Unhas de gel: preço, decoradas, passo a passo, antes e depois

0

Curtinhas ou alongadas, mais frágeis ou bastante resistentes, com formatos diversos e, muitas vezes, roídas. Os cuidados com as unhas, apesar de estarem em alta e manterem um mercado de investimentos bastante movimentado, não são recentes.

Aliás, nem é apenas pela beleza e decoração da extremidade dos dedos que as unhas se inscrevem na história, pois há registros de que no Antigo Egito elas já eram relacionadas à saúde e ao status social.

A associação com as boas condições do organismo persistiram e ganharam embasamento científico. Provavelmente você já ouviu falar que aquelas manchinhas brancas ou unhas fracas são sinais de má alimentação — é bem provável que também já tenha investigado a própria mão em busca de sinais de unhas quebradiças.

Observar as unhas pode dar indícios de quadros de anemia, dificuldades de circulação sanguínea e alterações da tireoide.

Mas, às vezes, a dificuldade em ter unhas longas ou fortes está mais associada ao comportamento, por exemplo, roê-las.

Buscando amenizar esses diversos fatores que podem enfraquecer ou dificultar o crescimento delas, as tecnologias não param de apresentar opções às consumidoras e consumidores, oportunizando que todos possam ter unhas longas e fortes.

Aos poucos, opções postiças invadiram o mercado e conquistaram as mãos do público, ficando mais naturais, seguras, duradouras e populares. Entre as recentes opções — e grande aposta do mercado — estão as unhas em gel.

Índice — neste artigo você vai encontrar as seguintes informações:

  1. O que são unhas de gel?
  2. Origem do alongamento de unhas
  3. Tipos de alongamento
  4. Como fazer? Passo a passo das unhas em gel
  5. Manutenção
  6. Cuidados após colocar
  7. Antes e depois
  8. Unhas de gel decoradas
  9. Banho de gel e unhas de gel
  10. Como remover unhas em gel?
  11. Preço: quanto custa a unha em gel?
  12. Quem pode colocar?
  13. Unhas de gel fazem mal à unha saúde?
  14. Perguntas frequentes

O que são unhas de gel?

A unha de gel é uma técnica de alongamento artificial, feita à base de substâncias que endurecem quando expostas à radiação ultravioleta (UV). O procedimento permite que as unhas sejam moldadas no formato e tamanho desejados, ficando bastante semelhantes à natural.

O procedimento é um pouco mais demorado do que a aplicação de uma unha postiça comum, mas em geral garante mais durabilidade, além da possibilidade de deixá-las exatamente como a cliente desejar.

Há ainda duas possibilidades: trabalhar com a aplicação direta do gel (usando apenas um molde) ou com a colagem de tips (espécie de unha postiça). Ambas são feitas de modo bastante semelhante, em que o preparo, a aplicação e a manutenção quase não diferem.

Ao agendar um horário, são cerca de 2 horas até finalizar a colocação. Mas, em compensação, a técnica pode durar até 3 meses, sendo necessário realizar manutenções mensais, já que a unha natural continua crescendo.

De acordo com a profissional em unhas Francinne Leitner, com os cuidados adequados “nenhum material ou técnica artificial é tão resistente para durar 90 dias intacto”.

O procedimento é, em geral, seguro e não causa danos às unhas, desde que os devidos cuidados sejam tomados, como a escolha de bons profissionais e bons produtos de aplicação.

Origem do alongamento de unhas

Talvez não soe tão estranho dizer que o hábito de decorar e pintar as unhas são antigos, mas a verdade é que os recursos para alongá-las também não são recentes.

Na China, há centenas de anos, mulheres já recorriam ao alongamento artificial como forma de evidenciar e demarcar a classe e o status social a quais pertenciam.

Antes, os recursos para isso incluíam o uso de fragmentos de ossos, marfim, cascas de pistache e até conchas para decorar a ponta dos dedos.

Foi em 1954 que o alongamento de unhas mais próximo do que é hoje foi pensado. Na época, Fred Slack, um dentista, quebrou uma das unhas enquanto trabalhava. Dispondo de produtos dentários, criou um espécie de preenchimento acrílico para a unha, até que ela crescesse novamente.

A ideia foi aprimorada e, em pouco tempo, patenteada, originando a Patti Nails, uma das maiores empresas cosméticas voltada aos cuidados com as unhas.

