Muay Thai: feminino, graduação, benefícios, golpes, emagrece?

0

O que é o Muay Thai?

O Muay Thai, também chamado de boxe tailandês, é um esporte originário da Tailândia, onde foi criado séculos atrás.

Conhecida por arte das oito armas, a arte marcial utiliza oito partes do corpo no combate: Os dois punhos, os dois cotovelos, os dois joelhos e os dois pés.

PUBLICIDADE

É uma luta de contato total (full contact), o que significa que a força física e o impacto entre os participantes é usada e esperada. Todos os golpes desta arte marcial buscam o nocaute.

A prática de esportes tem diversos benefícios para o praticante e lutas como o Muay Thai trazem os seus benefícios particulares. Devido ao alto gasto de energia durante a prática, cada vez mais o Muay Thai é usado para perda de peso e manter a forma, além de ser uma técnica apropriada para defesa pessoal quando necessário.

A luta vem crescendo no Brasil nos últimos anos e você não vai querer ficar de fora. Leia mais e aprenda um pouco sobre o Muay Thai!

Índice – neste artigo você vai encontrar as seguintes informações:

  1. O que é o Muay Thai?
  2. História do Muay Thai
  3. Quais os benefícios do Muay Thai?
  4. Quem pode fazer Muay Thai?
  5. Muay Thai feminino
  6. Muay Thai infantil
  7. Como começar?
  8. Golpes básicos de Muay Thai
  9. Graduação no Muay Thai
  10. Qual a diferença entre Muay Thai e kickboxing?
  11. Muay Thai emagrece?

História do Muay Thai

A história do Muay Thai é antiga. Conhecida como boxe tailandês, a arte marcial nasceu na Tailândia há aproximadamente 2 mil anos. Era usada como método de defesa contra invasores da região onde os ancestrais tailandeses — atual Tailândia — passaram a viver depois de sair da China.

A luta nasceu como muay boran que séculos mais tarde evoluiria, transformando-se no atual Muay Thai.

Ela foi criada como maneira de luta desarmada para se proteger de bandidos e invasores e visava a finalização rápida com golpes como estrangulamento, torções, ataques em pontos vitais e golpes que poderiam levar à morte instantânea.

O Muay Thai é o muay boran adaptado e muitos elementos do muay boran não podem ser usados na prática esportiva justamente por conta da agressividade e perigo que causam.

Muay Thay nos tempos modernos

O Muay Thay cresceu muito nos últimos anos, evoluindo para se tornar o esporte nacional da Tailândia. Até 1930, os tailandeses lutavam os campeonatos em qualquer tipo de chão, frequentemente descalços, com cordas no lugar de luvas e às vezes alguns torneios usavam espadas e bastões.

PUBLICIDADE

Na década de 1930 o governo Tailandês usou o modelo do boxe para o ringue, com um tablado, cordas, um juiz e marcações de pontos e tempo, além de fazer os atletas usarem luvas nos campeonatos oficiais, transformando a luta no esporte que é hoje.

Quais os benefícios do Muay Thai?

Como qualquer exercício físico, o Muay Thai faz bem para o corpo através da atividade. Você pode conferir alguns dos principais benefícios da prática aqui:

Força

O treino de Muay Thai é ideal para desenvolver a força dos músculos. Grande parte dos músculos são trabalhados, como braços, pernas, costas, peito e abdômen, ajudando no desenvolvimento muscular.

Os exercícios feitos com foco na força costumam usar o próprio peso do corpo, sem a utilização de aparelhos. É o caso dos polichinelos, flexões e abdominais, os dois últimos também se encaixando em exercícios de resistência muscular localizada.

Velocidade

A prática do Muay Thai é capaz de melhorar a velocidade do corpo através de exercícios relacionados a movimentos específicos. No caso dos treinos de velocidade no Muay Thai, o chamado sparing é utilizado. O sparing é a prática de treinar a luta com um companheiro.

Flexibilidade

Alongamentos fazem parte do treino de Muay Thai, além de diversos golpes da prática exigirem flexibilidade para que sejam corretamente executados. Treinar Muay Thai melhora a flexibilidade do corpo, permitindo que você alcance posições mais adequadas, tanto para a luta quanto para o dia a dia.

Disciplina

Como qualquer arte marcial, a disciplina é extremamente importante para o Muay Thai. O treino frequente e correto garante que a técnica será aprendida da maneira certa, assim como exercita a disciplina.

PUBLICIDADE

A disciplina nas artes marciais também envolve o respeito pelo próprio corpo e pelo corpo do adversário.

Queima de gordura

Um treino de Muay Thai gasta muita energia. Em média, 60 minutos da prática pode eliminar de 500 a 750 calorias, garantindo queima de gordura e, consequentemente perda de peso.

