A infertilidade é um problema que afeta a saúde sexual de diversas pessoas no mundo. Em alguns casos, ela pode ser causada pela falta de hormônios de fertilidade, por exemplo.

Para isso, existem medicamentos como o Pergoveris, que atuam no combate a essa condição.

Conheça mais sobre o medicamento!

Índice — Neste artigo você vai encontrar:

  1. O que é Pergoveris?
  2. Para que serve o medicamento pergoveris?
  3. Como aplicar Pergoveris caneta (pen)?
  4. Quais os efeitos colaterais presentes na bula?
  5. Pergoveris engorda?
  6. Preço: qual o valor de Pergoveris 150ui e 300ui?
  7. Alfafolitropina + Alfalutropina tem no SUS ou no Rol da ANS?
  8. Como orçar Pergoveris?

O que é Pergoveris?

Pergoveris é o nome comercial da associação dos princípios ativos Alfafolitropina e Alfalutropina, hormônios fabricados de forma sintética.

É um medicamento fabricado pela Merck — empresa farmacêutica — e utilizado no tratamento de mulheres que não ovulam, por sofrerem com falta de hormônios de fertilidade (FSH e LH). 

É administrado via injeção subcutânea. Em geral, no organismo, o FSH atua estimulando a produção de óvulos e o LH, sua liberação. 

Para que serve o medicamento pergoveris?

O Pergoveris serve para induzir a ovulação em mulheres que não ovulam, por conta da baixa produção dos hormônios da fertilidade FSH (Hormônio folículo-estimulante) e LH (Hormônio luteinizante). Ele faz parte do grupo de hormônios Gonadotrofinas, que estão relacionados com o processo de reprodução. 


A ovulação é uma das fases do processo de menstruação feminina, em que há a liberação de geralmente 1 óvulo para a fecundação.  

Após liberado, o óvulo é deslocado até a tuba uterina, em que pode ser fecundado ou, caso não ocorra, ser posteriormente liberado pela menstruação.

Esse processo possibilita a fertilização, logo, o desenvolvimento de uma gestação. 

Como aplicar Pergoveris caneta (pen)?

O Pergoveris é administrado via subcutânea, por meio de uma caneta injetora.

É indicado realizar a aplicação em um local diferente a cada dose, para minimizar as chances de irritação no local.

Para a administração, são necessários três passos: preparar a caneta, preparar a dose e realizar a injeção. 

Preparação Caneta para injeção

Para preparar a caneta, existem alguns passos:

  • Remova a tampa protetora da caneta;
  • Acople a agulha nova, fornecida na embalagem, à caneta;
  • Remova a tampa protetora da agulha;
  • Segure a caneta com a agulha para cima e remova cuidadosamente a proteção interna verde.

Uma gota do líquido deverá aparecer na ponta da agulha. Caso não ocorra, siga as instruções:

  • Gire o botão de regulagem no sentido horário, até que o visor marque 25;
  • Segure a caneta com a agulha virada para cima;
  • Dê leves toques no suporte do reservatório;
  • Pressione completamente o botão de regulagem da dose;
  • Uma pequena gota aparecerá na ponta da agulha.

Preparação dose 

Para preparar a dose, basta girar o botão de regulagem até o valor determinado pelo(a) médico(a) responsável.

Injeção da dose

De acordo com a bula, para a injeção, os passos são:

  1. Limpe a região em que o medicamento será aplicado, com um algodão embebido em álcool;
  2. Introduza lentamente a agulha na pele;
  3. Pressione de forma lenta e completa o botão de regulagem da dose, para que seja aplicada de forma integral;
  4. Mantenha o botão pressionado por, no mínimo, 5 segundos, para certificar-se de que injetou a dose de forma integral;
  5. Retire a agulha de pele, mantendo o botão de regulagem da dose pressionado até que ela esteja completamente removida.

Após a aplicação, o número no visor retornará a 0.

Siga sempre as orientações do seu médico(a)!

Quais os efeitos colaterais presentes na bula?

Assim como grande parte dos medicamentos, o Pergoveris pode provocar efeitos colaterais em algumas pessoas.  