Na década de 1970, o fundador de uma das marcas líderes do ramo, Stuart Nordstrom, desenvolveu um sistema profissional de produtos líquidos e em pó, que são usados na confecção e aplicação de unhas acrílicas até hoje.

E o mercado continua se expandindo. Sobretudo o alongamento feito com gel, que já era sucesso na América do Norte em 2014, ainda promete movimentar cerca de 59,31 milhões de dólares em todo o mundo até 2020.

Isso ocorre pelos avanços nas tecnologias estéticas às unhas, que tornam o alongamento mais durável, resistente, natural e cada vez mais seguro à saúde.

Tipos de alongamento

Ainda que o processo de preparo e aplicação do gel seja bastante semelhante nos alongamentos com tips e com molde, há algumas diferenças entre o dois casos.

Há profissionais que trabalham com os dois métodos, mas há quem seja especialista em aplicar somente um deles. Por isso, antes de marcar o horário, é preciso saber um pouco mais sobre cada:

Unhas em gel com tips

Tips nada mais são do que uma espécie de unha postiça, que, em vez de serem coladas em toda a unha, são aderidas somente à ponta, sendo essa a base do gel.

Quando o profissional trabalha com tips, não é necessário utilizar moldes e nem retirá-los depois de secar o gel.

Apesar de parecer que o gel tem mais resistência com a base postiça, a firmeza do alongamento não apresenta grandes alterações, sendo que o método nem sempre é recomendado para unhas muito fragilizadas, devido à possibilidade de quebra no local em que a cola está aderida.

Unhas em gel com molde

Os moldes são estruturas flexíveis, geralmente adesivas e, como o próprio nome sugere, fáceis de moldar. Eles podem ser reutilizados, desde que devidamente higienizados e armazenados.

Depois que a unha é preparada, os moldes são colocados na ponta dos dedos e devem ser ajustados conforme o tamanho e estrutura desejada. É fundamental a habilidade do profissional, que será responsável por dar forma às unhas.

Após o gel ser aplicado — cerca de 3 camadas — e secado à luz ultravioleta, o molde é destacado das unhas, fazendo com que o alongamento fique, geralmente, mais transparente (dependendo do produto utilizado).

Por isso, para quem deseja deixar as unhas sem esmalte ou decoração, o alongamento com molde pode ficar mais próximo às naturais.

Como fazer? Passo a passo das unhas em gel

Não importa se você rói as unhas ou não, se elas são frágeis ou estão apenas curtinhas. O procedimento para alongar com gel é padrão e, apesar de um tanto demorado — se comparado ao tempo de fazer uma francesinha, por exemplo — , é bastante simples.

O primeiro e mais importante passo é procurar profissionais capacitados para o procedimento. Apesar de simples, sem os cuidados necessários, as unhas podem ser danificadas e sofrer com fungos ou micoses.

Por isso, além das habilidades da manicure, é preciso se certificar quanto à higienização dos materiais e da procedência dos produtos.

Preparo

O preparo é igual quando você faz apenas uma esmaltação, em que as cutículas devem ser empurradas e a superfície das unhas deve ser limpa. Se houver esmalte, ele deve ser removido e, em seguida, deve-se cortar e/ou lixá-las.

Podem ser usados produtos para remover a oleosidade das unhas e aumentar a aderência do gel, chamados de primer. O produto funciona como um preparador, reduzindo problemas de fixação do material e deve ser aplicado com as unhas secas e limpas.

Aplicação

Lembre-se que há duas formas de aplicar o gel, com tips ou com moldes. Veja como aplicar cada uma delas:

Com tips

Se a opção for pelos tips, é preciso separar um para cada unha.

Em geral, os estojos vêm com unhas numeradas para cada dedo, o que facilita a identificação. Mas é sempre importante observar se o tamanho é adequado para o seu formato de unha.

Diferente da aplicação comum de unha postiça — que é colada em toda a superfície da unha —, os tips devem ser fixados apenas pelas pontas. Você vai notar que a extremidade deles é mais clarinha, demarcando o local que a cola para unhas deve ser depositada.

Em seguida, a cola é fixada na borda da unha, cuidando com a quantidade para que  não escorra ou não entre em contato com a pele.

As unhas tips vêm em tamanhos bem mais longos do que uma unha natural, por isso, é preciso que sejam cortadas e niveladas. Com uma tesoura especial e o uso de lixas (preferencialmente a lixa banana), as unhas serão reduzidas, moldadas e corrigidas.

É importante cuidar com o nivelamento, logo que a diferença na transição da unha postiça para a natural costuma ficar bastante evidente.

As laterais devem ser lixadas e adequadas ao formato natural e desejado da unha.

O gel deve ser aplicado com o auxílio de um pincel pequeno e de base reta, em toda a extensão da unha, desde a cutícula até à extremidade dos tips.

É importante que haja cuidado na aplicação, para garantir a uniformidade após a secagem. O processo é feito algumas vezes, conforme for necessário, sempre alternando: aplica-se uma camada e, em seguida, coloca-se a mão na cabine de raios UV para a secagem e endurecimento do gel.

Com molde

A principal diferença para o uso de tips é que a aplicação do gel vai se estender até o tamanho desejado da unha. É preciso dar atenção ao formato e à finalização, evitando irregularidades entre cada unha.

Deve-se aplicar o gel com um pincel pequeno e de base reta. Após cada camada, as unhas são levadas à cabine de raios UV para secar e repetir o procedimento conforme necessário.

Quando as unhas estiverem adequadas — geralmente são necessárias 3 camadas —, o molde deve ser descartado, removendo-o com cuidado da base das unhas.

É preciso lixar e corrigir possíveis irregularidades na superfície, usando a lixa banana e lixa niveladora.

Finalização

Após lixar e deixar as unhas no formato desejado, é preciso limpá-las com soro fisiológico ou líquidos específicos, removendo sujeira, resquícios de unha ou a poeira gerada durante a lixação.

É importante secar bem, com uma toalha limpa toda a superfície das unhas. Em seguida, para finalizar o procedimento, há produtos que selam o alongamento e dão mais proteção às unhas.

Geralmente, são produtos semelhantes aos esmaltes ou géis, não possuem cor e conferem mais brilho à superfície, também encontrados como gel finalizados, esmalte finalizador ou gel de brilho.

Manutenção

Mesmo que o alongamento das unhas com gel dure, aproximadamente, 3 meses, não basta fazer e esperar o prazo acabar. É necessário realizar a chamada manutenção do gel pelo menos a cada 20 ou 30 dias.

Como as unhas naturais crescem, conforme o tempo passa, é possível identificar a separação do gel. O modo de cuidar do alongamento é bastante semelhante à aplicação, porém mais rápido e mais barato.

É preciso empurrar e cuidar das cutículas com atenção, removendo aqueles pedacinhos de pele que podem surgir.

A marcação entre a unha em gel e a natural deve ser lixada, a fim de nivelar a superfície. Em seguida, é importante limpar bem a região com soro fisiológico e secar adequadamente.

O primer deve ser passado somente na unha natural, esperando secar completamente. Após isso, deve-se realizar a aplicação do gel, com um pincel, uniformizando a superfície da unha. Por isso, é somente no espaço que cresceu que o gel será depositado.

As mãos devem ir para a cabine UV para que as camadas sequem e endureçam. Em seguida, a finalização ocorre com uma camada de gel de brilho ou esmalte selante.

Cuidados após colocar

Depois que o alongamento é finalizado, os cuidados incluem aqueles indicados para qualquer unha longa:

  • Atenção ao pegar alguma coisa para não bater e machucar as unhas;
  • Usar luvas quando manusear produtos de limpeza;
  • Intensificar a hidratação das cutículas.

A profissional Francinne Leitner ainda recomenda alguns cuidados específicos com o manuseio ou contato com coisas quentes, pois podem provocar o descolamento do gel.

Além de cuidar da manutenção, ao trocar de esmalte, é importante evitar a acetona, pois ela danifica a superfície, deixando o gel áspero e sem brilho. Dê preferência para removedores de esmalte sem a presença da substância.

No geral, as unhas de gel são bastante resistentes e não requerem muitos cuidados específicos.

Antes e depois

Confira o resultado após o alongamento em gel:

Unhas de gel

unhas-de-gel-antes-e-depois1-minuto-saudavel
unhas-de-gel-fotos-decorada-minuto-saudavel
unhas-de-gel-ante-depois-minuto-saudavel
unhas-de-gel-antes-e-depois-1-minuo-saudavel

Unhas de gel decoradas

Após fazer o alongamento de unhas, é possível pintá-las e decorá-las normalmente, usando os produtos comuns. Para isso, a regra é a mesma: escolher bons produtos e bons profissionais, fazendo com que a durabilidade do alongamento seja mantida.

