Sabe quando bate aquela vontade de tomar água? Então, não deixe para depois ou não espere a vontade passar, pois é importante sempre estar hidratado para um bom funcionamento do corpo humano.

É por isso que o simples ato de não beber água pode se resultar em um problema grave, a desidratação. A ingestão baixa de líquidos afeta todo o corpo e faz com que diversas funções sejam comprometidas, causando a carência de sais minerais e colocando a saúde em risco.

Sem contar que essa condição é especialmente perigosa para crianças e idosos.

Com base nisso, um estudo publicado na SAGE Open Nursing avaliou a taxa de pessoas mais velhas que ingerem a quantidade correta de líquidos. O resultado mostrou que os idosos apresentavam mais casos de desidratação em relação a adultos mais jovens.

Além disso, os pesquisadores também observaram que a desidratação nesse grupo é maior durante o período da manhã.

Leia mais: Água de coco (de caixinha, natural): benefícios, calorias, engorda?

Como foi feito o estudo?

Os cientistas da Universidade da Califórnia nos EUA acompanharam um grupo de 53 pessoas, com 65 anos ou mais.

A partir daí, eles utilizaram um método chamado de Osmolalidade, que verifica o número de produtos químicos naturais na saliva, o que pode ser um indicador da quantidade de água presente no corpo.


E então surgiram os resultados, como falamos lá em cima: os idosos tiveram mais índices de desidratação do que as pessoas mais jovens, e esse problema foi sobretudo em quem tinha problema de mobilidade, como andar.

Além da baixa autonomia (que pode ser um fator para reduzir a ingestão de água), alguns idosos apontaram que deixavam de beber água para não ter que ir ao banheiro durante a noite.

Idosos desidratados são mais propensos a doenças

A baixa ingestão de líquidos coloca o organismo em um estado de desidratação, que, por longos períodos, pode deixar os pacientes mais suscetíveis às doenças.

Isso porque, por exemplo, se forem expostos a bactérias ou vírus, o sistema imunológico tem mais dificuldade em combater os agentes.

Por isso, um simples ato de não beber água pode trazer graves transtornos para a vida das pessoas.


Desidratação é um problema sério de saúde e todos nós estamos sujeitos a isso.

Então, beber bastante água, sobretudo em dias quentes ou durante atividades físicas, é fundamental.

Fonte: Health Day


Minuto Saudável: Somos um time de especialistas em conteúdo para marketing digital, dispostos a falar sobre saúde, beleza e bem-estar de maneira clara e responsável.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *