A Leucemia é um tipo de câncer que se manifesta nas células do sangue (como os glóbulos brancos, vermelhos e os leucócitos).  

Sua principal característica é o acúmulo de células cancerígenas na medula óssea que acabam se espalhando e contaminando as células do sangue.

Existem 12 tipos diferentes de leucemia, cada um deles com suas particularidades. 

O Instituto Nacional de Câncer (INCA) estima que em 2020, cerca de 10 mil novos casos serão diagnosticados no país.  

Felizmente, essas pessoas poderão contar com o auxílio de inúmeros medicamentos, entre eles o Glivec. 

Índice — neste artigo você vai encontrar:

  1. O que é o medicamento Glivec Novartis? 
  2. Para que serve Glivec? 
  3. Qual o mecanismo de ação do princípio ativo Mesilato de Imatinibe? 
  4. Glivec é quimioterapia? 
  5. Como a bula indica usar Glivec? 
  6. Posologia indicada 
  7. Quais os efeitos colaterais? 
  8. Qual o preço de Glivec? 
  9. Tem genérico? 
  10. É aprovado pela ANVISA? 
  11. Tem no SUS?
  12. Como orçar? 

O que é medicamento Glivec Novartis?

Glivec é um medicamento referência usado para o tratamento de alguns tipos de tumores que se instalam nas células da corrente sanguínea. 

O princípio ativo desse fármaco é o Mesilato de Imatinibe. Tal remédio é contraindicado para pessoas que apresentem alergia ao seu princípio ativo ou qualquer outra substância da fórmula. 


A forma de apresentação de Glivec é em comprimidos revestidos, sendo, portanto, de uso oral. 

O medicamento pode causar tonturas e quadros de sonolência. Por isso, evite dirigir e operar máquinas caso você apresente algum desses efeitos colaterais.  

Glivec ainda pode ter reação medicamentosa (quando um remédio anula ou diminui a ação de outro) com os fármacos usados para tratar: 

Grupos especiais

Esse remédio pode ser usado por pacientes que tenham mais de 1 ano de idade para o tratamento de Leucemia Linfoblástica Aguda. 

Se o tratamento for para combater a Leucemia Mieloide Crônica, o medicamento só deve ser usado em pessoas com mais de 2 anos. 

As gestantes devem ponderar o uso do medicamento juntamente com um(a) profissional de medicina. Ou seja, o uso de Glivec na gestação só deve ser feito em situações extremamente necessárias, já que ele remédio pode ser prejudicial para a vida do neném.   

Já para a mulheres lactantes, a recomendação é de não amamentar durante o uso de Glivec, mantendo essa precaução por até 15 dias após a última dose tomada.  

Para que serve Glivec?

Glivec é um remédio indicado para o tratar várias doenças como câncer nas células do sangue, no intestino e no estômago. Saiba exatamente quais são os tipos de tumores tratados: 

Leucemia Mieloide Crônica 

Leucemia Mieloide Crônica (LMC) é um tipo de câncer no sangue, no qual há uma grande produção de células brancas cancerosas conhecidas como células mieloides. 

Glivec é usado para tratar os casos pediátricos (com mais de 2 anos) e de adultos que estejam com LMC cromossomo Philadelphia positivo (Ph+) que: 

  • Foram diagnosticados recentemente e não tenham sido tratado ainda; 
  • Estão em fase acelerada ou crônica e não tenham respondido ao tratamento com terapia alfa interferona. 

Leucemia Linfoblástica Aguda 

A Leucemia Linfoblástica Aguda (LLA) é um tipo de câncer no sangue. 

Sua principal característica é a produção elevada de células brancas cancerosas conhecidas como linfoblastos. 

Esse remédio de referência é indicado para o tratamento de pacientes com mais de 1 ano que estejam com LLA cromossomo Philadelphia positivo (Ph+) que foi diagnosticada recentemente, em combinação com quimioterapia.  

Tumores Estromais Gastrintestinais

Os tumores Estromais Gastrointestinais também são chamados de GIST. 

Eles são tumores presentes no intestino e no estômago e surgem do crescimento descontrolados das células que compõem os tecidos de suporte desses mesmos órgãos.   

Glivec é usado no tratamento de adultos com GIST (câncer do estômago e intestino) não ressecáveis ou em estado metastático (quando a doença se espalha para o restante do organismo). 

Qual o mecanismo de ação do princípio ativo Mesilato de Imatinibe?

O princípio ativo de Glivec age na produção de células cancerígenas, interrompendo o seu desenvolvimento e impedindo que se reproduzam. 

O Mesilato de Imatinibe é considerado um inibidor da tirosina quinase, ou seja, ele impede a ação de uma proteína conhecida como tirosina quinase BCR-ABL, que é a principal causa dos tumores no sangue. 

