A glicerina está presente em shampoos, condicionadores, sabonetes, cremes hidratantes (para o corpo e rosto) e em muitos outros produtos.

Apesar de estar em muitas fórmulas, a glicerina pura também pode ser facilmente usada em receitas caseiras, com promessas de deixar os cabelos mais hidratados, macios e brilhosos.

Existem alguns truques e combinações para aplicar nos fios.

Abaixo descrevemos se a glicerina no cabelo é algo realmente bom, quais cuidados ter e como usar, seja em fios crespos, lisos ou quimicamente tratados. Confira!

O que é glicerina e para que serve?

A glicerina, também chamada de glicol, é um álcool de açúcar que possui um aspecto próximo ao de um xarope. Ele é extraído de fontes naturais, mas pode também ser de origem sintética. É um líquido incolor ou amarelo claro, usado em receitas caseiras e presente em produtos industrializados.

Não é considerado uma substância com potencial de limpeza dos fios, apesar de estar presente em muitos produtos com esse fim.

Na verdade, essa é uma substância que possui ação espessante e umectante. Isso significa que é capaz de ajudar a manter a umidade natural da pele e dos fios, deixando-os com um aspecto mais saudável e bonito.

Por isso é tão presentes em cosméticos, cremes e loções.


Então, usar a glicerina, pura ou em outros produtos, é um ótimo truque de beleza, pois ela ajuda a reter água, mantendo a umidade presente no interior dos fios de cabelo. Deixando ele mais macio, com aspecto hidratado e forte.

Além de usado para os cabelos, o produto também pode ser utilizado para hidratação da pele, do rosto e do corpo. A ação desempenhada é a mesma, de preservar a água presente nos tecidos.

Esse produto pode ser facilmente encontrado em farmácias e em alguns supermercados, em potinhos geralmente de 100mL.

O valor da glicerina é bem baixo, considerando a durabilidade. É possível comprar por cerca de R$ 10.

Origem animal e vegetal

A glicerina é uma substância que pode ser extraída tanto de fontes de origem vegetal quanto animal. É uma informação importante de ser destacada, especialmente pensando nos praticantes do veganismo, que não consomem nenhum tipo de produto com origem animal.

Quando se trata da glicerina de origem vegetal (altamente solúvel na água), a fonte é derivada dos óleos vegetais, como o óleo de coco e de palma. As de origem animal são oriundas da gordura do animal, como na banha de porco.

Há também um terceiro tipo de glicerina, que é a considerada sintética, sendo extraída nesses casos do petróleo.

Benefícios: o que a glicerina faz no cabelo?

A glicerina no cabelo deixa-os mais hidratados, por preservar a água no interior dos fios, devido à ação umectante e propriedades higroscópicas (que absorvem a água). Além disso, é emoliente (deixa os fios mais maleáveis) e lubrificante, que ajuda a deixá-los mais brilhosos.

A hidratação que promove também acontece pelo poder que a glicerina tem de tirar a umidade do ar e levar para os fios. Por isso, é indicada para uso em dias mais úmidos.

Outros benefícios, de acordo com o tipo de cabelo, incluem:

  • Redução de quedas e quebras dos fios;
  • Controle de frizz.

Nos cabelos lisos e loiros

Nos cabelos lisos (naturais, loiros, ruivos ou com qualquer outro tipo de química) a glicerina é um ingrediente que proporciona maior fortalecimento dos cabelos, reduzindo quedas e quebras dos fios.

Além de ser um bom hidratante, ajuda a diminuir o número de pontas ressecadas e duplas, sobretudo para quem tinge ou descolore os fios.

Cabelos crespos e cacheados

Nos fios crespos e cacheados, a glicerina também pode ser usada. A ação hidratante e emoliente é o maior atrativo no uso do produto para esses tipos de cabelo, que exigem uma boa hidratação.

Com o uso da glicerina e os cuidados certos, o resultado do uso são cachos mais definidos, redução do frizz, controle do volume, maciez e brilho.

Glicerina alisa o cabelo?

Ao usar a glicerina, a sensação é de que os fios ficam mais lisos. No entanto, esse efeito “desmaiado” ocorre devido à ação hidratante e emoliente do produto, que deixa o cabelo mais alinhado, maleável e menos volumoso.

Mas não é o mesmo efeito que um alisamento químico, que é duradouro e mais visível. Por isso, quem tem os cabelos crespos e cacheados não precisa temer o uso da glicerina nos hidratantes, pois ele não alisa os fios.

O que é a glicerina bidestilada?

A glicerina bidestilada é a forma mais concentrada e processada do produto. Na forma bruta, a glicerina apresenta em média 80% de sua concentração de glicerol e o restante sendo composta por água, sais orgânicos e outros minerais.

Dessa forma, ela não é tão pura e transparente, chamada de glicerina loira por isso.

A bidestilada é a glicerina que passa pela etapa de destilação, processo que separa os materiais presentes no produto em altas temperaturas e pressão reduzida (por vácuo).

O que torna o produto mais puro e concentrado. A concentração do produto bidestilado pode ser de até 99,5% de glicerol.

A partir disso, pode ser utilizada em diversos outros produtos ou usado em receitas caseiras para hidratação dos cabelos.

Passo a passo: como usar glicerina líquida no cabelo?

A glicerina pode ser usada em receitas caseiras, para potencializar máscaras de tratamento, combinada com outros ingredientes (como babosa, soro fisiológico, mel e maizena) e diluída em água para ser borrifada nos fios.

Não deve ser usada pura nos fios e também não é muito indicada para os dias mais secos, pois pode acabar roubando a umidade do próprio cabelo. Assim, ao invés de um cabelo mais hidratado, o resultado pode ser um ressecamento indesejado.

O passo a passo a seguir mostra uma das formas mais utilizadas de glicerina no cabelo:

Preparando a máscara

Em um pote, misture uma quantidade suficiente de máscara de hidratação (da marca de sua preferência) de acordo com comprimento e volume dos fios, depois adicione 1 tampinha da glicerina bidestilada. Misture bem os dois ingredientes.

Enluve os fios

Com os cabelos já lavados com shampoo e ainda úmidos, aplique em cada mecha a máscara com glicerina e enluve bem os fios. Assim, todos os nutrientes da glicerina e do creme de tratamento serão melhor aproveitados nessa hidratação

Deixe descansar

Após enluvar bem os fios, borrife um pouco de água nos cabelos e coloque uma touca de hidratação. Essa borrifada é importante para potencializar a ação da glicerina e indispensável nos dias mais secos.

Feito isso, deixe descansar por 20 a 30 minutos.

Enxágue e finalize

Após esse tempo, lave bem os fios com água morna ou fria. É possível deixá-los secando naturalmente ou com o uso de um secador.

Receitas caseiras

A glicerina pode ser combinada a outros ingredientes que podem ajudar na hidratação e cuidado dos fios. As principais combinações são a babosa, mel e soro fisiológico.

Leia mais: O que é Cronograma Capilar, oficial, adaptado, como fazer, produtos

Glicerina com babosa e mel

O mel e a babosa são ingredientes que também possuem propriedades hidratantes. Por isso, são muito utilizados como tratamentos caseiros para recuperar os fios danificados.

Para fazer essa receita, basta misturar a máscara hidratante na quantidade suficiente para o seu cabelo, 1 tampinha de glicerina, adicionar a babosa e uma colher de mel.

Com isso feito, é só aplicar o creme nos cabelos já lavados com shampoo e ainda úmidos. Após o descanso de 20 a 30 minutos, é só enxaguar.

Soro e glicerina no cabelo

O soro fisiológico é usado em outras receitas de hidratação para ajudar a reduzir o frizz e combater o ressecamento. Assim como a glicerina, também é muito utilizado em tratamentos caseiros para os cabelos e para a pele.

Para usar nos fios, misture 1 tampinha de glicerina, 2 colheres de máscara de hidratação e 2 colheres de soro fisiológico.

Aplique nos cabelos já lavados com shampoo e ainda úmidos, deixe descansar e enxágue bem.

Leia mais: Hidratação para o cabelo: cremes e receitas caseiras para cada tipo

Contraindicações e cuidados com a glicerina no cabelo

Não há grandes contraindicações no uso da glicerina no cabelo. É considerado um produto hipoalergênico, assim, raramente causa reações adversas. Mas existem alguns cuidados que são fundamentais para que os fios fiquem bonitos e hidratados. Se usada de forma errada, o resultado pode ser até mesmo o oposto, causando ressecamento nos fios.

O principal alerta é para não usar o produto diretamente no cabelo, ele precisa estar diluído em água.

Isso porque a glicerina tem essa capacidade de retenção. Quando usada nos cabelos, preserva os líquidos presentes no interior dos fios. Mas para isso precisa estar dissolvida, senão acaba roubando essa água dos fios.

O mesmo acontece em dias muito secos e com umidade baixa.  Nesses casos, a glicerina não tem umidade do ambiente para “roubar” e pode acabar retirando dos fios, como uma compensação.

Preços e onde encontrar

Não é difícil de encontrar esse produto. A glicerina pode ser facilmente adquirida em farmácias e em algumas redes de supermercados, na sessão de perfumaria. É vendida em pequenos frascos, de 100mL normalmente.

É um produto com ótimo custo-benefício, pois pode ser encontrado na faixa de R$ 5 a R$ 10 e tem um rendimento muito bom.

No Consulta Remédios é possível encontrar o produto e pesquisar em qual farmácia perto da sua casa está mais barato.

Alguns exemplos de produtos e preço médio* são:

*A pesquisa de preços foi realizada no site Consulta Remédios em 19/06/2019. Os valores podem sofrer alterações.


A glicerina é um produto usado para umectação e hidratação dos fios, para ajudar a manter os cabelos mais macios e alinhados.

Isso é resultado do seu poder de devolver a umidade aos fios, deixando-os menos ressecados e com mais brilho.

Para que os resultados no uso do produto sejam positivos, o ideal é preferir utilizá-lo em dias mais úmidos e lembrar sempre que é preciso diluí-lo em água ou produtos com água.

Buscamos nesse artigo mostrar como a glicerina no cabelo pode fazer parte da sua rotina de beleza. Se  você já experimentou, compartilhe com a gente a sua experiência e as receitas que mais gosta. Obrigada pela leitura!


Minuto Saudável: Somos um time de especialistas em conteúdo para marketing digital, dispostos a falar sobre saúde, beleza e bem-estar de maneira clara e responsável.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *