Saúde

Abril Azul: campanha conscientiza sobre o autismo

Por Redação Minuto SaudávelPublicado em: 01/04/2019Última atualização: 02/05/2023
Por Redação Minuto Saudável
Publicado em: 01/04/2019Última atualização: 02/05/2023
cérebro formado por puzzle, com um fundo azul.cérebro formado por puzzle, com um fundo azul.
Publicidade
Publicidade

O Transtorno do Espectro Autista, também conhecido como Transtorno Autista, Autismo na Infância ou Autismo Infantil, foi descrito pela primeira vez em 1943 pelo médico Leo Kanner.

Após acompanhar 11 crianças com sintomas semelhantes, ele as diagnosticou com um distúrbio inato do contato afetivo, além de descrever de maneira cuidadosa e detalhada todos os sintomas expressos por esses pacientes.

Nessa descrição, haviam duas características essenciais para o diagnóstico: o isolamento social e o comportamento de insistência persistente.

Atualmente, de acordo com a Organização Mundial da Saúde, uma em cada 160 crianças é diagnosticada com autismo. No Brasil, cerca de 2 milhões de pessoas têm esse diagnóstico.

Para saber mais sobre Abril Azul, informações sobre a campanha, o que é o autismo e quais os sintomas, continue acompanhando o artigo!

Índice — Neste artigo você encontrará:

  1. O que é autismo?
  2. Sinais e sintomas
  3. Campanha Abril Azul

O que é o autismo?

O Transtorno do Espectro Autista (TEA) ou autismo, é uma condição que ocorre por falha no desenvolvimento cerebral (neurodesenvolvimento), que tem como características déficits na comunicação, interação social e comportamental.

Os sintomas aparecem logo no início do desenvolvimento da criança e são classificados como leve, moderado e severo.

  • Leve: os sintomas são menos intensos, permitindo que a pessoa afetada se comunique e se relacione com outras pessoas com relativa facilidade;
  • Moderado: os sintomas são significativos e a pessoa afetada precisa de suporte para se relacionar com outras pessoas e realizar atividades cotidianas;
  • Grave: os sintomas são graves e a pessoa afetada necessita de atenção e suporte tanto para a comunicação quanto para realizar atividades do dia a dia.

Diversas pesquisas científicas indicam que existem fatores que influenciam no desenvolvimento da criança e a deixam mais propensa a ter autismo, tais como questões ambientais, fisiológicas e genéticas.

Fundo azul, com uma fita com diversos puzzle coloridos.

Publicidade
Publicidade

Sinais e sintomas

Alguns sintomas de pessoas com autismo são:

  • Deficit na comunicação;
  • Isolamento social;
  • Dificuldade de estabelecer uma conversa;
  • Pouco contato visual;
  • Dificuldade em fazer amigos;
  • Comportamentos motores repetitivos;
  • Alinhar brinquedos;
  • Sofrimento com pequenas mudanças na rotina;
  • Padrões rígidos de pensamento;
  • Apego a objetos incomuns;
  • Reação contrária a sons ou texturas.

Se você se identificou com alguns dos sinais e sintomas acima, não deixe de buscar ajuda psicológica!

Publicidade
Publicidade

Campanha Abril Azul

No ano de 2007, a Organização das Nações Unidas (ONU) designou 2 de abril como o Dia Mundial da Conscientização do Autismo visando aumentar a conscientização em níveis social, familiar e em relação às crianças.

A campanha tem o objetivo de combater o preconceito e a discriminação por meio de informações, eventos e iniciativas focadas no Transtorno do Espectro Autista (TEA).

Leia maisAutismo em adultos: níveis, como identificar e tratar

Convivendo

O diagnóstico dessa condição possibilita que os pacientes tenham acompanhamento com profissionais que auxiliarão no desenvolvimento de todos os déficits apresentados.

Com base nisso, os pais podem buscar grupos de apoio para lidar melhor com os sintomas do filho ou filha, trocar experiências com outros pais e receber conforto diante das dificuldades.

Algumas medidas podem ajudar no convívio:

  • Comunicação: é um desafio para as pessoas com essa condição, portanto, usar frases curtas e diretas é eficaz para uma boa comunicação;
  • Rotina: ter uma rotina consistente com horários estabelecidos para realizar as atividades é uma ótima iniciativa;
  • Sensibilidade sensorial: minimizar estímulos, como diminuir a luz, o volume do som e utilizar fones de ouvido para reduzir ruídos;
  • Compreensão emocional: ajudar a identificar e rotular emoções e fornecer exemplos concretos de como expressá-las;
  • Compreensão social: ensinar regras sociais de forma clara e objetiva por meio de exemplos;
  • Paciência e compreensão: ser paciente e compreensivo possibilita aprender com a pessoa e fazer os ajustes necessários.

campanha Abril Azul tem como objetivo conscientizar sobre a importância de falar sobre o autismo e levar informações para a sociedade em geral, a fim de quebrar estigmas e discriminação.

Para mais informações sobre saúde, continue acompanhando o site e redes sociais do Minuto Saudável!


Publicidade
Publicidade
Imagem do profissional Thayna Rose
Ícone de verificação
Este artigo foi escrito por:

Esp. Thayna Rose

CRP: CRP/PR 08/28789Bacharel em Psicologia com especialização em Neuropsicologia.Leia mais artigos de Esp. Thayna
Publicidade
Publicidade

Compartilhe

Publicidade
Publicidade
Sobre o Minuto Saudável

Somos uma empresa do grupo Consulta Remédios. No Minuto Saudável você encontra tudo sobre saúde e bem-estar: doenças, sintomas, tratamentos, medicamentos, alimentação, exercícios e muito mais. Tenha acesso a informações claras e confiáveis para uma vida mais saudável e equilibrada.

Somos uma empresa do grupo Consulta Remédios. No Minuto Saudável você encontra tudo sobre saúde e bem-estar: doenças, sintomas, tratamentos, medicamentos, alimentação, exercícios e muito mais. Tenha acesso a informações claras e confiáveis para uma vida mais saudável e equilibrada.
Banner anuncie em nosso site
Banner anuncie em nosso site
Nos acompanhe nas redes sociais:
Atenção: O conteúdo do site Minuto Saudável, como textos, gráficos, imagens e outros materiais são apenas para fins informativos e não substitui o conselho médico profissional, diagnóstico ou tratamento. Se você acha que pode ter uma emergência médica, ligue para o seu médico ou 192 imediatamente. Minuto Saudável não recomenda ou endossa quaisquer testes específicos, médicos (profissionais de saúde), produtos, procedimentos, opiniões, ou outras informações que podem ser mencionados no site. A confiança em qualquer informação contida no site é exclusivamente por sua conta e risco. Se persistirem os sintomas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico. Leia a bula.

Minuto Saudável © 2023 Blog de Saúde, Beleza e Bem-estar
Política de Privacidade
Publicidade
Publicidade