Glivec é o primeiro medicamento desse tipo que foi desenvolvido no Brasil. Hoje, embora ele seja a referência, é possível encontrar outras marcas que também manipulam o princípio ativo Mesilato de Imatinibe.  

Glivec é quimioterapia?

Sim, Glivec é um medicamento considerado como quimioterapia e tem se tornando um dos principais remédios na lista de combate aos variados tipos de câncer de sangue. 

Por isso, o ideal é seguir as orientações médicas em relação a posologia e forma de tomar esse tipo de medicamento. 

Mas o que é quimioterapia? Vamos explicar melhor: 

Essa linha de tratamento utiliza remédios para combater as células doentes que causam um tumor (câncer).   

Esse fármacos caem diretamente na corrente sanguínea e, assim, espalham-se pelo restante do organismo e combatem as células cancerígenas (que provocam a doença).  

Ela pode ser administrada pela boca (oral), com injeções nas veias (intravenosa), nos músculos (intramuscular), abaixo da pele (subcutânea) e em pomadas na pele (tópico). 

No caso de Glivec, a administração é por comprimidos que devem ser ingeridos por via oral (pela boca). 

A quimioterapia é famosa por causa dos seus efeitos colaterais agressivos (enjoos, vômitos, diarreia, dores intensas, perda de peso e queda dos fios e cabelos). Embora essas reações adversas sejam comuns, sempre é bom comunicar a equipe médica em casos de dúvidas.  

Como a bula indica usar Glivec?

Segundo a bula, esse comprimido só pode ser ingerido por via oral. 

O(a) paciente deve, preferencialmente, tomar os comprimidos após uma refeição. Isso porque, assim, a comida ajuda a proteger o estômago.  

Esse medicamento precisa ser engolido inteiro com a ajuda de um copo de água, ou seja, ele não deve ser mastigado, cortado ou partido.

Se a pessoa tiver muita dificuldade para engolir, pode-se dissolver o comprimido em um copo de água ou suco de maçã.

Todo esse processo na verdade é bem simples: 

  • Coloque o remédio em um copo seco e limpo; 
  • Acrescente água potável e em temperatura ambiente (50mL de água para 1 comprimido de 100mg e 200mL de água para 1 comprimido de 400mg); 
  • Com ajuda de uma colher, mexa o comprimido até que ele dissolva dentro do copo de água; 
  • Beba imediatamente o líquido; 
  • Tome o cuidado de garantir que toda a dose foi tomada. Se achar necessário, coloque mais um pouquinho de água nesse mesmo copo e tome-a.  

Posologia indicada 

Como esse remédio trata vários tipos de enfermidade, a melhor pessoa para informar qual a posologia indicada para o seu caso é o(a) profissional de medicina que te acompanha. 

Sobre isso, a bula de Glivec apenas faz uma ressalva: se for necessário ingerir a dose duas vezes ao dia, o ideal é que se faça isso pela manhã após o desjejum e à noite, depois do jantar. 

As crianças que estão sendo tratadas com Glivec devem receber uma dose máxima de 600mg por dia.  

Já para os adultos, a dose geralmente varia entre 400mg e 600mg, podendo chegar a até 800mg nos casos em que a doença está mais avançada. 

Em casos de dúvidas, peça orientação médica.  

Quais os efeitos colaterais?

Como qualquer outro medicamento, o uso de Glivec também pode provocar alguns efeitos colaterais. 

Para facilitar a compreensão, a bula divide essas reações adversas conforme a frequência com que acontecem. 

Conheça mais sobre esses efeito colaterais: 

Muito comum e comuns 

As reações adversas classificadas como muito comuns ou comuns acontecem entre 1% e mais de 10% dos casos: 

  • Inchaço; 
  • Rápido aumento ou perda de peso;  
  • Fraqueza; 
  • Sangramentos espontâneos (principalmente do nariz); 
  • Feridas na boca; 
  • Infecções frequentes; 
  • Febre; 
  • Calafrios;
  • Dor de cabeça; 
  • Enjoos;
  • Diarreia; 
  • Dor e desconfortos abdominais; 
  • Cãibra e dormência; 
  • Dores musculares e ósseas; 
  • Cansaço; 
  • Insônia (dificuldade para dormir); 
  • Tonturas; 
  • Irritações nos olhos (coceira, lacrimejamento, vermelhidão, etc); 
  • Boca seca; 
  • Azia; 
  • Excesso de gases; 
  • Coceira;
  • Afinamento ou queda dos cabelos; 
  • Pele seca. 