Confira algumas ideias para esmaltar as unhas, incluindo alguns trabalhos da profissional Francinne Leitner:

Decoração

unhas-de-gel-decoradas-fotos-minuto-saudavel
unhas-de-gel-decoradas-minuto-saudavel
unhas-d-gel-modelo-minuto-saudavel
unhas-de-gel-decorada-minuto-saudavel
unhas-de-gel-modelos-foo-minuo-saudavel
unhas-de-gel-modelos-unhas-minuto-saudavel
unhas-de-gel-decoradas-ideias-minuto-saudavel

Banho de gel e unhas de gel

Tanto o banho de gel quanto as unhas de gel utilizam técnicas e produtos bastante semelhantes no procedimento, mas o banho é apenas para deixar a unha mais forte e fazer a esmaltação durar mais, enquanto as unhas de gel as alongam.

Em geral, o banho de gel vai deixar a unha mais resistente, com mais brilho e proporcionar que o esmalte — que geralmente começa a descascar em 3 ou 4 dias — fique intacto por até 14. Mas não há alongamento e as unhas permanecem do tamanho e formato naturais.

Os cuidados são os mesmos e o procedimento deve ser realizado por profissionais.

Como remover unhas em gel?

Se, por um lado, a maior resistência das unhas em gel é uma vantagem para quem quer mantê-las por mais tempo, por outro, pode ser mais trabalhoso quando estiver na hora de removê-las.

Mesmo que a manutenção seja feita 1 vez por mês, é importante não ultrapassar 3 meses com o gel aplicado para não danificar ou enfraquecer as unhas.

Na hora de tirar o alongamento, o ideal é voltar ao salão em que o procedimento foi realizado, pois é preciso alguns cuidados para não machucar a unha natural.

Em geral, é preciso lixar a camada mais superficial da unha, provocando um desgaste e afinamento da camada, deixando-a mais porosa e facilitando a ação dos produtos de remoção.

Como o processo é trabalhoso, geralmente são usadas lixas elétricas (também chamadas de brocas), que facilitam e aceleram a ação.

Em seguida, as pontas dos dedos podem ser imersas em um recipiente com produtos específicos para a remoção do gel ou serem envolvidas com algodão encharcado.

Assim, o produto é deixado em contato com as unhas por alguns minutos, até que o alongamento possa ser removido com o auxílio de um palitinho ou espátula.

Para finalizar, é preciso usar um polidor (lixa comum ou elétrica) para uniformizar as unhas, removendo resquícios de gel que possam ter resistido nas unhas, e passar uma base fortalecedora ou extra brilho.

Preço: quanto custa a unha em gel?

Os valores do alongamento variam conforme o profissional e os materiais utilizados. Segundo Francinne Leitner, a técnica em molde costuma ser mais cara por ser mais trabalhosa, ficando entre R$ 100 e R$ 200, enquanto os tips ficam entre R$ 80 e R$ 150, em média.

Mas vale lembrar que depois de colocado o gel, é preciso manter as manutenções entre 25 e 30 dias, sendo que cada uma fica na média de R$ 80.

Somente o banho ou esmaltação de gel custa, aproximadamente, R$ 55.

Quem pode colocar?

No geral, não há nenhuma contraindicação às mulheres desde estejam com as unhas saudáveis. Segundo a profissional Francinne Leitner, as técnicas de gel e de banho de gel podem ser realizadas em qualquer pessoa com unhas saudáveis (não pode ter fungos, micoses nas cutículas ou infecções no local, por exemplo).

A ressalva fica para aquelas unhas muito roídas e fragilizadas, pois o material adere na superfície e, em contato com a pele, pode causar problemas em diferentes graus.

Também não há contraindicações para as unhas fracas ou quebradiças, lembrando que elas não vão se fortalecer, mas o procedimento pode ajudar no crescimento e evitar que elas sejam roídas novamente.

Mas vale ressaltar que há situações que nem sempre o procedimento é vantajoso: quem faz uso de alguns medicamentos, como antidepressivos ou à base de hormônios, pode ter a superfície das unhas afetadas por alguns princípios ativos, fazendo com que a fixação do gel seja comprometida.

Isso significa que ele pode se desprender mais fácil e rapidamente. Também vale pensar no custo benefício, pois se o objetivo é alongar as unhas para uma ocasião especial — como um evento — e retirá-las em seguida, o gel pode não ser a melhor opção, logo que seu tempo de duração é mais prolongado.

