Há uma enorme variedade de argilas e, diante de tantas possibilidades, é comum surgir dúvidas de como utilizar cada tipo. 

Das mais variadas cores e propriedades, ela tem sido aliada do cuidado com o corpo desde a antiguidade, com relatos de seu uso por egípcios e povos da Amazônia. 

Os tratamentos com argila, conhecidos como geoterapia, são amplamente usados em clínicas estéticas e também podem ser feitos em casa.

Índice — neste artigo você vai encontrar:

  1. Quais os benefícios da argila?
  2. Qual é a argila mais hidratante?
  3. Qual a melhor argila para tirar rugas?
  4. Para que serve cada tipo de argila?
  5. Como aplicar a argila na pele?

Quais os benefícios da argila?

O uso da argila traz muitos benefícios, sendo comumente usada na pele e cabelos. As suas propriedades variam conforme o tipo e em virtude de seus componentes e fonte de extração. 

Confira abaixo alguns benefícios comuns das diferentes argilas:

  • Suaviza marcas de expressão, por meio da nutrição dos tecido da pele;
  • Alívio da tensão, estimulando o fluxo de sangue na área; 
  • Reduz a má circulação, o ferro presente em algumas argilas aumenta o fluxo sanguíneo na área de aplicação; 
  • Eliminação de toxinas, é feita através da troca de minerais da argila com a pele, retirando as toxinas e depositando minerais no tecido;
  • Renovação celular da pele, por meio de efeito antioxidante;
  • Regula a secreção sebácea da pele, através da ação adstringente;
  • Ação cicatrizante do silício, mineral que está presente em algumas argilas;
  • Aumenta o fluxo sanguíneo, promovendo regeneração;
  • Suaviza manchas de depilação (em áreas como axilas e virilha), estimulando a renovação celular.

Qual é a argila mais hidratante?

Argila branca pode ser usada para hidratar a pele.

Dentre a variedade de argilas, as que contêm maior hidratação devido aos seus componentes são a argila amarela, branca e a rosa.

Esses três tipos podem conter: sódio, potássio, ferro, magnésio, zinco, cobre e titânio, elementos que mantêm a respiração celular e o equilíbrio dos elétrons nas células cutâneas, deixando a pele hidratada.


Para peles sensíveis, oleosas, ou madura é recomendado o uso da argila branca. Já quem tem a pele avermelhada ou sensível pode usar a argila rosa. Por fim, é indicado para peles normal, seca ou madura a argila amarela.

É importante lembrar que após a aplicação da argila é necessário borrifar água normal, soro fisiológico, água termal ou hidrolatos na área de aplicação, para que a argila não seque na pele, perdendo propriedades de hidratação.

Qual a melhor argila para tirar rugas?

As argilas que promovem o rejuvenescimento da pele são a argila amarela, preta, vermelha. Isso porque contém silício, alumínio, óxido de cobre e óxido de ferro, minerais que podem auxiliar na construção de colágeno, aumentando a elasticidade e renovando células da pele. 

Para peles normal, seca ou madura é recomendado o uso da argila amarela, que poderá aumentar a elasticidade do tecido.

A argila preta deve ser usada com cautela em peles oleosas — ou seja, sem exageros, pois retira grande quantidade de oleosidade da derme, podendo causar efeito rebote. 

A indicação dessa argila é para pele normal ou madura, pois ela renova as células por meio do efeito detox. Vale lembrar que é importante usar hidratante após a remoção da argila.

Já quem tem a pele sensível pode usar a argila vermelha, que através da ação antioxidante combate o envelhecimento.

Para que serve cada tipo de argila?

Existem diversas cores e tipos de argila, a pigmentação é determinada conforme o principal elemento da composição.

Por exemplo, argilas as amarelas e vermelhas são ricas em Ferro-Férrico, as marrons, pretas e roxas, são rica em Iodo. Então, cada tipo contém componentes e finalidades diferentes — confira abaixo como utilizar cada um:

Verde

A argila verde tem ação reguladora de produção de sebo e pode ser considerada um excelente antisséptico, por isso, é indicada para peles oleosas e com acne

Ela contém iodo e ferro-ferroso, ativos que fazem trocas iônicas com a pele, melhorando áreas que estejam produzindo sebo em quantidades acima do normal, o  ferro também promove renovação celular.

Essa argila pode ser usada em peles normais, oleosas ou com oleosidade apenas na região T (testa, nariz e queixo). A aplicação pode ser feita em todo o rosto, para peles normais e oleosas, e apenas na região T em peles que a produção de óleo é maior nesta área.

Amarela

A argila amarela tem como elemento principal o silício, que pode aumentar a formação de colágeno na pele, além de  promover a elasticidade por meio do estímulo na produção de elastina.

Branca

A argila branca tem propriedades hidratantes e cicatrizantes, o que se dá devido ao alumínio e magnésio (seus componentes principais). Destaca-se, ainda, que ela tem o pH mais próximo da pele, perto de 4,7 a 5,75 pH.  

Portanto, seu uso é indicado para fazer hidratações faciais ou aplicação em áreas que há ressecamento de pele, como bochechas e maxilar.