Apesar de emagrecer ter mais relação com os hábitos alimentares do que com exercício físico, a prática é um auxílio importante para a perda de peso.

Se resolver praticar Muay Thai para a perda de gordura, notará rapidamente a diferença em seu corpo.

Coordenação motora

Qualquer prática esportiva, especialmente lutas, melhora a coordenação motora. O Muay Thai exige movimentação de pernas em coordenação com os braços para que haja mobilidade no ringue ao mesmo tempo em que ataque e defesa se alternam.

Pode parecer difícil no começo, mas com a prática, a coordenação motora evolui notavelmente.

Foco

O foco na luta é extremamente importante. Estar distraído durante um combate ou mesmo um simples treino pode fazer toda a diferença na performance. Mesmo que você não planeje usar o Muay Thai como forma de combate, os treinos exigem concentração, o que quer dizer que sua capacidade de se focar é exercitada e também melhora.

Reflexos

A prática de lutas, assim como a de qualquer esporte que exige agilidade e pensamento rápido, melhora os reflexos. As reações são extremamente importantes para o Muay Thai, tanto no ataque quanto na defesa, e elas tendem a melhorar com a prática frequente.

PUBLICIDADE

Equilíbrio físico e mental

A soma de disciplina, foco, exercícios e concentração ajuda a desenvolver equilíbrio físico, com o fortalecimento dos músculos e os benefícios para a saúde do esporte. A mente é favorecida através da prática esportiva e adoção de hábitos saudáveis.

Metabolismo

Por ser uma atividade muito aeróbica e também gastar enormes quantidades de energia, o Muay Thai causa melhora do metabolismo corporal. O corpo se torna mais eficiente em seu gasto de energia.

Defesa pessoal

Como qualquer arte marcial, o Muay Thai pode ser usado como forma de defesa pessoal. A capacidade de lutar, além da melhora da confiança ocasionada por ela, são grandes aliados na hora de se defender.

Interação e bem-estar

As aulas de Muay Thai podem ser feitas em grupos que estimulam a interação pessoal, o que é saudável para a mente e causa bem-estar. Nas aulas, é possível conhecer pessoas e fazer novos amigos.

Quem pode fazer Muay Thai?

Qualquer um pode fazer Muay Thai. Sério, qualquer um. Talvez você nunca tenha se imaginado praticando uma luta, talvez tenha medo de a prática ser forte demais para você ou ser muito violenta, mas é verdade: qualquer um pode praticar.

Crianças a partir dos cinco anos de idade treinam Muay Thai, assim como diversas pessoas com mais de 50 anos.

O exercício físico proporcionado pela arte marcial traz benefícios para todas as faixas etárias e todos os tipos de corpo. Você pode ser super magra ou mais gordinha, bem novinho ou idoso, ainda assim pode praticar.

Se não se sentir confiante, achando que vai “parecer bobo”, por exemplo, não se preocupe. Todo mundo precisa aprender do começo e em uma aula já é possível aprender muito da base do Muay Thai. Com a prática, todos melhoram.

Muay Thai feminino

O Muay Thai tem crescido entre o público feminino. Nos últimos anos, percebeu-se que a prática da luta é uma atividade que faz um bem estético enorme, além de ser uma ótima ferramente de defesa pessoal. O imenso gasto calórico é bem vindo para a definição do corpo e a perda de gordura.

Além disso, a prática é prazerosa. Todo exercício físico libera endorfinas no corpo. Endorfinas são hormônios liberados no corpo quando fazemos exercícios físicos, causando aquela sensação de prazer depois de uma corrida ou de uma aula de Muay Thai.

Somado a isso, existe o aprendizado de algo que na maioria das vezes não faz parte do mundo da praticante, o que também é extremamente prazeroso.

Por fim, os benefícios do Muay Thai, listados acima, são para todos os sexos e idades.

Muay Thai infantil

Crianças são bem-vindas no tatame também! É possível praticar Muay Thai desde os cinco anos de idade e existem lugares que oferecem aulas até para crianças de três anos. No caso das crianças menores — entre 3 e 6 anos de idade — é mais frequente que a atividade seja com o objetivo de fazê-las gastar a energia que parece ser infinita nessa idade.

Quando elas ficam um pouco mais velhas, as técnicas mais focadas do Muay Thai podem ser aplicadas, sempre levando em consideração a faixa etária das crianças, o desenvolvimento e a segurança.

Como começar?

Você pode começar a praticar o Muay Thai a qualquer momento. Indica-se consultar seu médico caso haja condições com as quais se deva ter cuidado, como problemas cardíacos. A avaliação médica garante que o esporte pode ser praticado com segurança. Após isso, basta se inscrever em uma academia.