Unhas de gel fazem mal à saúde?

Em geral, o gel é menos agressivo do que outras técnicas, como a unha postiça. Se os devidos cuidados forem tomados, escolhendo bons profissionais, higienizando bem o material e realizando a manutenção corretamente, a unha natural não é alterada com a colocação do gel — não fica mais frágil e nem mais forte.

Porém, mesmo que os riscos sejam pequenos, ainda são existentes e incluem a proliferação de fungos e bactérias, que podem causar micoses nas unhas, deixando-as frágeis e amareladas.

Quando a remoção no tempo correto não é feita ou a manutenção é deixada de lado, a camada da unha pode ficar fina e enfraquecida, apresentando perda de queratina (proteína que ajuda a compor as unhas, cabelos e pele).

É sobretudo no momento de retirar o gel que alguns problemas podem surgir, pois o produto adere e resiste na superfície das unhas, sendo necessário lixar com cuidado para remover completamente. Sem uma boa prática, as cutículas podem ser machucadas ou a própria unha pode sofrer ranhuras.

O importante é estar atenta na hora de escolher o profissional, que deve ser devidamente habilitado, com formação em bons centros de capacitação, segundo Francinne Leitner.

Também é importante observar o surgimento de coceira, vermelhidão, dor ou alterações de cor nas unhas ou rente à cutícula, que são sinais de alerta.

Perguntas frequentes

Quanto tempo dura a unha em gel?

Em média, as unhas de gel duram 3 meses, sendo necessário realizar 1 manutenção a cada mês, pelo menos.

Quanto tempo demora para secar o gel?

Após aplicar cada camada, as unhas devem ir à cabine UV para que o produto seque e endureça. O processo é rápido e leva cerca de 2 minutos. Após finalizar o alongamento, as unhas já estão secas e não correm o risco de borrar ou marcar.

O gel fortalece a unha?

Não exatamente. O alongamento com gel auxilia no crescimento porque protege a superfície de pancadas, reduzindo a possibilidade das unhas quebrarem ou lascarem.

Além disso, o procedimento dificulta que a pessoa roa as unhas, tornando mais fácil deixar as naturais crescerem.

O uso de raios UV no processo de aplicação não prejudicam a pele?

Não. A cabine incide raios UV nas unhas e endurece o gel, mas a intensidade é bem pequena — inclusive, bem menor do que uma exposição à luz natural do sol. O tempo de exposição também é pequeno e, por isso, não há riscos à pele.

Posso fazer as unhas de gel em casa?

Há kits que vendem todos os produtos necessários para o procedimento, incluindo a pequena cabine de raios UV, para que o alongamento seja feito em casa. Em média, os kits custam entre R$ 70 e R$ 150.

No entanto, é importante lembrar que há uma série de cuidados que precisam ser seguidos para evitar micoses ou outras alterações. Os profissionais e os salões são preparados para prevenir, lidar e resolver qualquer problema.

Posso remover o gel se eu não quiser mais usar?

Pode, desde que o procedimento seja realizado com o profissional que o colocou. Apesar de ser possível remover em casa o alongamento, os riscos de danos às unhas são grandes. Se o procedimento não for devidamente realizado, com os cuidados adequados, as unhas naturais podem perder a camada de queratina, ficando fracas e quebradiças.


O alongamento de unhas tem se popularizado e conquistado cada vez mais mercado, sobretudo devido à durabilidade e à qualidade da técnica, que apresenta resultados mais satisfatórios.

Além de dicas paras as unhas saudáveis, você encontra outras informações e novidades no Minuto Saudável. Clique aqui para conhecer mais dicas de beleza!

Fontes consultadas

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (14 votos, média: 4,79 de 5)
Loading...

Deixe o seu comentário, nos preocupamos com sua opinião:

Por gentileza, escreva seu comentário
Por favor, insira seu nome aqui

Lamentamos a não possibilidade de dar-lhe conselho médico ou responder a questões médicas e farmacêuticas individuais através de e-mail, pois apenas um médico pode prestar tal atendimento. Embora tentemos responder a todos os comentários, opiniões e e-mails que recebemos em até dois dias úteis, nem sempre é possível devido ao grande volume que recebemos. Por favor, tenha em mente que qualquer solicitação ao Minuto Saudável está sujeita aos nossos Termos de Uso e Política de Privacidade, ao enviar, você indica sua aceitação.