O uso de medicamentos imunoterápicos para o tratamento de determinadas enfermidades tem se popularizado a cada ano. 

Alguns desses remédios são eficazes no tratamento de doenças como o câncer, entre eles, o Herceptin. Saiba mais sobre esse medicamento e sua ação: 

O que é Herceptin?

Herceptin é o nome comercial do Trastuzumabe — anticorpo produzido em laboratório. Ele é um medicamento oncológico produzido pela Roche, utilizado para o tratamento de tumores na área da mama. 

Esse medicamento age diretamente no crescimento das células tumorais, inibindo-as.

Existem dois tipos do medicamento: o Herceptin e o Herceptin SC. Eles podem ser empregados tanto no período inicial quanto tardio da doença e podem ser aplicados por via subcutânea (abaixo da pele) ou intravenosa. 

Qual a diferença do Herceptin e Herceptin SC?

A diferença entre o Herceptin e Herceptin SC está na sua forma de aplicação.

O Herceptin é aplicado via infusão intravenosa. Sua solução deve ser diluída em soro fisiológico antes de ser administrado. Por isso, é administrado feito um soro.

Já o Herceptin SC possui aplicação por injeção subcutânea. A solução já vem pronta para o uso injetável, não precisando de diluição em outros componentes.


Ambos os medicamentos devem ser administrados por profissionais capacitados(as).

Para que serve?

De acordo com a bula, o Herceptin é indicado para casos de câncer de mama metastático — quando as células cancerígenas se espalham pelo corpo e originam focos de tumor em outros órgãos — do tipo HER2-positivo.

A HER2 é uma proteína que promove o crescimento das células mamárias. Quando há a presença de um tumor, é ela que estimula o crescimento dele. 

Nesses casos, o Herceptin pode ser utilizado de forma individual, em pacientes que já passaram por algum tratamento de quimioterapia, ou em conjunto com outros medicamentos específicos, para pessoas que ainda não realizaram nenhum tipo de tratamento antecedente. 

Ele também pode ser aplicado nos casos de câncer gástrico avançado, se associado a outros fármacos próprios para o problema. Porém, essa utilização é apenas para o Herceptin. Assim, Herceptin SC não pode ser usado com essa finalidade.

Qual o princípio ativo do Herceptin?

O princípio ativo do medicamento é o Trastuzumabe.  

Ele se liga à substância HER2 — proteína responsável pela maior multiplicação das células cancerígenas — e é responsável por inibir a proliferação das células tumorais com superexpressão HER2.

Herceptin e Perjeta

Tanto o Herceptin quanto o Perjeta são medicamentos utilizados no tratamento do câncer de mama inicial e metastático. Muitas vezes, são utilizados em conjunto, visando aumentar a sobrevida dos pacientes que possuem a doença. 

O Perjeta é aplicado via infusão intravenosa e seu princípio ativo é o Pertuzumabe. Ele atua ligando-se à proteína HER2 também, impedindo a multiplicação das células doentes.

A escolha do medicamento deve ser feita com base no histórico do(a) paciente e na adaptação ao tratamento. Somente profissionais capacitados(as) podem avaliar a melhor opção.

Herceptin é imunoterapia?

Não. A imunoterapia é um tratamento que usa medicamentos que estimulam  o sistema imunológico a destruir as células cancerosas de forma eficaz. 

O Herceptin atua ligando-se às células tumorais com um elevado HER2. Isso faz com que a substância seja classificada como um anticorpo antitumoral. Dessa forma, ele não estimula ou potencializa o sistema imune e não pode ser considerado imunoterapia.

Qual a diferença do Herceptin subcutâneo e intravenoso?

Estudos comprovam que a eficácia da aplicação via intravenosa e via subcutânea do medicamento são semelhantes. 

Dessa forma, a diferença se apresenta no tempo de aplicação. 

A via intravenosa leva cerca de 90 minutos para ser completada, pois é administrada como um soro, mais lentamente. Já a subcutânea, de 2 a 5 minutos. 

Quais as reações do Herceptin? 

O uso do medicamento pode provocar algumas reações adversas ao(à) paciente. Cada organismo pode reagir de forma diferente à substância e não necessariamente todos os sintomas aparecerão. Conforme a bula, as reações mais comuns são: conjuntivite, anemia, insônia, dores de cabeça, fadiga, sangramento nasal e náuseas.

Outras manifestações são:

  • Diarreia;
  • Constipação;
  • Dificuldade de Digestão;
  • Dor Muscular;
  • Artrite;
  • Calafrios;
  • Febre;
  • Inchaço;
  • Sudorese;
  • Pele seca;
  • Inflamação da mucosa;
  • Sinusite;
  • Rinite;
  • Asma;
  • Hepatite;
  • Hemorroida.

Levando em consideração que o uso do Herceptin é feito, geralmente, em conjunto com outros medicamentos, é difícil identificar quais os efeitos colaterais específicos dele. Todas as reações listadas foram observadas em estudos clínicos e tendem a ser bem suportadas.

Cai o cabelo?

Depende. A redução parcial ou total de cabelo e pelos é um efeito colateral comum do uso do medicamento Herceptin. 

Apesar disso, não necessariamente a queda ocorrerá.

Preço e onde comprar?

Tanto o Herceptin quanto o Herceptin SC são medicamentos de alto custo.

Seus valores variam entre R$9.000 e R$12.000* e podem ser encontrados em farmácias físicas.

*Preços consultados em novembro de 2019. Os valores podem sofrer alteração.

O SUS fornece Herceptin?

Sim. O medicamento já é oferecido pelo Sistema Único de Saúde (SUS) desde 2012, entretanto, apenas para pacientes no estágio inicial e localmente avançado.

Em 2018, foi confirmada a distribuição do fármaco para pessoas com câncer de mama metastático.  

Em muitos casos, pode ser necessário entrar com um processo judicial para a obtenção do tratamento de alto custo gratuitamente. Nesses casos, pacientes podem contar com o auxílio da Assessoria em cotação jurídica de medicamentos de alto custo, um serviço personalizado ofertado pelo Consulta Remédios.

Para conhecer melhor o procedimento judicial e contar com apoio e orientações específicas de forma simples e objetiva, basta acessar o link e enviar o formulário preenchido.


Mesmo com campanhas de conscientização para a identificação do câncer de mama, a doença ainda é, muitas vezes, diagnosticada em estágios avançados.

Com novas tecnologias, o tratamento, mesmo tardio, tem sido possibilitado por medicamentos como o Herceptin.

O Minuto Saudável traz outras informações sobre remédios e tratamentos. Confira!


Minuto Saudável: Somos um time de especialistas em conteúdo para marketing digital, dispostos a falar sobre saúde, beleza e bem-estar de maneira clara e responsável.