Ainda, a argila branca e verde podem ser combinadas para uso em cuidados pós cirúrgicos, pois agem clareando, hidratando, cicatrizando e diminuindo o processo de inflamação na cicatriz da cirurgia.

Mas este uso deve ser feito apenas com recomendação médica, pois sem a orientação correta, pode causar prejuízos e dificultar o processo delicado de cicatrização.

Marrom

A argila marrom pode ser usada em tratamentos de espinhas e cravos, e como máscara capilar. Ela é comumente usada para fazer artesanato e fabricação de vasos, porém seus maior aproveitamento está na área estética.

Em sua composição há silício, alumínio e titânio, esses minerais promovem a circulação sanguínea na área aplicada, removem a oleosidade acumulada nos poros, e agem de forma antisséptica na pele, no cabelo auxiliam o tratamento contra caspa.

Preta

Argila preta pode ser usada na pele e cabelo.

A argila preta também pode ser encontrada com o nome de “lama vulcânica”, e é indicada para tratamentos de detox na pele e cabelos.

Ela contém alta concentração de alumínio, silício e titânio, que agem de forma anti-inflamatória e proporcionam a reconstrução de tecidos da pele e dos fios. Também tem efeito calmante e pode ajudar no tratamento de rugas.

Vermelha

Esta argila é rica em ferro, elemento que participa da respiração celular e dá a cor avermelhada, devido à alta concentração do mineral. 

A argila vermelha é comumente usada em diversas áreas do corpo, como em tratamentos de celulites, prevenção de estrias ou redução de marcas de sol e sinais de envelhecimento no rosto. 

Ainda, pode ser usada nos cabelos para ajudar a retirar resíduos dos fios.

Rosa

A argila rosa é uma mistura da branca e vermelha, combinando os benefícios dessas duas argilas. Nesse sentido, a hidratação por meio da ação do silício e o tratamento de celulites através do aumento de circulação sanguínea, causado pelo ferro, são os dois principais benefícios.

É indicada para peles sensíveis e desidratadas, pois age de forma cicatrizante e suavizante, hidratando sem agredir a pele ou entupir poros. E pode ser usada no rosto, corpo e cabelo, contando com a mesma ação umectante para os fios.

Cinza

Esta argila é rica em titânio, silício e alumínio, também tem o pH mais alcalino (pode causar ressecamento), por isso não é indicada para uso no cabelo, salvo em casos de muita oleosidade nos fios. 

Dessa forma, se usada em cabelos sem esse problema, pode causar mais ressecamento.

No rosto, a argila cinza pode tratar lesões inflamadas na pele, como aquelas causadas por cravos e espinhas. Além disso, pode suavizar manchas e servir como esfoliante e/ou máscara facial. 

Roxa

A argila roxa é indicada para o uso em peles com linhas de expressão e rugas, por ter ação hidratante e revigorante, ela pode auxiliar na diminuição de sinais de idade da pele. 

Através dos minerais magnésio e silício, esta argila atua hidratando, acalmando e  revigorando a pele. Além de absorver impurezas e sebo dos poros da pele. 

Pode ser usado na região do rosto.

Como aplicar a argila na pele?

A aplicação da argila é simples e rápida, e pode ser feita em alguns minutos, o seu uso geral é de 1 vez na semana. Para saber como usar e escolher de forma adequada, e esclarecer possíveis dúvidas, é importante consultar um(a) dermatologista, que irá avaliar a pele e indicar o melhor uso. Confira abaixo o passo a passo de aplicação:

  1. Comece limpando a área de aplicação, lave com sabonete apropriado para a região. Removendo a maquiagem, resíduos e oleosidade;
  2. Adicione água mineral a argila, no caso de argila em pó, para formar uma pasta. A quantidade irá variar conforme o tamanho da área de aplicação, inicie com 1 colher de sopa de argila para 1 colher de chá de água;
  3. Não use recipientes de metal ou utensílios para misturar a argila, pois pode interferir negativamente em suas propriedades;
  4. Aplique a argila com auxílio de um pincel ou com os dedos, sempre com as mãos ou pincel limpos, a fim de não levar sujeira à pele;
  5. Evite áreas sensíveis, como ao redor dos olhos e boca. Após terminar a aplicação, aguarde 15 minutos ou conforme o tempo sugerido na embalagem (no caso de argilas prontas para aplicação);
  6. Não deixe a argila secar na pele, borrife água (ou água termal, hidrolatos e soro fisiológico) quando começar ressecar. Retire após o tempo sugerido, basta lavar com água.
  7. Você pode finalizar hidratando a região com o creme/sérum de sua preferência após a remoção.

A pele pode ficar um pouco avermelhada após a aplicação da máscara, o que é normal devido o aumento da circulação sanguínea na região. Lembrando que para maior segurança e eficácia nos cuidados, é preciso buscar orientação profissional.


Utilizar produtos naturais, como a argila, é uma ótima opção para a saúde de sua pele. Além de ser um momento de autocuidado e bem-estar, fazendo um “mini spa” em casa e relaxando.

Acompanhe o Minuto Saudável para saber mais sobre cuidados pessoais, produtos e beleza!


Minuto Saudável: Somos um time de especialistas em conteúdo para marketing digital, dispostos a falar sobre saúde, beleza e bem-estar de maneira clara e responsável.