Incomuns e raras 

Os efeitos colaterais incomuns ou raros acontecem entre 0,1% e 1% dos casos: 

  • Palidez; 
  • Falta de ar;
  • Urina escurecida; 
  • Aperto no peito; 
  • Visão embaçada; 
  • Ritmo cardíaco irregular; 
  • Feridas e manchas na pele; 
  • Coceira; 
  • Queimaduras na pele; 
  • Dor ao andar; 
  • Dificuldade para falar; 
  • Perda repentina da memória; 
  • Convulsões; 
  • Vômito, fezes ou urina com sangue; 
  • Perda de apetite; 
  • Amarelamento da pele e dos olhos; 
  • Sede; 
  • Dificuldade ou dor ao respirar; 
  • Espasmos musculares; 
  • Sangramentos vaginais;  
  • Enxaquecas; 
  • Confusão; 
  • Descolamento das unhas; 
  • Entupimento do nariz; 
  • Depressão; 
  • Ansiedade; 
  • Lapsos de memória; 
  • Irregularidades no ciclo menstrual; 
  • Diminuição do desejo sexual; 
  • Sinusite;
  • Feridas no estômago; 
  • Infecções urinárias; 
  • Dificuldade para engolir; 
  • Aumento de quadros de surdez. 

Com frequência desconhecida 

As reações adversas com frequência desconhecida são aquelas que não podem ser estimadas com base nos dados disponíveis: 

  • Diminuição na quantidade de urina; 
  • Sensação de sede;
  • Reativação da Hepatite B (para quem já teve essa complicação); 
  • Olhos amarelados; 
  • Falta de ar; 
  • Dor ou desconforto no peito; 
  • Sensação de enjoo; 
  • Bolhas e lesões na pele; 
  • Erupção cutânea generalizada; 
  • Alteração no crescimento e desenvolvimento de crianças e adolescentes.

Qual o preço de Glivec?

O preço do medicamento Glivec varia conforme a miligramagem e a quantidade de comprimidos que cada caixa contém.

Por exemplo: 

*Preços consultados em março de 2020. Os valores podem sofrer alterações.

Tem genérico? 

Sim. Além de Glivec da farmacêutica Novartis, as outras opções de medicamentos que também manipulam o Mesilato de Imatinibe (princípio ativo de Glivec) são: 

Nome do medicamento Farmacêutica Classe medicamentosa 
Mesilato de Imatinibe Instituto Vital Brazil Genérico 
Mesilato de Imatinibe EMSGenérico
Mesilato de Imatinibe Fiocruz Genérico
Mesilato de Imatinibe Cristália Genérico
Mesilato de Imatinibe Eurofarma Genérico
LeuphilaLegrand Similar 
Glimatin EMSSimilar intercambiável

É aprovado pela ANVISA?

Sim. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) aprova a farmacêutica Novartis a manipular e comercializar Glivec.  

Entre outubro de 2001 e fevereiro de 2004, essa empresa produzia Glivec com uma forma de apresentação diferente: em cápsulas em gel duras. 

Ao mudar para comprimidos revestidos, a farmacêutica precisou atualizar os seus registros na ANVISA, o que aconteceu em 2004.

Desde então, a Novartis tem autorização para comercializar Glivec em comprimidos, que é válida até outubro de 2026.   

Glivec tem no SUS?

Sim. O Sistema Único de Saúde (SUS) oferece Glivec gratuitamente em todo o território nacional. 

Para ter esse direito, o(a) paciente deve ir à unidade básica de saúde e apresentar o laudo médico que comprove a necessidade de usar o medicamento. 

Mesmo com a confirmação médica, é possível que o SUS não forneça o medicamento, por fatores como falta ou dificuldade de verbas.

Nesses casos, o ideal é entrar com um processo judicial com o auxílio de um(a) advogado(a). 

Para isso, são necessários vários papéis como os laudos médicos e um orçamento de 3 estabelecimentos que comercializem o fármaco.   

Como orçar Glivec?

Para quem vai entrar com um processo jurídico, o Consulta Remédios oferece um programa especial de Assessoria aos Medicamentos de Alto Custo, que é bem simples: basta acessar esse link, preencher os campos com os seus dados pessoais e, dentro de algum tempo, nossa equipe vai te enviar um orçamento personalizado e exclusivo para o seu caso.


Glivec é um medicamento indicado para o tratamento de alguns tipos de tumores presentes no sangue, intestino e estômago. 

Em casos de dúvidas, procure sempre a orientação de um(a) profissional de medicina. O Minuto Saudável traz outras informações sobre remédios. Acompanhe as nossas postagens e tenha mais saúde.


Minuto Saudável: Somos um time de especialistas em conteúdo para marketing digital, dispostos a falar sobre saúde, beleza e bem-estar de maneira clara e responsável.