Breno H. M. (Minuto Saudável)
16/05/2019 08:00

Vacina antitetânica: saiba se há reações e efeitos colaterais

O tétano é uma doença extremamente perigosa, que pode causar a morte em poucos dias.

Ele é resultado da infecção pela bactéria Clostridium tetani, que produz uma toxina que afeta o sistema nervoso central e pode causar paralisia e contrações musculares involuntárias muito fortes.

Essa bactéria está presente em todo o mundo e pode ser encontrada facilmente.

Qualquer corte pode ser uma abertura para que ela entre em seu organismo. Para proteger-se do tétano, você pode tomar a vacina antitetânica.

Leia mais!

Índice – neste artigo você encontrará as seguintes informações

  1. O que é a vacina antitetânica?
  2. Para que serve a vacina antitetânica?
  3. Quais vacinas existem contra o tétano?
  4. Como a vacina antitetânica atua no organismo
  5. Quando tomar a vacina antitetânica?
  6. Quanto tempo dura o efeito da vacina antitetânica?
  7. Preço da vacina antitetânica
  8. Onde encontrar a vacina antitetânica?
  9. Efeitos colaterais da vacina antitetânica: tem reação?
  10. Contraindicações da vacinação
  11. Grávida pode tomar vacina antitetânica?
  12. Perguntas frequentes

O que é a vacina antitetânica?

A vacina antitetânica é uma técnica para a imunização de pessoas contra o tétano, uma doença bacteriana. Ela é feita a partir da toxina tetânica, que por métodos químicos é transformada no toxoide tetânico.

A toxina é alterada quimicamente para que deixe de ter o efeito tóxico, mas permite que o organismo adquira resistência da mesma forma.

Quando alguém é contaminado por tétano, a toxina causa muitos danos e o corpo não consegue ficar imune antes da morte. No caso do toxoide, o organismo pode aguentar com maior tranquilidade.

Essa vacina, que é intramuscular e confere imunidade a 95% dos pacientes, é dada em 5 doses diferentes no decorrer da infância e uma sexta dose é aplicada na adolescência.

A partir de então, a vacina é recomendada uma vez a cada 10 anos para manter o organismo imune.

Desde a terceira aplicação a maioria das crianças já está imune, mas as doses extras podem ser necessárias.

Para que serve a vacina antitetânica?

A vacina antitetânica serve para evitar o tétano, uma doença nervosa causada pela toxina tetânica, produzida pela bactéria Clostridium tetani.

A toxina afeta o sistema nervoso central, causando severas contrações musculares que podem matar ao afetar o sistema respiratório e cardíaco.

Em alguns casos, essas dolorosas contrações são capazes de partir ossos.

A bactéria é muito comum e é frequente que ela entre em contato com feridas abertas, por isso a vacina é muito importante.

O tétano é uma doença que não tem cura garantida. Em alguns casos é possível eliminar a bactéria, o que acaba com a produção da toxina, mas o que já estiver no corpo deve ser metabolizado.

A doença é bastante destrutiva para o organismo e, depois de contraída, há poucos recursos terapêuticos. A prevenção por meio da vacinação evita que as pessoas contraiam o tétano e consequentes riscos à vida.

Quais vacinas existem contra o tétano?

A vacina contra o tétano é uma só, mas ela está disponível em algumas combinações.

Para crianças, normalmente, a vacina que protege contra o tétano é a DTP, também chamada de tríplice bacteriana. Ela não é uma combinação de 3 vacinas: de difteria, tétano e pertussis.

Quando se é adulto, a vacina que protege do tétano é a dT ou a ATT.

A dT é uma combinação da vacina contra tétano e da vacina contra a difteria. A ATT é a vacina apenas contra o tétano.

Mas o componente que torna a pessoa imune ao tétano é o mesmo nas 3: o toxoide tetânico.

Como a vacina antitetânica atua no organismo?

O toxoide tetânico, que é uma versão quimicamente alterada da toxina tetânica, é introduzido ao corpo e o sistema imunológico entra em ação.

A substância não causa os efeitos danosos da toxina, por isso a aplicação é segura, mas o sistema imunológico age da mesma forma.

As células imunológicas atacam o toxoide e criam anticorpos apropriados para destruí-los.

Cópias desses anticorpos são guardadas pelo sistema imunológico, que estará pronto para produzi-los em grande escala caso a toxina apareça no organismo no futuro, neutralizando a contaminação.

Quando tomar a vacina antitetânica?

Existem 2 situações em que se toma a vacina antitetânica. Uma delas é pelo calendário de vacinação e a outra, quando há risco de contaminação e a pessoa não está imunizada.

Leia mais: Por que devo vacinar meu filho contra o HPV?

Calendário de vacinação

No calendário de vacinas, a antitetânica está presente na vacina tríplice bacteriana, a DTP (Difteria, Tétano e Pertussis).

Ela é tomada em 5 doses durante os primeiros 5 anos de vida da criança.

A primeira dose é dada aos 2 meses de idade. A segunda é aos 4 meses e a terceira é aos 6 meses.

Depois disso, considera-se que a criança está imunizada, mas são realizadas mais 2 vacinações de reforço.

O primeiro dos reforços é dado aos 15 meses de idade, pouco depois de a criança completar 1 ano. Já o segundo reforço deve ser aplicado aos 4 anos de idade.