As reações adversas muito comuns presentes na bula, são:

Já entre as reações comuns, estão:

  • Dor abdominal;
  • Dor nas mamas;
  • Dor pélvica;
  • Irritação no local da injeção;
  • Náusea;
  • Vômito;
  • Diarreia;
  • Cólicas abdominais;
  • Distensão abdominal.

Se administrado juntamente com o hormônio HCG (gonadotrofina coriônica humana), há a possibilidade de desenvolvimento da Síndrome de Hiperestimulação Ovariana — formação de cistos ovarianos.

Vale lembrar que cada organismo reage de forma diferente ao medicamento e, assim, não necessariamente todas as pessoas sofrerão com efeitos colaterais.

Pergoveris engorda?

Não necessariamente. O aumento de peso não é um efeito colateral direto do uso isolado do medicamento.

Contudo, o Pergoveris é um tratamento que atua em hormônios femininos, o que, assim como outros, pode causar retenção de líquido e a sensação de inchaço.

Em geral, o aumento significativo de peso ocorrerá apenas caso haja complicações como o desenvolvimento de Síndrome de Hiperestimulação Ovariana durante o uso da medicação. 

Preço: qual o valor de Pergoveris 150UI e 300UI?

O preço do Pergoveris pode variar de acordo com a localização geográfica e estabelecimento de compra. Ele pode ser encontrado em farmácias físicas e online.

Em geral, o medicamento custa*:

  • Pergoveris 150UI — R$325;
  • Pergoveris 300UI — R$690;
  • Pergoveris 450UI — R$1.097;
  • Pergoveris 900UI — R$2.182.

*Preços consultados em fevereiro de 2020. Os valores podem sofrer alterações.

Caso haja a necessidade de comparar preços, pode ser utilizado o site do Consulta Remédios, que fornece os valores da medicação em diversas farmácias de cada região. 

Alfafolitropina + Alfalutropina tem no SUS ou no Rol da ANS?

Não. A associação de Alfafolitropina e Alfalutropina não faz parte da Relação Nacional de Medicamentos Essenciais (RENAME), ou seja, não participa da lista de medicamentos fornecidos pelo SUS.

Já o rol da ANS é a lista de procedimentos mínimos (exames, cirurgias, consultas) que os planos de saúde são obrigados a cobrir para clientes. 

O tratamento hormonal com Alfafolitropina junto à Alfalutropina não faz parte dessa lista. 

Porém, pacientes que tenham prescrição médica e não possam arcar com os custos da medicação podem entrar com uma ação judicial, na tentativa de conseguir o custeio do fármaco pelo Estado ou plano privado.

Nesse caso, é necessário a apresentação de alguns documentos como laudo médico, exames e orçamentos em 3 farmácias diferentes.

Como orçar Pergoveris?

Para casos em que o SUS não forneça uma medicação e o(a) paciente não tenha condições financeiras de arcar com os custos, é possível entrar na justiça solicitando a cobertura do tratamento.  

Para isso, é necessário abrir um processo judicial e apresentar alguns documentos, que incluem:

  • Laudo Médico;
  • Exames;
  • Requerimento;
  • Orçamento em 3 farmácias diferentes.

Para a realização do orçamento, é possível obter auxílio na Assessoria de cotação de medicamentos de alto custo, que faz uma cotação personalizada de forma simples e rápida.


A infertilidade é um problema que afeta a vida de diversas pessoas, propiciando, em alguns casos, a busca intensa por alguma solução. 

Por isso, com o avanço das tecnologias, cada vez mais tratamentos estão sendo desenvolvidos com o objetivo de resolver tal condição. 

É o caso do Pergoveris, que induz a ovulação em mulheres com problemas hormonais, facilitando, dessa forma, a gravidez.

Quer saber mais sobre o assunto? O Minuto Saudável tem outros conteúdos sobre medicações e gravidez para você. Confira!


Minuto Saudável: Somos um time de especialistas em conteúdo para marketing digital, dispostos a falar sobre saúde, beleza e bem-estar de maneira clara e responsável.