A ejaculação precoce costuma gerar dúvidas em muitos homens, sobretudo na época da adolescência. O medo ou receio quanto ao tema, junto com a desinformação, faz com que o ato sexual seja, muitas vezes, carregado de ansiedade.

Índice — neste artigo você irá encontrar as seguintes informações:

  1. O que é Ejaculação Precoce?
  2. Tipos
  3. Causas
  4. Fatores de risco
  5. Quais são os sintomas?
  6. Diagnóstico
  7. Tratamentos para Ejaculação Precoce
  8. Tratamento natural para ejaculação precoce: como resolver?
  9. Complicações
  10. Como conviver com o problema
  11. Como evitar a Ejaculação Precoce

O que é Ejaculação Precoce?

A ejaculação precoce é um assunto que preocupa muitos dos homens. Acredita-se que cerca de 20 a 30% deles sofrem com o problema. A EP ocorre quando o orgasmo vem antes do tempo desejado durante a relação sexual.

É normal que isso aconteça uma, duas vezes, mas quando o problema se torna rotina é necessário ir ao médico.

Acredita-se que um a cada três homens tem a ejaculação precoce, causando desconforto na relação, pois ele fica envergonhado com o seu desempenho e a (o) parceira (o) fica insatisfeita pois não conseguiu chegar ao orgasmo. A ejaculação precoce pode acontecer também durante a masturbação.

Tipos

A ejaculação precoce pode ser chamada de primária ou secundária.

As principais características da primária são:

A primária é relacionada com os problemas identificados durante toda a vida do paciente, e afeta cerca de 65% dos casos de ejaculação precoce. Ainda há a EP a que ocorre antes mesmo da penetração, quase 50% dos homens são afetados com o problema.

  • Os sintomas costumam aparecer desde a primeira relação sexual;
  • Em quase 90% dos casos, a ejaculação ocorre em menos de 1 minuto de penetração;
  • Com o avanço da idade, o problema tende a se agravar.

As principais características da secundária são:

A secundária é quando a ejaculação precoce ocorre depois de algum problema ou trauma. Esses problemas podem ser doenças como hipertiroidismo, fimose, hipersensibilidade da glande e também problemas neurológicos, psicológicos ou advindos de medicamentos.


A ejaculação secundária pode surgir, ainda, depois de uma prostatite, uma inflamação que ocorre na próstata. Ao tratar do problema com antibióticos o problema pode ser resolvido, mas se não houver tratamento, a EP pode ser intensificada.

Também é situado como secundária quando ocorre sempre a ejaculação precoce com a mesma pessoa.

Causas

Acredita-se que a ejaculação precoce pode ocorrer por alguns motivos, como fatores biológicos, como a diabetes, ou psicológicos.

Os fatores psicológicos são os que mais incomodam, pois se tratam de insegurança na maioria das vezes. Essa insegurança se deve a cobrança que é gerada em cima dos homens desde a primeira relação sexual.

Eles acreditam que precisam desde o início ter um ótimo desempenho para agradar a parceira ou então para provar como são “bons de cama”.

Os fatores biológicos mais conhecidos são:

  • Distúrbios na tireoide;
  • Fatores genéticos;
  • Inflamação ou infecção na próstata ou uretra;
  • Níveis hormonais acima do normal;
  • Níveis de neurotransmissores acima do normal;
  • Atividade anormal do sistema ejaculatório;
  • Danos no sistema nervoso causados por experiências traumáticas ou cirúrgicas.

Os fatores psicológicos que estão envolvidos na EP são:

  • Ansiedade;
  • Disfunção erétil;
  • Problemas no relacionamento;
  • Uso de medicamentos psicotrópicos.

Fatores de risco

Existem dois fatores que podem causar a ejaculação precoce mais facilmente:

  • Estresse: A instabilidade mental e, principalmente, emocional faz com que a concentração não seja completa. O mesmo acontece com o relaxamento, fazendo com que a EP seja recorrente.
  • Disfunção erétil: Homens que tenham problema em ter ou manter uma ereção podem fazer com que a ejaculação ocorra rapidamente.

Quais são os sintomas?

Os sintomas mais comuns da ejaculação precoce são:

  • Frustração e evitar a relação sexual, bem como a masturbação;
  • Não conseguir retardar a ereção durante o ato sexual;
  • Dificuldade em segurar a ereção com menos de um minuto de penetração.

Diagnóstico

O médico indicado para a consulta em casos de ejaculação precoce é o urologista ou o psiquiatra. A consulta só vale a pena se os eventos ocorrerem com certa frequência.

Se a ejaculação precoce ocorrer apenas uma ou duas vezes é algo considerado natural, e pode ter como causa o  estresse ou outro problema momentâneo.

