Quase 5%. Esse é o valor aproximado do reajuste nos preços de medicamentos em 2019.

O aumento, que começa a valer já no 1º dia de abril, acontece todos os anos e é determinado pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED).

Para este ano, a expectativa é que os fármacos cheguem a valores 4,46% mais altos. Comparado aos anos anteriores, o reajuste pode ser considerado baixo — em 2016, os preços subiram até 12,5%.

Nas farmácias e drogarias, os novos preços devem ser fixados aos poucos, a medida em que os estoques vão sendo substituídos.

Mas apesar de ser impossível fugir dos aumentos, a boa notícia é que existem maneiras de economizar. Leia as informações a seguir e saiba como!

Quão mais caro vai custar meu remédio em 2019?

Apesar da real taxa de reajuste em 2019 ainda não ter sido confirmada pelo Ministério da Saúde, sabe-se que ela vai ficar entre 4% a 5%.

Mas quando falamos em porcentagem, pode parecer difícil identificar qual o real impacto deste aumento no bolso.

Então, aqui vão alguns exemplos práticos, considerando o valor máximo de reajuste para este ano (5%):

  • O medicamento Puran T4, que hoje custa, em média, R$ 30, passará a custar até R$ 31,50.
  • O medicamento Donaren, com preço em torno de R$ 70, pode atingir um valor de até R$ 73,50.

E para aqueles que têm gastos mensais nas farmácias, o impacto no bolso pode ser ainda mais expressivo. Por exemplo, se as despesas com medicamentos são de, em média, R$ 500 todos os meses, a partir de abril elas poderão chegar a R$ 525.

Como economizar?

Considerando que ainda resta uma semana antes do reajuste nos preços, adiantar as compras na farmácia pode parecer uma boa ideia, não é?

Certos medicamentos, especialmente aqueles utilizados no tratamento de condições crônicas, podem ser comprados com antecedência.

É possível driblar o aumento até mesmo se o remédio exige receita, como é o caso dos antidepressivos. Para isso, basta conversar com o médico responsável e adiantar a prescrição.

Outras dicas para gastar menos na hora comprar remédios incluem:

Compare os preços e aproveite os descontos

O Consulta Remédios, site comparador de preços de farmácias online, pode ser uma ótima alternativa de economia. Na semana pré-alta de medicamentos, que ocorre entre 25 a 31 de março, é possível encontrar preços mais baixos por meio de ofertas de farmácias de todo o Brasil: Droga Raia, Drogasil, Drogaria São Paulo e Panvel.

Os descontos em alguns medicamentos podem chegar a mais de 60% durante a campanha, como é o caso da Atorvastatina Cálcica. Confira mais algumas ofertas para esta semana:

Inclusive, com ferramentas como esta dá pra economizar o ano todo!

Atenção!

NUNCA se automedique ou interrompa o uso de um medicamento sem antes consultar um médico.

Fique atento ao PMC

Você sabia que existe um limite de preço para a maioria dos medicamentos? É o chamado Preço Máximo ao Consumidor, ou PMC.

Isso quer dizer que as farmácias e drogarias não podem cobrar mais do que o PMC determinado pela CMED (o mesmo órgão que define o reajuste anual).

Para saber qual é esse valor, você pode consultar o site da ANVISA, que disponibiliza uma lista atualizada dos medicamentos todos os meses. Ao se deparar com qualquer irregularidade, você pode denunciar o caso à ANVISA.

Avalie as alternativas

Falar de medicamentos genéricos pode não ser uma novidade, principalmente se você já gasta com remédio todos os meses.

O que poucos sabem é que os genéricos apresentam o mesmo princípio ativo, dose, forma farmacêutica e indicação terapêutica do medicamento referência (aquele que possui marca). Ou seja, no geral, eles terão a mesma eficácia.

Ao comprar este tipo de fármaco, a economia pode ser de até 35%.

Porém, nem sempre essa troca é possível. É importante que você converse com seu médico e avalie as alternativas de acordo com as suas necessidades.


O uso de medicamentos nem sempre é uma escolha. Assim, os gastos com farmácia fazem parte da rotina de muitos brasileiros. Por isso, entender a dinâmica de preços ajuda o consumidor a ter mais poder de decisão de compra.

Acompanhe mais informações no Minuto Saudável!

Minuto Saudável: Somos um time de especialistas em conteúdo para marketing digital, dispostos a falar sobre saúde, beleza e bem-estar de maneira clara e responsável.

Editor Médico

Dr. Paulo Caproni

CRM/PR 27.679

Graduado em Medicina pela PUCPR. Residência Médica em Medicina Preventiva e Social pela USP. MBA em Gestão Hospitalar e de Sistemas de Saúde pela FGV.

Farmacêutica Responsável

Dra. Francielle Mathias

CRF/PR 24612

Farmacêutica generalista, com Mestrado em Ciências Farmacêuticas, ambos pela Unicentro. Doutorado em Farmacologia pela UFPR.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *