Pomada ou comprimido? Qual o melhor remédio para afta?

0

Revisado por: Dr. Paulo Caproni (CRM/PR: 27679) – Medicina Preventiva e Social

Se houver grande incômodo, afetando a mastigação e a fala do paciente, o médico ou dentista pode indicar o uso de remédios de uso tópico, como géis e pomadas no local. Em geral, os medicamentos auxiliam na redução da dor e da inflamação através da ação antibacteriana, antisséptica e anestésica.

Pacientes com severo acometimento bucal, que apresentam feridas extensas, duradouras e que causam grande impacto no bem-estar podem ser indicados ao tratamento sistêmico, ou seja, tratamento oral com medicamentos para reduzir a dor e a inflamação.

Mas é sempre importante ressaltar que, muitas vezes, os medicamentos conferem efeitos colaterais e sua necessidade deve ser avaliada em cada caso pelo médico ou dentista.

Mais recentemente, terapias odontológicas oferecem uma alternativa para acelerar a recuperação das aftas e aliviar os sintomas: são as terapias à laser. Mas nem toda afta é tratada com essa medidas, somente quando o caso é agressivo e intenso.

Nesses casos, o paciente recebe aplicações pontuais de laser terapêutico de baixa intensidade diretamente na afta, fazendo com que o processo de cicatrização seja acelerado.

Enxaguatórios bucais à base de peróxido de hidrogênio também podem ser indicados pelo profissional especializado, pois o produto auxilia na higienização feridas ou lesões mais superficiais, como as aftas.

Vale lembrar que os medicamentos são preferencialmente usados nos casos em que as lesões são extensas, duradouras ou recorrentes, de acordo com a orientação do médico ou dentista.

Pomadas para afta

Os cremes, pomadas e géis para as aftas podem agir anestesiando e reduzindo a inflamação do local, sendo aplicados diretamente na lesão conforme orientação médica. Entre os mais receitados estão:

Além disso, o médico ou dentista pode prescrever medicamentos à base de benzocaína, que servem como anestésicos locais de uso tópico. Ou seja, são pomadas que podem ser aplicadas na afta e promovem a redução da sensibilidade.

Leia também: Creme e pomada para candidíase: quais são as opções?

Comprimidos para afta

Entre os medicamentos orais para auxiliar nos quadros de afta (com orientação médica) estão:

  • Prednisona, que auxilia na redução da inflamação;
  • Talidomida, que pode ser indicado em casos de aftas persistentes severas.

Atenção!

NUNCA se automedique ou interrompa o uso de um medicamento sem antes consultar um médico. Somente ele poderá dizer qual medicamento, dosagem e duração do tratamento é o mais indicado para o seu caso em específico. As informações contidas nesse site têm apenas a intenção de informar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um especialista ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Siga sempre as instruções da bula e, se os sintomas persistirem, procure orientação médica ou farmacêutica.


Fonte consultada

Dr. Paulo Caproni (CRM/PR 27.679 | CRM/SC 25.853 | CRM/SP 144.063), graduado em Medicina pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Residência Médica em Medicina Preventiva e Social pela USP-SP (PROAHSA). MBA em Gestão Hospitalar e de Sistemas de Saúde (CEAHS) pela FGV-SP

Leia também: Remédio caseiro para tosse: como aliviar os sintomas?

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Deixe o seu comentário, nos preocupamos com sua opinião:

Por gentileza, escreva seu comentário
Por favor, insira seu nome aqui

Lamentamos a não possibilidade de dar-lhe conselho médico ou responder a questões médicas e farmacêuticas individuais através de e-mail, pois apenas um médico pode prestar tal atendimento. Embora tentemos responder a todos os comentários, opiniões e e-mails que recebemos em até dois dias úteis, nem sempre é possível devido ao grande volume que recebemos. Por favor, tenha em mente que qualquer solicitação ao Minuto Saudável está sujeita aos nossos Termos de Uso e Política de Privacidade, ao enviar, você indica sua aceitação.