Os especialistas afirmam que uma ejaculação normal acontece, em média, cinco minutos após o início da penetração. Para a ejaculação ser considerada precoce, ela deve ocorrer entre o primeiro e o segundo minuto de penetração. Ou até mesmo antes da penetração acontecer.

Na consulta médica, o doutor fará uma série de perguntas sobre a relação sexual, sobre a sua ejaculação e até mesmo sobre como está o seu relacionamento, pois muitas vezes os fatores são psicológicos.

Uma outra função do médico é acalmar o paciente, pois muitos homens tem vergonha de assumir o problema. No consultório, o médico é acostumado a atender diversas outras pessoas com o mesmo problema, até porque a ejaculação precoce é algo muito comum.

Para que o diagnóstico seja dado, é necessário realizar um exame físico completo, além da conversa. Exames de sangue podem ser solicitados para que o médico possa avaliar o nível de testosterona na corrente sanguínea do paciente.

Tratamentos para ejaculação precoce: como cuidar?

O tratamento para ejaculação precoce pode ser feito de diversas formas. É sabido que se os homens devem ter o apoio de suas parceiras (os), pois o lado emocional relaxa e o homem consegue se concentrar mais.

Além disso, é possível que os homens trabalhem outras técnicas que não sejam a penetração, como o sexo oral.

Abaixo, informaremos as técnicas mais conhecidas e praticadas pelos homens que sofrem da ejaculação precoce.

Hipnose

A hipnose foi comprovada como um método efetivo. Estudos dizem que a ejaculação é um ato subconsciente e, diante disso, as sessões de hipnose servem para que a ereção dure mais tempo. Os homens que participam desse tratamento disseram que houve uma melhora significativa depois que começaram o tratamento.

Terapia sexual

A terapia sexual é o ato de se masturbar um tempo antes da relação sexual, para fazer com que a ereção permaneça por mais tempo durante o sexo. Descobrir outras fontes de prazer, além da penetração, é uma boa forma de garantir um tempo a mais e tirar a pressão do homem.

Método ”começa e para” ou exercícios penianos

Esse método consiste em estimular o homem sexualmente até que ele sinta que está quase atingindo o orgasmo. Quando ele sentir isso, a estimulação deve ser interrompida por 30 segundos. Após esse tempo, ela deve ser iniciada novamente. Assim, o orgasmo é retardado até o momento da ejaculação.

Técnica do aperto

A técnica é bem parecida com o método começa e para. Após o estímulo e a sensação de que a ejaculação está próxima, é recomendado parar e apertar suavemente, por vários segundos, a parte final do pênis (onde a glande se encontra com o eixo).

Feito isso, interrompa por 30 segundos e volte a penetração ou a masturbação até que o orgasmo venha. Essa técnica pode ser feita várias vezes e, geralmente, o homem espera sua parceira ou parceiro também atingir o orgasmo para, aí sim,  também ejacular.

Tratamento medicamentoso

O último tratamento é feito com medicamentos que prolongam a ejaculação. Antidepressivos podem ser usados, assim como pomadas anestésicas para diminuir a sensibilidade.

Os medicamentos indicados aos pacientes de ejaculação precoce são:

O médico sempre deverá ser consultado antes desses medicamentos serem utilizados. A automedicação pode trazer sérios problemas de saúde aos pacientes. É indicado seguir as instruções que há na bula.

Tratamento com alimentos específicos

Existem alguns alimentos que podem ajudar no tratamento da ejaculação precoce. Leites, ovos e derivados são indicados, pois podem trazer a sensação de felicidade, causando o relaxamento do corpo.

O espinafre também ajuda, pois é um aliado para combater a ansiedade. O mesmo ocorre com as frutas cítricas que, além de diminuírem a ansiedade, trazem a sensação de bem estar ao corpo inteiro.

Massagem tântrica

Nesse tipo de massagem, o paciente é relaxado e estimulado a controlar a ejaculação. A massagista faz movimentos leves no pênis, no períneo, testículos e em outras regiões erógenas.

Aumentar o tempo das preliminares

Aumentar o tempo das preliminares é uma forma de excitar a mulher e garantir mais tempo na cama, visto que não há penetração. Realizar essa atividade também permite que a mulher atinja o orgasmo mais rapidamente.

Exercícios

Exercitar o músculo do assoalho pélvico, conhecido como PC, é uma outra forma de tratar a ejaculação precoce. O exercício deve ser feito quando for urinar. Ele consiste em tentar interromper o xixi durante 5 segundos. Ao conseguir controlar a urina, é possível também controlar o orgasmo.

Ervas

Leite de aspargos, cebolas brancas, inhame selvagem, flor da paixão e o chá de cravo são ervas que podem auxiliar no tratamento da EP. Tomar o chá de cravo duas vezes ao dia pode trazer bons resultados.