A vacina tríplice não deve ser usada em pessoas com mais de 6 anos de idade. Já a antitetânica sozinha, ou apenas em combinação com a vacina contra a difteria, pode e deve ser renovada a cada 10 anos.

Após ferimentos e cortes

Quando a pessoa não está imunizada e sofre um ferimento ou corte, existe o risco de a bactéria do tétano contaminar a ferida.

Ela está presente no solo e é muito comum, portanto, quando isso acontece, a vacinação antitetânica deve ser feita imediatamente.

Caso haja dúvidas quanto à imunização do paciente, a vacina é aplicada como precaução.

Quanto tempo dura o efeito da vacina antitetânica?

O efeito da vacina antitetânica é de aproximadamente 10 anos, mas quando ocorrem ferimentos ou cortes, ela é reaplicada se o paciente a tomou há mais de 5 anos. Depois disso, é recomendável que haja a renovação da vacina para que o paciente se mantenha imune a essa doença, que é muito grave.

Você pode renovar a vacina em qualquer posto de saúde.

A vacinação contra tétano também é aplicada no tratamento de cortes profundos que apresentam grande risco de contaminação quando não se sabe o estado de imunidade do paciente.

Preço da vacina antitetânica

Não é possível comprar a vacina antitetânica. Você pode recebê-la gratuitamente nas Unidades Básicas de Saúde (UBS, os postinhos).

Entretanto, quando existe atendimento em hospitais particulares, ela pode ser cobrada, e custa em torno de R$ 100 por dose, podendo variar.

Onde encontrar a vacina antitetânica?

Você pode encontrar a vacina antitetânica em hospitais e postos de saúde. Ela está disponível pelo SUS, tanto para pessoas com ferimentos que não sabem se estão imunes quanto para pessoas que precisam de renovação da imunidade.

Efeitos colaterais da vacina antitetânica: tem reação?

Os efeitos colaterais da vacina antitetânica são fracos e costumam ser apenas locais, apresentando vermelhidão e dor na área da injeção.

Entretanto, alguns outros efeitos podem estar presentes em certos casos. São eles:

Recomenda-se descanso após a aplicação da vacina antitetânica.

Contraindicações

A vacina antitetânica é contraindicada para as pessoas que são alérgicas a algum componente da fórmula, além de nos casos em que o paciente está com febre ou com infecções.

Essa restrição existe porque se o sistema imunológico do paciente está lidando com uma infecção, colocar o toxoide no organismo forçará as células imunológicas a dividir os esforços, o que pode dificultar a cura da contaminação anterior.

Gestantes devem falar com o médico antes do uso da vacina antitetânica.

Grávida pode tomar vacina antitetânica?

Sim! Entretanto, existem alguns cuidados antes da aplicação.

A grávida não pode tomar a vacina tríplice, que é recomendada apenas para crianças. Ela pode tomar a vacina dT, que protege contra difteria e tétano, e também a vacina exclusiva para tétano.

É importante lembrar também que a gestante só pode tomar a vacina contra tétano se não recebeu um reforço nos últimos 5 anos. Caso isso tenha acontecido, a vacinação não é necessária.

Entretanto, é importante falar com seu médico antes, já que pode haver restrições específicas de seu caso.

Leia mais: Grávida pode tomar paracetamol? Saiba a dosagem e riscos

Perguntas frequentes

Vacina antitetânica dói?

No momento da vacinação só existe a dor da picada. Depois, é possível que exista alguma dor na região, mas ela não é forte.

Vacina antitetânica dá febre?

Raramente, sim. Entretanto, as reações relacionadas à vacina antitetânica costumam estar relacionadas ao local da picada, com vermelhidão ou dor leve.

Tenho que tomar quantas doses da vacina antitetânica?

No calendário de vacinas estão 6 doses da vacina antitetânica. As 5 primeiras são dadas ainda na infância, contidas na tríplice bacteriana (a DTP), até os 5 anos de idade. Depois disso, aos 15, existe uma sexta dose, de reforço.

A partir dos 15 anos, recomenda-se que a vacina seja reforçada uma vez a cada 10 anos para garantir a imunização constante.

Vacina antitetânica é a mesma coisa que o soro antitetânico?

Não! O soro antitetânico é composto por imunoglobulinas (anticorpos) específicas para neutralizar a toxina. Normalmente são produzidas a partir de células de cavalos e por isso é mais comum que causem efeitos colaterais, como reações alérgicas.

O soro antitetânico só deve ser usado no lugar da vacina quando não há acesso ao toxoide tetânico ou quando não existe certeza se já se passaram 5 anos da última vacinação.

Pessoas vacinadas estão totalmente imunes ao tétano?

Não. A vacina antitetânica é extremamente eficiente e dificulta muito que a doença se instale, mas isso é possível em alguns casos.

Para melhorar ainda mais suas chances de imunidade, lembre-se de lavar bem qualquer corte na sua pele.


A vacina antitetânica é muito importante para garantir a imunidade contra uma doença extremamente séria como é o tétano.

Compartilhe este texto com seus amigos para que eles aprendam mais sobre essa vacina!

16/05/2019 09:51

Breno H. M. (Minuto Saudável)

Somos um time de especialistas em conteúdo para marketing digital, dispostos a falar sobre saúde, beleza e bem-estar de maneira clara e responsável. Confira mais na nossa página de quem somos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*