Materiais

As academias de Muay Thai fornecem a maioria dos equipamentos, desde sacos de pancada até as luvas. Entretanto, pode ser uma boa ideia conseguir alguns dos equipamentos de uso pessoal para si mesmo. Por exemplo:

Luvas

As luvas para o treino podem ser as mesmas usadas para o boxe. Elas servem para proteger as mãos do praticante durante o treino ou as lutas e você pode encontrá-las em qualquer loja esportiva.

Ter as próprias luvas é uma vantagem já que as mãos suam bastante e se você tiver que usar as que a academia fornece, provavelmente vai ter que compartilhá-las com muitas mãos suadas, incluindo as suas.

Bandagens

As bandagens são enroladas nas mãos por baixo das luvas e também servem para proteção, garantindo que os tendões, ossos e articulações sofram menos impacto.

Você pode usar bandagens próprias para a prática, que podem ser compradas em lojas esportivas, ou as de farmácia, que também são eficientes. Assim como as luvas, as academias oferecem as bandagens compartilhadas e, também como as luvas, elas ficam bem suadas.

Protetor bucal

O protetor bucal serve para proteger o praticante de impactos no rosto, evitando que a mucosa entre em contato direto com os dentes ao levar um soco ou chute.

Como este protetor fica dentro da boca do praticante, ele não é disponibilizado para compartilhamento em academias e deve ser comprado para uso pessoal. As academias podem ter o material à venda.

Academia

Encontrar uma academia de Muay Thai é essencial para o início das práticas, já que é lá que você vai aprender as técnicas necessárias para o esporte. Com o acompanhamento de um instrutor, você aprenderá a fazer os movimentos corretos, de maneira eficiente e, principalmente, com menor risco de se machucar.

Lutas são esportes de alta intensidade e se a técnica não for bem aplicada, os riscos de lesões são grandes. Por isso, o treinamento com um professor habilitado é fundamental.

Golpes básicos de Muay Thai

O Muay Thai é conhecido como a luta das oito armas ou oito membros por usar duas partes de cada um dos quatro membros que temos: braços (punhos, cotovelos) e pernas (canelas e joelhos.

As canelas contam como pés aqui. (Se formos brincar com a parte técnica, poderíamos chamar o Muay Thai de luta de quantos-membros-você-quiser.)

Os golpes básicos do esporte envolvem esses membros e podem ser separados da seguinte maneira:

Socos (Mhad)

Os socos são um golpe quase universal nas lutas. Consistem em impactos com o punho fechado contra o oponente. Dentro da classificação de socos, existem diversas variações.

O jab é um soco fraco, mas rápido. Normalmente, a posição base de guarda do Muay Thai posiciona sua mão dominante (aquela que geralmente você usa para escrever) próxima ao rosto e a outra próxima do oponente. Isso não é uma regra e há quem se adapte melhor se posicionando ao contrário.

A princípio, o jab utiliza sua mão não-dominante (a que está mais próxima do oponente) para um soco rápido que pode servir tanto para manter distância quanto para fazer pressão ou causar impacto.

Já o direto é o soco que usa a mão mais próxima do rosto. Este golpe é mais lento quando comparado com o jab, já que como a mão está mais afastada do oponente, leva mais tempo para alcançá-lo. Entretanto, também por conta da distância e da maneira como os músculos agem, ele tem mais força no impacto.

Existe também o cruzado, um soco que, diferente do jab e do direto, é aplicado lateralmente e pode utilizar qualquer uma das mãos.

O gancho costuma ser aplicado a uma curta distância pois não possui muito alcance, mas quando bem aplicado, pode levar ao nocaute com facilidade. Ele visa acertar a lateral da cabeça e recebe esse nome pois o braço fica em forma de gancho, normalmente vindo de baixo para cima.

O uppercut é um gancho que vem diretamente de baixo para cima, visando atingir o queixo do oponente. Assim como o gancho padrão, é um golpe de curta distância e também pode levar ao nocaute.

Cotoveladas (Sok)

As cotoveladas são a mais forte arma dos membros superiores no Muay Thai. Algumas competições inclusive as banem, já que é comum que causem danos tremendos, podendo quebrar ossos faciais. Os cotovelos são extremamente duros, portanto podem machucar bastante.

Elas podem ser diagonais, rápidas mas menos potentes, aéreas, o que confere mais força, e ascendentes, que também colocam muito impacto.

Chutes (Dteh)

Os chutes utilizam os pés e canelas para golpear. Nos chutes laterais, as canelas costumam ser utilizadas pois o osso é maior e mais duro do que os ossos pequenos dos pés.

Entretanto, existem os chutes frontais, que costumam usar o calcanhar para golpear.

Chutes frontais podem vir de baixo para cima e são conhecidos por levar ao nocaute quando acertam em cheio o queixo de um oponente.

Joelhadas (Khao)

O joelho é uma das partes mais duras do corpo e as pernas são os membros mais fortes. Não é surpresa que uma joelhada pode ser extremamente poderosa em uma luta.