Diminuir o cigarro, a ingestão de álcool e o consumo de drogas

Há estudos que afirmam que o cigarro, o álcool e também as drogas afetam a ejaculação precoce e a ereção. Diminuindo o consumo de ambos os produtos, pode-se garantir um melhor desempenho do homem.

Atenção! 

NUNCA se automedique ou interrompa o uso de um medicamento sem antes consultar um médico. Somente ele poderá dizer qual medicamento, dosagem e duração do tratamento é o mais indicado para o seu caso em específico. As informações contidas nesse site têm apenas a intenção de informar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um especialista ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Siga sempre as instruções da bula e, se os sintomas persistirem, procure orientação médica ou farmacêutica.

Tratamento natural para ejaculação precoce: como resolver?

Todos os distúrbios ou disfunções do organismo devem ser tratadas e acompanhadas por médicos(as) especialistas. Assim, o tratamento deve sempre consistir em métodos para amenizar o problema.

Uma das possibilidades naturais ou não farmacológicas para resolver ou reforçar o tratamento da ejaculação precoce é por meio do relaxamento ou cuidado com a saúde mental. Isso porque a disfunção está, também, bastante associadas aos fatores emocionais e mentais.

Ter conversas e boa relação com a pessoa parceira, encontrar terapias relaxantes, evitar fazer sexo em dias bastante cansativos (física e mentalmente) podem ser opções eficazes.

Além disso, maneiras de relaxar são bem diversificadas e podem ser feitas em casa, como o uso de chás, massagens e até atividades de lazer.

Os exercícios físicos e a boa alimentação também têm um peso relevante no tratamento.

Complicações

A ejaculação precoce não traz riscos à saúde, mas a timidez e a complicação na vida à dois podem ocorrer por conta do problema. A EP também pode trazer problemas em relação a fertilidade. Em alguns casos, é preciso fazer tratamento para conseguir engravidar.

Como conviver com o problema?

Os homens que sofrem da EP devem realizar as técnicas ensinadas acima para que a ejaculação retarde. Se isso não obter efeito, é necessário consultar o psiquiatra ou psicólogo, pois o problema deve ser depressão ou ansiedade.

Como evitar a Ejaculação Precoce

Uma boa forma de evitar o problema é manter uma relação sincera com a sua dupla, havendo conversas sobre o tema e adequação às técnicas. O problema pode ser diminuído, não há fórmula exata para prevenir a ejaculação precoce, mas há técnicas que podem auxiliar, como:

  • Utilizar camisinha para que a sensibilidade do pênis seja maior;
  • Controlar a ansiedade;
  • Praticar as técnicas indicadas no tratamento;
  • Trocar a posição sexual em que você está acostumado a usar.

O Minuto Saudável está sempre disposto a tirar as suas dúvidas que possam surgir a partir da leitura dos nossos artigos. Compartilhe com seus amigos e parentes para que mais pessoas tenham acesso às informações que podem trazer uma melhor qualidade de vida a todos.


Minuto Saudável: Somos um time de especialistas em conteúdo para marketing digital, dispostos a falar sobre saúde, beleza e bem-estar de maneira clara e responsável.

Participe da discussão

34 comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

  1. Olá eu me chamo Marcio e gostaria de compartilhar minha experiencia, eu achei na internet um produto chamado viagra master e funcionou muito bem comigo, porém tenho que ficar sempre tomando, talvez se procurar uma ajuda é melhor, gostei muito do post de vocês e achei muito bom, muito obrigado.

    1. Olá João,

      Infelizmente, nós não podemos ajudar porque não somos uma clínica, apenas um portal sobre saúde e bem-estar. Recomendamos buscar uma clínica especializada em sua cidade.

  2. gostaria de saber se o medicamento que vcs tem e melhor que o viagra? eu não estou usando nenhum destes medicamentos tenho 60 anos e acho que que ja estou precisando tomar medicamentos,de um ano praca eu ja estou notando algo diferente na minhas relação sexual o penis não esta endurecendo muito como antes, tudo esta s acontecendo com mais rapidez antes demorava mais tempo agora,alguns diz que estão tomando viagra dizem que esta sendo bom se vcs tem algum melhor gostaria de comprar, eu tenho medo de comprar remedio e começar a fazer mal ou seja melhora uma coisa e prejudica em outro lado! eu quero um medicamento que deixa tranquilo.

    1. Olá Paulo,

      Nós não vendemos e nem recomendamos nenhum tipo de medicamento, apenas citamos no texto para fins informativos.

      Se você está tendo problemas para manter uma ereção, converse com seu urologista. Apenas ele será capaz de te explicar o que está acontecendo e qual tratamento é adequado para o seu caso.

      Desejamos melhoras.

