Redação Minuto Saudável
29/06/2017 15:56

Saiba a diferença entre eczema, dermatite e psoríase

Doenças de pele são muito comuns entre as pessoas e, na maioria das vezes, os médicos diagnosticam elas apenas com um olhar. Algumas dessas doenças possuem características parecidas, como é o caso da psoríase, dermatite e do eczema. A semelhança pode ser tão grande que acaba atrapalhando o diagnóstico do problema, portanto, nesses casos, é necessária a realização de uma biópsia.

Índice — neste artigo você encontrará as seguintes informações:

  1. Eczema
  2. Dermatite
  3. Psoríase

Confira abaixo as principais características de cada uma das doenças e aprenda a diferenciá-las.

Eczema

O eczema é um processo crônico ou agudo de inflamação da pele e se apresenta em forma de manchas avermelhadas com pequenas bolhas. Apesar de prevalecer em algumas partes do corpo, como nas mãos e no rosto, a doença também pode se apresentar no corpo todo.

Pode-se distinguir a doença em dois tipos: o eczema de contato e o eczema atópico. A irritação do primeiro tipo é causado por agentes irritantes, como sabonetes, joias e cosmésticos. Já o segundo tipo é desenvolvido no início da infância e é mais comum aparecer em quem já possui um histórico da doença na família.

As causas da doença não são totalmente esclarecidas, mas sabe-se que o fator genético influencia no tipo atópico e substâncias irritantes influenciam no tipo de contato. A ajuda médica é fundamental para descobrir qual é a causa do eczema e, assim, poder ajudar no tratamento. Para aliviar os sintomas, o médico pode indicar pomadas hidratantes, anti-histamínicos e corticóides tópicos.

Dermatite

Assim como o eczema, a dermatite é uma reação alérgica da pele que gera vermelhidão, coceira, bolhas e pode atingir qualquer parte do corpo.  Ela pode surgir em qualquer idade, por diversos motivos, sejam eles genéticos, emocionais, como o estresse, ou desencadeados por agentes externos (ex: clima frio e a oleosidade da pele).

Existem diferentes tipos de dermatite e eles podem ser confundidos se não forem diagnosticados corretamente.  Atualmente, são 9 tipos de dermatite:  contato,  seborreica, atópica, herpetiforme, ocre, esfoliativa, assadura, perioral e numular.

Os tratamentos para a doença variam de acordo com o seu tipo e intensidade, mas independente do tipo da dermatite que você tenha, o importante é não se automedicar e procurar a ajuda de seu dermatologista.

Psoríase

Psoríase é uma doença de pele crônica, não contagiosa e de causas ainda desconhecidas. A dermatose é caracterizada por vermelhidão e descamação da pele e é mais comum aparecer antes dos 30 anos ou após os 50. Atualmente, 1% a 3% da população mundial possui psoríase.

A maioria das pessoas imagina que psoríase só existe de um jeito, porém a doença se apresenta em 7 tipos: em placa, couro cabeludo, gutata, pustulosa, inversa, eritrodérmica e artrite psoriásica.

Acredita-se que a genética tem grande influência em, pelo menos, 30% dos casos de quem possui psoríase e que o seu tratamento é de extrema importância para se ter uma boa qualidade de vida.

Atenção!

NUNCA se automedique ou interrompa o uso de um medicamento sem antes consultar um médico. Somente ele poderá dizer qual medicamento, dosagem e duração do tratamento é o mais indicado para o seu caso em específico. As informações contidas nesse site têm apenas a intenção de informar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um especialista ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Siga sempre as instruções da bula e, se os sintomas persistirem, procure orientação médica ou farmacêutica.


Se você apresenta algum sintoma dos descritos acima, ou conhece alguém que apresente, procure um dermatologista. E se você ainda possui alguma dúvida sobre a doença, pergunte aqui pra gente. Ficaremos felizes em poder ajudar você!

17/04/2019 17:44

Redação Minuto Saudável

Somos um time de especialistas em conteúdo para marketing digital, dispostos a falar sobre saúde, beleza e bem-estar de maneira clara e responsável. Confira mais na nossa página de quem somos.

Ver comentários

  • Olá, bom dia!!!
    O medicamento cetoconazol, ele serve para psoríase ou impingem..?

    Cancelar resposta

    Deixe uma resposta

    Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

    • Virna, Cetoconazol não é indicado para psoríase. Está indicado para o tratamento das seguintes infecções fúngicas sistêmicas, blastomicose, coccidioidomicose, histoplasmose, cromomicose, e paracoccidioidomicose, em pacientes que apresentaram falha ou intolerância a outras terapias. Para conhecer mais sobre este princípio ativo, acesse: https://consultaremedios.com.br/cetoconazol/pa

      Cancelar resposta

      Deixe uma resposta

      Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

  • Minha dermatologista disse que se a lesão coça não é psoriese. Tenho lesões nos pés e nas mãos.

    Cancelar resposta

    Deixe uma resposta

    Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

  • Na verdade já estou pra ficar louca com tanta coceira no corpo todo e cada especialista fala alguma coisa ..é psoríase,é eczema é dermatite e nada si resolve

    Cancelar resposta

    Deixe uma resposta

    Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

  • Amei o post. muito esclarecedor!

    Cancelar resposta

    Deixe uma resposta

    Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

  • Olá gostaria de saber se o medicamento therapsor serve para seborréia

    Cancelar resposta

    Deixe uma resposta

    Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

    • Olá, Daniele.
      O Therapsor pode ser indicado para seborreia, desde que receitado pelo médico, pois é usado para inflamações do couro cabeludo. Você pode consultar a bula do medicamento aqui.
      Caso esteja com dúvidas sobre os efeitos e usos, converse com o seu médico.

      Cancelar resposta

      Deixe uma resposta

      Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado Campos obrigatórios estão marcados*