Os golpes com joelho são aplicados para causar grande impacto e, frequentemente, para levar a luta ao fim com um nocaute.

Uma joelhada na cabeça — frequentemente aplicada através da chamada “joelhada voadora”, um salto seguido de joelhada — é mais do que o suficiente para desacordar alguém.

Clinch (Plam)

O clinch não é um golpe em si, mas uma técnica. Em uma luta de Muay Thai, é frequente que os lutadores pareçam presos um ao outro, o que é seguido por diversas cotoveladas e joelhadas laterais.

Defesas (Pongkan)

Apesar de ser uma luta muito focada na ofensa, as técnicas de defesa são extremamente importantes.

Os braços e pernas servem para bloquear os golpes. As canelas são os principais escudos do Muay Thai, usadas para bloquear chutes baixos e médios, e até mesmo os que alcançam o tronco quando possível. Os ombros e braços também servem para a defesa de chutes altos, socos e cotoveladas.

Graduação no Muay Thai

Originalmente, o Muay Thai não possui graduação e na Tailândia ela não é utilizada. Entretanto, com a popularização do esporte no ocidente, as confederações de Muay Thai começaram a graduar. As divisões, feitas por cores, são as seguintes:

  • Branca (Iniciante);
  • Branca com ponta vermelha (Iniciante);
  • Vermelha (Iniciante);
  • Vermelha com ponta azul clara (Intermediário);
  • Azul clara (Intermediário);
  • Azul clara com a ponta azul escura (Intermediário);
  • Azul escura (Instrutor auxiliar);
  • Azul escura com a ponta preta (Instrutor);
  • Preta (Professor);
  • Preto e branco com a ponta preta (Mestre);
  • Preto e branco com a ponta vermelha (Grão mestre).

O critério para graduação é a experiência do praticante e é marcada pelo Kruang, uma tarja colocada no bíceps do praticante com a cor de sua graduação. Com a prática constante, é esperada uma troca de faixa a cada 3 meses.

Qual a diferença entre Muay Thai e kickboxing?

É frequente que leigos confundam o Muay Thai com o kickboxing, já que ambas utilizam tanto os membros superiores quanto os inferiores, mas existem diferenças.

A primeira diferença é a histórica. O Muay Thai foi criado na Tailândia e já possui mais de 2000 anos de história, tendo acompanhado o povo tailandês desde seu princípio. Foi criado como método de defesa contra invasões de território e desenvolvido no decorrer dos séculos, tornando-se a arte marcial que é hoje.

Já o kickboxing foi criado nos Estados Unidos, na década de 1960, por praticantes do karatê que buscavam uma prática mais focada em troca de golpes.

A principal diferença técnica é que o Muay Thai dá mais foco para os joelhos e cotovelos do que o kickboxing, além de também permitir chutes abaixo do joelho.

O kickboxing também possui modalidades diferentes além da contato total em suas competições. São elas as modalidades contato leve (light contact), semicontato (semi contact) e musical form.

A contato leve não usa tanta força, valorizando mais a técnica dos golpes. A semicontato apenas permite golpes acima da cintura, também usando golpes mais fracos. A musical form é uma apresentação musical com golpes coreografados com intenções estéticas.

O Muay Thai possui apenas a modalidade de combate contato total, também chamado de contato pleno.

Muay Thai emagrece?

Sim. O Muay Thai é um esporte que gasta muitas calorias. É um esporte de alta intensidade, exigindo movimentos e de todo o corpo de maneiras que podem ser exaustivas.

A quantidade de calorias gasta durante a prática varia de pessoa para pessoa, mas estima-se que a média em uma hora e meia de treino fica entre 800 e 1500 calorias.

Então, sim, é possível dizer que, combinado com alimentação adequada, a prática do Muay Thai pode ser uma grande ajuda para emagrecer.


Você aprendeu sobre a prática e a história do Muay Thai, a luta dos oito membros. O esporte pode trazer vários benefícios para o corpo, autoconfiança e para a autodefesa. Compartilhe este texto com seus amigos para que eles aprendam mais sobre o Muay Thai!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (11 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Deixe o seu comentário, nos preocupamos com sua opinião:

Por gentileza, escreva seu comentário
Por favor, insira seu nome aqui

Lamentamos a não possibilidade de dar-lhe conselho médico ou responder a questões médicas e farmacêuticas individuais através de e-mail, pois apenas um médico pode prestar tal atendimento. Embora tentemos responder a todos os comentários, opiniões e e-mails que recebemos em até dois dias úteis, nem sempre é possível devido ao grande volume que recebemos. Por favor, tenha em mente que qualquer solicitação ao Minuto Saudável está sujeita aos nossos Termos de Uso e Política de Privacidade, ao enviar, você indica sua aceitação.