  3. Muito boa discrição dos fatores e esclarecimento, as informações são ricas e claras, fico grato por todos esclarecimento. É possível manter uma rotina de tratamento para cura só e com a colaboração da parceira, e mesmo antes de buscar tratamento médico se concerta estabelecer metas no tratamento pessoal e em conjunto, e acima de tudo tendo (muita calma nessa hora). E agora é mão na massa…

  4. Super interessante, tenho apenas 21 anos de idade e já descobri isso em mim e agora preciso descobrir a causa e fazer tratamento. Eu irei fazer as técnicas que foram ensinadas aqui. Eu irei consular o site outras vezes para me orientar melhor e poder passar informações para outas pessoas.

  5. Eu tenho certos problemas não sei se exatamente seja físico ou mental pois eu quando estou com meu atual parceiro eu não consigo ter um bom desempenho, mais antes quando era solteiro mandava bem..
    Não sei se é medo. Mais é algo que vem me incomodando.
    Ótimas dicas e conselhos!

  6. Eu tenho esse problema, não consigo durar mais do que 10 minutos. Preciso de ajuda urgente

  7. esse e um grande problema que na maioria das vezes acaba deixando o homen em uma situaçao constrangedora por isso deve ser tratado imediatemente .

  8. olá eu sou o noé ,gostei das dicas ,espero que continuem a dar estas informações com certeza vão ajudar muita gente

  9. Boa tarde gostei muito, quase que é o único sitio que encontrei informações que me convenceram acredito que iram me ajudar.

  10. Olá bom dia!
    Obrigado pelo os vossos esclarecimentos pois eu estou mesmo a precisar de ajuda, vou tentar seguir as orientações em cima indicadas sem me automedicar.
    Se poderem indiquem um bom especialista do assunto obrigado

  11. Ótimo Artigo! Muito Obrigado por esclarecer sobre Ejaculação Precoce!

  12. No meu caso a ejaculação precoce foi motivo de quase o fim do meu casamento. Por insistência da minha esposa, e depois de passar muita vergonha, resolvi procurar ajuda, e hoje já estou bem melhor, consigo satisfazê-la. Mas confesso, é um problema bastante complicado, recomendo que todos que o enfrentam também busquem ajuda.

  13. apreciei bastante das informaçoões passada acima, ja ajuda de qualquer maneira doentil mas seguindo as instruções do dotor, con tudo devo dizer que : vos sos altruístas! por censibilizar, moralizar e capacitar de forma sumária os mais fragilizada na situação.

  14. Boa noite!
    Tenho 30 e convivo com esse problema a várias anos sou casado a 10 de uns tempo pra cá a coisa piorou drasticamente na maioria das vezes já ejaculo em menos de um minuto após a penetração, porém nas preliminares demoro alguns minutos, resolvir procurar um urologista e falar da minha situação, o mesmo me receitou um remédio chamado Pondera 20mg fazer uso uma vez por dia pela manhã após o café da manhã, como também me sugeriu fazer mais sexo oral por mais tempo com minha esposa, tanto para à satisfazer como eu. Espero que o remédio me ajude mesmo sabendo dos efeitos colaterais que são vários, e com as recomendações deste artigo que tentarei seguir_las. Alguém já fez uso deste medicamento? realmente serve para esse tipo de problema? o seu uso consegue eliminar ou retardar a EP, mesmo depois de um certo tempo suspendendo seu uso? Alguém indica alguma gel com efeito anestésico, pois tenho grade sensibilidade na glande, além de muita ansiedade.
    Por favor se alguém tiver dúvidas assim como eu me respondam ficarei grato.

  15. Muito bom o Artigo!
    O Pompoarismo masculino e a educação sexual somática tem diversas ferramentas como a massagem tântrica e taoísta para auxiliar em casos de ejaculação precoce, trazendo ferramentas de técnicas de respiração, meditação e aumento da capacidade orgástica de todos.

  16. Gostei imenso do conteúdo, aprendi bastante,obrigada que continuem assim.

  17. Primeiramente parabéns pelo seu artigo, gostei bastante da explicação, realmente você falou o que muitas pessoas que sofre desse problema precisa ouvir, eu escrevi um guia completo sobre ejaculação precoce no meu blog que falo basicamente isso também. Primeiramente as pessoas precisam entender que se você ejacular antes de um minuto por várias relações seguidas, pode ser sim sintomas de ejaculação precoce, porém isso acontece algumas vezes com algumas pessoas, e elas já acha que está com esse problema, e não está. Isso pode ser apenas algum fator psicológico.

  18. Ótimo artigo!! Esclareceu bastante as minhas dúvidas, obrigado!!

  19. Muito obrigado pela informação, ela é bastante rica. muitos homens passam pelo este sofrimento.
    O grande remédio é de facto ter muito poio da parceira.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *