Sabe aquela bebida que tem gosto de casa de vó? É o próprio chá de tanchagem! A planta nasce no quintal de casa e é uma excelente aliada no tratamento e prevenção de diversas doenças. Sendo que é anti-inflamatória, analgésica, cicatrizante, desintoxicante e antioxidante.

Por ser uma planta muito rica em nutrientes e ter diferentes princípios ativos, a tanchagem age em todo o organismo como um verdadeiro remédio natural. Tanto que faz parte da Relação Nacional de Plantas Medicinais de Interesse ao Sistema Único de Saúde (Renisus), sendo recomendada para diversos tratamentos.

Pensando nisso, listamos 10 motivos que vão te fazer incluir a erva no seu dia a dia, confira! 

Índice – Neste artigo, você vai ler:

  1. Como e onde encontrar tanchagem?
  2. Benefícios da tanchagem? 
  3. Contraindicações da tanchagem 
  4. Modo de preparo e consumo

Como e onde encontrar tanchagem?

Da mesma forma que a tanchagem é uma planta multifunções, também tem vários nomes e você pode encontrá-la como:

  • Plantago major (nome científico);
  • Tansagem;
  • Transagem;
  • Tanchás;
  • Sete nervos;
  • Plantagem. 

Mas a melhor parte é que você pode encontrá-la até no seu quintal, já que ela cresce com frequência junto a outras plantas. Além disso, a planta também pode ser achada facilmente em lojas de produtos naturais, farmácias, mercados e no Consulta Remédios.

Benefícios da tanchagem

Assim como é rica em diversos nutrientes positivos para a saúde do corpo, é um excelente aliado para problemas que vão desde gripe até fígado, útero e infecção urinária. Sendo assim, vale a pena conferir 10 benefícios do chá de tanchagem: 

  • É expectorante e descongestionante, aliviando a tosse e os sintomas gripais; 
  • É anti-inflamatória, analgésica e antibacteriana, atuando no tratamento, alívio e prevenção de diversas doenças e dores;
  • Alivia sintomas gastrointestinais como a azia, a prisão de ventre e a diarreia, por ser digestiva e laxativa;
  • Tem ação cicatrizante em casos de queimaduras, feridas e furúnculos na pele
  • Atua na coagulação do sangue, melhorando a circulação e a quantidade de células no organismo; 
  • É diurética, reduzindo a retenção de líquidos no corpo e controlando o inchaço 
  • Alivia problemas no fígado;
  • É uma excelente aliada para o cuidado com o útero, tendo efeitos positivos também em sintomas da Tensão Pré-Menstrual (TPM);
  • Atua em infecções urinárias
  • Pode ser utilizada no tratamento de aftas, amigdalite, laringite e faringite;

Portanto, além de ajudar no controle e alívio de diversos sintomas, também auxilia na prevenção de doenças e no fortalecimento do organismo. Por fim, a tanchagem tem efeito desintoxicante, fazendo uma verdadeira limpeza em todo o organismo.


Contraindicações da tanchagem  

Em primeiro lugar, grávidas não devem tomar o chá de tanchagem! Sendo que é importante frisar que grande parte dos chás e medicamentos não é indicado para gestantes e lactantes. Nesses casos, a avaliação de riscos x benefícios deve ser feita junto ao profissional de saúde. 

Leia mais em Chás que grávidas não podem tomar: veja quais são | MS (minutosaudavel.com.br)

Além disso, pessoas com problemas no coração também não devem tomar o chá de tanchagem. 

Entretanto, uma opção possível para substituir a tanchagem para sintomas gripais, por exemplo, é a combinação de mel, limão e gengibre. Da mesma forma, para outros sintomas, há alternativas naturais que podem ajudar. 

Por ser uma planta medicinal, seu uso também pode causar efeitos colaterais como sonolência, cólica e desidratação. Então, vale observar como seu organismo se adapta e sempre conversar com um profissional de saúde.

Modo de preparo e consumo

É possível utilizar as folhas frescas ou secas para o chá de tanchagem.

Apesar de parecer simples preparar o chá de tanchagem, é importante seguir uma dica muito básica: não ferva a folha com a água, pois isso vai deixar o chá amargo (experiência própria)! 

Dito isso, para cada 150ml de água, você vai adicionar, aproximadamente, 4g de tansagem (uma a duas colheres). Em um recipiente, coloque as folhas e a água fervente. Deixe tampado por 3 minutos antes de coar. É possível fazer uma quantidade maior, guardar na geladeira e tomar durante toda a semana. 

Outra opção é utilizar a folha da tanchagem na alimentação, como tempero para a salada, em sopas ou em legumes cozidos. Desde que tenha o cuidado para incluí-la ao fim do preparo para que não fique amarga. 


Por fim, vale lembrar que tudo em excesso pode fazer mal ao organismo e cada corpo é único. Por isso, busque se conhecer, entender o que te faz bem e o que é melhor evitar. 

Nesse caso de medicina natural, é importante que um profissional de saúde te oriente sobre o que é positivo para você. A tanchagem é uma ótima aliada para a saúde, desde que consumida corretamente. 

Se você gostou deste conteúdo e se interessa pelo tema, siga acompanhando os conteúdos do Minuto Saudável.

Fontes consultadas:


Minuto Saudável: Somos um time de especialistas em conteúdo para marketing digital, dispostos a falar sobre saúde, beleza e bem-estar de maneira clara e responsável.