas por um(a) dermatologista. 

Asma alérgica

A asma alérgica tende a começar na infância e perdurar por toda a vida, com crises mais ou menos intensas ao decorrer dos anos. 

Ela é provocada por algum alergênico (como perfumes, medicamentos, pelos, poeira, etc), que invade o sistema imunológico. Assim, há uma reação alérgica que desencadeia a crise asmática.  

Os sintomas são tosse, dor no peito, dificuldade para respirar, barulhos ao respirar e sensação de pressão no peito, pulmões, garganta ou nariz. 

Omalizumabe é injeção para urticária?

O Xolair é uma medicação injetável, à base da substância ativa Omalizumabe. Ele é é indicado, segundo a bula, para tratar a Urticária Crônica Espontânea (UCE), além da asma alérgica quando outras terapias convencionais não funcionaram. 

Não há estudos suficientes para saber se esse medicamento é seguro no tratamento de outros tipos de urticária e, portanto, ele não deve ser receitado para esses outros fins.

Omalizumabe causa sinusite?

A dor e a pressão nos seios do rosto (bochechas e testa) que é conhecida como sinusite é um dos efeitos colaterais desse fármaco. No entanto, o quadro tende a ser limitado, precisando de poucos dias para que haja remissão dos sintomas.

Para tratar essa condição corretamente, procure o auxílio de um(a) clínico(a) geral ou otorrinolaringologista.   

Xolair tem genérico?

Xolair é o nome do medicamento biológico cuja a principal substância ativa é Omalizumabe. No Brasil, não existe nenhum medicamento que seja genérico ou similar ao Xolair. 

O SUS fornece?

Não, o Sistema Único de Saúde não oferece esse medicamento. 

Como um substituto para Xolair, o SUS oferece outras terapias, de acordo com os protocolos de atendimento e diagnóstico.

No entanto, pacientes com orientação para o uso podem solicitar a aquisição do medicamento por meio do processo jurídico.

Para saber mais sobre a cotação jurídica e contar com um atendimento personalizado, é possível acessar a Assessoria de cotação jurídica de medicamentos de alto custo.

Por que o SUS não oferece esse medicamento?

O Sistema Único de Saúde não oferece esse medicamento porque os testes feitos com Xolair duraram apenas 1 ano.

Esse tempo de pesquisas é o suficiente para que o fármaco seja registrado na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA). Mas para que Xolair seja oferecido pelo SUS, é necessário que se façam mais testes. 

Além disso, outra razão pela qual esse remédio não é oferecido gratuitamente é que ele  pode causar anafilaxia (reação alérgica intensa) em casos mais raros e graves. 

Quais os efeitos colaterais do Xolair?

Os efeitos colaterais do tratamento com Xolair podem incluir sonolência ou tontura. Por isso, não se deve conduzir veículos e nem operar máquinas após o uso.

Ele ainda pode causar: 

  • Dores de cabeça; 
  • Febre; 
  • Sinusite; 
  • Dores nos ossos ou músculos; 
  • Nariz entupido; 
  • Inchaço, coceira, dor ou vermelhidão no local de aplicação da injeção; 
  • Infecções e inflamações no sistema respiratório; 
  • Queda da pressão arterial; 
  • Desmaios; 
  • Enjoos e vômitos; 
  • Diarreia; 
  • Feridas na pele; 
  • Tosse; 
  • Formigamento dos membros; 
  • Queda de cabelo; 
  • Anafilaxia. 

Anafilaxia 

A anafilaxia  é uma reação alérgica grave que acontece quando há contato com alergênicos (como picadas de insetos e medicamentos) que sensibilizaram o sistema imunológico. 

Ela tem ação rápida (entre poucos minutos e 2 horas depois do contato) e causa sintomas como dores no tórax, dificuldade para respirar, tonturas, enjoos, vômitos, diarreias e inconsciência. 

Entre 30 minutos e 1 hora após esses sintomas se manifestarem, podem surgir outros, como  paradas cardíacas ou respiratórias, além de falências de partes do corpo ou óbito. 

Contraindicações: quem não deve usar Xolair?

Esse medicamento contém açúcar e por isso deve ser usado com cautela por pacientes que possuem diabetes

Grávidas e pessoas com problemas renais também devem usar tal remédio com precaução para evitar complicações ou agravamentos de quadros clínicos anteriores.  

Idosos acima de 65 anos e crianças abaixo de 6 anos, além de mulheres que estão amamentando devem usar o medicamento com precaução, sempre avaliando, junto com a equipe médica, os benefícios e riscos da medicação.

Xolair engorda?

Em alguns casos, sim. A bula do medicamento indica que embora seja uma reação adversa incomun (acontece entre 0,1% e 1% dos pacientes), Xolair pode contribuir para o aumento de peso corporal.

Preço e onde comprar

A única farmacêutica que comercializa Xolair no Brasil é a Novartis. A apresentação exclusiva para uso hospitalar (seringa) não possui preço, já que a comercialização é direta com redes de hospitais e clínicas autorizadas. 

Já a versão que contém 1 frasco-ampola com pó liofilizado de uso subcutâneo e 1 ampola com 2mL de diluente pode ser encontrada por um preço médio de R$ 2.852,00*. Ela pode ser solicitada em farmácias e laboratórios farmacêuticos. 

*Preço pesquisado no Consulta Remédios em novembro de 2019. Os valores podem sofrer alterações.


Xolair é um fármaco indicado para tratar a asma alérgica e a urticária crônica espontânea. Esse medicamento é polêmico e divide a opinião de pesquisadores. 

Por isso, o correto é sempre seguir as orientações médicas e esclarecer todas as dúvidas com um(a) profissional de saúde. A redação do Minuto Saudável traz outras informações sobre remédios. Acompanhe nossas postagens e tenha mais qualidade de vida.


Minuto Saudável: Somos um time de especialistas em conteúdo para marketing digital, dispostos a falar sobre saúde, beleza e bem-estar de maneira clara e responsável.